O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Serviços automotivos » Como abrir negócio com pouco dinheiro? Ideias de sucesso

Como abrir negócio com pouco dinheiro? Ideias de sucesso

Sumário

Abrir negócio com pouco dinheiro é uma ideia distante para algumas pessoas. Seja por medo, receio ou falta de coragem para dar um passo além. Mas saiba que é possível mudar de vida mesmo que sua situação financeira não esteja tão favorável como gostaria, como mostraremos para você aqui.

Muitas pessoas pensam em iniciar um empreendimento, seja para completar renda ou ter uma fonte de recursos maior, capaz de fazer mudar de vida. Este é o sonho de 46% dos brasileiros, segundo pesquisa.

Mas para que essa seja uma ação de sucesso, é preciso que o futuro empresário saiba, e acredite, que é possível dar esse passo.

Para ajudar você a tomar uma decisão como essa, desenvolvemos esse artigo para mostrar quais os caminhos seguir na hora de abrir um empreendimento com pouco dinheiro. Além disso, separamos algumas dicas para que você escolha o melhor negócio. Para descobrir, continue a leitura com a gente!

É possível abrir negócio com pouco dinheiro?

Um dos questionamentos de quem deseja fazer algum investimento e iniciar uma empresa é quanto à capacidade financeira para dar início a esse empreendimento. A boa notícia é que, sim, existe a possibilidade de abrir um negócio com pouco dinheiro.

Porém, para que isso funcione, é preciso levar a sério a sua realidade e observar os custos envolvidos. E muitos não sabem por onde começar.

Dessa forma, podemos dizer que o primeiro passo é fazer um planejamento financeiro. Essa análise parte da ideia de conhecer o percurso que o seu dinheiro faz a partir do momento que ele entra na sua conta.

Uma dica é observar todos os seus gastos, as dívidas que precisam ser quitadas e o que pode ser eliminado.

Então, após esse mapeamento, caso esteja devendo alguma instituição, entre em contato e negocie o pagamento.

Lembre-se, essas empresas querem receber o que falta. Logo, elas não vão se importar em criar condições melhores para reaver a quantia devida. Além disso, descubra quais as suas despesas bobas e elimine-as.

Após fazer todo esse estudo e compreender o quanto de dinheiro você pode utilizar para o seu negócio, pesquise o que o mercado lhe oferece para abrir a sua empresa. Uma das opções com menor risco para os empresários são as franquias.

Esse formato permite que o investidor dê início a um empreendimento com uma marca forte por trás. Além disso, é possível receber todo o suporte e treinamento necessário para que o negócio seja um sucesso.

Por que investir em franquias?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as franquias são empreendimentos considerados de baixo risco. Logo, esse já é um excelente motivo para investir, mas não para por aí!

O levantamento feito pela instituição detectou que apenas 5% delas fecham as portas antes de completar dois anos.

Para que você possa comparar os números, as empresas abertas do zero têm uma taxa de mortalidade quase cinco vezes maior. Estima-se que 23% delas vão à falência no mesmo período.

Portanto, se elevarmos o tarrafo para dez anos, essa diferença será ainda maior.

Apenas 15% das unidades de franquias encerrariam suas atividades. Enquanto os empreendimentos sem o suporte e apoio das franqueadoras chegariam a uma mortalidade de 75%.

Além disso, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) vem registrando aumento gradual no faturamento do setor de modo geral. Nos últimos anos, só o ano de 2020 teve queda no faturamento, por conta da pandemia.

Em 2021, esse modelo de negócio ultrapassou os R$185 bilhões de receita. Isso demonstra a estabilidade desse tipo de empreendimento. Em 2022, o faturamento passou dos R$ 200 bilhões, segundo projeções dos analistas.

Outro dado que mostra como os empresários estão buscando mais as franquias está no número de unidades no Brasil. São mais de 170 mil.

A ABF espera que nos próximos anos esses números continuem crescendo e gerando mais empregos.

E, claro, um faturamento maior, com outras marcas entrando no sistema de franchising e, por consequência, uma variedade de unidades pelo país.

Porém, não é apenas o mercado que é vantajoso para empreender. Este modelo de negócio conta com outros pontos positivos, como você vê agora.

Quais as vantagens de abrir uma franquia?

Existem muitas vantagens em escolher as franquias como forma de abrir negócio com pouco dinheiro. Uma delas está na possibilidade de ter uma grande marca auxiliando você a atingir os resultados.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e evitando o risco de escolher uma marca ruim.

Nesse sentido, um dos primeiros pontos que fazem desse modelo de negócio um sucesso é o suporte oferecido pelas marcas.

Isso permite que o empresário administre seu negócio de uma maneira condizente com o que a franqueadora faz. E sem importar qual o seu nível de conhecimento sobre gestão.

Vale lembrar que as franquias são modelos que funcionam como “cópias autorizadas” de uma empresa já consolidada.

Ou seja, uma marca que possui um certo histórico no mercado. Assim, graças aos percalços dessa jornada, conseguiu desenvolver uma imagem consolidada para o público.

Então, cabe a ela fazer com que os franqueados sigam as mesmas condutas.

Outra forma de auxiliar os investidores é por meio dos treinamentos. Essas atividades visam preparar a equipe e o próprio empreendedor a entender melhor como a empresa funciona.

Da mesma forma, o empreendedor tem mais embasamento sobre quais os produtos e serviços oferecidos etc.

Essas condições devem estar presentes no documento chamado Circular de Oferta de Franquia (COF). É por meio dele que o futuro franqueado conhecerá a franqueadora.

Além das informações sobre treinamento e suporte, na COF, constam dados como histórico da marca e valores para o investimento. Além disso, existem informações sobre outros franqueados, obrigações de ambas as partes etc.

A melhor solução para abrir negócio com pouco dinheiro (home office)

A grande vantagem das franquias é permitir que o empresário atue diretamente de casa ou fazendo atendimentos indo até os seus clientes. Para isso, existem o que conhecemos como unidades home office.

Esse modelo permite que o empresário faça um investimento baixo e tenha uma rentabilidade rápida. No decorrer do texto, vamos mostrar como fazer esse cálculo.

Também conhecido como home based, esse modelo de franquia não exige despesas com aluguel de loja, reforma e manutenção.

O franqueado também economiza com pessoal, salário, bônus e outros gastos que acabam encarecendo um empreendimento para quem está com pouco dinheiro.

Porém, para trabalhar de casa, é preciso tomar alguns cuidados. A começar pela sua rotina que precisa ser bem traçada.

Em outras palavras, é importante definir um horário para começar e terminar o seu dia, os horários de almoço e lanche, além das pausas para o cafezinho.

Outro ponto que vale a pena seguir, é escolher um local da sua residência. Contudo, que não tenha um sofá, cama ou outras mobílias e objetos que possam distraí-lo durante o expediente.

Em síntese, com essas dicas, é possível alcançar o sucesso esperado com os modelos home office.

Medindo o sucesso da sua franquia

Vimos que uma das formas de abrir negócio com pouco dinheiro é investindo em franquias que possam ser desenvolvidas dentro de casa. Afinal de contas, elas possuem um baixo custo e uma boa rentabilidade. Você pode medir o sucesso deste negócio de variadas maneiras.

Antes de mostrarmos como descobrir se o seu empreendimento é rentável como se espera, é preciso entender o conceito que sustenta esse indicador de desempenho.

Todas as empresas fazem essa medida que mostra o sucesso econômico com base no capital financeiro aplicado.

Por exemplo, você possui uma franquia de agência de viagens home office e aplicou R$ 11 mil para dar início às operações.

Após um ano de trabalho, quanto você teve de retorno sobre o investimento? Para descobrir, basta seguir a seguinte fórmula:

ROI = Receita – Custo do Investimento / Custo do Investimento

Essa métrica, conhecida como ROI, resulta em número menor ou maior que zero. Caso seja superior a um, podemos concluir que teve uma rentabilidade de 100%.

Contudo, caso seja igual a zero, não houve ganho e nem perda de dinheiro. Porém, se for menor que um, é sinal que o investimento não foi bom.

Logo, se essa franquia de R$11 mil gerou uma receita de R$ 30 mil no final de um ano de operação, ao fazermos o cálculo, vamos obter um ROI equivalente a 1,7. Ou seja, em 12 meses você teve uma rentabilidade de 170%.

Passo a passo para abrir um negócio com pouco dinheiro

Por mais que pareça que as franquias sejam ideias para abrir um negócio com pouco dinheiro, é preciso tomar alguns cuidados. Assim você não coloca em risco o seu capital financeiro.

Dessa forma, a primeira dica é: pesquise bastante sobre a área em que deseja atuar. Já tenha algum conhecimento básico sobre ela, de preferência.

Em seguida, é a hora de fazer um levantamento sobre as melhores opções. Quais as condições do negócio, suas obrigações, possibilidades de negócio, lucro médio etc.

Pois assim você conhecerá melhor a marca com a qual mais se identificou para se tornar um franqueado. Logo depois, entre em contato com ela e demonstre o seu interesse.

Caso queira, uma boa opção é ir até as feiras de franquias que acontecem em todo o Brasil.

Nesses espaços é possível conversar pessoalmente com consultores das marcas. Assim, sentirá mais confiança no empreendimento que está prestes a assumir.

No entanto, antes de fazer a sua escolha, não deixe de conversar com outros donos de franquia.

Lembra que falamos que a COF conta com as informações de outros franqueados? Então, use-as para descobrir como é a relação deles com a marca, as reclamações e os pontos positivos.

Assim, basta definir qual empresa será sua parceira nesse empreendimento e dar início as suas atividades.

Melhores ideias de sucesso para investir

Agora que vimos que é possível abrir um negócio com pouco dinheiro, separamos algumas das principais franquias do país para quem deseja fazer um investimento baixo. São diversas marcas de diferentes segmentos.

Alguns nichos exigem um baixo investimento. Um deles é o de fotografias e outros tipos de produções, como marketing digital. Pode ser um negócio para atuar para pessoas físicas ou jurídicas, e que tem grande potencial.

Do mesmo modo, negócios de artesanato e costura estão em alta. Você encontra franquias que oferecem este tipo de serviço, que muitas vezes não exige um alto investimento e tem uma rentabilidade atrativa.

Não podemos deixar de falar do mercado de alimentação, que tem muitas franquias baratas, negócios bem enxutos e interessantes. Você pode abrir a empresa em sua casa, sem precisar gastar com ponto comercial.

Neste setor existem opções para atuar com alimentação saudável, marmita fitness congelada, doces e salgados dos mais variados.

Outro segmento de grande destaque é o de Beleza. Nele você encontra um amplo público potencial para os serviços. Não apenas mulheres, mas também homens procuram cuidar da pele, fazer uma manicure, massagem, hidratação no cabelo etc.

Podemos também falar sobre os infoprodutos. É uma categoria em crescimento, com negócios para a venda de produtos digitais. Ou seja, você não precisa ter estoque físico ou ponto comercial.

Confira agora uma lista com algumas das franquias de baixo investimento que separamos nestes e em outros nichos de mercado.

[raio_x_esf]

Como abrir um negócio a partir de 500 reais?

Pode até parecer estranho, mas abrir negócio com pouco dinheiro é possível. Existem várias opções de franquias e dá para começar sua empresa a partir de R$ 500.

Desse modo, se você está procurando por negócios a partir de R$ 500, saiba que existem franquias no mercado em que você pode se tornar franqueado.

A franquia Ylaii, por exemplo, é uma marca que requer investimentos a partir de R$ 699. A empresa trabalha com acessórios, joias e peças folheadas a ouro. São coleções variadas que agradam os mais diferentes públicos.

Dessa forma, os franqueados podem escolher entre três modelos de negócio: loja tradicional, quiosque ou home based.

Assim, a franquia home based tende a ser a mais econômica, já que o investidor não precisa arcar com os custos de uma loja.

Além disso, não há despesas com contas e demais funcionários, uma vez que você poderá trabalhar em casa por conta própria.

Como abrir um negócio com 1.000 reais?

No mercado de franchising existem muitas opções de negócio e modelos distintos que permitem aos franqueados realizar investimentos em conta. Por isso, saiba que também é possível ter seu próprio negócio com apenas R$ 1 mil.

A franquia Adlux é um negócio de perfumaria e cosméticos que está no mercado desde 2008.

A marca possui unidades em mais de 150 municípios do país e conta com mais de 400 produtos em suas linhas profissionais e de cuidados diários.

Desse modo, o franqueado Adlux deve investir R$ 1 mil e trabalhar no formato home based.

Como abrir um negócio até 2.000 reais?

Outra opção para quem pensa em começar a empreender com pouco dinheiro é a franquia Alquimia Moderna. Isso porque o valor de investimento inicial da marca é de R$ 2.480,00.

A rede trabalha com folheação e metalização de ouro e outros metais. Assim, a empresa opera com vários tipos de materiais para fazer o serviço. Outras opções de serviços são o polimento e banho de ouro para bijuterias.

Portanto, o franqueado pode atuar no formato home office e a marca promete suporte desde a parte operacional até a administrativa.

Como abrir um negócio com menos de 5.000 reais?

Se você quer abrir um negócio com pouco dinheiro, trabalhando de casa e com aplicativos, veja essa dica. A franquia Bom pra Cachorro oferece a oportunidade de empreender com menos de R$ 5 mil.

Essa franquia exige um investimento de R$ 4 mil, e o investidor pode trabalhar no formato home based. Sendo assim, é uma oportunidade de baixo custo.

A ideia é que o franqueado atue com a comercialização de roupas para pets. Logo, ele pode realizar vendas pela internet, em parceria com petshops, eventos e até por venda direta.

No entanto, se você se identifica mais com o ramo de Educação, a franquia Multivix permite que você trabalhe com a marca investindo o valor de R$ 5 mil.

Sendo assim, a função do franqueado é prospectar clientes, bem como gerenciar o polo EAD e atender os alunos.

A Multivix é uma rede de faculdades que atua com o ensino a distância. A marca conta com mais de 20 anos de experiência no mercado.

Como virar empresário com pouco dinheiro?

Conforme vimos até aqui, é possível abrir uma franquia com pouco dinheiro e ter o seu próprio negócio. No entanto, é preciso alguns cuidados antes de investir neste tipo de empreendimento.

Separamos alguns detalhes aos quais o empreendedor deve ficar atento antes de abrir o próprio negócio.

Organize suas finanças

Quando não se tem tanto capital, é preciso se organizar para investir de forma eficiente e segura.

Portanto, antes de decidir abrir uma franquia, o empreendedor deve organizar suas finanças. Assim, ele detecta quanto capital possui e se haverá ainda uma sobra para eventuais necessidades.

O franqueado deve se atentar para esta sobra de caixa, pois o negócio pode demorar um pouco a dar lucro, dependendo do tipo de franquia.

Sobre este importante ponto de se ter uma franquia você pode aprender mais no curso Franquias Sem Ciladas. As aulas, que você acessa aqui, podem dar uma visão mais sólida do que fazer para ter sucesso no franchising.

Analise o plano de negócio da rede. Este documento permite organizar diversos pontos da sua vida como empresário. Um deles e muito importante é a parte financeira. Isso sem falar em diversos outros detalhes, como o trabalho de marketing.

Por fim, ao se organizar, verifique o valor que poderá ser investido na franquia e como isso vai influenciar a sua escolha final.

Reflita bem sobre o que você quer fazer

O empresário que tem pouco dinheiro deve evitar grandes riscos. Um deles é o de investir em algo que não gosta de fazer.

Dessa forma, antes de decidir em qual franquia investir, ele deve refletir bastante se aquela marca o agrada pessoalmente e condiz com o seu perfil empresarial.

Da mesma forma, ele precisa analisar se determinado segmento de trabalho realmente o atrai. Ou seja, se lhe trará satisfação trabalhar com aquele produto ou serviço todos os dias da sua vida em um futuro próximo.

Sendo assim, se você está pensando em como virar empresário com pouco dinheiro, a escolha da franquia deve ser certeira. Com pouco capital, não há espaço para equívocos ou arrependimentos.

Em outras palavras, esta análise prévia deve ser feita com calma para que a escolha da franquia seja a melhor possível.

Do mesmo modo, é fundamental conhecer não apenas o mercado, mas o seu público-alvo. Saber com quem você vai lidar pode mostrar a você o caminho a seguir. Imagina ter que atuar com pessoas com as quais você não se identifica ou sente dificuldade de se relacionar.

Além disso, entender este ponto permite que se aperfeiçoe no atendimento ao público. Dessa forma, terá a chance de se tornar um vendedor melhor e, consequentemente, ter maior sucesso na sua jornada.

Escolha uma franquia com estrutura sólida

O mercado conta com diversas opções para abrir negócio com pouco dinheiro que possuem uma estrutura sólida e confiável. Além de marcas reconhecidas em diferentes setores.

Nesse sentido, o empreendedor com pouco dinheiro deve dar preferência a marcas confiáveis e com histórico positivo.

Ou seja, uma franqueadora que dê suporte aos franqueados, como para captação de clientes, auxílio de gestão e de marketing.

Deve estar atento à parte burocrática da franquia, como formalizar o negócio e se a franqueadora é uma empresa sólida.

Planeje seus passos com cuidado

O planejamento é a base de como virar empresário com pouco dinheiro. Isso porque o pouco capital disponível deve ser investido com eficiência e de maneira assertiva.

Portanto, o empreendedor deve planejar cada passo desta jornada. Assim, ele terá uma boa noção de quanto terá que investir em cada etapa.

Do mesmo modo, o planejamento ajuda a analisar se o empreendedor está pronto para o desafio e se ele vai se adaptar ao modelo de negócio.

Além disso, este planejamento deve incluir a parte financeira e a gestão do negócio. Para isso, se prepare, busque conhecimentos em cursos e treinamentos.

A internet é um amplo espaço de possibilidades para o empreendedor aprender sobre diversos aspectos de ter um negócio. Mais preparado você terá capacidade de tomar melhores decisões em sua empresa, mesmo ela sendo uma franquia, que já tem uma estrutura.

Invista em um bom marketing

Todo novo negócio precisa de um bom marketing para dar os primeiros passos, abrir negócio com pouco dinheiro e captar clientes em determinada região.

Dessa forma, ao abrir um negócio com pouco dinheiro, separe um capital para ações de divulgação da unidade da franquia. Busque junto à franqueadora materiais que possam auxiliar neste trabalho.

Direcione estas ações para o seu público-alvo. Da mesma forma, busque alternativas de marketing mais baratas, como divulgação pela internet e mídias sociais.

Por mais que períodos de crise gerem certa sensação de medo, as franquias são ótimas opções para quem sonha em ter um empreendimento próprio. Essa pode ser a sua chance de mudar de vida!

Para abrir um negócio com pouco dinheiro é preciso coragem. Além disso, é fundamental seguir as dicas que passamos ao longo do texto. Por exemplo, a realização de pesquisas, ter um planejamento financeiro e muita disciplina.

Com estes cuidados e bastante disposição, aliados a um modelo mais sólido como o de franquias, suas chances serão maiores. Assim, não desanime e vá em frente no seu projeto.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje