Como ter sucesso no negócio próprio: 11 dicas que vão te auxiliar

Por
em
Um homem de terno azul parado em uma escadaria. Imagem ilustrativa do texto como ter sucesso no negócio próprio.
Advertisement

Nem sempre começar a empreender é uma tarefa fácil, e é comum ter uma certa insegurança nessa hora. Por isso, confira algumas dicas de como ter sucesso no negócio próprio e assim, investir neste sonho.

Segundo levantamento em 2020 da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), 50 milhões de brasileiros pretendem abrir uma empresa própria nos próximos três anos.

Dentro desse grande grupo, com certeza existem empreendedores que não sentem tanta confiança para investir em um novo negócio, mas aqui mostramos que esse processo não é um bicho de sete cabeças. Continue a leitura e saiba mais!

Veja como ter sucesso no negócio próprio

Empreender é um sonho para muitas pessoas, como falamos anteriormente. Porém, abrir um negócio não é como comprar um eletrodoméstico ou um sofá. Exige muita preparação por parte do empreendedor.

Dessa forma, atentar-se a cada detalhe desse processo pode ajudar em como ter sucesso no negócio próprio, e aqui trouxemos algumas dicas do que é necessário.

1. Saiba bem o que você quer fazer

Antes de investir, o primeiro passo a se dar é a escolha do que você quer fazer. Para muitos, o próprio negócio sempre foi um sonho.

Mas para outros, empreender é uma solução para combater a crise e, com isso, surgem diversas opções de ramos com produtos e serviços variados.

É sempre mais seguro investir em algo que já se tem experiência, pois você já terá habilidades relacionadas ao negócio para iniciar os trabalhos e treinar, de maneira básica, o seu pessoal.

Nesse sentido, seja por formação acadêmica ou pela prática de mercado, qualquer conhecimento prévio no assunto pode ajudar. Do mesmo modo, quando se faz algo que gosta, as atividades são mais prazerosas e como consequência vem a satisfação profissional.

Por isso, tente buscar por segmentos com os quais você se identifique e, em caso de franquias, com modelo de negócios e serviços nos quais acredite, assim valerá a pena investir.

Homem trabalhando em uma oficina. Imagem ilustrativa do texto como ter sucesso no negócio próprio.
Invista em um negócio para trabalhar com algo que goste.

Além disso, avaliar como as suas próprias características podem ser aproveitadas. Por exemplo, uma pessoa comunicativa, que tem facilidade de diálogo, deve buscar uma ideia de negócio que permita um contato direto com os clientes.

Enfim, é uma análise bem pessoal que o empreendedor deve separar um tempo para avaliar com o que deseja trabalhar.

2. Defina metas para seu negócio

Advertisement

Sabemos que para empreender é necessário algum tipo de planejamento, com perspectivas a médio e longo prazo, porque sem isso é como se estivéssemos dirigindo um carro sem direção.

Nesse planejamento os responsáveis do negócio devem estabelecer os tópicos de importância para o sucesso do empreendimento, como seus objetivos e metas.

Ainda, é bem comum que ocorra uma certa confusão entre os termos “Meta” e “Objetivo”, e de forma simples podemos explicar que o objetivo é o que você deseja realizar, como cruzar a “linha de chegada” de uma corrida em primeiro lugar.

Já as metas seriam as curvas e trocas de marchas necessárias durante o percurso, ou seja, pequenas ações específicas que são preciosas para que se alcance o objetivo.

Então, quando você inicia um empreendimento já com esse hábito de ter disciplina com metas e objetivos, você evita problemas complexos por ter adotado medidas simples no início.

Do mesmo modo, para conseguir alcançar seus objetivos é necessário passar por tarefas nem sempre prazerosas. No dia a dia, muitas vezes precisamos fazer sacrifícios como acordar mais cedo, ficar até mais tarde ou trabalhar no final da semana, por exemplo.

Mesmo assim, esse desconforto precisa ser encarado como parte de um plano maior e também como algo temporário.

Por fim, saiba onde quer chegar, pois visualizar o fim do caminho ajuda a lhe orientar na tomada de decisões ao longo do processo e é um passo de como ter sucesso no próprio negócio.

3. Planeje seus passos

Pessoa em pé explicando algo para outras pessoas sentadas em uma mesa de reunião. Imagem ilustrativa do texto como ter sucesso no negócio próprio.
O planejamento pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua empresa.

Um bom planejamento é sem dúvida um passo para como ter sucesso no negócio próprio. O empreendedor precisa montar um caminho a ser seguido para ter êxito nesta jornada.

Mas um dos motivos para o fechamento de empresas é a falta de planejamento do negócio, seja antes de abrir a empresa ou durante o funcionamento. O ato de planejar serve para tudo na vida.

Por exemplo, quando você quer realizar uma viagem nas férias precisa planejar o dinheiro necessário, qual a cidade que vai viajar, a hospedagem, quantos dias, a bagagem etc.

Dessa forma, precisa pensar em todos os fatores e traçar sua rota e projetar o que pode dar errado para não ter surpresas. Logo, o planejamento também deve ser feito na sua empresa.

Nesse sentido, o planejamento ajuda na antecipação de problemas e oportunidades, auxiliando no direcionamento das empresas, de acordo com as aberturas do mercado em que a empresa está inserida.

Então, para orientar o processo e suas ideias é importante um plano de negócios. Ele aborda os principais aspectos da empresa.

Desse modo, para elaborar um plano de negócios, é muito importante fazer pesquisas, a fim de checar se o mercado suporta a nova empresa, avaliar se há produto ou serviço parecido com o que você quer montar nas proximidades e verificar que diferencial você vai estabelecer em relação à concorrência.

4. Desenvolva sua empresa passo a passo

O planejamento é um ponto importante de como ter sucesso no negócio próprio, e ele precisa ser desenvolvido por etapas.

O empreendedor precisa analisar o que é necessário ser feito para a montagem do negócio e ir passando ponto por ponto, sem queimar etapas.

O negócio pode ser estruturado aos poucos, analisando custos e buscando alternativas mais baratas ou mais eficientes.

Assim, para a sua empresa é importante que o crescimento se dê de forma gradual, sem que você dê um passo maior do que as pernas.

Mulher escrevendo algo em um quadro branco com dois homens olhando para ela. Imagem ilustrativa do texto como ter sucesso no negócio próprio.
O empreendedor deve buscar um desenvolvimento sólido do negócio, passo a passo.

Isso permite que avalie com calma cada etapa, tenha tempo para buscar alternativas mais eficientes de um maquinário ou insumo que irá usar.

Dessa forma, um passo de cada vez é o ideal para um crescimento sustentável e sólido do seu negócio ao longo do tempo.

5. Conheça o mercado em detalhes

A viabilidade comercial de uma loja, de um produto ou serviço é a diferença entre um negócio bem-sucedido e um hobby. Por isso, entrar no jogo realmente preparado, com consciência e planejamento, é fundamental.

Nesse sentido, um dos passos de como ter sucesso no negócio próprio é estudar bem o mercado no qual vai atuar. Conhecer o público-alvo, seus concorrentes, o preço que os consumidores estão dispostos a pagar e ainda, como chegar até eles com o seu marketing.

Essa pesquisa de mercado deve levar em conta o que os clientes dos seus concorrentes estão dizendo, por exemplo, nas redes sociais.

Ainda, entenda qual a lucratividade média de um negócio neste mercado, se o setor está em viés de alta, se está carente de inovação, ou então, se está em um momento ruim.

Tudo isso permite que você faça um investimento mais seguro, que esteja em consonância com os movimentos atuais do mercado.

6. Se prepare para administrar

Você não pode entrar em uma luta de boxe sem treinar, voar de asa-delta sem praticar, fazer um prato requintado em nunca ter cozinha.

Para várias atividades da nossa vida precisamos nos preparar para realizá-las, e para empreender, isso não é diferente.

Como falamos, iniciar um negócio próprio exige muito planejamento e cuidados para que o processo resulte em uma empresa sólida.

Portanto, para que tudo possa ocorrer da melhor maneira possível, o empreendedor deve buscar o máximo de conhecimento. A internet é uma ampla fonte de informações para conhecer mais sobre a gestão de um negócio.

Homem em pé ao lado de duas mulheres trabalhando em seus computadores. Imagem ilustrativa do texto como ter sucesso no negócio próprio.
O empreendedor deve buscar conhecimento sobre a administração e gestão de um negócio.

Dessa forma, estude de várias formas, por meio de cursos on-line, livros e palestras de empreendedores renomados, que podem lhe dar um norte para seguir.

Enfim, iniciar uma empresa é algo que não acaba no momento que você abre as portas. A administração e gestão do negócio precisa ser feita no dia a dia, e quanto mais você souber sobre isso, melhor.

Advertisement

7. Organize suas finanças e planeje o futuro

Mesmo com todo o planejamento para a estrutura e operação do negócio, o empreendedor também precisa atentar-se com a parte financeira da empresa.

Logo, é essencial que tenha uma boa noção sobre os custos do negócio, por exemplo, se é uma opção barata, quanto ele tem potencial para faturar, e ainda, quanto dinheiro você tem para investir.

Além disso, depois de todo o investimento para a montagem do negócio, o empreendedor também precisa ter uma reserva, o chamado capital de giro.

Esse valor deve ser o suficiente para pagar as contas da empresa nesse início, até que as vendas do negócio cresçam.

Nesse sentido, o capital de giro deve ser o suficiente para pagar os funcionários, as contas mensais do negócio, mesmo que entre pouco dinheiro naquele mês.

Sendo assim, ter esta reserva antes mesmo de abrir o negócio próprio, ter também um valor para suas contas pessoais, e ainda, juntar um pouco em cada mês para que no futuro não falte o capital de giro.

Como esta parte financeira é importante, caso o empreendedor não tenha tanto capital, deve buscar ideias de negócios mais em conta, para que tenha capacidade de investir e ter essa reserva.

8. Aprenda tudo sobre seu cliente

Falamos sobre o conhecimento que o empreendedor precisa ter do mercado, e um desses detalhes do setor que ele precisa analisar bem é o público-alvo.

Nesse sentido, conhecer mais sobre as pessoas que potencialmente irão consumir na sua empresa. Saiba o que eles querem, quanto estão dispostos a pagar, quais seus hábitos de consumo, entre outros detalhes.

Mulher servindo um copo de chopp e um cliente esperando no balcão do bar.
Conhecendo bem seu cliente você sabe como atendê-lo melhor.

Existem empresas especializadas neste levantamento, que apresentam um estudo sobre a faixa de renda da sua região, escolaridade, produtos mais consumidos, entre outros conhecimentos sobre os consumidores.

Tendo uma noção sobre como chegar até o seu cliente, atender da forma que ele deseja, você consegue montar um negócio mais eficiente.

Assim, é possível estruturar o negócio para que ele possa ter um preço atrativo, oferecer as opções mais procuradas pelos clientes e até sabendo de quanto em quanto tempo ele compra esses produtos, por exemplo.

9. Organize ações de marketing

O empreendedor precisa organizar bem como fará a divulgação do seu negócio, o já bem conhecido marketing.

Ele é o planejamento de todas as ações de marketing que a sua empresa pretende realizar. De forma resumida, podemos dizer que ele é o norte que vai conduzir as ações estratégicas do seu negócio.

Ter uma boa estratégia de ações para o marketing é essencial para o sucesso da sua marca. Isso porque de nada adianta investir recursos e esforços em campanhas se você não tiver metas claras a serem alcançadas.

Desse modo, o importante nesse primeiro momento é compreender que pelo Planejamento de Marketing ser uma espécie de roteiro para as ações da empresa, ele precisa ser capaz de ser posto em prática.

Assim, para evitar elaborações desnecessárias ou muito fora da realidade da sua empresa, se atente aos dados. Opiniões são importantes, mas fatos ajudam a organizar o pensamento e serem mais objetivos.

Com mercados cada vez mais concorridos, sua empresa deve conseguir realizar esse marketing de forma eficiente e bem direcionada para seu público-alvo.

10. Atualize seu negócio

Uma necessidade de como ter sucesso no negócio próprio é estar sempre atualizado. A empresa não pode parar no tempo, nem o empreendedor.

Dessa forma, atentar-se para as inovações do mercado, mudanças nos hábitos de consumo, novas tecnologias que possam baratear o seu custo ou aumentar sua produção.

IMulher usando um óculos 3D em frente um computador, em uma empresa.
O empreendedor deve estar atento às inovações que podem impactar o seu negócio.

A humanidade como um todo passa por um momento de grandes e rápidas evoluções, e isso não é diferente no empreendedorismo.

Então, é preciso que você identifique as mudanças necessárias ao longo do tempo e faça essas alterações sempre que preciso.

11. Persista!

Por último, mas não menos importante, a persistência é algo que irá contribuir para o processo de como ter sucesso no negócio próprio.

Saiba que nem sempre sua empresa decola em pouco tempo. Isso porque, pode demorar para que as vendas comecem a acontecer de maneira satisfatória.

Portanto, além de estar sempre alerta às mudanças necessárias, como falamos no tópico anterior, é preciso persistir, ter foco e resiliência para absorver os problemas e buscar soluções.

Ainda, se sua primeira empresa não decolar, não desista de empreender. Reavalie a experiência, busque alternativas, saiba onde errou e siga em frente.

Saiba que o resultado não será fácil, o sucesso no empreendimento não vem da noite para o dia, mas um bom trabalho e dedicação com certeza aumentam suas chances de êxito.

Qual é o melhor negócio para abrir neste momento?

Entre as formas de como ter sucesso no negócio próprio, com certeza o mercado de franquias estão entre as melhores opções.

Esse modelo consiste em um negócio previamente estabelecido, com uma operação padronizada e feita para ser replicada por empreendedores dos mais variados perfis.

Do mesmo modo, o empreendedor investe em uma empresa que vem quase pronta, com uma estrutura definida, uma marca reconhecida no mercado e um plano de negócio para o desenvolvimento da empresa.

Com isso, o empreendedor pula diversas etapas em relação ao processo de iniciar um negócio, conseguindo ter um retorno mais rápido.

Um ponto positivo desse modelo é que o empreendedor sabe de antemão quanto terá de investir para a montagem do negócio.

Ao receber ao Circular de Oferta de Franquias (COF), lhe é apresentada uma projeção de custos do negócio, bem como outros detalhes da empresa, como os suportes oferecidos.

Já esses suportes são uma forma de orientar o empreendedor para o começo de sua jornada, como treinamentos para conhecer o mercado, a operação da franquia e como fazer o atendimento.

Da mesma forma, a franqueadora ajuda na escolha do melhor local para a nova unidade, que esteja em uma região atrativa para aquele tipo de negócio.

Enfim, esses suportes e o modelo já estruturado facilitam a vida do empreendedor e ajudam em como ter sucesso no negócio próprio.

Por último, agora que você já sabe sobre o assunto, confira uma lista de franquias baratas que separamos para você. Acesse e abra o seu negócio, porque a hora de ganhar dinheiro é agora!

Advertisement
Advertisement