O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Para Empreender » Como escolher a franquia certa para investir? Dicas para te ajudar na busca

Como escolher a franquia certa para investir? Dicas para te ajudar na busca

Sumário

Para quem está pensando em empreender no mercado de franchising precisa saber como escolher a franquia certa para investir. Essa pode ser uma tarefa desafiadora, principalmente diante da ampla variedade de opções disponíveis no mercado.

De acordo com o Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (DREI), apenas em janeiro de 2023 surgiram 357.937 empreendimentos no Brasil. Esse número supera o crescimento de 2022 e a tendência é que esses valores se multipliquem até o final do ano.

Ou seja, são muitas as vantagens de investir nesse modelo. Para ajudar você nessa busca, separamos algumas dicas essenciais que podem auxiliar na escolha da franquia ideal para o seu perfil e objetivos de negócio. Leia mais e confira!

Entenda como escolher a franquia certa para investir

Como mostramos, o mercado de franquias é bem amplo, com variados tipos de negócios para investir. Cada uma delas exigem um tipo de trabalho no dia a dia e tem detalhes que fazem parte do negócio.

Dessa forma, há todo um cuidado no processo de como escolher a franquia certa para investir. Isso porque, esta seleção pode impactar no sucesso ou não do empreendedor, ou no seu alto faturamento.

Aqui, explicamos um pouco do que avaliar na hora de escolher e abrir uma franquia, seja em qual nicho de mercado e modelo de negócio for.

Conheça os custos de uma franquia

O primeiro passo para escolher a franquia na qual investir é conhecer os custos que envolvem o negócio. Logo, é essencial se informar sobre as taxas que são cobradas pela franqueadora.

Por exemplo, o custo mais comum deste modelo de negócio é a taxa de franquia. Assim, trata-se de um valor relativo à permissão para o uso da marca. Além disso, nesta taxa está incluso custos com marketing e outros detalhes do negócio.

Do mesmo modo, podem existir outras taxas, sejam elas cobradas no início da parceria como ao longo do tempo. O interessado precisa conhecer todos estes investimentos antes de entrar para uma rede de franquias.

As franqueadoras também apresentam projeções de custos com reformas, maquinários, estoque inicial, entre outros valores. Porém, nem todas precisam destes investimentos, pois isso varia de acordo com o formato e estrutura do negócio.

Dessa forma, a franqueadora apresenta um investimento inicial aproximado e é este valor que deve guiar você na escolha.

Avalie quanto você pode investir

Sabendo quanto é o valor total de investimento para se tornar um franqueado da rede, cabe ao empreendedor analisar também quanto pode investir.

Nesse sentido, avalie quanto tem como reserva, se pode vender algum bem para fazer capital e também cortar custos no seu dia a dia. Coloque no papel quanto pode investir sem atrapalhar outros aspectos da sua vida.

Por exemplo, é importante assim que se decide empreender buscar economizar algum dinheiro. Isso porque, mesmo começando uma franquia, pode demorar para se ter um lucro interessante.

Mantenha os pés no chão, evite optar por um negócio que não caiba no seu orçamento. Até porque, trata-se de um passo importante do processo de como escolher a franquia certa para investir.

Por fim, entenda bem os seus gastos pessoais e quanto sobra para investir na franquia. Logo, o seu negócio é adequado à sua capacidade de investimento.

Analise em que segmento atuar

Um passo necessário para escolher uma franquia é estudar bem o segmento no qual vai atuar. Dessa forma, o empreendedor pode optar por um negócio que tenha maior potencial neste setor.

Por exemplo, conheça bem o público do segmento, seus hábitos, faixa de renda e o que mais atraem eles em um produto ou serviço.

Além disso, analise se o setor está em viés de crescimento ou se sofre com alguma queda por conta de fatores externos. As franquias podem ter um desgaste assim como os outros negócios por conta de oscilações no segmento.

Dentro do segmento também existem nichos mais específicos que podem se ajustar melhor ao seu perfil ou sua capacidade de investimento.

Do mesmo modo, você pode identificar algum tipo de produto ou serviço que neste momento não chama a atenção, mas é uma necessidade futura.

Enfim, pesquisar bem o segmento, conhecer os concorrentes, a forma de atender, tudo isso é importante na hora de como escolher a franquia certa para investir.

Estude seu mercado local

O mercado local é algo que impacta na sua escolha da franquia. Por isso, você deve estudá-lo com cautela. Identifique lacunas, entenda as necessidades dos consumidores da região para que possa oferecer algo atrativo a eles.

O empreendedor deve analisar se o mercado local para a sua ideia está saturado, com grandes companhias atuando em áreas afins.

Veja se existe algum público-alvo ou nicho de mercado esquecido por outros negócios, ou mesmo outras franquias, e que poderá ter a oportunidade para explorar.

Portanto, devem-se entender criteriosamente quais as necessidades ou demandas que essas pessoas têm e não são atendidas.

Do mesmo modo, veja se o seu mercado local conta com marcas consolidadas e busque espaços onde tenha menos empresas atuando.

Com tudo isso, você consegue analisar melhor suas possibilidades de franquias e investir com segurança.

Escolha o modelo de negócio

Em mais um passo para escolher a franquia, veja qual modelo de negócio melhor atende você, o de Home Office ou de Loja Física. Estes dois formatos têm seus pontos positivos e negativos.

Por exemplo, um modelo para trabalhar em casa exige menores investimentos, pois não tem funcionários, aluguel de ponto, entre outros custos. Além disso, dependendo da franquia, permite uma flexibilidade de horário de trabalho.

Nesse sentido, o empreendedor pode atuar da sala da sua casa, com maior conforto, podendo ficar mais tempo com a família. Depois, diminui o stress que é o trânsito congestionado nas grandes cidades.

Por outro lado, o formato Loja Física tem uma maior capacidade de chamar a atenção dos clientes, que verão o ponto na rua. Pode ser também um faturamento maior, por ter mais capacidade de atendimento dependendo do tipo de negócio.

Este formato exige um investimento maior, pois tem aluguel de ponto, reformas e exige um horário mais fixo de trabalho. São detalhes que podem influenciar na escolha da franquia.

Entre estes dois modelos, o empreendedor encontra a franquia ideal para ele, levando em conta seu orçamento e objetivos.

Estime o seu faturamento ideal

Conforme dito, é importante ter uma organização financeira antes de escolher a franquia na qual investir. Um dos pontos é fazer uma estimativa de quanto seria o seu faturamento ideal.

Para chegar a esta conclusão, avalie os seus custos de vida, quanto precisa para arcar com os seus compromissos financeiros e de sua família caso precise.

As franquias apresentam lucratividade e rentabilidade diferentes. Por isso, você deve analisar este ponto na hora de escolher. Entenda também os custos do negócio, pois impactam diretamente no lucro líquido.

Nesse sentido, avaliando os seus custos pessoais, quais são os seus objetivos, eventuais gastos que teve para montar o negócio, você consegue estimar quanto precisa ganhar.

Logo, é um ponto que os empreendedores interessados devem avaliar para escolher aquela franquia que mais se encaixa nas suas necessidades.

Aprenda sobre o franchising

Para entender como escolher a franquia certa para investir, o empreendedor deve conhecer mais sobre o franchising. Nem todos que querem ter um negócio próprio conhecem bem este modelo.

Muitos empreendedores pensam em começar um negócio do zero sem considerar as franquias. Mas essa é uma opção que tem potencial da mesma forma.

Porém, o modelo de franquias pode ser mais interessante em diversos aspectos, e para escolher uma marca, é importante conhecer seus detalhes.

Então, use a internet para aprender, faça cursos que são ofertados de forma online, frequente feiras de franquias também. Tudo isso permite que tenha mais contato com este modelo e se familiarize com ele.

Assim, é possível achar muitas palestras online com empreendedores experientes que podem passar um bom panorama sobre o modelo e o mercado.

Enfim, conhecendo os detalhes de como funciona este tipo de negócio, você estará mais capacitado para pesquisar as franquias. Consegue assim identificar as melhores opções e como será o trabalho no dia a dia.

Pesquise por oportunidades de franquias

Como aprender mais sobre o franchising com a internet, você também consegue pesquisar sobre as oportunidades de franquias. Conheça marcas que estão começando e também aquelas mais estabelecidas.

Muitas franqueadoras que estão em um estágio inicial fazem promoções para captar novos franqueados. Pode ser com o parcelamento de taxa de franquia ou isenção de outra taxas.

Do mesmo modo, atentar-se com marcas que apresentem uma novidade para o mercado. Isso pode ser um diferencial para conseguir um negócio bem-sucedido.

No processo de como escolher a franquia certa para investir, o empreendedor não deve levar em conta apenas o que quer. Por último, é importante analisar os fatores externos que podem apresentar uma oportunidade.

Analise tudo sobre a franquia

Além de conhecer bem sobre como funciona o modelo de franquia, o empreendedor também precisa analisar bem a franquia em si. Sabendo como funciona este formato, você saberá o que avaliar em uma marca.

Nesse sentido, é importante analisar a Circular de Oferta de Franquia (COF) de uma ou mais franquias que mais chamaram sua atenção. Neste documento constam informações mais detalhadas sobre o negócio.

Por exemplo, na COF estão os custos e projeção de rentabilidade da franquia, como é o dia a dia de uma unidade, os suportes dados pela franqueadora, entre outras informações.

Mas antes de fechar negócio com a franquia é essencial saber tudo sobre ela, cada detalhe, pois depois que se paga as taxas e fecha o contrato, recuar fica mais difícil.

Pesquise pela reputação da marca

A COF apresenta informações objetivas sobre a marca, mas para conhecer mais sobre a reputação dela, você deve analisar mais a fundo. Veja como está o reconhecimento da franquia perante seus consumidores.

Faça uma pesquisa na internet e redes sociais, conheça o que estão falando da marca, se ela oferece qualidade, se os clientes voltam às lojas ou se decepcionam.

Esta reputação é importante para entender como está o posicionamento da franquia junto aos consumidores.

Do mesmo modo, saiba dos franqueados e ex-franqueados que a franqueadora oferece os suportes que promete. Entenda também se este auxílio orienta bem o que os franqueados devem fazer.

Os clientes da franquia são a sua melhor fonte de informação e a internet é uma forma bem simples de ver o que estão falando da rede.

No vídeo abaixo, temos algumas dicas para não cair em golpes e investir em franquias que são furadas. Assista!

Converse com quem conhece a rede

Um dos últimos passos de como escolher a franquia certa para investir é conversar com as pessoas que fazem parte da rede. Então, fale com franqueados e ex-franqueados sobre o negócio.

Na COF tem os contatos de franqueados e ex-franqueados. Converse com estes parceiros, veja como é o negócio no dia a dia, se os ganhos são próximos ao que é informado pela franqueadora.

Além disso, para os que saíram da rede, veja porque tomou uma decisão dessa, o que o levou a desistir. Pode aparecer algum indício de que o negócio não é tão bom quanto parece.

Conforme vimos, são muitos passos para escolher a franquia certa para investir. Por isso, deve-se levar em conta cada um desses detalhes. Não tenha pressa, avalie bem o negócio antes de fechar o contrato.

Dessa forma, aumentam suas chances de sucesso ao investir em um negócio que combine bem com você, suas possibilidades e objetivos.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje