O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Serviços automotivos » Como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro (e ter sucesso!)

Como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro (e ter sucesso!)

Sumário

Quer saber como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro? Pois saiba que essa é uma pesquisa muito comum dos aspirantes a empreendedores.

Até porque, há momentos em que você pode não aguentar mais a rotina. O chefe, a pressão por resultados, um salário ruim etc. Logo, por estes e outros motivos é que o sonho de quase metade dos brasileiros.

Se este é o seu caso e você tem pouco capital para começar um negócio, temos uma boa notícia: não é preciso muito para ganhar dinheiro com o próprio negócio. Só é preciso escolher o modelo certo de empresa e isso você pode fazer.

E o melhor modelo para quem quer investir pouco é a franquia. Ok, este é um blog que fala principalmente sobre franquias, então essa resposta era um pouco previsível, certo?

Mas ela é previsível exatamente porque franquias têm ideias e plano de negócios lucrativos. Com elas, você pode trabalhar com uma marca conhecida e um modelo de negócio já com sucesso no mercado.

Então, abrir uma franquia pode ser, inclusive, bem mais barato do que iniciar um negócio do zero. Isso já que o modelo da empresa já estará estabelecido, sem a necessidade de pesquisa de mercado, definição de projeto visual, marketing expressivo e mais.

Sem contar que as franquias oferecem suporte completo ao empreendedor. Dessa forma, ele tem mais facilidade em estabelecer a sua unidade e conquistar público.

Assim, abaixo, apresentamos as vantagens de abrir uma franquia e tendências de negócio lucrativos. Também contamos como montar um negócio rentável com pouco dinheiro, com dicas que vão facilitar o seu sucesso. Continue lendo!

Quais as vantagens de abrir uma franquia?

Abrir uma franquia oferece uma série de vantagens significativas para empreendedores. Assim, ao optar por esse modelo de negócio, você tem acesso a uma marca já estabelecida, o que aumenta suas chances de sucesso.

Além disso, a franquia proporciona suporte contínuo por parte do franqueador, abrangendo desde a seleção do local até treinamentos especializados. Desse modo, você pode contar com a experiência e know-how do franqueador para orientar suas ações e alcançar resultados positivos.

Outra vantagem é a possibilidade de aproveitar a economia de escala. Ao se juntar a uma rede de franquias, você tem acesso a melhores condições em relação a fornecedores e compras de equipamentos, o que resulta em economias significativas de custos.

Além disso, o respaldo da marca estabelecida aumenta sua credibilidade junto aos clientes. Inclusive, a franquia já possui uma base de clientes consolidada, o que permite uma entrada mais suave no mercado e a conquista de um público-alvo pré-existente.

Adicionalmente, abrir uma franquia oferece oportunidades de crescimento e expansão. Com o suporte do franqueador, você pode abrir unidades adicionais em diferentes regiões, aproveitando as sinergias e benefícios da marca já estabelecida.

Isso permite que você amplie seu alcance e aumente seu potencial de lucratividade.

Em resumo, as vantagens de abrir uma franquia incluem a força de uma marca famosa, suporte contínuo, economia de escala e credibilidade junto aos clientes.

Ao embarcar nesse modelo de negócio, você está adotando uma abordagem comprovada e maximizando suas chances de sucesso empresarial.

Plano de negócio da franquia

Ao adquirir uma franquia, o empreendedor recebe um plano de negócio bem definido da franquia. Portanto, para atuar, ele só precisará colocar esse planejamento em prática, oferecendo os mesmos serviços, produtos e atendimento da “loja matriz”.

Um dos principais benefícios deste plano de negócio é que ele já foi testado em outras unidades. Por isso, foi corrigido sempre que necessário. Então, seus resultados são mais acertados, com erros muito pouco frequentes. Os bons resultados acontecem de forma mais rápida.

Algo diferente do que ocorre ao abrir uma empresa do zero. Afinal, neste caso, os resultados vêm depois de erros e correções. Desse modo, o plano de negócio não terá sido testado em outro luga. Por fim, as adaptações serão necessárias. 

Por causa dessa necessidade, os resultados de um novo negócio costumam ser mais lentos dos que os de uma franquia. Até porque, é preciso conquistar a confiança do usuário primeiro.

Marca reconhecida no mercado

Investindo em uma franquia, você trabalhará com uma marca já conhecida no mercado. Sabendo que outras unidades existem, o consumidor entende que receberá exatamente os mesmos produtos, serviços e atendimento delas. Assim, eles têm mais segurança de comprar com a empresa.

Por isso, as franquias alcançam rapidamente um lucro alto. Pesquisando sobre a marca na internet, o usuário terá acesso a opiniões de outros consumidores. Depois, ao verificar as críticas positivas sobre o negócio, eles hesitarão menos em gastar com você.

Imagine, por outro lado, abrir seu próprio negócio. Até convencer os usuários de que você realmente tem algo bom a oferecer, pode levar meses. Neste meio tempo, sua empresa não daria tanto lucro.

Modelo home office de negócio

Muitas marcas de franquia também oferecem modelos de negócio do tipo home office. Essa opção tem pouco investimento inicial, pois não é necessário montar um espaço comercial para a atividade.

Ou seja, no home based, o empreendedor pode trabalhar direto de casa. Como não será preciso alugar um espaço, reformá-lo, contratar funcionários etc, os custos serão baixos. 

Esse tipo de empreendimento também garante um pouco mais de flexibilidade ao franqueado. Isso já que ele pode trabalhar quando desejar, no próprio horário.

Mas é preciso dizer que a dedicação à franquia está diretamente ligada ao lucro obtido com ela. Logo, o empreendedor precisa ter disciplina e trabalhar de forma organizada.

As franquias home office geralmente são microfranquias, com investimento máximo de R$ 135 mil. Mas algumas são franquias bem mais baratas, com custo inicial de cerca de R$ 5 mil.

Fornecedores homologados

As franquias geralmente possuem fornecedores homologados da marca. Com esses parceiros, o franqueado pode adquirir os produtos e insumos necessários com um custo mais baixo. Afinal, se o fornecedor vende para toda a rede, pode oferecer preços mais em conta.

Contar com essa parceria também facilita a padronização necessária à franquia. Contando com o mesmo que as outras unidades, a franquia tem mais facilidade de entregar exatamente os produtos e serviços esperados da marca.

Suporte ao franqueado

Sem dúvida, uma das principais vantagens de uma franquia, e que a torna um negócio lucrativo, é o suporte dado ao franqueado. Assim, eles são oferecidos pela franqueadora, que auxilia em toda a operação do negócio.

Mas um dos primeiros suportes que uma franquia oferece é o treinamento do empreendedor. Por meio dele, o franqueado aprende a operar com a marca, seus produtos e serviços. 

Em seguida, a franqueadora transmite todo o seu know-how, conhecimento acumulado sobre o mercado, consumidores, modos de fazer etc.

Outro suporte comum é o de marketing. Por meio dele, o franqueado recebe dicas e materiais para fazer a divulgação da sua unidade. O marketing de uma franquia é fundamental, pois atrai consumidores e estabelece a empresa como uma autoridade no mercado.

As franqueadoras geralmente também entregam suporte comercial, operacional, jurídico e outros às suas unidade de franquia.

Logo, os suportes oferecidos ao franqueado variam conforme a marca de franquia escolhida. Para saber com o quê você poderá contar, leia a COF da empresa.

A COF é a Circular de Oferta de Franquia. Ou seja, o documento que apresenta todo o necessário sobre a franquia, do seu histórico aos valores essenciais de investimento. Além, claro, dos apoios que serão oferecidos ao empreendedor para desenvolver o seu negócio.

Custo mais baixo de investimento

Como explicamos antes, abrir uma franquia é uma oportunidade e tanto de montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro. Você não vai precisar, por exemplo, estabelecer um plano de negócio do zero, nem o visual da empresa.

Isso porque, oda a identidade visual da marca será entregue pela franqueadora. Então, você só precisará usar os materiais gráficos e, no caso de uma unidade física, montar a loja seguindo os padrões.

Os suportes direcionados ao franqueado ainda permitem economia com capacitação, do empreendedor e da equipe. Sem contar os valores mais baixos pagos a fornecedores homologados da empresa.

As vantagens de abrir uma franquia também incluem a redução do risco do investimento, inovação contínua, sistemas de controle de qualidade e outras.

Mas, na hora de investir neste tipo de negócio, é essencial conhecer tudo sobre ele. Assim, você terá a certeza de que está pronto para se adaptar a essa parceria com a franqueadora.

Dicas de como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro

Agora que você já sabe as vantagens de abrir uma franquia, é hora de explicarmos como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro.

Claro, além de optar por uma franquia, você vai precisar tomar uma série de cuidados para que sua empresa se desenvolva. Por isso, o trabalho dedicado do franqueado é parte fundamental do seu sucesso. Veja abaixo.

Planeje o investimento

É muito importante planejar os valores para investir em uma franquia. Dessa forma, você saberá o quanto precisa inicialmente e o necessário para manter a empresa funcionando.

Na COF da franquia, a franqueadora faz a estimativa de todos os valores necessários para o negócio. Capital de giro, instalação do espaço, compra de equipamentos etc.

Essa estimativa é bastante precisa, sendo que sua variação ocorre, normalmente, apenas na instalação do espaço. Isso porque, o custo do aluguel e reforma do local podem variar conforme a região do país.

Fora isso, a franqueadora apresenta as taxas básicas de franquia. São elas:

  • A Taxa de Franquia, que estabelece o início da parceria entre franqueadora e franqueado;
  • Taxa de Marketing, que garante o suporte de marketing à unidade; e
  • Royalties, uma remuneração à franqueadora para a continuidade do uso e conhecimento da marca na franquia.

Outras taxas podem aparecer, como de sistema e produtos. Mas isso varia conforme a empresa.

Conhecendo todos esses custos, você poderá estimar o necessário. Então, se precisar, poderá buscar por um financiamento para franquia, ou ainda por um sócio.

Tente vender antes de abrir a empresa

Um dos suportes que a franqueadora oferece, que não citamos antes, é o estudo de geomarketing. Por meio dele, a marca verifica que se há público-alvo da franquia na localidade, e o melhor ponto para instalá-la.

Ou seja, sua unidade só será montada se a marca perceber que ela pode se desenvolver na sua cidade. Mesmo que o município seja pequeno. Portanto, se esse potencial não existir, a empresa vai sugerir que você pesquise por outra franquia, com mais chances de sucesso.

Ainda assim, é importante que você faça sua própria pesquisa. Por isso, tente “vender” os serviços e produtos da franquia antes de iniciá-la. Converse com amigos, parentes e vizinhos. Explique sua ideia de negócio, e verifique a opinião deles. Eles comprariam com você? Há interesse no que você teria a oferecer?

Essa validação, mesmo de pessoas mais próximas, poderá clarear o real potencial daquele negócio que você pretende abrir.

Invista em um ramo que você já conhece

Para abrir uma franquia, não é preciso que você tenha experiência no setor que vai investir. Já que a franqueadora vai te preparar para atuar, você poderá trabalhar com a marca já estando inserido ou não no setor.

Pensando nisso, é mais importante que você tenha interesse no ramo. Você precisará gostar de trabalhar no setor. Do contrário, seu entusiasmo em investir tempo e dinheiro na empresa pode minguar.

Então, caso você já conheça o segmento da franquia, terá mais facilidade de atuar. Por isso, vale a pena estudar um pouco mais sobre o ramo desejado. Conheça seu público, vantagens, desvantagens e tendências.

Aprenda novas habilidades

Principalmente em uma franquia home office, pode ser que você não precise contratar funcionários. Mas, se for necessário, você diminuir o número de colaboradores aprendendo mais sobre o gerenciamento da empresa.

Por exemplo: em vez de contratar alguém para ficar responsável pelo marketing da unidade, que tal aprender mais sobre o assunto? Assim, você poderá gerenciar as redes sociais da sua franquia.

Neste caso, como a franqueadora vai te oferecer esse suporte, a contratação de um responsável pode ser desnecessária. Logo, seus custos com a unidade serão menores.

Mas vale destacar que você não deve, de modo algum, acumular todas as funções de uma franquia. Se ela for home office, tudo bem, pois muito provavelmente o trabalho só vai precisar de uma pessoa — você.

Mas em unidades maiores, de lojas físicas, o trabalho vai demandar mais. Se acumular todas as funções, você poderá não realizar nenhuma delas com a qualidade necessária. Os resultados serão bem distantes do esperado.

Por isso, se você optar por investir em uma unidade física, dedique-se a gerenciar a unidade. Para as demais funções, de venda, marketing, contabilidade e outros, procure parceiros. 

Uma das características de um líder, e de um empreendedor de sucesso, é delegar tarefas.

Invista no marketing do seu negócio

Divulgar a sua unidade de franquia será essencial para atrair consumidores. Se os usuários não souberem da sua empresa, nem o que ela tem a oferecer, por que vão comprar com ela?

Então, trabalhe o marketing digital da sua franquia. Especialmente nas redes sociais, mas também com anúncios on-line.

Outra dica é investir em materiais, como panfletos, cartões fidelidade e vouchers de desconto. Buscar parcerias com empresas e condomínios também é interessante. Se você oferecer condições especiais a este público, e depois um bom atendimento, ele poderá se tornar fiel à sua unidade.

Claro, a franquia estará à disposição para este suporte, te oferecendo materiais e sugestões de como atuar. Mas ações locais são igualmente importantes, pois os públicos têm perfis diferentes no país.

Dessa maneira, lembre-se de debater suas ideias com a franqueadora. Mesmo em ações locais, o marketing deve manter uma padronização visual e de comunicação.

Como comprar uma franquia barata?

Para quem está começando um negócio em franquia, um dos primeiros passos é pesquisar bastante e conhecer as várias opções no franchising.

Nesse sentido, avaliar qual franquia melhor se encaixa às suas necessidades e objetivos. Ainda, avaliar as lacunas do mercado da região onde pretende atuar.

Por exemplo, entender que tipo de produto ou serviço está em falta na região ou que os concorrentes não sejam tão sólidos e confiáveis.

Outro ponto é a análise da COF da marca. Assim, veja como são os detalhes do dia a dia do negócio, os suportes oferecidos pela franqueadora e a rentabilidade da franquia.

Neste ponto, avaliar se a franqueadora oferece uma base que vá lhe ajudar no desenvolvimento do negócio. Isso porque, nem todas as marcas oferecem os mesmos suportes, nem com a mesma qualidade.

A COF ainda tem os contatos dos outros franqueados e ex-franqueados da marca. Converse um pouco com eles para saber detalhes da franquia.

Se muitas vezes demoramos um bom tempo para comprar uma televisão, pesquisamos bastante, avaliamos marcas, modelos, qualidade, para investir em uma franquia. Portanto, esta pesquisa deve ser muito mais minuciosa.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Então, não pule etapas, faça este processo de como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro de forma tranquila, avaliando bem as franquias que mais lhe chamaram a atenção antes de investir.

Por fim, atente-se a alguns mercados que estão em um bom momento, como estes que separamos para você no tópico a seguir. Ainda, confira no link com diversas franquias de baixo investimento aqui.

Ideias de negócio para montar com pouco dinheiro

Com todas as nossas dicas de como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro, você deve estar se perguntando em quê investir.

Como explicamos antes, é essencial que você encontre um setor atrativo ao seu perfil. Tendo prazer em trabalhar no ramo, seus resultados serão obtidos mais facilmente.

A boa notícia é que os setores para se investir são muito diversos. Para se ter uma ideia, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), são quase 3 mil marcas de franquia no Brasil.

Muitas das franquias apresentam negócios inovadores, outras são mais tradicionais para atuar com venda de roupas, produtos de limpeza, entre diversos outros nichos de mercado.

Muitas delas são interessantes, inclusive, para abrir um negócio na crise. Afinal, mesmo em momentos de insegurança econômica, alguns ramos não param de lucrar. Acompanhe mais sobre o assunto no texto: Abrir franquia na crise: em quais setores investir? Opções de negócio.

Para te ajudar a definir no quê investir, selecionamos algumas atividades baratas e lucrativas logo abaixo. Sempre com sugestões de franquia para investir. 

E-commerce

O e-commerce, ou seja, a venda de produtos pela internet, é um ramo de atividade que só cresce.

As vantagens deste tipo de negócio são diversas. Há, por exemplo, um custo menor do empreendedor, uma vez que não é necessário manter funcionários para a venda em uma loja física.

Mas ao mesmo tempo, a compra para a internet é prática, precisando de apenas alguns cliques do usuário. Isso facilita a atração dos consumidores potenciais — que são muitos. Hoje, a população brasileira está conectada às redes digitais.

De qualquer forma, é sempre importante tomar alguns cuidados com sua loja virtual. Como realizar um intenso marketing digital, ter uma plataforma de uso fácil e um diferencial competitivo.

Com a Brasil Nutri Shop, o empreendedor vende alimentos funcionais, vitaminas, itens para a beleza e estética e mais.

Serviços automotivos

Outro ramo com grande potencial de faturamento é o de serviços automotivos. Ele engloba atendimentos para a estética automotiva, mecânica, autopeças e mais.

Fatores como o grande número de carros no Brasil favorecem esse tipo de negócio. Por isso, os números são atrativos.

Já para investir no segmento, você pode optar, por exemplo, pela Acquazero. A marca é a maior rede de estética automotiva do mundo.

Entre os seus principais serviços está a limpeza ecológica, que usa apenas 300 ml de água para limpar um carro. Em comparação, lava jatos comuns usam cerca de 300 litros para o serviço. De acordo com a publicação da revista Segs, a marca fomenta o mercado de sustentabilidade e contribui para a preservação do meio ambiente.

Além disso, a franquia oferece serviços como enceramento, limpeza do ar-condicionado, higienização interna do carro e outros.

São dois os modelos de negócio da franquia: loja física e home office. Sendo assim, o empreendedor atua de modo delivery, indo até a casa do cliente para realizar os atendimentos.

Alimentação delivery

Esse ramo faz parte do segmento de Alimentação nas franquias, que tem o maior faturamento do franchising.

Quem tem interesse em culinária pode se dar muito bem nessa atividade.

Seguros e soluções financeiras

Outra opção de franquia lucrativa e barata é a que trabalha com seguros e soluções financeiras. Como seguro auto, seguro viagem, previdência privada e consórcios.

Com esse negócio, o empreendedor oferece proteção aos usuários. E quem não deseja contar com auxílio em momentos de necessidade?

Se você desejar investir em uma franquia corretora, pode optar pela Quisto Corretora de Seguros. A Quisto está no mercado desde 2012 e oferece mais de 90 serviços ao consumidor. 

Segundo a franqueada, Priscila Barreto, 34 anos, o suporte, os treinamentos e a equipe de marketing contribuíram com a decisão em se tornar proprietária de uma unidade da marca.

E para facilitar mais, o franqueado conta com um sistema multicálculo, que faz cotações em várias seguradoras de uma só vez.

O candidato a franqueado da marca pode optar por um modelo home office e outro loja física. Pronto! Agora você já sabe tudo o que precisa para montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro. 

Mas lembre-se de pesquisar bem sobre as marcas de franquias antes de investir. É essencial que elas sejam bem vistas no mercado, e que ofereçam o prometido ao franqueado.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje