Como montar meu próprio negócio em casa: veja por onde começar

Por
em
Imagem de uma mesa de trabalho de home office. Imagem ilustrativa texto como montar meu próprio negócio em casa.
Advertisement

Muitos empreendedores buscam maneiras de como montar meu próprio negócio em casa para iniciar uma empresa com menos custos. Aqui, separamos algumas dicas para lhe ajudar.

Segundo o Sebrae, cerca de 37% dos brasileiros sonham em abrir o próprio negócio, enquanto 46% veem boas oportunidades nessa ideia e 62% dizem que já têm os conhecimentos necessários para isso.

Iniciar um negócio em casa pode parecer simples, mas o empreendedor deve ter cuidado e se preparar. Por isso, veja o passo a passo que separamos para você empreender.

Primeiros passos para montar negócio em casa

Iniciar um negócio é um processo que exige muita pesquisa, organização e conhecimento sobre diversos detalhes que envolvem o empreendimento.

Isso porque, são muitas as empresas que quebram depois de pouco tempo de atuação por falta de alguns cuidados para formar a base do negócio.

Sendo assim, o empreendedor deve estar atento ao seu próprio perfil e àquilo que ele tem de meta ao investir em ideias de negócio.

Por conta disso, é fundamental passar por algumas etapas de como montar meu próprio negócio em casa. A seguir, vamos falar de algumas delas. Portanto, fique com a gente até o fim deste conteúdo!

Escolha com o quê você quer trabalhar

Como falamos, muitos empresários pensam em abrir um negócio, mas não se atentam ao que realmente gostam de fazer.

No mercado, existem diversas possibilidades de trabalhar em casa, com produtos ou serviços dos mais variados. Contudo, é preciso conhecer o seu próprio gosto e perfil antes desta empreitada.

Nesse sentido, avalie qual o seu perfil, suas características e o que pode impactar diretamente na empresa, seja de forma positiva ou negativa.

Da mesma forma, direcione esforços para ter o próprio negócio em um nicho com o qual se identifica. Sem saber cozinhar fica difícil abrir um restaurante, certo? Bem como para uma pessoa tímida, trabalhar com vendas diretas, pode ser complicado.

Cada característica do próprio indivíduo deve ser levada em conta, pois quanto mais ele se encaixar à empresa, mais prazeroso será o trabalho e melhores as chances de sucesso.

Vemos uma mulher sentada na cama mexendo no computador (imagem ilustrativa). Texto: como montar meu próprio negócio em casa.
Invista em um negócio ligado a coisas que você gosta de fazer.

Quanto mais forte sua ligação com o ramo em que irá atuar, mais leve fica o trabalho. Assim, ele tende a se desenvolver de maneira mais sólida.

Em suma, o empreendedor deve se autoconhecer, avaliar suas qualidades e fraquezas para, então, direcionar o seu investimento.

Defina seu modelo de negócio

Advertisement

Uma das formas de como montar meu próprio negócio em casa é iniciar uma empresa do zero. Pensar o que vender, como, para quem, a estrutura da empresa, o plano de negócio etc.

Contudo, essa é uma tarefa difícil, que exige do empreendedor uma organização e dedicação grande para estruturar o negócio.

Além disso, fazer a pesquisa de mercado, conhecer os concorrentes, a melhor região de atuação, e tudo isso em um negócio com o qual se identifique, pode ser exaustivo.

Porém, o empreendedor pode optar por investir em uma franquia. Este modelo de negócio já vem pronto, estruturado, com uma operação preestabelecida.

É uma forma mais simples de montar um negócio home office, por exemplo.

Mas para empreendedores mais criativos, que gostam de inovar, este modelo possui limitações. Isso porque, cada unidade deve ser igual à outra, não permitindo ao franqueado muitas mudanças.

Por outro lado, quem inicia um negócio em casa pode trabalhar da maneira que achar melhor, com maior liberdade para estruturar a empresa.

No modelo de franquia, além de um negócio pronto para ser iniciado, o empreendedor conta também com uma marca renomada no mercado. Isso facilita o desenvolvimento do negócio e a captação de clientes.

Do mesmo modo, uma franquia é a melhor opção para empreendedores sem muita experiência, pois ele conta com suportes da franqueadora.

São treinamentos para conhecer o mercado no qual vai atuar, entender como funciona a operação da franquia e como realizar as melhores ações de marketing para a sua unidade.

Enfim, é um maneira de iniciar uma empresa de forma mais segura, sabendo quanto vai gastar, quanto vai lucrar e como fazer isso.

Veja um pouco mais sobre o modelo de franquia no vídeo que separamos para você logo abaixo.

Organize um espaço de trabalho

Independente do modelo de negócio no qual investir, ter uma empresa em casa é complexo, pois exige do empreendedor organização e foco.

É muito fácil nos distrairmos em casa, seja com a família, com o cachorro, televisão. Por isso, o empresário precisa ter um espaço exclusivo para os momentos de trabalho.

Neste cantinho, tenha à mão todos os materiais necessários para o seu dia a dia e, se possível, fique longe das distrações.

Não pense que o trabalho será desenvolvido na cama ou no sofá em frente à TV. Para conseguir eficiência e concentração, é necessário “se sentir no trabalho”.

Em qualquer cômodo que seja a sua empresa, tenha por perto tudo que precisa, seja o computador, telefone, ou os insumos com os quais faz os seus produtos.

Como montar meu próprio negócio em casa com sucesso?

Já falamos que o processo de montar um negócio em casa exige bastante do empreendedor. Contudo, seguindo alguns passos, o caminho pode ficar menos tortuoso e mais eficiente.

Alguns cuidados básicos devem fazer parte deste processo. Eles exigem pesquisa e muita dedicação. Então, vamos a este passo a passo.

Tenha um plano de negócio

Você não inicia uma viagem sem saber para onde vai, o que vai ver quando chegar lá, quanto vai gastar, entre outros detalhes, certo?

Com um empreendimento não é diferente. É preciso planejar o caminho que vai trilhar, e no mundo empresarial isso se chama plano de negócio.

Definir um bom plano de negócio pode lhe ajudar a organizar sua empresa de forma eficiente e se antecipar aos problemas que podem surgir.

Essa é uma etapa extremamente importante para definir como será sua empresa, o custo de implantação, como fará para ganhar dinheiro com ela etc.

Ao investir em uma franquia, o empresário recebe este plano de negócio pronto. Assim, antes de iniciar a empresa, ele sabe o investimento inicial necessário, a lucratividade e as melhores práticas para o dia a dia.

Assim, quando se pensa em como montar meu próprio negócio em casa, você recebe este plano de negócio preestabelecido da franquia. E, com isso, pode se sair melhor no processo.

Vemos um homem com um semblante pensativo enquanto escreve algo em seu caderno (imagem ilustrativa). Texto: como montar meu próprio negócio em casa.
Faça um bom planejamento para investir de forma correta em um negócio.

Planeje seu investimento

Assim como um plano de negócio, é necessário saber quanto dinheiro você tem para investir na sua empresa e, principalmente, o quanto será necessário investir.

Este planejamento evita que o negócio quebre em pouco tempo, pois o lucro demora a aparecer.

Por ser um modelo em home office, sua empresa acaba exigindo menos capital, já que não é necessário ter um ponto físico. Com isso, economiza com o aluguel, conta de água, luz e reformas.

Em um modelo de franquia, este planejamento é mais fácil, pois na Circular de Oferta de Franquia (COF) é informado qual o investimento inicial em uma unidade da marca.

Dessa forma, o empreendedor consegue se programar de antemão para os custos necessários para o desenvolvimento do negócio.

Obtenha feedbacks

Empreender é saber coletar informações de várias maneiras para iniciar um negócio de forma sólida e eficiente.

Nesse sentido, ao se perguntar como montar meu próprio negócio em casa, busque conversar com pessoas que tenham algum tipo de experiência neste ramo para uma resposta.

Da mesma forma, converse com os familiares, amigos, apresente a eles o seu projeto, as suas pretensões. Mostre os dados que coletou sobre o mercado e o que irá apresentar ao seu público-alvo.

Esse tipo de conversa pode ajudar você a enxergar detalhes que possam ter passado desapercebidos. Uma pessoa, mesmo sem experiência em empreender, pode lhe dar alguma dica preciosa.

Conversar com as pessoas é uma forma de ampliar o seu horizonte, buscando enxergar as coisas de outra maneira.

Outro ponto importante é que estas pessoas podem fazer parte do seu público. Pergunte a elas seus desejos, qual o tipo de produto ou serviços que mais as atrai.

Do mesmo modo, tente entender o quanto elas estão dispostas a pagar por determinado produto e/ou serviço. Essa é uma boa forma de você se planejar em relação à sua empresa.

Vemos três pessoas sentadas à mesa conversando (imagem ilustrativa). Texto: como montar meu próprio negócio em casa.
Converse com amigos e familiares sobre suas ideias. Eles podem lhe apresentar uma nova visão de mercado.

Planeje seus passos

Iniciar um negócio em casa exige planejamento em relação a todas as etapas deste processo. Não é simplesmente abrir uma empresa e começar a trabalhar.

Você deve planejar seus investimentos, organizar o local de trabalho, ver o que precisa fazer em relação à parte burocrática da empresa.

Da mesma forma, é preciso avaliar tudo que precisa ser feito para saber quando começar o negócio e, então, fazer a propaganda da empresa.

Além disso, você deve planejar quanto tempo terá para se dedicar a este trabalho. Caso você tenha outro emprego, esta organização será ainda mais necessária para não atrapalhar o projeto.

Caso esteja desempregado, deve avaliar se irá se dedicar o dia todo, somente uma parte, se irá em busca de outros projetos ou se passará um tempo maior com a família.

Tudo isso o empreendedor precisa pensar antes de iniciar o negócio, pois o planejamento é importante para seu desenvolvimento.

Defina uma estratégia de marketing

Os passos anteriores eram focados na estrutura do negócio para você iniciar uma empresa sólida. Contudo, depois de tudo pronto, você deve pensar a estratégia de marketing.

Ou seja, avaliar quem é seu público-alvo e focar em ações de propaganda direcionadas para estes clientes.

Cada vez mais o marketing é uma estratégia que deve ser eficiente e feita de forma profissional. Com isso, você consegue bons resultados gastando menos.

Busque entender como chegar aos clientes, se por meio de redes sociais, ou então por canais mais tradicionais, como panfletagem, por exemplo.

Além disso, estabeleça metas para o negócio. Dessa forma, será possível avaliar se suas ações estão surtindo efeito em atrair clientes ou não.

Com estas metas, é possível visualizar ainda a necessidade de uma mudança nos rumos da empresa, que pode ser por meio de corte de custos ou aumento da divulgação.

Vemos duas pessoas trabalhando em um café (imagem ilustrativa).
O marketing digital é uma ferramenta importante e necessária para quem inicia um negócio em casa.

Inicie as atividades do seu negócio próprio

Depois de tudo organizado e planejado, chegou a hora de colocar a mão na massa. O bom de ter um negócio em casa que esta parte pode ser mais rápida.

Faça sua empresa ser vista, busque os primeiros clientes com atrativos, promoções ou atendimento especial.

Estes primeiros passos do negócio são mais lentos, o dinheiro demora um pouco a entrar no caixa, mas você não deve se desanimar.

Da mesma forma, aproveite cada minuto para trabalhar, mesmo que seja planejando ou buscando inovações para sua empresa.

Acompanhe os resultados e faça mudanças

Assim como falamos, o empreendedor deve ter metas em seu negócio para avaliar o desenvolvimento da empresa. Isso permite visualizar quando algo não está indo tão bem, seja com as vendas ou os custos da empresa.

É preciso estar sempre atento, acompanhando os resultados para avaliar a necessidade de mudanças. Ou ainda, é possível analisar as ações que estão dando um bom retorno e fortalecê-las.

Conforme falamos, o processo de como montar meu próprio negócio em casa pode ser feito por meio de franquias ou um negócio do zero.

Para franquias, leia o conteúdo que separamos com diversas opções de franquias baratas clicando aqui.

Caso tenha optado por uma marca, entre em contato com a franqueadora. Se ainda não se decidiu, receba uma consultoria gratuita com especialistas que vão lhe ajudar na escolha da melhor franquia para você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement