Como abrir uma empresa de seguros: veja como lucrar de forma mais simples

Por
em
Imagem de uma empresária sentada em um sofá com uma prancheta na mão. Imagem ilustrativa texto como abrir uma empresa de seguros.
Advertisement

Os empreendedores estão atentos a alguns mercados, e um deles é o seguros. Muitos buscam como abrir uma empresa de seguros para aproveitar este setor bem lucrativo, e aqui mostramos como você pode fazer isso.

Segundo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg), a arrecadação do setor, excluindo dados dos seguros saúde e de danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre (DPVAT), fechou 2021 com aumento de 14,1% sobre 2020.

Mas como abrir uma empresa de seguros? Trazemos aqui duas maneiras de fazer isso. Então, fique ligado com a gente!

Qual o jeito mais simples de abrir uma empresa de seguros?

Para abrir uma empresa de seguros, o empreendedor pode iniciar uma empresa do zero e começar a oferecer seguros variados, ou então investir em uma franquia.

Uma seguradora exige uma série de burocracias que podem dificultar a vida do empreendedor. Por exemplo, é necessário obter uma autorização da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Além disso, deve ter a comprovação de um capital social mínimo de R$ 15 milhões, para que a empresa possa passar segurança para seus segurados.

Da mesma forma, é preciso mostrar para a SUSEP um planejamento estratégico para a seguradora. Assim, o empreendedor precisará a dar conta de toda esta burocracia para assim iniciar sua seguradora.

Por outro lado, uma franquia é uma forma mais simples de atuar, já que com este negócio o empreendedor pode abrir uma corretora sem tantas burocracias.

Nesse sentido, ele fará a ponte entre as seguradoras – que passaram por todo este processo que citamos acima – e os clientes.

Assim, poderá trabalhar com diversos tipos de seguros e ter uma boa experiência no mercado de seguros.

Imagem de uma mão assinando um contrato. Imagem ilustrativa texto como abrir uma empresa de seguros.
Abrir uma empresa de seguros é bem complicado, por isso, é mais fácil investir em uma corretora.

O que é necessário para abrir uma empresa de seguros?

Uma franquia é um negócio onde a empresa “mãe” abre possibilidade para outros empreendedores possuírem uma unidade da marca.

Dessa forma, cada unidade oferece os mesmos produtos e serviços da empresa principal. Além disso, possui uma operação padrão, com o mesmo modo de fazer para todos os estabelecimento.

No modelo de franquia, o empreendedor recebe um negócio estruturado, uma réplica da empresa franqueadora. Por isso é uma ótima forma de como abrir uma empresa de seguros.

Nesse sentido, quando o empreendedor faz o investimento neste modelo, ele investe no know-how da marca. Da mesma forma, terá o reconhecimentoda empresa para captar clientes.

Um ponto importante é que a melhor franquia para o empreendedor é aquela que se encaixa ao seu perfil. Seja na parte financeira ou na questão de ser um segmento com o qual se identifique.

Todavia, para franquias de modelo home office o empreendedor deve ser uma pessoa organizada e com bastante foco.

Isso porque, neste tipo de franquia é fácil se perder entre as tarefas domésticas e deixar o trabalho para depois, isso. Assim, é necessário estar atento para não adiar o trabalho que precisa ser executado.

Levando em consideração o seu perfil, sua disponibilidade financeira, bem como o mercado da sua região, o empreendedor consegue avaliar e escolher o modelo de franquia ideal.

7 empresas de seguros para você abrir como franquia

Agora que você já tem uma ideia de como abrir uma empresa de seguros, separamos algumas franquias para trabalhar neste mercado.

Dessa forma, cabe ao empreendedor avaliar cada uma das marcas, para saber qual delas se encaixa ao seu perfil para então, fechar o negócio.

1. Quisto

A Quisto é uma forma de como abrir uma empresa de seguros. A franquia trabalha com seguros dos mais diversos.

Nesse sentido, a Quisto é uma franquia que apresenta ao empreendedor um modelo de negócio enxuto, em loja ou home office.

Por conta do modelo home office, a Quisto foi destaque na revista eletrônica SEGS, pois com ele a marca tem se expandido.

Imagem do chaveiro da quisto em uma mesa. Imagem ilustrativa texto como abrir uma franquia de seguros.
A Quisto é uma opção para vender seguros para os mais variados perfis de clientes.

Além da simplicidade do negócio, que facilita para o empreendedor, a Quisto trabalha com diferentes tipos de seguros. Por exemplo, seguro de vida, de imóveis, de carros, de empresa, entre outros.

Da mesma forma, a franquia possui um amplo catálogo de produtos além dos seguros comuns. São mais de 100 tipos de contratos, entre financiamento de automóveis, crédito consignado, empréstimo com garantia de imóvel, entre outros.

A franquia tem parceria com diversas instituições seguradoras como a Allianz, Itaú, Liberty, Mapfre, Zurich, Porto Seguro, Bradesco etc.

Outra vantagem é que a franquia possui um software exclusivo que consegue fazer mais de 20 cotações para um mesmo contrato. Assim, o franqueado consegue atender diferentes perfis de clientes.

Por contar com a parceria dos maiores players do mercado de seguros do mundo, a Quisto consegue oferecer boas cotações e variedade de produtos.

Da mesma forma, a Quisto é atrativa por conta de sua política de comissionamento, com valores acima de outras marcas que atuam no ramo.

Ademais, o franqueado conta com suportes da franqueadora ao longo desta jornada, como treinamentos, auxílio para a gestão administrativa da unidade e para o trabalho de marketing.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 21 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: de 6 a 18 meses

2. Touareg Seguros

Advertisement

Uma marca que atua no mercado de seguro e é uma opção para investir neste setor é a Touareg Seguros.

A rede trabalha com um amplo catálogo de produtos voltados para pessoas físicas e pessoas jurídicas. Ainda conta com linhas financeiras como seguro garantia, seguro de crédito, entre outros.

Por fim, a franquia trabalha com um modelo de negócio em home office, que facilita a vida do empreendedor, e permite que ele tenha o negócio como uma renda extra.

Advertisement
  • Investimento inicial: a partir de R$ 30 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
  • Prazo de retorno: de 3 a 12 meses
Imagem de três mulheres, duas delas se cumprimentando. Imagem ilustrativa texto como abrir uma empresa de seguros.
O mercado de seguros exige do empreendedor uma boa capacidade de convencimento.

3. É Seguro Corretora

A franquia É Seguro Corretora é uma rede que oferece um amplo catálogo de contratos, entre eles os de seguros.

Nesse sentido, o cliente da franquia encontra seguros de vida, de acidentes, residenciais, entre outros.

Além destes, a franquia trabalha com empréstimo consignado, consórcios, planos de saúde, e outras soluções financeiras como máquinas de cartões de crédito.

  • Investimento inicial: até R$ 39,9 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 120 mil
  • Prazo de retorno: de 6 a 24 meses

4. Tudo Bem Seguros

A Tudo Bem Seguros é uma forma de abrir uma empresa de seguros e ainda, com um modelo enxuto de franquias.

A rede trabalha com seguro de automóveis, de Condomínios e Residências, seguro de vida, empresarial, para frotas, seguro rural e de saúde.

Além disso, o franqueado recebe treinamento para conhecer a operação da franquia, como realizar o atendimento e orientação para as ações de marketing.

  • Investimento inicial: R$ 23 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 15 mil
  • Prazo de retorno: de 1 a 6 meses

5. Seguralta

O segmento de seguros possui grandes negócios lucrativos, e um deles é a Seguralta, franquia de corretora de seguros. Atualmente, a rede possui mais de 1325 unidades franqueadas.

Em seu portfólio, a franquia possui mais de 44 seguradoras associadas, contando assim com soluções amplas para oferecer aos clientes.

A Seguralta possui 3 modelos de negócio: home office, sala (basic) ou loja física (stardard). Assim, o empreendedor avalia sua capacidade de investimento e perfil para escolher uma das opções.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 30 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 15 mil
  • Prazo de retorno: de 6 a 36 meses

6. Pentagonal Seguros

A Pentagonal Seguros é uma franquia que atua com seguros voltados para automóveis, acidentes pessoais, seguro empresarial, para condomínios e imobiliários, seguro de veículos, entre outros.

Os franqueados encontram um modelo de negócio enxuto e de baixo investimento, com possibilidade de atuação home office.

Por fim, recebem auxílio da franqueadora para conhecer este mercado, por meio de treinamentos e manuais. Ainda, pode contar com a ajuda da franqueadora para o trabalho de marketing.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 30,8 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 18 mil
  • Prazo de retorno: de 6 a 18 meses

7. San Martin Corretora de Seguros

A San Martin é uma empresa que foi fundada em 1995, na cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, como uma corretora convencional e ao longo do tempo entrou para o franchising.

Imagem de uma mão assinando um documento. Imagem ilustrativa texto como abrir uma empresa de seguros.
O mercado de seguro oferece muitas opções para os empreendedores e também para os clientes.

A franquia conta com mais de 120 opções de seguros. Entre eles, os tradicionais seguros de vida, de carro e casa.

  • Investimento inicial: a partir de R$ R$ 33.970,00.
  • Faturamento médio mensal:  R$ 150 mil
  • Prazo de retorno: de 6 a 12 meses

Vantagens de abrir uma franquia

A franquia, como falamos, é um modelo preestabelecido, que conta com uma operação e um modo de trabalho pronto.

Com isso, o empreendedor não perde tempo quebrando a cabeça para montar um negócio que envolve muitos detalhes e ainda, tem maior risco de resultar em prejuízo.

Nesse sentido, o franqueado recebe um negócio pronto, com um caminho a seguir indicado pela franqueadora, com um plano de negócio. Assim, ele sabe o que fazer ao longo do processo para que seu negócio tenha sucesso.

Ainda, este formato permite que o empreendedor se organize financeiramente e invista seu dinheiro de forma segura e sem surpresas.

Isso porque, na Circular de Oferta de Franquia (COF) ele fica sabendo o valor do investimento inicial do negócio, os custos de manutenção e ainda, uma projeção da rentabilidade.

A COF é um importante documento que além de apresentar esta parte financeira, também informa detalhes sobre o negócio, o que o franqueado tem que fazer no dia a dia e os suportes que lhe são oferecidos para desenvolver o negócio.

Por exemplo, auxílio na gestão administrativa da unidade, bem como treinamentos específicos para trabalhar com aquela franquia e naquele mercado.

Outra vantagem é a experiência da marca, o que contribui na consolidação do empreendimento. Assim, o franqueado conta com um plano de negócios que orienta o desenvolvimento da unidade.

Por fim, mostramos aqui um pouco de como abrir uma empresa de seguros. Contudo, para lhe ajudar ainda mais, confira o nosso conteúdo com dicas sobre “o que considerar na hora de escolher uma franquia para investir?”

*Informações publicadas em JANEIRO/2022. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement