Qual o melhor momento para a abertura de uma franquia? Saiba tudo para iniciar seu negócio

Por
em
Imagem de uma ampulheta e notas de dólar em uma mesa. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
Advertisement

Para o empreendedor que está pensando em investir no franchising, ele deve analisar bem o processo para a abertura de franquia. Aqui trazemos um passo a passo para realizar este processo de forma sólida.

O setor de franchising tem se recuperado em 2021 e isso tem se refletido no faturamento. No terceiro trimestre de 2021 o segmento faturou R$ 47,385 bilhões, 0,4% a mais do que o mesmo período de 2019.

Porém, mesmo com o cenário favorável, ainda existem muitos outros detalhes que o empreendedor deve estar atento antes de investir em uma franquia.

Está na hora de fazer a abertura de franquia?

Ser empreendedor quer dizer conquistar a independência financeira, possuir horários flexíveis e ter reconhecimento pelo trabalho duro prestado.

É uma possibilidade para solucionar desafios, problemáticas e frustrações vividas em uma rotina fixa, além de criar as suas próprias oportunidades. Ou seja, você dita o rumo do seu negócio e da sua carreira.

Segundo pesquisa da Onepoll, 77% dos brasileiros sonham em empreender, mas este processo não depende apenas da própria vontade.

Nesse sentido, é preciso avaliar algumas questões antes de empreender e realizar a abertura de uma franquia. Aqui separamos cinco etapas nas quais você deve estar atento antes de tomar a sua decisão.

1. Seja realista com seu dinheiro

O empreendedor deve saber qual será o investimento necessário para que possa desenvolver o negócio.

Nesse sentido, fazer essa análise de planejamento financeiro é importante porque muitas vezes você simplesmente não possui o dinheiro ou formas de consegui-lo para investir.

A análise do custo de investimento também é importante porque você deverá calcular com a rentabilidade prevista para o negócio mediante a margem de lucro, já que a intenção é recuperar o valor em pouco tempo.

Imagem de várias notas de dólares e algumas delas dentro de um envelope preto. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
O empreendedor precisa analisar quanto dinheiro tem para investir.

Dessa forma, se o negócio mostrar um investimento elevado e taxa de retorno um pouco baixa, indicando demora na recuperação, então esse pode ser um fator que pode impedi-lo de investir.

Além disso, o empreendedor deve avaliar se possui dinheiro para investir, ou se terá que vender algum bem ou pedir um empréstimo.

Do mesmo modo, se tem o dinheiro, é importante verificar qual é o valor total que poderá despender na implantação do negócio. Isso porque, existem franquias com investimento inicial de R$ 5 mil até mais de R$ 1 milhão.

Assim, é preciso que o empreendedor faça este investimento de acordo com sua capacidade, para não prejudicar as finanças pessoais.

Enfim, levar em conta o tempo que irá demorar para receber o valor investido, e assim, se planejar para evitar problemas tanto na ordem pessoal quanto na empresarial.

2. Você tem tempo?

Advertisement

Abrir uma empresa é algo que exige bastante dedicação do empreendedor. Mesmo que o modelo de negócio de franquia seja mais simples em determinados aspectos, ainda é um processo trabalhoso.

Além disso, para o dia a dia do negócio, as horas de trabalho costumam ser maiores do que a de um empregado comum.

Dessa forma, é necessário que o empreendedor analise quanto tempo do seu dia terá para o próprio negócio.

Por exemplo, se está desempregado, pode ser a oportunidade de dedicar grande parte do seu dia para este projeto e assim, fazer a abertura da franquia de forma mais sólida e acompanhar de perto o processo.

Do mesmo modo, há também quem ainda está empregado mas se encontra insatisfeito com o emprego, e pode avaliar se é possível deixar o trabalho para se dedicar à franquia.

Para o empreendedor que não tem tanto tempo, mas deseja investir neste tipo de negócio para ter uma renda extra por exemplo, as franquias on-line podem ser uma boa opção.

Imagem de uma mesa de escritório com uma tela do computador com as horas escritas nela. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
O tempo que o empreendedor terá para se dedicar ao negócio faz a diferença na escolha do negócio.

Este modelo de franquia on-line permite que o franqueado trabalhe sem a necessidade de um ponto comercial, podendo fazer a abertura de franquia na sala de casa.

Ademais, o empreendedor pode ter um horário de trabalho flexível dependendo dos produtos e serviços com os quais trabalhe.

Contudo, mesmo que tenha estas diferenças, a franquia on-line também exige bastante dedicação para que o negócio tenha sucesso. Cabe ao empreendedor avaliar todas estas situações e assim decidir qual franquia abrir.

3. Qual seu objetivo?

O momento para a abertura de franquia é uma escolha bem pessoal, como vimos. É o empreendedor quem deve avaliar se possui o capital necessário e o tempo para se dedicar ao negócio.

Da mesma forma, ele deve entender qual é o seu objetivo com o investimento em uma franquia. Pois isso irá direcionar a sua escolha neste processo.

Nesse sentido, se o empreendedor busca um negócio mais rentável, terá que desembolsar um valor maior de investimento para abrir uma grande franquia.

Por outro lado, se o objetivo é ter uma renda extra e que seja sólida por muito tempo, uma franquia pequena, até mesmo em home office é uma boa opção. Assim, não será obrigado a sair do emprego.

A depender do seu objetivo, sua escolha irá tender para um tipo de negócio que poderá lhe dar um retorno mais rápido e menor, ou então um lucro maior a longo prazo.

Contudo, como falamos, é preciso também adequar o tipo de franquia à sua capacidade de investimento, para não trazer mais problemas do que soluções em sua franquia.

4. Analise o mercado

Antes mesmo de pensar em outros fatores, você deve avaliar o mercado para descobrir se a situação é ou não favorável para investir no empreendimento desejado.

Se você decide por um mercado pouco aquecido por exemplo, grandes são as chances de você terminar frustrado.

Por outro lado, investir em áreas que apresentam desenvolvimento e crescimento constantes traz mais segurança para o empreendimento.

Imagem de uma mulher com um celular na mão e um computador no colo com gráficos. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
Conhecer bem o mercado ajuda o empreendedor a direcionar suas ações para abrir uma franquia.

Não existe sorte no mundo dos negócios. Na maioria das vezes, o sucesso está intimamente ligado à capacidade de o empreendedor identificar oportunidades e saber aproveitá-las com eficiência.

Grandes empresas surgem assim: por meio de uma análise de mercado, uma oportunidade de negócio pode ser identificada e, ao ser bem trabalhada, alcança bons resultados.

Nesse sentido,cabe ao empreendedor avaliar se o momento da Economia é propício para o negócio no qual quer investir, deve também analisar se o mercado está em viés de alta ou é sólido historicamente.

Enfim, não restam dúvidas sobre o poder desse tipo de estratégia na busca por novas oportunidades.

5. Avalie seu mercado local

Não importa se você está começando agora ou já tem a sua marca consolidada. Em qualquer situação, é importante conhecer os seus concorrentes.

Nesse sentido, a análise de mercado e concorrência é uma tarefa comum dentro das organizações e pode ser realizada de diversas formas.

Além de analisar os aspectos gerais do mercado para saber se ele está em um momento atrativo ou está se recuperando depois de uma baixa, é preciso também entender o mercado local.

Com isso, estudar se existem muitas empresas na região que oferecem o mesmo que você, ou algo parecido. Isso será primordial para o desenvolvimento do seu negócio.

É bem mais difícil iniciar uma pizzaria em um bairro que já possui o mesmo tipo de negócio, alguns com décadas de atuação na região.

Neste caso, pode ser mais atrativo investir em uma franquia de comida árabe ou chinesa. Dessa forma, você irá trazer uma grande novidade para o bairro.

Enfim,reconhecer as dimensões do setor de atuação é fundamental para ter a noção do que a empresa poderá fazer naquele local.

Da mesma maneira, verifique a quantidade de público alcançada, se existem lacunas para novos produtos ou ofertas que possam atender aquelas pessoas.

Analise também a forma com que seus concorrentes estão trabalhando para supri-las.

Imagem de uma pequena loja de frutas em uma rua. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
O empreendedor deve conhecer as lacunas do mercado local para aproveitá-las.

Como escolher uma franquia para abrir?

Antes de decidir sobre a abertura de franquia, mostramos que o empreendedor deve levar vários detalhes em consideração.

Nesse sentido, avaliar suas possibilidades financeiras, os mercados atrativos, seus objetivos e o tempo que terá para se dedicar ao empreendimento.

Além disso, depois de se sentir seguro para abertura de franquia, resta agora avaliar aspectos ligados diretamente ao negócio. Por isso, fique de olho neste passo a passo que fizemos para você!

Escolha algo que você quer fazer

Imagine ter acordar cedo, trabalhar até tarde, nos finais de semana e feriados, com algo que você não gosta de fazer. Lhe parece ruim, não é?

Nesse sentido você deve pensar bem na hora de escolher o ramo para empreender. Ele deve acima de tudo, gostar de fazer aquilo que o negócio irá exigir.

Por exemplo, existem pessoas que não gostam de cozinhar, seja por falta de talento ou paciência. Como ela pode iniciar um negócio no mercado de Alimentação? Fica complicado!

Dessa forma, o empreendedor deve buscar mercados e modelos de negócios que lhe atraiam, que tragam prazer e satisfação para o trabalho do dia a dia.

Do mesmo modo, estar em um negócio no qual você gosta de atuar dá mais ânimo para pesquisar e aprender mais sobre ele, será mais prazeroso realizar tudo que envolver o negócio.

Pesquise por várias marcas de franquia

Antes da abertura de franquia, o empreendedor deve conhecer o máximo de marcas possível que combinem com suas possibilidades e com o seu perfil.

O empreendedor deve passar um bom tempo pesquisando na internet sobre franquias, buscar sites especializados em empreendedorismo para conhecer as várias marcas presentes no franchising brasileiro.

O mercado possui franquias que contam com negócios bem variados, e algumas delas pode apresentar algo que se encaixe bem a tudo que você procura.

Como é um investimento para longo prazo, este cuidado para a abertura de franquia é extremamente importante.

Imagem de um grande outdoor com várias marcas estampadas. Imagem ilustrativa texto abertura de franquia.
O interessado em empreender precisa pesquisar bem as marcas no mercado de franchising.

Se para comprar um celular já costumamos pesquisar bastante, imagina para investir em um negócio que poderá significar sua independência financeira e uma vida melhor para você e sua família.

Compare as opções de franquia

Como falamos, o mercado de franquias é amplo, e são diversos tipos de negócios, com uma maneira específica de trabalhar.

Por conta disso, o empreendedor, depois de pesquisar bastante as franquias no mercado, deve separar algumas que mais lhe chamaram a atenção.

Nesse sentido, é preciso entrar em contato com a franqueadora para receber a Circular de Oferta de Franquia (COF) da marca.

Este documento conta com muitas informações sobre o modelo de negócio da franquia, qual é o tipo de trabalho que o franqueado realiza, e vários outros detalhes sobre o negócio.

Munido de informações mais detalhadas sobre algumas das franquias pelas quais mais se interessou, resta ao empreendedor fazer uma comparação entre elas.

Dessa forma, avaliar primeiramente o investimento inicial do negócio, se é preciso ponto comercial e quais são os investimentos necessários para deixar o estabelecimento no padrão da franquia.

Do mesmo modo, com detalhes sobre a franquia, verificar qual delas poderá se destacar mais no mercado local, e ainda, o tipo de trabalho com o qual você mais se identificou.

Enfim, comparar bem as franquias para que o empreendedor se sinta confiante para fechar o contrato com a marca que melhor se adeque a ele.

Por fim, veja o vídeo que separamos com dicas para evitar cair em franquias “furadas”.

Avalie a reputação da marca

Ao escolher uma marca para a abertura de franquia, o empreendedor precisa conhecer tudo sobre ela antes de fechar negócio.

Nesse sentido, para investir com segurança, o empreendedor também deve pesquisar bem sobre a franqueadora.

Busque analisar a reputação da franquia juntamente aos clientes, aos franqueados e ex-franqueados. Saiba se ela cumpre tudo que promete na Circular de Oferta de Franquia.

Dessa forma, verifique se a franqueadora oferece suporte para os franqueados como auxílio na gestão, marketing, entre outros.

Sendo assim, avalie se a marca é bem conceituada junto aos clientes e se seus produtos e serviços agradam ao público.

Na COF o empreendedor também pode analisar a saúde financeira da franquia por meio do Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE). Assim, consegue avaliar se a franqueadora está sólida o suficiente.

Confira os suportes da franqueadora

Na abertura de franquia, uma vantagem é contar com os suportes da franqueadora como por exemplo, para o auxílio na escolha do melhor local para instalação. Para isso, a própria franqueadora realiza o estudo de mercado do qual falamos.

Além disso, com a experiência de outras unidades, a franqueadora consegue fazer um modelo de negócio cada vez mais eficiente.

Assim, adaptando suas operações, vendo as melhores práticas para o dia a dia da unidade e para as ações de marketing.

O franqueado recebe todo este “pacote”, que é o know-how da marca, por meio de treinamentos e manuais.

Ademais, conta com um plano de negócios da franqueadora, que representa um direcionamento para o negócio.

Enfim, tudo isso traz segurança para o empreendedor, que investe em um modelo de negócio bem estruturado, pronto para ganhar dinheiro.

Converse com franqueados

Uma boa forma de conhecer uma franquia por dentro é conversando com os franqueados da marca. De acordo com a Lei de Franquias, na COF deve ter os contados de franqueados e ex-franqueados.

Dessa forma, faça contato com aqueles que estão na franquia e também com os que já não fazem mais parte dela. Procure saber os motivos para o encerramento do contrato.

Nesse sentido, veja com estes parceiros se a franqueadora oferece mesmo todos os suportes que ela diz que dispõe e se eles são mesmo eficientes.

Do mesmo modo, saiba o retorno das lojas, se a lucratividade é a mesma prometida pela franqueadora.

Nesta conversa, muitas informações importantes são reveladas, o que é fundamental para uma escolha consciente do empreendedor.

Assim como falamos, o mercado é amplo, e aqui, trazemos um conteúdo com diversas franquias baratas para você conhecer!

Caso escolha uma marca de franquia, entre em contato com a franqueadora. Mas se tem dúvida do melhor negócio para você, conte com uma consultoria gratuita com especialistas que podem lhe orientar nesta escolha. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement