Como escolher a melhor franquia? Pelo valor de investimento ou pelo lucro?

Por
em
Imagem de um homem explicando algo para uma mulher apontando para um gráfico em uma folha. Imagem ilustrativa texto como escolher a melhor franquia.
Advertisement

O processo de como escolher a melhor franquia varia de acordo com os objetivos do empreendedor e a sua capacidade financeira. Por isso, trazemos aqui algumas dicas de como fazer esta seleção.

O segmento de franquias é atrativo por conta de sua solidez no mecado. Para se ter uma ideia, no segundo trimestre de 2021, o setor faturou mais de R$ 41 bilhões segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Números próximos ao faturamento do mesmo período em 2019, antes da pandemia.

Contudo, o empreendedor deve ficar atento na hora de escolher a sua franquia, pois existem alguns detalhes que devem ser levados em consideração, como mostramos neste conteúdo.

Afinal, como escolher a melhor franquia?

Conforme falamos, esta escolha é um processo que exige paciência do empreendedor e muito cuidado.

Nesse sentido, ele deve se atentar a diversos fatores como por exemplo o investimento inicial necessário e o lucro.

Advertisement

Dessa forma, é importante avaliar quanto de dinheiro o empreendedor tem para comprar a franquia e ainda, lembrar de guardar uma quantia para emergência. Assim, não compromete a saúde financeira pessoal do empreendedor.

Uma franquia com um custo maior pode significar um negócio mais robusto e também mais sólido, com um grande potencial de ganho a longo prazo.

Por conta disso, é preciso entender se você busca por um negócio de lucro rápido ou se consegue aguardar mais tempo para reaver o dinheiro investido.

Todos esses fatores são importantes, mas não devem ser analisados separadamente. Investir em um modelo de negócio equilibrado, levando estes detalhes em consideração, pode ser a melhor opção.

Assim, entenda quais são suas possibilidades, quanto tem para gastar e seus objetivos financeiros com o negócio. Isso vai lhe ajudar como escolher a melhor franquia.

Além disso, é preciso avaliar outros detalhes importantes como mostraremos a seguir.

Imagem de uma mão segurando uma caneta apontando para um gráfico. Imagem ilustrativa texto como escolher a melhor franquia.
Avalie o seu próprio perfil e também os lucros que o negócio pode lhe trazer.

Passo a passo para escolher a melhor franquia

O sistema de franquias é atrativo para vários tipos de empreendedores . Seja para aqueles mais experientes como também para os iniciantes.

Contudo, todos eles devem analisar uma série de fatores na hora de escolher a melhor franquia para investir.

Para um empreendedor que já teve outras experiências pode ser mais fácil identificar a melhor opção. Mas isso não significa que ele não precisa ser cuidadoso neste processo.

Do mesmo modo, o primeiro detalhe que o franqueado iniciante precisa analisar, é se ele possui as qualidades necessárias para empreender, como mostraremos abaixo.

Avalie seu perfil empreendedor

Antes de escolher o empreendimento no qual irá investir, você deve buscar algo que combine com a sua personalidade, suas características e também com as suas qualidades.

O perfil empreendedor de cada pessoa que se arrisca nessa jornada pode variar bastante. E isso influencia no modo como cada uma vai administrar o próprio negócio.

Por exemplo, o empreendedor deve analisar a sua maneira de lidar de com as pessoas para saber de que modo isso pode influenciar no seu negócio.

Assim, se for uma pessoas extrovertida, que gosta de conversar, pode se voltar para empreendimentos de vendas e atendimento ao cliente.

Por outro lado, para uma pessoa mais reservada, este tipo de negócio pode não ser a melhor opção. Para ela, será mais interessante investir em uma franquia que oferece por exemplo, o modelo de negócio em home office.

Como falamos antes, é preciso avaliar se é um empreendedor mais conservador, que busca um lucro mais rápido, ou se está disposto a maiores riscos e lucros mais demorados.

Tudo isso deve ser avaliado no processo de como escolher a melhor franquia. Além disso, o empreendedor deve fazer uma análise profunda do seu perfil para saber qual será o empreendimento perfeito para investir.

Depois de verificar o seu perfil empreendedor e analisar as opções de franquia, é hora de conferir o mercado onde você irá instalar a sua unidade. Para saber como fazer, continue a leitura conosco!

Analise o mercado local

Além de analisar o negócio que melhor se encaixa ao seu perfil, é preciso entender bem o mercado no qual este empreendimento será inserido.

Nesse sentido, é preciso avaliar se a franquia na qual pretende investir terá espaço para atuar no mercado local da sua região.

Imagem de uma rua cheia de placas de lojas. Imagem ilustrativa texto como escolher a melhor franquia.
O mercado local deve ser receptivo para o seu negócio.

Este processo é como plantar uma semente. Se ela encontra um solo fértil, irá crescer de forma saudável, mas se é plantada em um terreno árido, suas chances de dar frutos diminuem bastante.

O mesmo acontece com uma franquia. Abrir um negócio em uma região com muitos concorrentes que já estão naquele local a mais tempo, não é uma boa escolha.

Por outro lado, optar por uma franquia que possa aproveitar as lacunas de mercado da região e oferecer produtos e serviços novos que ainda não possuem ali, será mais atrativo para os consumidores.

Do mesmo modo, é preciso verificar se o seu público-alvo está presente. Por isso, muitas franquias fazem um estudo de geomarketing para avaliar se o mercado local é ideal para aquela marca.

Advertisement

Entenda quanto você pode investir

Um ponto importante do processo de como escolher a melhor franquia é a parte financeira. O empreendedor deve buscar uma marca que seja adequada para sua capacidade de investimento.

Nesse sentido, ele precisa estudar bem a Circular de Oferta de Franquia (COF) e entender todos os custos referentes ao modelo de negócio daquela marca.

Avaliar se ele possui o capital necessário ou se pode consegui-lo com a venda de algum bem. É importante se informar também sobre o prazo de retorno deste investimento.

Esta parte financeira deve ser muito bem analisada na hora de escolher por exemplo, uma franquia em home office que tem um custo menor de implantação. Ou pode ser um diferencial caso decida abrir uma franquia com um grande ponto comercial.

Considere o potencial do negócio

As franquias são modelos de negócios atrativos, com um grande margem de lucro para o empreendedor.

Contudo, algumas marcas podem ter um potencial maior do que outras, e isso o empreendedor também deve analisar na hora de fazer a sua escolha.

Com base em seus estudos e na experiência com as outras unidades da franquia, a franqueadora consegue apresentar aos futuros empreendedores uma expectativa de lucro para o negócio.

Estas informações podem subsidiar sua escolha, pois alguns tipos de negócios possuem alta lucratividade e outros nem tanto.

Assim, franquias de serviços por exemplo, podem ter uma boa rentabilidade, principalmente se é o franqueado que realiza o trabalho de forma direta.

Já modelos maiores, com pontos comerciais em shoppings, com custos de funcionários e de manutenção elevados, tendem a ter uma rentabilidade menor, porém, conta com um empreendimento mais sólido e duradouro.

Enfim, o empreendedor deve avaliar bem que tipo de negócio se encaixa melhor às suas expectativas e necessidades, para que possa fazer uma escolha consciente.

Imagem de um homem concentrado sendo em uma mesa de escritório. Imagem ilustrativa texto como escolher a melhor franquia.
O empreendedor deve buscar negócios atrativos, sólidos e lucrativos.

Pesquise a reputação das marcas

Um ponto importante para o empreendedor no processo de como escolher a melhor franquia é se informar sobre a franqueadora.

Esta empresa responsável pela franquia, deve ser sólida e apresentar um modelo atrativo para o empreendedor, e ainda, auxiliar estes franqueados no desenvolvimento do negócio.

Nesse sentido, o empreendedor deve pesquisar sobre a franqueadora, entender como está a saúde financeira da empresa e avaliar o seu histórico.

A COF da marca deve conter informações deste tipo sobre a empresa, como o Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE). Dessa forma, é possível saber se é uma empresa sólida ou se passa por problemas.

Do mesmo modo, pesquise na internet sobre a marca, como os consumidores avaliam a franquia. Uma boa opção é o site Reclame Aqui. Por meio dele é possível ter bom panorama sobre a reputação da marca.

Enfim, esteja atento ao trabalho que vem sendo feito pela franqueadora para que possa escolher de forma mais segura onde investir o seu dinheiro.

Converse com franqueados

Outra forma de conhecer mais sobre a franqueadora e a franquia é conversando com os franqueados da marca.

Na COF da franquia devem vir contatos de franqueados e ex-franqueados para que os interessados na marca possam conversar com estes parceiros.

Nesse sentido, converse com eles sobre os suportes que a franqueadora oferece para saber se eles são eficientes e de qualidade.

Do mesmo modo, pergunte como é a rentabilidade e o trabalho no dia a dia do negócio. Saiba se é um modelo sólido.

Ainda, veja com estes franqueados como está o mercado, se eles notaram por exemplo algumas mudanças, queda de vendas ou aumento da concorrência.

Tudo isso irá ajudar o empreendedor no processo de como escolher a melhor franquia, e assim, evitar surpresas desagradáveis que possam surgir após fechar o contrato com a marca.

Por fim, como este processo de seleção é tão importante, separamos um conteúdo com dicas de como fazer a escolha da melhor franquia para você, clicando aqui.

Caso opte por uma marca, entre em contato com a franqueadora. Mas se ainda está em dúvida, conte com a ajuda de uma consultoria gratuita com especialistas para este processo. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement