O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Como montar meu próprio negócio em casa? 7 dicas para você fazer com sucesso

Como montar meu próprio negócio em casa? 7 dicas para você fazer com sucesso

Sumário

Para quem está pensando em como montar meu próprio negócio em casa, não pode perder o passo a passo com algumas dicas importantes.

Inclusive, o empreendedorismo é o desejo de muitas pessoas. Segundo pesquisa, em 2023, quase metade dos brasileiros sonha em empreender.

Por isso, confira a seguir algumas dicas que podem ajudar nos passos para se tornar um empresário de sucesso trabalhando no conforto da sua residência. Continue a leitura e entenda mais!

Clique, conheça e compare FRANQUIAS PARA TRABALHAR EM CASA. Acesse!

Afinal, como montar meu próprio negócio em casa?

Na hora de como montar meu próprio negócio em casa, existem diversas formas para este empreendimento funcionar. Ele pode ser mais simples e prático, como trabalhar em Home Office, ou ser instalado em uma loja.

Além disso, é possível atuar no modelo chamado Home Based. Nele o empreendedor pode trabalhar parte do tempo em casa e outra parte fora dela, realizando vendas ou prestando um serviço.

Então, na hora de saber como montar meu próprio negócio em casa, é importante, em primeiro lugar, entender que investir em um empreendimento é um processo.

Por isso, o empreendedor deve pensar desde a ideia do negócio que ele deseja atuar, até o valor que possui disponível para o investimento inicial, além de analisar o seu público-alvo.

Dessa forma, veja a seguir as dicas práticas que podem fazer a diferença sobre o que é necessário para se tornar um empresário e ganhar dinheiro com um negócio sólido e rentável. Confira!

1. Escolha trabalhar com algo que você gosta

O primeiro passo para começar um negócio é saber com o que você deseja trabalhar. Desse modo, é interessante pensar em algo que lhe atrai e que você possa unir a um empreendimento. Ou seja, como ganhar dinheiro com uma habilidade?

Dessa forma, entenda as coisas que você gosta de fazer no seu cotidiano e seus hobbies. Por exemplo, cozinhar, trabalhar com carros, com viagens, serviços de estética, entre outros.

Montar um negócio próprio significa investir dinheiro, mas também o seu tempo e esforço para que o negócio tenha sucesso. Assim, o processo de empreender será mais fácil se estiver conectado aos seus gostos pessoais.

Nesse sentido, poder trabalhar com algo que gostamos, é uma regalia, uma vantagem que o empreendedor pode ter.

Além de ter a certeza de que estaremos sempre motivados a nos preparar mais para o trabalho. Por isso, é fundamental entender o que você pode e gosta de fazer, assim como as ideias de negócio.

2. Planeje seu trabalho

É hora de começar a tirar as ideias do papel e colocar em prática. Isso só é possível por meio de um bom planejamento. Após pensar bastante, analise qual caminho o seu novo negócio seguirá.

Então, você pode criar um passo a passo de cada etapa a ser seguida e também um plano de ações para a trajetória do seu negócio. Em seguida, veja se realmente é algo que faz sentido para o público-alvo que você busca atingir.

Para montar esse planejamento, é preciso entender bem o cliente, quais são suas dificuldades, se há aderência com o seu negócio.

Se você está ligado nas dicas, já sabe que nos conteúdos sempre trazemos boas opções de como se planejar antes de abrir a sua empresa.

Isso porque, estes toques permitem que você faça um bom planejamento, que consiga organizar cada passo que vai dar na construção do seu empreendimento.

Portanto, planeje bem cada fase com calma, calculando custos, necessidades, como os detalhes do seu negócio.

3. Organize suas finanças antes de investir

A escolha por pequenos negócios costumam ter ligação com esse tópico, já que, geralmente, o valor de investimento é menor.

Desse modo, existem muitas formas para começar um negócio, algumas baratas, outras mais caras, que exigem um investimento maior.

Por isso, antes de abrir um negócio, o empreendedor precisa saber quanto tem para investir. Ou seja, qual o capital que ele poderá aplicar na empresa.

Primeiramente, a ideia é pegar um dinheiro que você já tenha disponível, evitando adquirir dívidas. Depois, confira se o valor é o suficiente para começar o negócio que você deseja.

Mas, pode ser que este dinheiro não seja suficiente para começar o negócio desejado. Então, existem algumas saídas possíveis, como pegar emprestado mais dinheiro, diminuir o tamanho da empresa para cortar gastos etc.

Outra opção é procurar um sócio, ou vender algo que você tenha, como um carro ou outro bem de valor. Você também pode pegar um empréstimo com preços justos.

Sendo assim, o empreendedor precisa ter uma noção do quanto poderá investir e, mais uma vez, se planejar bem para gastar o capital da melhor forma possível.

4. Prepare um espaço na sua casa

Um ponto importante é reservar um espaço na sua casa para o seu negócio. Isso faz toda a diferença para sua organização e bem-estar.

Isso porque, trabalhar em um local inadequado pode diminuir sua produtividade. Pense, como fazer reuniões na sala com a TV ligada? Ou como seria desconfortável sentar com o computador no sofá.

Por isso, como hoje em dia o trabalho em casa tem se popularizado, é possível encontrar cada vez mais itens para que você possa montar um espaço confortável de trabalho em sua casa, mesmo se você for usar só o computador e a internet.

5. Valide sua ideia com outras pessoas

Como já diz o ditado, pegar uma segunda opinião é sempre bom, principalmente de pessoas experientes. Por isso, mesmo que você saiba que sua ideia é boa, não custa nada, além de ser mesmo importante, validar ela com outras pessoas confiáveis e com expertise comprovada.

Então, é importante escutar as pessoas e focar toda a atenção naquelas que se têm um relacionamento ou não, e que, ao mesmo tempo, estejam ligadas ao negócio.

Desse mesmo modo, manter uma rede de contatos, onde a comunicação é constante e produtiva, além de lhe abrir oportunidades de negócio, pode trazer boas parcerias profissionais, por exemplo.

Sem contar que o mais importante é ter uma troca de conhecimentos pessoais e profissionais com essa rede. Por último, esse movimento pode ser bastante enriquecedor. Isso porque, pode lhe trazer novas oportunidades e conhecimentos de empreendedorismo.

6. Analise se existe mercado

Para ter sucesso em um negócio é necessário conhecer bem o público-alvo dos produtos e serviços que você oferecerá.

Nesse sentido, uma das dicas de como montar meu próprio negócio em casa é estudar bem o mercado no qual irá atuar. Em seguida, avalie se ele está em crescimento, se é consolidado ou se está sofrendo alguma instabilidade.

Isso porque, um empresário que se arrisca sem informações e dados sólidos, pode enfrentar problemas passíveis de serem evitados com uma simples, porém efetiva, pesquisa de mercado.

Assim, um bom diagnóstico é capaz de mapear necessidades que podem nem ter sido percebidas por outros empresários. Logo, isso aumenta as chances de descobrir uma solução inovadora para o mercado.

Sem contar que o empresário pode perceber uma demanda crescente por determinado produto ou serviço, suprindo uma necessidade do mercado local, por exemplo, fidelizando os clientes.

Do mesmo modo, é importante também conhecer os concorrentes, assim como entender a forma que eles trabalham, seus pontos fortes e suas fraquezas.

7. Considere abrir uma franquia

Ao abrir um negócio em casa, conta-se com um processo mais seguro e prático no momento para a implementação. Nesse sentido, você pode enfrentar dificuldades se decidir criar um negócio do zero, que exige muito mais cuidado do empreendedor, e ainda, os riscos são maiores.

Por outro lado, o modelo de franquia pode ser a melhor opção, já que possui muitas outras facilidades. Nesse modelo todo o conhecimento adquirido pela empresa ao longo do tempo, como a forma de fazer um produto ou serviço, é repassado para o franqueado para que ele replique em sua unidade.

Então, a franqueadora oferece todo o seu know-how, além de conceder uma série de suporte para o novo empreendedor. Essa parceria possibilita que a marca se espalhe ao longo do tempo.

Uma das vantagens que tornam franquias um investimento seguro, é justamente poder contar com uma marca sólida no mercado e que possui todo um conhecimento para compartilhar com o empreendedor.

Sem considerar que no modelo de franquias, você já sabe quais serão os seus custos. Assim, consegue se planejar melhor em relação ao investimento.

Como escolher uma franquia para abrir?

Na hora de saber como escolher uma franquia, é importante ter em mente que é essencial fazer pesquisas na internet sobre as várias opções e seus segmentos. Dessa forma, você pode avaliar os valores e a aderência da franquia ao seu perfil.

Esse ponto, inclusive, é ensinado no curso Guia Para Iniciantes. As aulas do curso são inteiramente online, você pode assistir quando e onde quiser e ficar por dentro do vantajoso universo do franchising. Acesse as aulas clicando aqui.

Além disso, converse com a franqueadora da marca que você deseja entrar para entender melhor sobre ela. Também é importante saber se o público do nicho desejado tem interesse no produto ou serviço que você vai oferecer.

Na hora das pesquisas é importante ter uma base por onde iniciar. Portanto, quando você começar a ter ideias de negócio, lembre-se de colocar tudo no papel, cada ideia, cada insight, para que ao longo do tempo você amadureça esses pontos.

Sendo assim, é importante guardar suas ideias de alguma forma, seja em um papel, rascunhos, fotos. Tudo isso faz parte do seu planejamento e não pode se perder.

Logo, procure registrar de algum modo toda a organização que você pensou ao longo do tempo. Depois, isso permite que você visualize o seu passo a passo e possa complementar o caminho.

Essas informações farão parte do seu plano de negócio, que deve ter dados relevantes para a sua jornada. Ainda, siga uma dica de liderança. Em seguida, ao finalizar todo o planejamento, não tenha medo. Acredite em sua ideia!

Por último, é fundamental acreditar no seu negócio. Caso tenha qualquer insegurança em relação a algum detalhe, não hesite e refaça o planejamento para melhorar alguma parte. Analise fatos e dados, mas também confie no seu sucesso.

Segmentos no franchising para você trabalhar

Atualmente existem diversas opções de segmentos no franchising para que você possa atuar em Home Office. Eles são muito diversos, então pode-se encontrar desde ramos de alimentação até beleza ou tecnologia.

Inclusive, mesmo segmentos tradicionais que possuem espaço físico, estão oferecendo a opção do formato de franquia para trabalhar em casa.

Isso se deve muito a popularização desse modelo durante a pandemia. Portanto, pesquise bastante antes de bater o martelo.

Quais as vantagens de montar um negócio em casa?

O modelo Home Office é atrativo pelo baixo custo. Ainda, permite que o empresário tenha flexibilidade de horário de trabalho, ou até que possa cuidar dos filhos, por exemplo.

A possibilidade de trabalhar delivery também é atrativo para empreendedores que atuam em determinados mercados. Isso porque, pode ser um negócio dentro de casa e que realize as entregas, diminuindo os custos.

Nesse sentido, tudo unido ao conforto e comodidade de trabalhar do próprio lar, sem os problemas do trânsito e do deslocamento. Viu que existem muitas vantagens na hora de como montar meu próprio negócio em casa?

Dessa maneira, procure se preparar, conhecer sobre empreendedorismo, gestão financeira e administrativa de um negócio, bem como sobre marketing.

Assim, esses conhecimentos contribuem para que você possa tomar as decisões mais indicadas para o crescimento da sua empresa.

Por exemplo, um trabalho de marketing digital hoje em dia é fundamental. Saber como se destacar no ambiente virtual é um diferencial da sua marca.

O networking também é importante para os negócios. A prática é o ato de manter contato com outros profissionais. Logo, não se trata apenas de conseguir um grande número de interações, mas desenvolver e gerenciar uma rede de contatos profissionais de forma efetiva.

Por fim, citamos o modelo de franquia como uma forma atrativa de iniciar um negócio. Isso porque, como dito, trata-se de um modelo muito seguro e rentável, além de proporcionar facilidade na implantação.

Então, com essas dicas de hoje, você já está pronto para investir. Abra agora um modelo de negócio de sucesso! Boa sorte!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje