Como fazer minha empresa virar franquia? Qual o primeiro passo a dar?

Por
em
Advertisement

O setor de franchising não atrai apenas empreendedores em busca do próprio negócio. Este mercado também conta com pessoas que querem saber: como fazer minha empresa virar franquia?

São marcas que enxergam no franchising uma forma de expandir suas operações e captar aqueles empreendedores que querem investir em um negócio.

Por isso, fizemos este conteúdo para lhe ajudar a entender como transformar sua empresa em uma rede de franquias.

Primeiro passo para transformar minha empresa em franquia

A primeira etapa de como fazer minha empresa virar franquia é realizar a análise da franqueabilidade do negócio.

Este processo busca entender a operação da empresa e estudar se ela pode ser replicada em unidades de franquias espalhadas pelo território.

Assim, esta análise busca estruturar a operação da forma mais simples e com o menor custo possível para ser atrativa.

Busca entender se a base da empresa possibilita esta nova estrutura de modelo de negócio e os investimentos necessários para esta adaptação.

Ou seja, estudar os “gargalos” de sua operação, se eles podem ser alterados para uma forma mais eficiente e simples de gerir.

Do mesmo modo, analisa se o produto ou serviço oferecido por sua empresa possui mercado no segmento de franquias.

Em outra palavras, se sua marca possui potencial de venda perante os novos concorrentes que irá enfrentar no mercado de franquias.

Nesta análise de franqueabilidade, você estuda também se, como franqueador, conseguirá repassar o seu know-how para os franqueados.

Isso deve ser bem estruturado, pois algumas partes da operação podem não ser facilmente replicáveis e, como resultado, dificultar o negócio.

Por fim, sua empresa deve apresentar uma marca forte, com uma imagem perante o público antes de se tornar uma franquia para, só assim, conseguir captar investidores.

Como se pode ver, este processo é bem complexo, com muitos detalhes a serem analisados. Por conta disso, é interessante contratar uma consultoria especializada para facilitar este processo.

Vemos uma mulher com um computador nas mão e ao fundo diversos quebra-cabeças (imagem ilustrativa). Texto: como fazer minha empresa virar franquia.
Veja se o seu empreendimento se adere ao mercado de franquias antes da mudança.

Como fazer minha empresa virar franquia?

Para fazer uma empresa virar uma franquia é necessário realizar a formatação de franquias. Este processo envolve muitas etapa e, por isso, demanda bastante cuidado.

Para construir uma casa, você não começa pelas paredes, muito menos pelo telhado, certo? É preciso estudar o solo antes, que na formatação de franquias pode ser comparado com a análise de franqueabilidade.

Em seguida, você começa pela fundação do imóvel e vai realizando as etapas de forma coordenada, uma após a outra.

Assim, para franquear seu negócio, você também deve cumprir algumas etapas, as quais você confere a seguir.

Elaboração de documentos

O processo de como fazer minha empresa virar franquia exige a produção de alguns documentos importantes.

A princípio, a Lei de Franquias (Lei 13.966/19) regulamenta algumas das documentações necessárias para este processo de franqueamento.

Por exemplo, um dos documentos mais importantes é a Circular de Oferta de Franquia (COF). Nele, devem constar diversos detalhes do modelo de negócio da franquia, além dos direitos e deveres dos franqueados e da franqueadora.

Assim, explicar quais são os suportes oferecidos pela franqueadora, os custos para instalação do empreendimento, entre outras informações relevantes para a parceria.

Em suma, deixar claro o valor da taxa de franquia e o todo o investimento inicial necessário para abrir uma unidade.

A COF é também uma forma de segurança jurídica entre as partes. Antes da assinatura do contrato, o franqueado já sabe o que esperar ao entrar para a rede de franquias.

Outro documento necessário é o próprio contrato de franquia, que é a formalização da parceria entre empreendedor e franqueadora.

Nele estão as regras para abrir uma franquia da marca, multas em caso de descumprimento contratual pelas partes, bem como outras questões jurídicas.

Vemos alguns documentos sobre uma mesa (imagem ilustrativa). Texto: como fazer minha empresa virar uma franquia.
Dê muita atenção ao processo de elaboração dos documentos.

Vale lembrar que algumas das informações presentes na COF também estão no contrato.

Além disso, a empresa que deseja virar franquia deve elaborar o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE). Neste documento, a empresa demonstra para os empreendedores sua saúde financeira.

Ou seja, relata as despesas da operação, sua capacidade de investimento para entrar para franchising, entre outros detalhes.

Padronização de processos

Advertisement

Conforme falamos, a análise da franqueabilidade busca estudar o modelo de negócio que sua empresa pode oferecer para os investidores.

Assim, no processo de como fazer minha empresa virar franquia, é necessário padronizar os processos do empreendimento.

Sendo assim, é necessário analisar quais etapas da produção serão centralizadas pela franqueadora e quais serão repassadas para os franqueados.

Como o modelo de franquia consiste em replicar um modelo de negócio, cada unidade deve seguir o padrão. Esta padronização de processo passa por simplificar algumas etapas para repassar aos franqueados.

Por exemplo, padronizar a forma de produzir os itens da marca ou executar os serviços, eliminando etapas complexas.

Do mesmo modo, uma franqueadora deve ter um padrão de atendimento aos clientes, pois toda marca possui um público-alvo para o qual se direciona.

Esse processo passa também por definir um layout. Portanto, cores, mobiliário, equipamentos, também devem seguir uma padronização para que todas as unidades representem a marca da mesma forma.

Para que este modo de operação seja mantido, a franqueadora deve disponibilizar suportes por meio de uma equipe de colaboradores treinados.

Assim, cada dúvida do franqueado em relação à operação deve ser sanada para manter o padrão da marca em suas unidades.

Antes de prosseguir, veja o ebook que separamos com dicas para administrar o seu negócio com sucesso.

E-book "10 dicas para administrar seu negócio com sucesso".

Formalização de processos

Depois de padronizar todas as etapas do negócio, você deve formalizar estes processos por meio de manuais e treinamentos.

Esta formalização dos processos também é uma proteção jurídica do seu know-how, para que um terceiro não se utilize dela sem a sua anuência.

Por isso é importante fazer a proteção intelectual da marca junto ao Instituto Nacional de Proteção Intelectual (INPI), para que nenhuma outra empresa use o seu nome.

Da mesma forma, alguns processos são sigilosos, e o franqueador deve se proteger contra o uso do seu conhecimento por terceiros.

Vale lembrar que a proteção intelectual da operação pode ser para um modo de fazer, um produto específico ou até a operação como um todo.

Dessa forma, você impede que um ex-franqueado venha a usar o seu know-how após o encerramento do contrato de franquia.

Esta formalização dos processos também se dá internamente por meio de manuais explicando detalhadamente cada etapa da operação.

Do mesmo modo, a franqueadora deve elaborar treinamentos para capacitar os novos franqueados para executar a operação e gerir a unidade.

Alguns treinamentos visam a execução propriamente dita da operação, como a execução dos serviços da franquia.

Por fim, a franqueadora também deve se atentar aos suportes que irá oferecer para que os franqueados consigam desenvolver a unidade.

Marketing para expansão

Uma etapa importante no processo de formatação da franquia é o marketing para expandir suas operações.

Para captar empreendedores dispostos a investir em uma unidade da sua franquia, você deve mostrar as vantagens do seu modelo de negócio.

Se o seu negócio é atrativo, o número de unidades tende a crescer e, com o crescimento de unidades, mais empreendedores vão querer fazer parte da rede. Percebeu que este é um círculo virtuoso?

Esta divulgação se dá com um marketing eficiente, voltado para o público-alvo, utilizando os meios certos de propaganda.

Vemos vários logos de aplicativos de mídias sociais (imagem ilustrativa).
A propaganda pela internet é a forma mais eficiente de divulgar sua marca.

O trabalho de marketing de uma marca é fundamental para sua expansão por meio de franquias.

Assim, mostrar para os empreendedores a rentabilidade do negócio, que pode ser a oportunidade de conquistar a tão sonhada independência financeira.

Da mesma forma, divulgar um modelo com produtos ou serviços atrativos para o mercado, seja pela inovação ou pela qualidade.

Nesse sentido, as franquias precisam buscar meios eficientes de divulgação. Atualmente, a internet é uma forma simples e barata de propaganda, principalmente por meio de blogs e redes sociais.

Contudo, o franqueador é desafiado a fazer este trabalho de forma profissional, pois a divulgação sem técnica pode até mesmo atrapalhar o seu empreendimento.

Dessa forma, contar com uma consultoria para a formatação pode ajudar neste processo e, por isso, trazemos aqui uma opção para você conhecer melhor.

NX Franquias: conheça a solução para formatar sua franquia

Quando você pensar em como fazer minha empresa virar franquia, uma forma descomplicada para isso é com a ajuda da NX Franquias.

A NX Franquias é uma empresa especializada em formatação de franquias e expansão de marcas. Ou seja, ela tem plena capacidade de orientar este processo de transformação da empresa em franqueadora.

Com a empresa, você poderá fazer uma análise de franqueabilidade eficiente e precisa, de forma a ter um processo mais seguro.

Isso porque a NX Franquias auxilia na produção da documentação necessária para o processo de formatação, bem como para as ações de divulgação da marca.

Por exemplo, ela organiza feiras de franquias, sejam elas virtuais ou presenciais para divulgar empreendimentos no franchising.

Possui também promoção das marcas por meio do canal do YouTube Henrique Mol, presidente do grupo Encontre Sua Franquia, do qual faz parte a NX Franquias.

Ainda, orientar a empresa para os melhores suportes para os futuros franqueados. Dessa forma, podendo manter o padrão de qualidade da marca nas nova unidades.

Com o auxílio de uma empresa especializada como a NX Franquias, o resultado do processo de formatação será um modelo mais sólido e atrativo para os empreendedores.

Por fim, separamos um vídeo falando um pouco mais sobre o passo a passo de como transformar minha empresa em franquia.

Veja também o conteúdo que temos sobre os custos de uma franquia, que lhe ajudará a entender melhor como funciona a operação deste modelo de negócio. Basta clicar no link.

Advertisement
Advertisement