Por que o empreendedorismo jovem está crescendo? Ele é para você?

Por
em
Imagem de empreendedores em uma reunião. Imagem ilustrativa texto empreendedorismo jovem.
Advertisement

Um fenômeno cada vez mais comum é o empreendedorismo jovem, em que pessoas de 18 a 34 anos resolvem iniciar um negócio próprio.

Em números gerais, o Brasil tem mais de 15,5 milhões de jovens que estão entre a fase de pesquisa de mercado ou em uma empresa há menos de três anos e meio.

É um movimento que existe por vários fatores, entre os mais diferentes perfis, como mostraremos mais neste conteúdo.

Entenda a tendência do empreendedorismo jovem

Existem muitos fatores para que o empreendedorismo jovem siga em crescimento. É cada vez mais comum termos alguém da nossa família ou amigos investindo em um negócio próprio antes de completar 30 anos.

Estima-se que quase 7 milhões de brasileiros entre 18 e 24 anos tenham empreendimentos atualmente, em estágio inicial ou já estabelecidos. Entre os jovens adultos de 25 a 34 anos, esse número passa dos 12 milhões.

Um dos fatores que desencadeia a busca por um negócio próprio é o mercado de trabalho. A taxa de desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos ficou em 29,8% ao fim de 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além disso, os jovens estão mais corajosos, em busca de um futuro mais sólido. Ademais, a confiança em se manter o emprego por longos períodos de tempo é pequena.

Alguns fatores governamentais também influenciam, tendo em vista as preocupações com a saúde da previdência pública. Nesse sentido, existe um receio entre os jovens de não conseguirem receber uma aposentadoria digna.

Como resultado, são diversos nichos de mercado para onde migram estes jovens empreendedores que, mesmo sem formação, já querem ser donos do próprio negócio.

De acordo com a pesquisa GEM 2017, do Sebrae/IBQP, quase 24% dos empreendedores tem apenas o ensino fundamental completo. Os que têm ensino superior representam cerca de 14%.

Vemos um jovem empreendedor explicando algo com o auxílio de uma lousa (imagem ilustrativa). Texto: empreendedorismo jovem.
Os jovens empreendedores estão crescendo e buscando espaço no mercado.

Os segmentos que mais atraem o empreendedorismo jovem são os serviços e comércios. Até mesmo porque, neste setores, não há necessidade de comprovar uma formação mais técnica.

Dentro deles os nichos são variados, o que permite aos empreendedores analisarem o negócio que mais combina com o seu perfil.

Qual é o perfil de um empreendedor jovem?

Para imergir no empreendedorismo jovem, não precisa necessariamente ter vigor físico, muito atrelado a pessoa mais novas.

Da mesma forma, não precisa ser um Mark Zuckerberg e revolucionar o setor onde irá investir. Pequenos negócios também são responsáveis por grandes e longevos ganhos.

Contudo, faz parte a vontade de começar um projeto do zero e ter coragem para enfrentar as dificuldades que é começar um empreendimento no Brasil.

As características são as mais variadas, mas o foco é importante, para planejar e organizar o seu empreendimento.

Da mesma forma, ter proatividade para ser o dono, e não precisar de ordens do chefe para buscar soluções para os problemas do dia a dia.

A própria palavra “empreender” traz algumas coisas que você precisa ter. Empreendedorismo significa identificar mudanças e criar novas oportunidades, e também pode ser visto como desenvolver algo diferente, inovar.

A busca por conhecimento, por realizar as tarefas da melhor maneira possível, ser mais eficiente e apresentar um diferencial.

Já o empreendedorismo jovem é juntar todas estas e outras características mesmo sem muita idade ou experiência. E também sem necessidade de uma formação superior.

Contudo, outra forma atrativa de iniciar um novo negócio é por meio das franquias. Este modelo tem chamado a atenção de jovens empreendedores, e vamos falar dele um pouco mais a frente.

Antes, confira o ebook que separamos para você com dicas sobre a hora cerca de empreender.

E-book "Chegou a sua hora de empreender?"

Em que momento empreender?

É preciso levar em conta uma série de fatores, externos e até internos ao empreendedor, como resposta para essa pergunta.

Por exemplo, pesquisar bastante sobre o mercado e analisar se a Economia está propícia para determinado investimento.

Da mesma forma, deve vir de dentro do empreendedor a coragem e o sentimento de que chegou a hora de dar este importante passo.

Assim, identificar uma lacuna no mercado ou uma oportunidade pode ser um sinal de que está na hora de empreender.

Outro fator que leva a empreender é a insatisfação com o trabalho. Se for muito jovem, o empreendedor pode não ter tido tempo de ter experiências no mercado de trabalho.

Entretanto, na sua primeira experiência, ele pode já ter identificado que este tipo de trabalho não é o ideal para ele. E, assim, enxergar no empreendedorismo jovem sua oportunidade.

Estes motivos para empreender podem surgir em fases diferentes da vida, levando a mesma conclusão: quero ser dono do meu próprio negócio.

Ao sair do Ensino Médio

Muitos empreendedores já saem do Ensino Médio com a ideia de serem donos do próprio negócio. E essa é uma fase interessante para iniciar um empreendimento.

Por exemplo, normalmente não se tem muitas contas para pagar nesta ideia, como filhos, aluguel, entre outros. Essa liberdade pode dar uma maior margem para buscar coisas novas.

Todavia, o empreendedor deve levar em conta que não é uma tarefa simples, seja pela questão financeira de investimento e até de maturidade.

Dessa forma, deve-se buscar negócios mais simples, de menor investimento, além da orientação de pessoas experientes.

Durante a faculdade

Advertisement

Esta fase é um momento de descobertas. Não é raro o empreendedor se deparar com conceitos abstratos na faculdade ou então não se enxergar trabalhando com determinada atividade pelo resto da vida.

Vemos um formando segurando um diploma enrolado em formato de canudo (imagem ilustrativa). Texto: empreendedorismo jovem.
É possível conciliar o sonho de empreender com a conquista de um diploma.

Ademais, nesta fase, o empreendedor já pode ter experimentado trabalhos variados, estágios e, com isso, ter guardado algum dinheiro.

Além disso, o amadurecimento com o tempo pode levar a uma ideia voltada para o empreendedorismo jovem.

Para mudar de vida

Este momento pode surgir com 18 anos ou com 33 anos. É a hora de empreender para mudar de vida, buscar algo melhor. Mais dinheiro, maior satisfação, recuperar o tempo perdido. Todos são motivos para mudar de vida.

Pode ser que, mesmo estando em uma profissão, o empreendedor decida que chegou a sua vez de ser o patrão.

A opção de ser dono do próprio negócio vem crescendo, se instalando na cabeça do empreendedor. E nem o seu atual emprego irá segurar o próximo passo.

Esse pode ser o momento ideal, principalmente se foi possível fazer uma poupança. Além disso, é possível que o empreendedor já tenha algum tipo de formação ou experiência no mercado, o que pode ajudar no novo negócio.

Contudo, sempre haverá aquele frio na barriga, uma insegurança, que pode ser minimizada com um modelo de negócio como o de franquia.

Entenda porque franquia é opção para o sucesso

O modelo de franquia é um negócio que chega para o empreendedor já estruturado, com uma operação organizada de forma simples.

Uma franquia é como se cada unidade fosse cópia da outra, oferecendo os mesmo produtos ou serviços, de uma marca reconhecida no mercado.

Ademais, já no início do negócio, o empreendedor sabe quanto precisará investir, além de contar com um plano de negócio estruturado. Tudo vem explicado na Circular de Oferta de franquia (COF).

A COF reúne informações sobre o modelo de negócio, qual será o trabalho do franqueado no dia a dia, entre outros detalhes da operação da marca.

Dessa forma, fica mais fácil desenvolver o empreendimento, com todas as orientações da franqueadora. Ainda, com suportes variados, como treinamentos, auxílio na gestão e no marketing.

Por conta desta organização e dos suportes, as franquias são consideradas o tipo de negócio mais seguro. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), a mortalidade de franquias nos dois primeiros é de cerca de 5%.

Já entre as empresas comuns, esta mortalidade chega a mais de 20%, de acordo com números do Sebrae. Em suma, o modelo de franquia pode ser uma boa porta de entrada para os jovens empreendedores.

Existem no mercado modelos enxutos de franquias em variados segmentos. Clique no botão abaixo e confira algumas opções!

No vídeo a seguir você confere mais sobre o modelo de franquia.

A importância do empreendedorismo jovem no Brasil

Assim como em qualquer país, o empreendedorismo é importante para o desenvolvimento da Economia, geração de emprego e renda.

No Brasil é ainda mais importante, tendo em vista as dificuldades do mercado de trabalho em absorver jovens trabalhadores.

Empreender em momentos de crise contribui para a geração de novos empregos e, além disso, incentiva o comportamento criativo da população.

Da mesma forma, permite uma diversificação do mercado, com empresas buscando inovação, apresentando soluções atrativas para os consumidores.

Tal cenário impulsiona o aparecimento de novas tecnologias e novas formas de realizar serviços rotineiros. As mentes jovens podem apresentar uma visão diferente de mercado.

O empreendedorismo jovem ajuda até mesmo a equilibrar o mercado, alocando uma parte da mão de obra em pequenos negócios. É um movimento interessante para qualquer país, mas principalmente para os que estão em desenvolvimento.

Essa é uma forma de aquecer a Economia e dar oportunidades a jovens que muitas vezes não encontram ocupação no mercado de trabalho.

Por fim, é bom para o jovem empreendedor conhecer o modelo de franquia, que pode ser uma opção atrativa para investir tendo menos capital.

Leia mais sobre estar franquias baratas no conteúdo que separamos para você clicando aqui.

Para abrir a uma franquia você deve entrar e contato com a franqueadora, buscar informações e conhecer o modelo da marca. Porém, se ainda não se decidiu pela franquia na qual quer investir, converse com especialistas que podem lhe orientar para a escolha da melhor franquia para você. Basta acessar: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement