Como abrir um negócio de forma descomplicada: veja a resposta aqui!

Por
em
Imagem de uma empreendedora sorrindo. Imagem ilustrativa texto abrir negócio de forma descomplicada.
Advertisement

Para abrir um negócio de forma descomplicada, o empreendedor deve buscar bastante informação sobre o mercado e sobre o negócio em si.

Além disso, é aconselhável optar por um empreendimento que se encaixe com o seu próprio perfil de trabalho e com o momento de vida.

Assim, para lhe ajudar um pouco nessa jornada, trouxemos algumas etapas para guiá-lo neste processo. Então, fique com a gente neste conteúdo.

Passo a passo para abrir um negócio de forma descomplicada

O processo de empreendedor no Brasil não é nada fácil. São impostos, burocracias, crises econômicas que vem e vão. Contudo, mesmo com as dificuldades, existem milhões de brasileiros querendo ser donos do próprio negócio.

Para se ter uma ideia, em um levantamento encomendado pela Herbalife Nutrition, e conduzida pela OnePoll, 77% dos brasileiros disseram que têm vontade de empreender.

Porém, nem todos sabem por onde começar. Por isso, separamos um passo a passo para orientar o empreendedor em como abrir um negócio de forma descomplicada.

Escolha em que trabalhar

Escolher o negócio no qual irá investir é um processo em que o empreendedor deve levar em consideração uma série de fatores.

Primeiramente, saber qual o tipo de negócio deseja trabalhar. E nesse sentido, as escolhas são inúmeras. Pode ser com serviços ou venda de produtos, e dentro destes mercados, os nichos são amplos.

Da mesma forma, escolher se quer trabalhar no mercado de automóveis, ou de alimentação, bem como comunicação e marketing.

Para esta escolha, o empreendedor pode levar em consideração as suas experiências de trabalho, um desejo ou então uma ligação com algum mercado em especial.

Você terá que se dedicar àquele negócio o máximo possível de tempo. E este dedicação ficará mais fácil se estiver atuando em um setor com o qual se identifica.

Vemos um home olhando para um computador com imagens de gráficos e dinheiro atrás dele (imagem ilustrativa). Texto: abrir negócio de forma descomplicada.
O empreendedor deve escolher bem o mercado no qual irá atuar e o tipo de negócio.

Avalie o mercado da sua localidade

Advertisement

Sabendo ao menos em qual o tipo de negócio irá empreender, agora a etapa é analisar bem o mercado no qual deseja investir.

Assim, pesquise sobre o público-alvo na sua região, analisando seu poder aquisitivo, bem como as deficiências do mercado.

Da mesma forma, estude os concorrentes em potencial, seus pontos fortes e fracos. Com isso, é possível investir em um negócio de sucesso explorando as brechas de mercado.

É importante que o empreendedor alie o modelo de negócio com o qual se identifica a um mercado promissor.

Selecione opções de franquia

Para abrir um negócio de forma descomplicada, o empreendedor pode optar por um modelo de negócio de franquias. Este tipo de negócio já possui uma estrutura organizada, mais simples de ser replicada em unidades espalhadas.

Sendo assim, o empreendedor já recebe um negócio sistematizado, com uma marca reconhecida e produtos ou serviços testados e aprovados.

Com uma franquia, fica mais simples abrir uma empresa, pois o empreendedor também recebe um plano de negócios estruturado.

Além disso, uma outra vantagem deste modelo de negócios é o suporte que a franqueadora oferece para os franqueados.

São treinamentos, auxílio na gestão da unidade e para a divulgação da unidade. Além disso, há as estratégias de marketing que serão um diferencial na captação de clientes.

Contudo, o mercado de franchising é amplo, com muitas franquias para o empreendedor escolher nos mais variados mercados e nichos de atuação.

Dessa forma, o empreendedor deve selecionar aquelas que mais se encaixam com o tipo de negócio no qual deseja investir.

Separamos um vídeo explicando melhor como funciona o modelo de franquias para você conhecer um pouco mais. Confira!

Compare as franquias selecionadas

Assim como falamos, o empreendedor, depois que conhecer sobre o mercado e decidir por uma franquia, deve analisar bem as marcas.

Ou seja, é preciso comparar os nichos de mercados que estão em melhores números, a lucratividade da marca e qualidade dos produtos e serviços.

Do mesmo modo, o empreendedor deve comprar os suportes que cada uma das franqueadoras oferece para os franqueados.

Este comparativo é importante para abrir um negócio de forma descomplicada, mas com a segurança de estar investindo no negócio certo.

Pesquise sobre cada marca

Como falamos, o mercado de franquias é amplo, com marcas que aparecem da noite pro dia e outras bastante consolidadas.

Dessa forma, o empreendedor deve se atentar para a franquia na qual deseja investir. Pesquisar bastante sobre a empresa, sua história e momento atual.

Do mesmo modo, saber como está a reputação da marca com os consumidores. Os clientes estão satisfeitos? Eles compram com frequência? A empresa resolve os eventuais problemas com rapidez? Entre outros pontos.

Afinal, investir em uma marca que não tem agradado seus próprios consumidores pode prejudicar o desenvolvimento do seu negócio.

Entre em contato com as franqueadoras

Depois de escolher uma ou mais marcas, o empreendedor deve entrar em contato com elas. Normalmente, este primeiro contato se dá pelo site da franqueadora ou em alguma Feira de Franquias.

Assim, conheça a Circular de Oferta de Franquia(COF) da marca para entender um pouco mais sobre a empresa.

A COF é um documento que contém diversas informações detalhadas da franquia e da franqueadora. Por exemplo, informações sobre a saúde financeira da empresa e os custos de uma unidade.

Nesse sentido, estudando a COF das marcas, o empreendedor pode comparar os prós e contras de cada uma delas.

Uma franquia é uma boa forma de abrir um negócio de maneira descomplicada. Contudo, o empreendedor deve conhecer bem este modelo de empresa.

Por isso, acesse o nosso ebook abaixo com mais informações que você precisa saber antes de abrir uma franquia.

E-book "Tudo que você precisa saber antes de abrir uma franquia".

Converse com franqueados da empresa

Uma boa maneira de conhecer mais detalhadamente sobre uma franquia é conversando com os franqueados e ex-franqueados da marca.

Os contados destes empreendedores devem constar na COF para que o interessado na franquia possa conversar com eles.

Assim, o empreendedor pode entender melhor como funciona o negócio no dia a dia, se o plano de negócio da franquia é realmente eficiente etc.

Ademais, se o franqueado obteve retorno em curto, médio ou longo prazo, e se a franqueadora oferta os suportes necessários para o desenvolvimento do negócio.

Estes detalhes mais aprofundados sobre o negócio vão orientar bem o empreendedor na escolha da franquia certa.

Compre sua franquia

Depois de ter passado por todas estas etapas com calma para escolher a melhor franquia, o empreendedor agora se torna um franqueado! Nesse momento, cabe a ele fazer os investimentos para se tornar um empresário da marca que escolheu.

Algumas franquias, com modelos de home office, exigem um investimento menor neste momento. Por outro lado, algumas são mais caras, mas existem maneiras de financiar este investimento, seja em bancos ou com a próprio franqueadora.

Contudo, este empréstimo, ao considerar a possibilidade de financiar o investimento, deve pensar bem a fim de não comprometer a saúde financeira do negócio.

Realize os treinamentos e implantação

Após se tornar um franqueado, um dos primeiros passos são os treinamentos oferecidos pela franqueadora.

Eles podem ser de maneira on-line ou presenciais, dependendo do tipo de negócio e até da localidade do empreendedor.

Do mesmo modo, existem treinamentos para conhecer a operação da franquia e também para estudar o mercado no qual a marca esta inserida.

Vemos uma mulher com fones de ouvidos em frente um computador (imagem ilustrativa). Texto: abrir negócio de forma descomplicada.
Com treinamentos on-line, o empreendedor se prepara melhor para o novo negócio.

Além disso, neste momento de implantação da unidade, o empreendedor conta com a ajuda da franqueadora para escolher o ponto comercial.

Dessa forma, a unidade será instalada em um local que melhor possa atender ao público e facilitar o desenvolvimento do negócio.

Para isso, algumas franqueadora fazem um estudo de geomarketing para analisar a melhor região onde a unidade deve estar.

Por conta destes treinamentos iniciais e os suportes, o modelo de franquias pode ser facilmente desenvolvido por quem não tem experiência no ramo.

Além disso, até para quem não conhece bem o mercado no qual irá atuar, a franqueadora possibilita que essa pessoa se prepare com os treinamentos.

Inicie seu negócio!

Por fim, o inicio do negócio é a etapa que todo o empreendedor sonha. É a hora de receber os clientes, colocar a mão na massa e ser dono do próprio negócio.

Com o modelo de franquias este inicio é mais fácil, com estratégias de marketing pensadas pela franqueadora. Da mesma forma, contar com a força da marca para captar clientes e se destacar será essencial.

Como mostramos, são muitas etapas para abrir um negócio de forma descomplicada, e o modelo de franquia pode facilitar este processo.

Contudo, o empreendedor deve escolher bem a marca na qual investir. Por isso, separamos um texto sobre o que considerar na hora de escolher uma franquia, clicando aqui.

Advertisement
Advertisement