Como montar uma franquia de maquininha de cartão e opções

Por
em
Duas mãos segurando uma máquina de cartão de crédito cinza enquanto utiliza um cartão de crédito azul. Temos uma fundo branco. Imagem ilustrativa para texto franquia de maquininha de cartão.
Advertisement

Ter uma franquia de maquininha de cartão já é uma possibilidade para quem deseja empreender, aproveitando a tendência do uso desse meio de pagamento. Entenda mais sobre isso a seguir.

Seja em qualquer tipo de negócio, ofertando produtos ou serviços, trabalhar com cartões de crédito e débito é crucial para não perder clientes.

Isso porque a maioria das pessoas já opta por utilizar apenas cartões no seu dia a dia. Nesse sentido, a falta de uma maquininha de cartão em algum estabelecimento pode simplesmente impedi-las de realizar uma compra.

É por isso que os comércios estão cada vez mais em busca dessas tecnologias, para conseguir aproveitar todas as oportunidades de venda. Logo, trabalhar com uma franquia de maquininha de cartão pode ser uma oportunidade para quem quer investir em um bom negócio.

Vale a pena abrir franquia de maquininha de cartão?

Para quem deseja ter o próprio negócio, precisa ter em mente que começar um empreendimento do zero não é tarefa fácil. Mas é justamente aí que as franquias entram como uma boa opção de investimento.

Afinal, com uma franquia, você possui a liberdade para conduzir sua unidade recebendo o apoio da franqueadora.

Ou seja, mesmo com sua autonomia, você como franqueado poderá contar com um modelo de negócio já estabelecido e eficaz. Além, é claro, de vários tipos de suporte, como de marketing, jurídico e outros.

Outros pontos interessantes que devem ser analisados são os números positivos que as franquias apresentam no cenário nacional. Para começar, em 2019, o setor de franquias teve um crescimento de 6,9%.

Da mesma forma, você possui ainda mais segurança, já que as franquias possuem a menor taxa de mortalidade entre as empresas. Segundo a Associação Brasileira de Franchising, ABF, apenas cinco de cada 100 franquias fecham até o segundo ano de operação.

Mas se você tem interesse em uma franquia de maquininha de cartão, saiba que esse tipo de negócio possui benefícios próprios.

Primeiramente, trabalhar com uma franquia assim possibilita a você ter um negócio próprio, a partir de um baixo investimento, com custos reduzidos.

Homem de roupa social, em uma mão segura um máquina de cartão e na outra segura o cartão de crédito (imagem ilustrativa). Texto: franquia de maquininha de cartão.
As máquinas de cartão são cada vez mais necessárias em vários tipos de negócios.

Isso porque você encontra no ramo várias opções de franquias baratas, muitas cuja operação pode ser feita diretamente de casa, utilizando apenas um computador e telefone.

Sua função será atuar diretamente com comerciantes e outros empresários. Ou seja, encontrar comércios que precisam de uma maquininha para ter ainda mais sucesso e segurança nas vendas.

Atualmente, o país conta com aproximadamente 255 milhões de cartões de crédito e débito. Sendo assim, você possui chances altíssimas de encontrar locais que precisam dessas ferramentas para realizar suas vendas.

Passo a passo para montar uma franquia de máquina de cartão

Agora que você já sabe como uma franquia de maquininha de cartão pode ser um bom investimento, é preciso entender como proceder para se tornar um franqueado.

Nas franquias, assim como em qualquer outro negócio, é importante que você pesquise bem o mercado e suas opções de atuação. Por isso, busque por uma franquia com a qual você se identifique e tenha vontade de atuar.

Desse modo, você precisa estudar também as marcas disponíveis, suas características, pontos positivos e negativos.

Ao entrar em contato com uma franqueadora, tome bastante cuidado ao avaliar o Circular de Oferta de Franquia, COF, pois lá você encontrará todas as informações importantes sobre o negócio com o qual poderá trabalhar.

Além disso, não se esqueça de prestar atenção no seu capital de investimento, pois você terá alguns gastos para fazer parte da marca e precisa se preparar para isso.

Geralmente, esse tipo de empreendimento tem como modelo de atuação o formato home based. Ou seja, você não precisará se preocupar com um local externo, podendo trabalhar de casa ou em espaços cowoking.

Em seguida, ao assinar o contrato com uma franqueadora, você terá o período de treinamento que a empresa oferece. Com isso, você aprende a atuar conforme o padrão da franqueadora, mantendo a qualidade do negócio.

Nesse sentido, para entender melhor o passo a passo para abrir uma franquia, acompanhe o infográfico que separamos a seguir.

Infográfico "Passo a passo para adquirir uma franquia".

6 opções de franquia de maquininha de cartão para investir

Viu como abrir uma franquia de maquininha de cartão pode ser uma boa opção para você que deseja empreender?

No mercado existe uma grande variedade de empresas que trabalham com esse negócio. Logo, na hora de investir, você deve pesquisar entre todas as opções disponíveis. E, claro, não esqueça de conhecer a fundo cada uma delas e as oportunidades que elas oferecem.

Sendo assim, separamos a seguir algumas opções de franquias que podem ser interessantes para você que deseja atuar no mercado. Acompanhe.

1. Euromercantil

O setor financeiro possui diversas marcas para os empreendedores que desejam trabalhar neste mercado. Uma destas franquias é a Euromercantil, especializada em soluções financeiras.

A rede oferece aos seus clientes máquinas de cartões, principalmente para micro e pequenas empresas, bem como trabalhadores autônomos e pessoas físicas.

Da mesma forma, conta com serviços de créditos para estes estabelecimentos, como antecipação de recebíveis, financiamentos, apoio para vendas online, entre outros.

A Euromercantil atua neste mercado desde 1993, por isso conta com expertise, que é compartilhada com os franqueados por meio de treinamentos e outros suportes. E ainda, em um modelo home office, mais enxuto para o empreendedor.

  • Investimento inicial: R$ 10 mil até R$ 15 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 10 mil até R$ 15 mil
  • Prazo de retorno: 2 a 4 meses

2. Franquia MaxiPay

Advertisement

A MaxiPay é uma franquia que trabalha com máquinas de cartão, mas também com empréstimos e conta digital. Desse modo, você como franqueado irá oferecer para os estabelecimentos as soluções oferecidas pela empresa. A MaxiPay é uma fintech criada em 2018.

  • Investimento: R$ 3,9 mil 
  • Faturamento médio mensal: R$ 6,6 mil
  • Prazo de Retorno: 2 a 4 meses

3. Franquia Acqio

Outra possibilidade para quem quer trabalhar com franquia de maquininha de cartão é a Acqio, empresa fundada em 2014. A Acqio trabalha principalmente com as máquinas de cartão de crédito e débito, mas é uma fintech que trabalha com pagamentos eletrônicos de forma geral.

  • Investimento: R$ 15 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 4 mil
  • Prazo de Retorno: 6 a 12 meses

4. Franquia Sem Aperto

Foto de uma mão segurando uma máquina de cartão, enquanto a outra segura um catão preto com partes coloridas (imagem ilustrativa). Texto: franquia de maquininha de cartão.
A maioria das franquias de maquinas de cartão trabalham no modelo home based.

Já a Sem Aperto oferece as possibilidades de atuar com máquinas de cartão e outros serviços financeiros. Isso porque a marca também trabalha com o carnê Sem Aperto, e com o parcelamento de débitos de veículos, tanto no cartão de crédito, quanto no boleto.

  • Investimento: R$ 18 mil 
  • Faturamento médio mensal: R$ 4 mil
  • Prazo de Retorno: 6 a 12 meses

5. Franquia CeoPag

Na Franquia CeoPag você também irá trabalhar com a prospecção de clientes, além de entregar as máquinas para esses estabelecimentos e fazer o atendimento, tirando possíveis dúvidas. A CeoPag trabalha com várias bandeiras de cartões e você pode atuar diretamente de casa, se deslocando quando necessário até seus clientes.

  • Investimento: R$ 9,990 
  • Faturamento médio mensal: R$ 5 mil
  • Prazo de Retorno: 6 a 12 meses

6. Franquia Stone

A Stone está presente em várias cidades brasileiras, atuando com diversas soluções financeiras, desde de máquinas de cartão, conta e plataforma para vendas on-line.

Diferente de muitas franquias do tipo que trabalham no formato home based, com a Stone você precisa investir em um local físico para operar.

  • Investimento: R$ 30 mil
  • Faturamento médio mensal: Não informado
  • Prazo de Retorno: 6 até 24 meses

Para saber outras informações sobre cada uma dessas franquias e os valores de investimento envolvidos, confira o vídeo a seguir!

Uma franquia de maquininha de cartão pode ser a chance que você procurava para atuar por conta própria, com um investimento baixo e apostando em uma empresa consolidada.

Para conhecer mais franquias baratas, leia agora nosso artigo com dicas de bons investimentos para 2021.

Advertisement
Advertisement