O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Confira dicas financeiras para franquia que irão te ajudar no seu negócio!

Confira dicas financeiras para franquia que irão te ajudar no seu negócio!

Sumário

Neste texto, você vai conferir dicas financeiras para franquia. Assim, é possível saber como administrar o negócio da melhor forma depois de entrar para o sistema de franchising.

Uma pesquisa apontou, por exemplo, que cerca de 52% dos brasileiros não planejam o gasto do dinheiro. Dessa forma, muitos encontram dificuldades para abrir um negócio e atingir a saúde financeira.

Mesmo que uma rede de franquias apresente diversas vantagens para os investidores, é preciso ter cuidado com as finanças. Isso porque, o desempenho de um negócio está relacionado a diversos fatores que muitas vezes não dependem do empreendedor.

Assim, seguir as dicas financeiras para franquia pode ajudar a evitar surpresas e lidar melhor com imprevistos. Dessa forma, você não se endivida, gasta com consciência e tem mais chances de ter bons lucros.

Melhores dicas financeiras para seguir na franquia

A seguir, vamos apresentar as principais dicas financeiras para franquia. Entre elas, por exemplo, ter noção dos custos previstos, monitorar os gastos, controlar o fluxo de caixa e muito mais. Dessa forma, as chances de ter uma franquia de sucesso são maiores.

Conheça os custos previstos

Uma das principais dicas financeiras para franquia começa ao conhecer os custos previstos do negócio.

Desse modo, é indispensável a leitura da Circular Oferta de Franquia (COF). Afinal, esse documento contém todas as informações necessárias do empreendimento.

Entre elas, por exemplo, os custos, regras e modelo de negócio, bem como as etapas de implantação com todos os valores explicados. Geralmente, a COF tem um prazo mínimo de dez dias para ser analisada pelo candidato.

Assim, a recomendação é que o candidato recorra a um advogado para esclarecer possíveis dúvidas sobre as informações. Normalmente, as taxas do negócio são as de franquia, de propaganda, royalties e capital de giro.

Além disso, algumas empresas envolvem outros custos. Como, por exemplo, para estoque inicial, abertura de CNPJ, taxa para reforma etc. Porém, todos esses valores estarão explicados na COF.

Umas das taxas mais comuns é a taxa de franquia, principal valor que representa boa parte do investimento total do negócio. Desse modo, corresponde à remuneração que a empresa deve receber para ceder o uso e exploração comercial da marca.

Mantenha capital de giro

O capital de giro é um valor reservado para manter as operações da empresa em pleno funcionamento. Desse modo, é um dos gastos mais importantes do negócio, incluso no custo da franquia.

O capital de giro da franquia serve também para manter o estoque da empresa em dia, por exemplo. Ou seja, atua como uma reserva de caixa caso aconteça algum imprevisto.

Dessa forma, algumas franquias delimitam um custo específico de capital de giro, presente no valor do investimento inicial. Porém, mesmo quando a quantia não é definida pela franqueadora é importante ter um bom capital de giro.

Assim, serve como uma garantia para o funcionamento pleno da franquia. Principalmente, antes do momento do empreendimento atingir o ponto de equilíbrio para começar a se pagar e depois gerar os lucros esperados.

O valor de manutenção de capital de giro é definido levando em consideração algumas informações já contidas na COF. Como o prazo médio de retorno do investimento, custo mensal do negócio e a produção da franquia.

Outra boa dica é para que o franqueado separe o valor dessas despesas dos gastos pessoais.

Monitore os gastos

O monitoramento de gastos serve para o planejamento e controle das atividades financeiras. Além disso, ajuda o empreendedor a saber os valores a serem pagos e recebidos, por exemplo. 

Desse modo, ele sabe o quanto de dinheiro está entrando e saindo da empresa. Bem como controla as operações da unidade, como fluxo de caixa com demonstração das operações realizadas.

Outro benefício do monitoramento de gastos é a possibilidade da programação correta das ações financeiras. Fato esse que ajuda a minimizar ou excluir prejuízos envolvendo pagamento de multas e juros.

Assim, também gera uma redução de riscos e possíveis erros, com previsão mais segura das despesas e receitas. Do mesmo modo, garante mais produtividade e motivação da equipe. Logo, otimiza os processos e possibilitando maior controle financeiro.

Para monitorar os gastos o empreendedor precisa fazer um planejamento financeiro. Algumas ferramentas podem ajudar, como softwares específicos para tornar o processo mais simples e ágil. Desse modo, é possível ter mais organização, o que gera um maior controle do empreendimento.

Bem como visualizar todos os gastos, pagar as contas em dia, até mesmo antecipar pagamentos que oferecem descontos.

Procure economizar

Economizar é uma das dicas financeiras para franquia, mas que também vale para a vida pessoal. Assim, analise no que é possível poupar gastos sem afetar os resultados da empresa.

Do mesmo modo, é importante garantir que a economia não vai reduzir a qualidade dos produtos e serviços da franquia. No dia a dia de uma empresa, há valores que você pode reduzir para chegar ao fim do mês com mais segurança.

Contudo, até mesmo a economia precisa de planejamento. Por isso, é importante mapear todos os gastos fixos e variáveis. Você pode, por exemplo, usar uma planilha ou software.

Então, você consegue olhar para o negócio de forma ampla e identificar onde estão os maiores gastos. Logo, se for possível economizar, estabeleça como esse corte de despesas pode ser realizado.

Administre gastos com fornecedores 

Assim como em todos os setores, o franchising utiliza fornecedores para conseguir oferecer produtos e serviços. Então, uma das dicas financeiras para franquia é administrar gastos com fornecedores.

Ao abrir uma franquia, você passa a contar com uma relação de fornecedores homologados. Ou seja, você terá uma série de empresas que vão garantir o abastecimento de sua unidade.

Então, não é preciso correr atrás dos fornecedores por conta própria. Mesmo assim, cabe ao franqueado manter a relação com esses profissionais e organizar os valores necessários.

Dessa forma, tenha em mente quais são os gastos com os fornecedores e mantenha um controle rígido dessas transações.

Mantenha um controle financeiro

O empreendedor precisa também manter o controle financeiro do seu empreendimento. Ou seja, o negócio precisa de processos baseados para a análise de sua condição financeira completa.

Bem como entender como eles atuam em diversos processos, como na avaliação de relatórios financeiros. Além de análise de controle de entradas e saídas, saldos bancários e dados patrimoniais.

O controle financeiro tem como objetivo manter a empresa com resultados financeiros positivos. Bem como lucros financeiros que oferecem previsões otimistas de crescimento. Além de o controle financeiro poder ser dividido em objetivos de curto, médio e longo prazo.

Esse fato oferece uma visão ainda mais ampla do negócio, facilitando planejamentos e previsões para o empreendimento. Para que isso ocorra da melhor forma é necessário organizar os dados, fazer catalogações, entre outros.

Desse modo, nenhum aspecto importante vai ser desconsiderado nas futuras estratégias financeiras do negócio. O que ajuda até mesmo em possíveis economias e otimização de processos.

Conte com um bom contador!

Mas uma das dicas financeiras para franquia é buscar a ajuda de um contador. Assim, é mais fácil ter controle dos gastos e seguir à risca seu planejamento financeiro.

No caso das franquias, o contador ajuda a gerir o fluxo de dinheiro que entra e sai, bem como a organizar taxas e impostos. Uma consultoria com esse profissional pode ajudar a montar um fluxograma de gastos.

Assim, você saberá o que precisa pagar todo mês, sem surpresas. Do mesmo modo, um contador entende de questões burocráticas e até mesmo jurídicas, das quais é difícil ter controle sozinho.

Então, é importante buscar por um profissional de confiança e que ofereça os serviços necessários para a sua empresa. Por isso, comece sua busca com foco em quem tem experiência com negócios.

Por fim, conheça alguns negócios para investir: Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil. Leia.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje