Como encontrar e escolher a franquia ideal? Veja dicas simples, mas eficazes

Por
em
moça pensando com caneta na boca imagem ilustrativa texto encontrar escolher franquia
Advertisement

Encontrar uma boa franquia para investir é bem simples. Mas na hora de escolher a ideal, é preciso tomar cuidado extra. Neste texto, listamos algumas dicas para ajudar você.

Desde 2020, o mercado digital vem crescendo cada vez mais, já que a pandemia do Coronavírus exigiu que muita gente ficasse em casa. Neste mesmo período, o empreendedorismo on-line também ganhou destaque.

Uma destas vertentes de empreendedorismo são exatamente as franquias, que cresceram mais de 34% somente no primeiro semestre de 2021.

São negócios de características distintas: uns com o foco em microfranquias, outros em macro, atendendo um nicho muito maior, com produtos como compressor parafuso, cosméticos e outros, e cobrindo diversos interesses.

As franquias têm a promessa de bons lucros. Porém, surge a seguinte dúvida: como escolher a franquia ideal?

A seguir, pontuamos os detalhes que vão servir como chave de nível, para medir os prós e contras na hora de dar este passo importante.

Aprendendo a escolher a franquia ideal

Parece óbvio de se dizer, mas é necessário aprender a escolher sua franquia. E muitos começam errando aí. Logo abaixo, acompanhe as dicas que podem ajudar você.

Avalie sua situação financeira

É primordial pensar bem no investimento que você pode fazer. O ideal é sempre aplicar um valor menor do total que você possui.

Por exemplo: se hoje você tem R$ 180 mil em mãos, o correto é investir até 70% do valor. Ou seja, até R$ 126 mil. Isso para que você tenha capital para contratempos depois. O intuito é manter a segurança financeira até o negócio dar o retorno previsto.

Planeje o investimento

Advertisement

Uma franquia não pode ser equiparada a uma batedeira industrial, em que os ingredientes vão sendo colocados aos poucos. É preciso ter todos os ingredientes em mãos desde o início.

Então, capital, conhecimento, vantagem de trabalhar com o negócio, disposição e outros. Você também vai precisar definir quando e onde pretende iniciar o negócio.

Saiba o que gosta de fazer

É essencial que você saiba o que gosta de fazer. Não basta só analisar o mercado e escolher um ramo lucrativo, mas pelo qual você não tem paixão ou conhecimento. Se isso acontecer, é provável que você encontre dificuldades indesejadas. 

Cuidado com franquias voláteis

Franquias podem ter capital inicial pequeno e serem do segmento que gosta. Porém, você deve ficar atento aos bens de consumo voláteis.

As paletas mexicanas, por exemplo. Foram um boom de sucesso, mas logo sumiram do mercado. Não pense somente no retorno a curto prazo, inclua o retorno a longo prazo.

Pesquise muito

É necessário fazer uma ampla pesquisa de mercado. Para isso, separe até três nichos que pretende franquear, para poder analisar com cuidado os pontos negativos e positivos.

Também é essencial conhecer como funciona o mercado que pretende ingressar e conversar com diversos outros franqueados sobre a relação que têm com a franqueadora. Não meça esforços para descobrir tudo que puder sobre a marca em questão.

Para já conhecer franquias para abrir, você pode clicar no botão abaixo.

COF, uma documentação que deve ser levada em conta

A Circular de Oferta de Franquia (COF) é o documento mais importante de uma franquia. Nela, estarão contidos os valores a serem investidos e as taxas a serem pagas, além de todas as outras informações sobre o negócio.

O que achou dessas dicas simples? Para acompanhar com ainda mais detalhes dicas para encontrar e escolher uma franquia, você pode acessar o artigo: O que considerar na hora de escolher uma franquia para investir?

Se preferir, você também pode contar com uma consultoria gratuita para entender qual o melhor negócio para você. Neste caso, basta acessar: henriquemol.com.br.

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Advertisement
Advertisement