O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Para Empreender » Como abrir um negócio sem dinheiro: é possível? Descubra!

Como abrir um negócio sem dinheiro: é possível? Descubra!

Sumário

Quem não tem muito capital para empreender, não precisa desistir do sonho, pois separamos algumas dicas de como abrir um negócio sem dinheiro.

A vontade de investir em novos negócios faz parte da vida de quase 50% dos brasileiros, segundo pesquisa feita pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

Porém, o investimento inicial costuma ser empecilho para muitos. Mas há algumas opções que você, como empreendedor, pode conhecer para ultrapassar esta dificuldade, como mostraremos aqui.

Afinal, como abrir um negócio sem dinheiro?

Para quem irá empreender sem ter muito dinheiro, é preciso ter cuidado e analisar bem cada gasto que terá. A estruturação do negócio deve ser exata, para evitar desperdícios ou erros.

Assim, a franquia é uma boa solução, pois este modelo de negócio já estima os valores de investimento para a implantação do negócio. Assim, você sabe quanto precisará investir no projeto.

A franquia é um formato de negócio preestabelecido, com uma operação e estrutura prontas. Assim, fica mais fácil se planejar para iniciar o empreendimento.

Além disso, este modelo de negócio traz a vantagem de ter um modo de fazer já definido, de fácil implementação. É algo que facilita para empreendedores sem experiência.

Nesse sentido, como o franqueado recebe treinamentos da franqueadora, fica conhecendo melhor o mercado no qual irá atuar.

Uma grande vantagem de uma franquia, como falamos, é saber de antemão os custos do negócio. Na Circular de Oferta de Franquia (COF), o empreendedor descobre qual o investimento total necessário e pode fazer seu planejamento financeiro. Assim, dá pra investir mesmo sem muito dinheiro.

Ademais, a franqueadora auxilia na gestão e para o marketing, principalmente voltado para redes sociais.

O empreendedor com pouco dinheiro encontra franquias baratas, principalmente em modelos home office ou home based. No home office, ele trabalha totalmente de casa e, no home based, precisa fazer deslocamentos para atender os clientes.

Enfim, cabe ao empreendedor avaliar qual tipo de negócio quer abrir, o mais adequado para suas necessidades e seus investimentos.

5 dicas para abrir um negócio sem dinheiro

Investindo em uma franquia ou em um negócio do zero, o processo de como abrir um negócio sem dinheiro pode ser colocado em prática com alguns cuidados. As possibilidades de mercado são muitas. Então, cabe ao empresário escolher o produto ou serviço com o qual deseja trabalhar.

Neste momento, o empreendedor precisa analisar bem os mercados que estão em alta, para que possa aproveitar o potencial consumidor.

Da mesma forma, vale a pena buscar alguns tipos de negócio com baixo custo operacional. Alguns podem permitir uma lucratividade maior e, com isso, o retorno mais rápido do investimento.

Além disso, invista em algo que você goste, com o qual se identifique. Não se desespere por conta da falta de recursos, avalie bem como suas qualidades e paixões podem se encaixar neste novo negócio.

Contudo, é fundamental ter uma atenção especial com a questão financeira. Aqui trazemos algumas dicas para você equacionar este investimento.

1. Se organize para poupar

O primeiro passo para empreender sem ter muito dinheiro é se organizar para que seu custo de vida permita guardar algum dinheiro no fim do mês.

Dessa forma, corte gastos do dia a dia. Isso poderá fazer com que sobre algum capital que, com o tempo, poderá ser investido em um negócio.

O empreendedor deve poupar de todas as formas, cortar gastos que não sejam essenciais e reorganizar sua vida financeira para juntar dinheiro.

Algumas táticas simples podem fazer grande diferença. Por exemplo, cortar aquele serviço de streaming que você não usa tanto. Ou ainda, ir ao banco e tirar aquelas taxas que comumente são cobradas por serviços.

Além disso, é necessário deixar de fazer algumas coisas ao longo do mês, seja aquela ida ao restaurante mais caro, ou pedir uma pizza.

São pequenas coisas que podem ser feitas para você se organizar para poupar. Mas a vida de cada indivíduo tem suas próprias particularidades. Por isso, vale a pena analisar o seu gasto cotidiano, colocar em uma planilha e avaliar o que pode ser evitado.

Dessa forma, com o tempo você poderá ter bons resultados que podem ajudar nesta jornada de como abrir um negócio sem dinheiro.

2. Ter um sócio

Uma alternativa para quem não tem muito dinheiro para investir, mas deseja abrir um negócio, é avaliar a possibilidade de ter um sócio.

O empreendedor pode dividir o investimento com outras pessoas, que podem ser parentes ou amigos. Até porque, é importante que o sócio seja uma pessoa de mais confiança.

Nesse sentido, você pode buscar pessoas que fazem parte do seu círculo de amizade e que também estão em busca de ter um negócio próprio.

Vale a pena conversar com alguns interessados e alinhar o formato da parceria. Você pode buscar um sócio que está apenas pensando em ganhar dinheiro. Ou então alguém que também deseja gerir o negócio.

Esta parceria deve ser bem delimitada, para que cada sócio saiba seus direitos e deveres. Se o negócio tiver apenas um sócio investidor, ele precisa saber até onde vai o seu poder de gestão e de lucro.

Por outro lado, se o sócio também fará parte do dia a dia do negócio, é necessário que ambos os empreendedores estejam alinhados em seus objetivos. Especialmente sobre como será a forma de gestão do negócio.

Por último, é interessante que o sócio também goste de atuar no mercado no qual você pretende investir.

3. Vender seu carro

Uma outra forma de conseguir um capital para abrir um negócio é com a venda do seu carro. Aproveite o aumento dos preços dos veículos usados e faça um caixa para investir no empreendedorismo.

Para se ter uma ideia, os automóveis usados seguiram a tendência de alta de preços e o valor aumentou cerca de 51,5% entre 2020 e 2022.

Nesse sentido, cabe a você fazer uma reorganização da sua vida financeira, da qual falamos, e aplicar o dinheiro do carro em uma empresa.

De qualquer forma, lembre-se de analisar se o bem não fará falta para o seu cotidiano, ou mesmo se ele poderia ser uma ferramenta para o negócio.

É importante que você também planeje como será feito o investimento. Neste momento, avaliar os custos que terá com o negócio, para que não dê “um passo maior do que a perna”.

Para empreendedores com pouco dinheiro, cada centavo conta no custo do negócio. Por isso, de nada adianta vender o carro se investir sem pensar, de forma mal planejada.

4. Refinanciar sua casa

Para quem tem uma casa ou um apartamento e quer saber como abrir um negócio sem dinheiro, este imóvel pode ser a chave. Existe a possibilidade de refinanciar o imóvel por meio de instituições financeiras.

O refinanciamento imobiliário é quando o proprietário possui um imóvel e oferece ele como garantia de pagamento para a instituição, para obter crédito.

Essa opção permite que o consumidor utilize o seu bem para conseguir um empréstimo com taxas menores e maior prazo para pagamento.

Esse é um grande diferencial, pois, com o aumento dos juros, os empréstimos mais comuns ficaram bem mais caros. O custo maior poderia ser um obstáculo a mais, pois encareceria o seu investimento.

No caso do refinanciamento, até que ele seja totalmente pago, o imóvel fica alienado ao banco. Porém, o proprietário pode usufruir do imóvel normalmente.

Dessa forma, o empreendedor pode utilizar este capital para iniciar o seu negócio sem se desfazer do seu bem que, para muitos, é o mais valioso que possui.

5. Pegar um empréstimo

Citamos acima uma forma menos onerosa de como abrir um negócio sem dinheiro, que seria o refinanciamento do seu imóvel. Com isso, o investidor pode conseguir captar os valores necessários para investir.

Porém, nem todos têm um imóvel próprio. Muitas pessoas moram de aluguel, mas mesmo assim não desistem do sonho de empreender.

Neste momento, a única saída pode ser um financiamento para conseguir o capital necessário. Porém, este processo deve ser muito bem pensado.

Analise os bancos com as melhores taxas e busque linhas de financiamento para empreendedores, que costumam ser mais baratas.

Além disso, planeje o custo e o retorno do seu negócio para saber quanto de parcela poderá arcar mensalmente para abater do empréstimo.

Este processo de como abrir um negócio sem dinheiro não pode ser feito às pressas. Cada passo deve ser bem pensado para que, no futuro, a questão financeira não se torne inviável. Calma que ainda tem mais dicas, como você pode ver no próximo tópico.

Dicas para abrir um negócio

Para abrir um negócio você deve ter algumas características. São pontos que podem ajudar no desenvolvimento do negócio. Por exemplo, entender sobre ferramentas de marketing digital pode ser um diferencial.

Nesse sentido, é fundamental saber vender a sua ideia, ser comunicativo e fazer um network eficiente. Atrair o consumidor é uma tarefa cada vez mais difícil e, em um negócio menor, seu trabalho precisa ser ainda mais eficiente. Isso porque tem que ter boas estratégias para não precisar gastar muito.

Do mesmo modo, para abrir um empreendimento pode ser interessante você ter um projeto paralelo, como um emprego. Seja manter o trabalho que tem ou buscar um que se encaixe nas suas necessidades.

Isso dá uma segurança a mais para que possa suportar oscilações comuns nos primeiros passos de uma empresa, mesmo ela sendo uma franquia.

Como qualquer projeto de vida, é essencial se planejar, organizar sua rotina e metas. Outro ponto deste planejamento é o seu preparo como empreendedor. Seja por meio de cursos, palestras, livros ou até aprendendo com outros empreendedores.

Um meio de aprendizado é o curso Franquias Guia Prático, no qual você encontra aulas sobre diversos pontos para começar no franchising. Veja o conteúdo clicando aqui.

Antes de começar o negócio busque validar sua ideia. Pode ser até uma franquia, veja se a região onde pretende atuar tem potencial. Fale com as pessoas, família e até outros empreendedores mais próximos. A opinião deles não é absoluta, mas pode dar uma visão de fora sobre a situação.

O preparo também passa por um bom plano, bem como boas estratégias para o seu crescimento. As franquias, em certo momento, podem ajudar nestes quesitos.

Como escolher a melhor franquia para abrir?

Na hora de abrir uma franquia, é preciso analisar tudo com muito cuidado. Primeiro, você deve entender qual o perfil de negócio que mais se encaixa com suas necessidades e desejos.

Por exemplo, se você tem um perfil mais reservado, tímido, será temerário optar por uma franquia de vendas diretas. Por outro lado, você pode se adaptar bem a outros tipos de negócio sem muito contato com os clientes.

Do mesmo modo, o empreendedor deve buscar franquias em mercados que lhe atraiam, com os quais tenha afinidade. Assim, poderá atender melhor o público-alvo da marca.

Isso é importante, tendo em vista o tempo que será necessário se empenhar no novo negócio. Afinal, se dedicar a algo que gosta é mais fácil e prazeroso, melhorando as possibilidades de sucesso.

Nesse sentido, você também deve pesquisar bem sobre a franqueadora, para ter segurança no processo de como abrir um negócio sem dinheiro.

Busque analisar a reputação da franquia juntamente aos clientes e aos franqueados e ex-franqueados. Saiba se a marca cumpre tudo que promete na Circular de Oferta de Franquia.

Nesse caso, você precisa analisar se a franqueadora dá suporte para os franqueados, como auxílio na gestão, marketing, entre outros.

Na COF, o empreendedor também encontra a projeção de custos para a implantação da unidade. Isso ajuda a escolher a franquia que se encaixa nas suas possibilidades financeiras.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Por fim, conheça o mercado no qual deseja atuar e também sua região. Avalie se a franquia pela qual se interessou pode aproveitar alguma lacuna deixada pelos concorrentes.

Agora que você já sabe como abrir um negócio sem dinheiro, pode seguir nossas dicas para empreender com mais segurança. Enfim, tenha os cuidados necessários e boa sorte!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje