O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Franquia de cafeteria barata: lista com as melhores opções para você

Franquia de cafeteria barata: lista com as melhores opções para você

Sumário

Aquele cafezinho de cada dia é uma marca do brasileiro e também uma oportunidade para empreender. Investir em uma franquia de cafeteria barata é sua chance de aproveitar este mercado e ganhar dinheiro. Quer saber como? Fique com a gente!

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), o Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo. Em 2021, este consumo aumentou 1,7% e a tendência é de continuar em crescimento.

Por ser um produto que faz parte do dia a dia, é um nicho bastante atrativo para o empreendedor. Seja com um pequeno negócio ou com uma ampla cafeteria para atender a vários clientes.

Existem outros motivos para investir em uma franquia de cafeteria, como mostraremos ao longo do texto. Aproveite e conheça também algumas marcas que atuam neste segmento.

Porque investir em franquias de cafeteria?

Como dito, um dos motivos para investir em franquias de cafeterias é porque este produto faz parte do dia a dia dos brasileiros.

Seja aquele café antes do trabalho, depois do almoço ou no meio da tarde, é quase como um ritual para milhões de brasileiros.

Além disso, o setor de Alimentação do franchising, no qual estão as cafeterias, é um segmento dos mais rentáveis.

Logo, trata-se do segundo de maior faturamento se levar em consideração apenas as franquias de Alimentação Food Service.

Do mesmo modo, é um tipo de negócio vantajoso para se investir, pois o empreendedor encontra opções baratas e também mais caras. Dessa forma, consegue investir em algo mais adequado à sua capacidade.

Por exemplo, pode ter um negócio em uma área movimentada, próximo a escritório, ou então, ao lado do ponto de ônibus. Sua opção pode ser também corredores de shoppings e centros comerciais.

Da mesma forma, é um negócio vantajoso, porque pode agregar valor e atender aos clientes com perfis variados. Assim, oferecer doces e salgados para aumentar o seu ticket médio pode ser uma boa estratégia.

Enfim, é um mercado bastante atrativo, e ainda, com opções em formato de franquias, o que simplifica a montagem do negócio.

Números do setor de cafeterias no Brasil

Como falado acima, o Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo. Em 2021, o brasileiro consumiu em média 4,84 kg de café torrado.

O café é a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para a água.

Se considerarmos a água como um líquido essencial para a vida e ficando fora da lista, o café se torna a bebida mais consumida no mundo. Mais até que a cerveja e o refrigerante.

Nesse sentido, trata-se de uma bebida que pode ser consumida quente, gelada e em diversas receitas diferentes, como bolos, sorvetes e outras opções.

O consumo nas residências ainda é ampla maioria no Brasil, representando 64% dos consumidores no geral. Porém, mostra que existe um amplo mercado de quem bebe um cafezinho na rua.

Esses números mostram apenas um pouco sobre o potencial que se encontra para as franquias de cafeterias baratas.

Veja algumas das marcas que atuam no Brasil e analise mais a frente como escolher a rede na qual investir.

Melhores opções de franquia de cafeteria barata

O mercado conta com diversas opções de franquias de cafeterias baratas, voltadas para diferentes públicos e empreendedores.

Então, conheça agora algumas alternativas baratas e lucrativas que separamos para você!

[raio_x]

Perfil para abrir uma franquia de cafeteria

Para abrir uma franquia de cafeteria pequena ou grande, o empreendedor deve ter um perfil comunicativo. Neste tipo de negócio é fundamental saber atender bem as pessoas.

Do mesmo modo, precisa-se ter um apreço por esta bebida, até para entender se está vendendo um bom produto. Fica mais difícil executar esse processo se você for uma pessoa que não bebe ou não gosta de café.

Além disso, o empreendedor deve ser organizado para manter sua cafeteria sempre em ordem, sem faltar produtos e com bom atendimento. Lidar bem com os colaboradores também é um ponto importante.

Para investir em uma franquia barata de cafeteria, o empreendedor deve lidar bem com a padronização que deve seguir.

Então, se for resistente ou gostar de ser muito criativo em sua empresa, isso pode comprometer a parceria com a franqueadora.

Nesse sentido, cada unidade precisa seguir o padrão dado pela franqueadora. Por isso, não há muita liberdade. Enfim, o empreendedor deve ter essa consciência antes de se decidir por começar uma franquia.

Cuidados para você escolher seu negócio

Além do preço da franquia de cafeteria barata, o empreendedor deve tomar alguns cuidados na hora de investir nesse negócio. Deve pesquisar bem, conhecer cada uma das opções em seus mínimos detalhes.

Sendo assim, é importante conhecer os produtos da rede, provar o café, saber de onde vem, o processo de fabricação e a qualidade da logística.

Do mesmo modo, é necessário analisar se os suportes da franqueadora são bons e se ajuda nas diversas etapas do processo. O empreendedor deve ter este respaldo para aumentar suas chances de sucesso.

Além disso, é fundamental ter o cuidado de escolher um bom lugar para abrir sua unidade. Normalmente as franqueadoras fazem estudos para identificar regiões de maior potencial.

Um tipo de negócio como o de franquias de cafeterias baratas depende de uma boa visibilidade da sua unidade. Portanto, uma marca reconhecida no mercado também pode ser um diferencial.

O empreendedor deve tomar cuidado, conhecer bem a franqueadora, como é o histórico da marca e sua reputação junto a clientes e franqueados.

Por fim, entendendo os detalhes da franquia, consegue investir com mais segurança.

Passo a para abrir uma franquia

O primeiro passo de como abrir uma franquia de cafeteria é escolher a empresa. Para isso, tome os cuidados que citamos acima para selecionar sua melhor opção.

Dessa forma, passado isso, entre em contato com a franqueadora, demonstre o interesse e leia a Circular de Oferta de Franquia (COF) da rede.

Isso porque, este documento traz muitos detalhes sobre o negócio que você deve conhecer antes de fechar contrato.

Com as tratativas entre as partes avançando, o empreendedor já deve começar a procurar um ponto comercial. Mas é provável que a franqueadora mostre as melhores regiões.

Em seguida, o empreendedor paga a taxa de franquia e assina o contrato, se tornando um franqueado. Na sequência, começa a passar por treinamentos e visitas a algumas unidades da rede para conhecer mais.

Depois de todo esse preparo, o franqueado monta o ponto com a ajuda da franqueadora e faz os últimos preparativos para a inauguração.

Mesmo para as franquias de cafeterias mais baratas há um bom investimento nesta divulgação inicial.

Uma franquia de cafeteria não tem uma estrutura tão grande. Por isso, costuma ter uma gestão mais simples. Dessa maneira, escolhendo bem a rede na qual investir, terá um negócio em um mercado de grande potencial.

Agora que está por dentro do assunto, abra o seu negócio de sucesso e ganhe dinheiro!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje