Franquear meu negócio: como saber se está na hora certa de fazer

Por
em
Imagem de um tablet sendo usado em frente um computador.
Advertisement

A ideia de franquear o meu negócio tem passado pela cabeça de muitos empresários, que enxergam no mercado de franchising uma boa oportunidade de crescimento.

O modelo de franquias tem ganhado espaço na Economia mundial, e no Brasil é um setor que movimentou quase R$ 170 bilhões de reais em 2020, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

No entanto, nem todo negócio conseguem funcionar como rede de franquias, e alguns modelos de negócio podem não ser interessantes de franquear.

Vale a pena franquear meu negócio?

O modelo de franquias é um negócio onde uma empresa replica o seu modo de produção para várias unidades. Cada uma delas será igual ou muito semelhante à empresa franqueadora, com os mesmos produtos e serviços.

Ao franquear meu negócio, a empresa organiza sua atividade para que possa ser implementada em estabelecimentos longe de sua sede.

Assim, este processo de formatação da franquia precisa ser feito com cuidado. Pois a empresa deve oferecer a novos franqueados um modelo de negócio rentável e estruturado.

Primeiramente, a empresa que deseja se tornar uma franqueadora deve analisar se o seu modelo de negócio pode virar franquia. Ou seja, é preciso descobrir se a formatação pode ser feita de maneira eficiente e com custos aceitáveis.

Do mesmo modo, deve observar se há mercado para franquias deste modelo de negócio, e se ele pode oferecer algum diferencial para os empreendedores.

O processo de franqueamento também envolve uma base jurídica e contábil da empresa que deve estar bem organizada. Só assim para oferecer franquias seguras para os investidores.

Igualmente, dependendo do tipo de negócio da empresa, será necessário contar com uma ajuda especializada para realizar o processo de franquia.

O negócio de franquia é uma boa oportunidade para expansão da marca, pois as unidades podem se espalhar longe da sede da empresa.

Ainda, este modelo é rentável para a empresa franqueadora com aumento das vendas, além das taxas cobradas aos franqueados para a manutenção do negócio.

Logo, essa é uma possibilidade de fortalecimento da marca e de expansão de sua atuação com menores investimentos. Isso porque cada franqueado é o responsável pelo investimento inicial no estabelecimento.

Enfim, separamos um vídeo bem didático sobre como franquear o meu negócio e transformar a empresa em uma rede de franquias.

5 coisas para avaliar ao franquear um negócio

O empresário que avalia em franquear seu negócio deve levar em consideração alguns fatores que impactam diretamente neste modelo de empresa.

Não é simplesmente formatar a empresa em modelo de franquia e começar a vender as novas unidades para empreendedores que desejam entra para o mercado de franchising.

Há uma série de cuidados que devem ser levados em conta, e aqui separamos cinco deles para analisar ao franquear meu negócio.

1. Posicionamento da marca no mercado

Antes da empresa transformar seu negócio em um modelo de franquia precisa ter uma boa ideia de qual será o seu impacto no mercado.

Uma marca pode ser forte como empresa, ter presença junto ao público-alvo da região, e uma história de anos de atuação. No entanto, o mercado de franchising é diferente e possui certas peculiaridades.

Ao entrar neste segmento, a marca deve ter ideia se conseguirá manter o seu diferencial mesmo em unidades espalhadas.

Da mesma forma, os produtos ou serviços devem ser atrativos para diferentes locais e públicos. A empresa deve ter consciência de seu posicionamento como uma franquia.

Alguns tipos de negócios podem ter mais dificuldade em se expandir por possuírem uma concepção mais regionalizada.

Além disso, a marca deve avaliar se oferecerá aos franqueados os mesmos produtos ou serviços ou se fará adaptações para ganhar mercados mais amplos e heterogêneos.

Por fim, para este diagnóstico, pode ser bom contar com uma empresa especializada em formatação de franquias para avaliar este ponto.

Imagem de uma pessoa saindo da tela de um computador para apertar a mão de outra pessoa. Imagem ilustrativa de texto franquear meu negócio.
A marca que entra no franchising deve saber delimitar bem seu público-alvo.

2. Potencial de vendas do negócio

Advertisement

Assim como o empreendedor deve avaliar o posicionamento de mercado da marca, ele deve também observar o potencial de vendas do novo formato.

A nova franquia deve ser capaz de oferecer rentabilidade adequada para os novos franqueados. Dessa forma, ela consegue atrair investidores para as unidades que pretende comercializar.

Por outro lado, é preciso entender o papel da franquia frente os concorrentes, se todas as regiões podem ser potencial território para a franquia ou se ela deve focar em regiões específicas.

Isso tudo a nova franquia deverá demonstrar aos empreendedores para convencê-los de que a marca é um bom negócio. Então, precisa de um bom plano de negócios para orientar suas estratégias.

3. Capacidade de reprodução dos padrões

Conforme falamos anteriormente, franquear meu negócio passa por conseguir reproduzir os mesmos produtos ou serviços em várias unidades longe da sede da empresa.

Este modelo de franquia se baseia na capacidade de reprodução do know how de uma marca de maneira uniforme em todas as unidades. No entanto, nem todos os tipos de negócios conseguem ser replicados com facilidade.

Dessa forma, se houver exigência de equipamentos especiais para desenvolver o negócio, ou então produtos específicos, eles devem estar ao alcance dos novos franqueados.

Para esta reprodução, a franqueadora deve organizar sua forma de produção, enxugar custos e simplificar procedimentos. Assim, fica mais fácil de replicar nas unidades, que muitas vezes são gerenciadas por pessoas sem experiência na área.

E esta reprodução deve estar bem explicada em manuais de operações, bem como documentadas legalmente para proteção da propriedade intelectual.

Imagem de produtos igual em uma linha de produção. Imagem ilustrativa texto franquear meu negócio.
Cada unidade deve reproduzir de maneira fiel os produtos e serviços da marca.

4. Diferenciais dos produtos e serviços

O mercado de franquias é um ambiente de muita concorrência, e quando a empresa pensa em franquear meu negócio, é preciso oferecer algo interessante para o mercado.

A marca precisa ter um atrativo em seus produtos e serviços para conseguir buscar novos empreendedores para expandir a rede. Seja com produtos de qualidade diferenciada ou serviços inovadores e eficientes.

Do mesmo modo, os diferenciais devem ser trabalhados pelo marketing de expansão da marca. Assim, mostrar para os antigos e para os novos clientes a qualidade da empresa, e consequentemente, atrair franqueados.

Ainda, na Circular de Oferta de Franquia (COF), a empresa já deve passar para os interessados a franquear a marca o que ela tem de diferente. Seja no modo de execução ou nos produtos que se usa.

5. Saúde do negócio para expansão

Antes de franquear, é necessário que a empresa esteja com a saúde financeira e administrativa em dia. Assim, ela poderá demonstrar mais solidez e segurança para atrair investidores.

Já na COF, é obrigatório que a empresa faça demonstrações financeiras e contábeis para atestar a saúde da empresa. E com as bases sólidas, fica mais seguro e confiável para o negócio se expandir.

Da mesma forma, principalmente no início da franquia, a empresa deve ter um capital para investir em marketing e outros gastos. Além disso, é comum demorar a ter retorno nos primeiros meses, por isso o empreendedor necessita de um capital de giro para este momento.

Consultoria para franquear negócio: vantagens de contratar

Franquear meu negócio é a ideia de muitos empresários, mas esse é um processo que deve ser feito de maneira cuidadosa. Deve-se seguir cada etapa para tornar o negócio sólido, rentável e atrativo.

Da mesma forma, algumas fases do processo de formatação de franquia exigem uma qualificação ou expertise. Por serem mais complicadas e importantes, podem necessitar da ajuda de profissionais.

Imagem de um empresário trabalhando na mesa do escritório.
Henrique Mol é presidente da Encontre Sua Franquia, da qual faz parte a NX Franquias.

Por exemplo, a NX Franquias é uma empresa especializada em formatação de franquia e expansão de marca. O grupo faz parte da Encontre Sua Franquia, uma das maiores holdings de franquias do Brasil.

NX Franquias possui setores especializados para determinadas demandas de franquear seu negócio. Para a parte jurídica, a empresa conta com a FXF, especializada no processo de formatação.

Da mesma forma, conta com projetos de divulgação de marcas, como feiras virtuais de franquias e feiras presenciais. Estes eventos são a oportunidade de conseguir novos franqueados e divulgar o novo negócio.

Por outro lado, a NX Franquias conta com o Portal Top Franquias, para produção e divulgação de conteúdos voltados para empreendedores.

Assim, conta também com o canal Henrique Mol no YouTube, local onde o presidente da Encontre Sua Franquia divulga diversas marcas e conteúdos voltados para o empreendedorismo no franchising.

Com toda essa expertise, a NX Franquias pode ajudar muito a franquear seu negócio, de maneira eficiente e sem deixar passar detalhes importantes.

Caso tenha se interessado, entre em contato com a empresa pelo link abaixo para conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido.

Advertisement
Advertisement