O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Moda » Guia Definitivo: franquia de roupas, tudo que você precisa saber

Guia Definitivo: franquia de roupas, tudo que você precisa saber

Sumário

Anda pensando em abrir uma franquia de roupas? Então, é fundamental conhecer mais sobre esse tipo de negócio e saber o que te espera.

Por exemplo: você sabia que existem vários nichos de franquias de roupas? Roupas femininas, masculinas, infantis, esportivas, de bebê e muito mais.

Sem contar que os custos dessas franquias são bem diferentes. Algumas são franquias baratas, e até on-line, enquanto outras precisam de um investimento um pouco maior.

Também há um perfil ideal para o franqueado e algumas etapas importantes para escolher uma franquia confiável.

Nós falamos sobre tudo isso neste guia definitivo sobre franquias de roupas. Continue lendo e descubra tudo que você precisa para ter sucesso com o negócio.

Como funciona uma franquia de lojas de roupas?

A primeira coisa que você deve saber se pretende abrir uma franquia é como esse negócio funciona. Uma franquia é uma cópia, uma nova unidade de uma empresa que já atua no mercado.

Para isso, o empreendedor recebe um plano de negócio já estabelecido pela empresa. O plano de negócio é um planejamento completo com o passo a passo para montar e colocar a franquia em prática.

Além desse planejamento, o franqueado recebe uma série de suportes da franqueadora. Dessa forma, o processo de abertura e sucesso do negócio são mais simples.

Só que, antes de adquirir a melhor franquia de roupas, é preciso ler sua COF. A COF é a Circular de Oferta de Franquia, o documento que traz todas as informações sobre a marca.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Franquias Sem Ciladas. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

homem fazendo a leitura da COF e fazendo analise no notbook.
É essencial ler e compreender cada tópico da COF da franquia escolhida.

Isso inclui o histórico da empresa, sua lista de franqueados, valores de investimento, regras da relação entre franqueado e franqueadora etc.

Na COF, também aparece a lista de suportes que a franqueadora presta a seus franqueados. Tenha a certeza de que você vai contar com o máximo de apoio possível. 

Ter a orientação da franqueadora, que já atuou com aquele mercado e negócio, torna o empreendedorismo mais simples ao investidor.

A importância da padronização de franquias

Como franqueado, você vai oferecer exatamente o mesmo que outras unidades da marca. Significa que será preciso seguir um padrão.

Ao optar por uma franquia, o empreendedor deve saber disso. A padronização das lojas dificulta inovações, o que pode incomodar alguns franqueados.

Você não deve entender a padronização das franquias como um limitante. Ela indica que aquele modelo de sucesso foi testado, e que sua reprodução, exatamente daquela forma, trará sucesso.

Enquanto isso, se você abrir uma loja de roupas do zero, vai passar por várias etapas. Será preciso verificar que vitrine mais chama a atenção, a forma de disposição das peças, quais peças vender, marketing etc.

Ou seja, com uma nova loja, você vai precisar definir seus próprios padrões. E isso leva tempo.

ilustração de uma mão segurando uma loja representando franchise. mini franquias 2020
Uma franquia respeita o padrão da franqueadora.

Mas não com uma franquia de roupas. Ao seguir a padronização da marca, você saberá exatamente o que fazer para fazer sua loja deslanchar.

É por isso, aliás, que as franquias têm menor mortalidade entre os negócios. Apenas 5% delas fecham as portas antes de completar dois anos. Essa porcentagem sobe para 23% no caso dos negócios iniciados do zero.

Em todo o caso, vale dizer que as franquias não são engessadas. Elas se adaptam ao mercado, mudam seu modelo de abordagem, seus produtos, atendem ao que o consumidor deseja.

Mas essas inovações são feitas em um ambiente macro, para todas as unidades. Isso mantém a padronização de toda a rede e aumenta a segurança do consumidor.

Afinal, o usuário sabe o que esperar de uma franquia: o mesmo que ele encontraria em outras lojas da marca. Se essa padronização é quebrada, a confiança do consumidor também é. Desse modo, o usuário pode ter receio de voltar a comprar com a empresa.

Tipos de franquia de roupas

Agora que você já sabe como uma franquia funciona, é hora de apresentarmos os tipos de negócio disponíveis no mercado.

Como citamos no início do texto, as franquias de roupas aparecem em diferentes nichos. É interessante que você conheça todos para, assim, definir qual combina com seu perfil.

Isso porque, é essencial gostar do nicho com o qual você vai trabalhar. A identificação do franqueado com o trabalho e com seu público, facilita manter o entusiasmo com o negócio.

Esse entusiasmo é importante especialmente no começo de uma franquia, quando o faturamento do negócio não costuma ser alto. Até porque, nos primeiros meses, a empresa ainda estará “se pagando”.

cliente olhando para uma parede com varias lingeries penduradas em cabides.
No início do negócio, a compra dos consumidores pode não ser tão substancial.

Enquanto não veem um lucro substancial, muitos empreendedores perdem sua motivação. Mas, quando isso acontece, o processo de crescimento se torna mais árduo.

Por outro lado, gostando do nicho, da marca, do seu público, você, como franqueado, terá facilidade em continuar o trabalho.

Dito isso, é hora de apresentarmos abaixo os melhores nichos de franquias de roupa para investir. Acompanhe!

Franquia de roupas masculinas

As franquias de roupas masculinas são atraentes por dois motivos principais. Primeiro: este é um mercado em franca expansão, com os homens cuidando cada vez mais do seu próprio estilo. Aliás, todos os nichos de saúde e beleza têm crescido entre o grupo masculino.

Ao mesmo tempo, pesquisas mostram que os homens até compram menos que as mulheres. Ainda assim, eles gastam mais a cada compra. Por geralmente serem fiéis a uma marca, isso garante faturamento alto e recorrente à franquia.

Franquia loja de roupas femininas

No setor de franquias, as opções de lojas de roupas femininas são mais numerosas. No Brasil, 50% desse tipo de negócio vendem moda feminina.

Para adquirir uma empresa desse tipo, o franqueado pode escolher entre diferentes abordagens. É possível comercializar, por exemplo, apenas moda praia, ou moda casual, lingeries etc.

Uma vantagem de optar por esse nicho de atendimento é que o público feminino gasta, em média, 54% do salário em cuidados com a beleza. O número inclui roupas, gastos com estética corporal, cabelos etc.

Franquias de roupas on-line

Investir em uma franquia de roupas on-line significa trabalhar sem precisar sair de casa. Afinal, neste tipo de negócio, o trabalho do franqueado é feito pela internet.

O usuário acessa um site e faz suas compras, ou negocia diretamente com o franqueado. Muitas vezes, a franqueadora é a própria responsável pelo envio das peças ao consumidor.

moça usando celular e fazendo compra de roupa online imagem ilustrativa franquia de roupas
As franquias de roupa on-line podem funcionar por meio de um site, aplicativo ou venda direta.

Claro que isso pode variar conforme a franquia virtual de roupas escolhida. Mas, em geral, o trabalho do empreendedor se limita às vendas e divulgação da franquia.

Então, sobra um tempo maior para o franqueado se dedicar a outras coisas. Como à família, amigos, um hobby etc.

Franquia de roupa infantil

Segundo a Abit, o mercado de roupas infantis cresce em média 6% ao ano. Por isso, investir em uma franquia de loja de roupa infantil pode ser interessante.

Até porque, crianças crescem rápido. Isso significa que a compra de peças precisa ser constante. Então, o faturamento de uma loja deste tipo também é recorrente. Principalmente quando o franqueado consegue fidelizar seus clientes.

Franquias roupas de marca

Algumas marcas de roupas são famosas no mundo todo. Como a Chanel, Dior, Armani, Louis Vuitton, Gucci etc.

Abrir uma franquia que comercializa esses produtos pode alcançar um público selecionado e que está disposto a gastar. Afinal, “roupas de marca” não costumam ser baratas.

Franquias de roupas baratas

Se o consumo de roupas é grande no Brasil, o de moda barata segue essa tendência. Muita gente deseja continuar a comprar, mas sem gastar muito e comprometer as contas da casa.

Por isso, as franquias de roupas baratas também são uma boa opção de negócio. Mas tenha a certeza de que esse negócio ofereça peças de qualidade. Assim, você vai garantir que seu cliente tenha o que precisa, mesmo que pague um preço baixo por isso.

Franquia de outlet de roupas

As outlets também são franquias com produtos baratos. Neste caso, porém, é comum que os itens venham para a loja diretamente do produtor.

Além disso, alguns outlets têm roupas de marca em seu catálogo. A ideia geral é comercializar produtos com preço bem abaixo do comum.

fachada de loja com anuncios de desconto imagem ilustrativa franquia de roupas
Os preços mais baixos das franquias outlet chamam a atenção dos consumidores.

Franquia de roupas infanto juvenil

As franquias de roupas infanto juvenil têm foco não apenas em crianças, mas em adolescentes e jovens. Esse público corresponde a cerca de 70 milhões de pessoas no país (crianças e adolescentes entre zero e 19 anos de idade). Então, há um grande público-alvo para o nicho.

Por causa dessa variedade de consumidores, o catálogo da franquia também costuma ser bastante diverso. Inclusive considerando diferentes estilos de peças: lúdico, casual, divertido, urbano etc.

Franquia de roupas jeans

Já pensou em investir em uma franquia especializada em jeans? Essa é uma opção para quem deseja abrir sua unidade de franquia de roupas.

Para se ter uma ideia, os consumidores têm, em média, nove peças de jeans ou brim no guarda-roupa. Ao mesmo tempo, as mulheres brasileiras são as que mais compram jeans no mundo.

Logo, esse tipo de negócio pode ser lucrativo, desde que instalado em uma localidade bem pesquisada.

Franquia roupas de bebê

Assim como no caso da moda infantil, a moda para bebês tem bastante rotatividade de peças. Ou seja, os bebês crescem rápido e, por isso, o consumo de roupas pelos pais é constante.

Inclusive, essas compras começam até antes de o bebê precisar utilizá-las. O enxoval é uma prática comum, garantindo já as primeiras peças da vida do pequeno usuário.

manequins com roupas de bebê imagem ilustrativa franquia de roupas
As roupas de bebê costumam vender bastante, pois crianças pequenas crescem rápido e “perdem” as peças.

Franquias de roupas e calçados

Misturar roupas e calçados em uma mesma franquia pode garantir bom lucro. Só em 2017, o Brasil registrou o quarto maior consumo de sapatos no mundo, com 839 milhões de pares.

Unido ao consumo de roupas no país, que é o maior da América Latina, esses números mostram a potencialidade de um negócio do tipo.

Franquia de roupas de academia

Outra opção é abrir uma franquia de roupas de ginástica. Segundo o Ministério da Saúde, quatro em cada 10 brasileiros praticam atividades físicas regularmente.

Logo, as franquias de roupas fitness têm um amplo público em potencial. Seu catálogo, inclusive, costuma ser variado, com calças, camisas, bodys e até acessórios e equipamentos para a prática.

Franquia de roupas esportivas

No caso das franquias de roupas esportivas, o foco é um pouco diferente das franquias de roupas para academia. 

Ao investir em uma unidade deste negócio, você, empreendedor, vai trabalhar com peças pensadas exclusivamente para a prática de esportes. Não apenas leggings, comuns nas academias. Mas roupas com tecnologia pensada para uma melhor performance do atleta.

Franquia de roupa íntima

As franquias de roupas íntimas focam principalmente em lingeries. Mas não apenas nelas. Nessas lojas, também é comum que o catálogo possua cuecas, roupas íntimas infantis e semelhantes.

Muitas das franquias desse tipo têm sua própria fábrica, vendendo, assim, peças exclusivas. Outras acabam revendendo peças de marcas conhecidas, às vezes por preço mais baixo. Vale a pena pesquisar o modelo de negócio.

Peças de lingerie em tons de vermelho expostas
O mercado de lingerie atende a um público amplo e que gasta bastante: as mulheres.

Franquia de roupas com proteção solar

Esse modelo de franquia costuma ser interessante especialmente em cidades litorâneas. Afinal, nessas localidades, o contato do usuário com o sol costuma ser mais frequente e intenso.

Peças de roupas com proteção UV protegem a pele e evitam queimaduras. Também ajudam contra a salinidade do mar e a areia da praia.

Franquia de roupas femininas evangélicas

Peças classificadas como “evangélicas” costumam ter saias abaixo dos joelhos e cortes mais retos. No Brasil, 22,2% da população é evangélica, um público que pode ser atraído pela loja.

Franquia de roupas plus size

Segundo a Abrafest, o mercado de roupas plus size movimenta cerca de R$ 5 bilhões todo ano no país. Além disso, mais da metade da população brasileira está acima do peso.

Ou seja, abrir uma franquia de roupas plus size pode ser uma ótima opção. Especialmente para quem deseja entrar em um setor em crescimento constante.

Muitas franquias são hoje especializadas neste tipo de peça. Outras também terão no catálogo linhas que atendem a este público.

Franquias de roupas de surf

As roupas próprias para a prática do surfe têm como objetivo manter a temperatura do corpo do atleta, mesmo em águas geladas.

De novo, é essa é uma opção mais atrativa para regiões litorâneas. Uma loja especializada em roupas e equipamentos para surfe é vista como autoridade no mercado.

Franquias de roupas e acessórios

Que tal optar por uma franquia de roupas e acessórios? Com essa modalidade de negócio, o empreendedor pode oferecer não apenas as peças para vestir, mas outras para compor o look.

São considerados acessórios os cintos, bolsas, brincos, colares, gravatas, lenços e outros. É possível atender a homens e a mulheres, mesmo que o público feminino seja normalmente mais visado.

sapatos e bolsas femininas  expostos em prateleira.
Os acessórios de uma franquia vão desde a cintos e bolsas, até bijuterias e outros.

Franquia de brinquedos e roupas de crianças

Além de peças de roupas, os pais costumam comprar brinquedos para seus pequenos. Por isso, oferecer os dois tipos de produtos em um mesmo espaço pode atrair o público.

Em vez de ir a lojas diferentes, o consumidor encontra roupas e brinquedos em franquias desse tipo. A idade atendida pelos negócios costuma ir até os 12 anos.

Franquia de brechó

Os brechós são lojas que vendem artigos usados, mas ainda em bom estado. Negócios desse tipo promovem o consumo consciente. Isso já que, em vez de comprar uma nova peça, o consumidor pode “reaproveitar” uma que foi de outro usuário.

Algumas franquias de brechó se dedicam, inclusive, a peças de grife. Então, em vez de pagar caro por peças novas, o usuário pode encontrar as roupas por valores bem mais em conta.

Franquia de roupas para grávidas

Mulheres grávidas e que deram a luz recentemente precisam contar com uma moda diferente. Por exemplo: durante a gravidez, as peças precisam ajudar a sustentar a coluna. Assim, o peso da barriga não causará dores e incômodos no dia a dia.

Após dar a luz, essas mulheres também precisam de itens que atendam as suas necessidades. Como sutiãs para amamentação, bodys de sustentação pós-parto e mais.

Franquia de lavar e passar roupas

Até aqui, você conheceu franquias de lojas de roupas. Mas também é possível investir no mercado de Moda com outro foco.

Como optando por uma franquia de lavar roupas. Nesse tipo de franquia, o franqueado pode montar uma lavanderia, o que é o mais comum.

Já as franquias de passadoria podem ser até administradas em casa. O empreendedor recebe as peças, passa cada uma, e devolve à franqueadora para o retorno ao cliente.

Franquia de loja de conserto de roupas

máquina de costura ilustrativo reforma roupa abrir franquia crise
As franquias para conserto e customização de roupas promovem um consumo consciente da moda.

Outra opção para trabalhar com roupas, mas sem vendê-las, é fazer o conserto das peças. Esse é, inclusive, um ramo de negócio interessante para se investir durante a crise.

Isso porque, muita gente prefere consertar suas roupas em vez de gastar com itens novos.

Vantagens de ser um franqueado

Abrir um negócio por meio do sistema de franquias é algo cheio de atrativos ao empreendedor. Por exemplo: como explicamos antes, esse tipo de negócio é mais seguro e tem mortalidade menor.

Ao mesmo tempo, as franquias estão presentes em variados nichos de mercado. Dessa forma, é fácil adquirir um negócio que combine com o seu perfil. Quer uma dica de como avaliar isso? Acompanhe o ebook que separamos para você logo abaixo!

ebook em qual franquia investir

Mas esses não são os únicos benefícios desse modelo de empresa. Abaixo, falamos sobre outros que podem te convencer a investir.

Potencial do mercado de franchising

O mercado de franquias tem ótimo faturamento e crescimento contínuo ao longo dos anos. Só em 2019, o ramo de franchising faturou R$ 186,7 bilhões, um crescimento de 6,8% em relação a 2018.

Só no segmento de Moda, do qual as franquias de roupa fazem parte, o faturamento foi de R$ 24,2 bilhões. As informações são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Treinamentos ao comprar franquia

Para que o franqueado mantenha a padronização da marca, a franqueadora oferece um treinamento. Dele e da sua equipe, quando necessário. 

São treinamentos para venda, atendimento aos clientes e gestão de equipe. Assim como para cuidado com a vitrine, software de gestão, controle financeiro etc.

Como a franqueadora já testou seu modelo de negócio, sabe exatamente o que seu franqueado precisa para atuar. Então, os treinamentos aceleram os bons resultados da sua unidade.

Suportes ao franqueado

Para o sucesso das unidades, as franqueadoras oferecem uma série de suportes aos seus franqueados. Esses suportes variam conforme a marca, mas geralmente incluem:

  • O suporte de marketing;
  • Suporte comercial;
  • Apoio jurídico;
  • Treinamento de pessoal etc.
aulas online franquias home based
Para facilitar o processo, muitos dos suportes são oferecidos aos franqueados de forma on-line.

Publicidade do negócio

Normalmente, as franquias de roupas contam com auxílio de marketing para divulgação de cada unidade. Esse auxílio garante materiais personalizados e focados no público local, com dicas eficazes dadas pela franqueadora.

Além disso, as marcas de franquia costumam realizar publicidades mais amplas. São propagandas, publicações em redes sociais e outros que divulgam a marca como um todo.

Ou seja, não apenas uma ou outra unidade, mas a rede. Isso atrai o consumidor que, ao ver uma publicidade desse tipo, pode buscar por sua unidade local.

Atração de consumidores

Não importa o setor: sem dúvida, qualquer relação de compra requer a confiança do consumidor. O usuário precisa ter segurança que, com aquele produto e/ou serviço, vai obter o que espera.

Quando o empreendedor abre esse negócio do zero, precisa conquistar essa confiança. Afinal, sua marca será nova no mercado, e deverá provar ao usuário que tem algo de bom a oferecer.

Este processo é mais simples quando você abre uma franquia. Isso porque, a marca já tem uma história no mercado, a opinião consolidada de outros consumidores.

Dessa forma, seu público local poderá pesquisar pela marca. Mesmo que a sua unidade seja nova, o usuário vai entender que você oferece o mesmo que o restante da rede.

Esse mesmo usuário pode pesquisar sobre a opinião de outros consumidores. Principalmente na internet, onde os clientes costumam ser bastante sinceros sobre o que pensam de uma marca.

site reclame aqui
Sites como o Reclame Aqui podem ser úteis na pesquisa do usuário, e na sua pesquisa sobre a reputação da marca.

Toda essa experiência da rede no mercado dá maior credibilidade às unidades de franquia. Assim, os consumidores são atraídos porque se sentirão seguros na relação de compra.

Quer conhecer outros atrativos de abrir uma franquia? Acompanhe no texto: Veja 7 incríveis vantagens de comprar uma franquia!.

Perfil do franqueado de franquia de roupas

Cada marca de franquia de roupas têm um perfil ideal de franqueado. Tanto é que as franqueadoras, além de serem avaliados por cada candidato, também avaliam os interessados.

Com esse cuidado, as empresas têm a certeza de que os seus franqueados têm as habilidades necessárias para lidar com o negócio.

Claro que, muitas vezes, essas habilidades podem ser desenvolvidas ao longo do franqueamento. Mas elas serão, de qualquer modo, fundamentais para um sucesso mais rápido do negócio.

Em geral, as características básicas desejadas para um franqueado de Moda são:

  • Gostar de trabalhar com moda;
  • Gostar de lidar com pessoas; e
  • Ter habilidades para gestão.

Primeiro, o “gostar de Moda”. Esse aspecto é importante porque será tudo que o empreendedor vai fazer no dia a dia do seu negócio.

É preciso ter interesse no ramo para que o trabalho seja mais simples. Principalmente, para que o franqueado consiga manter seu entusiasmo em investir tempo e dinheiro no negócio.

Já a habilidade para lidar com pessoas é importante porque o empreendedor vai se relacionar com clientes e com sua equipe. É interessante que você, franqueado, tenha facilidade de comunicação, talento para vendas, liderança e motivação de uma equipe.

Por último, é fundamental que o empreendedor tenha habilidades de gestão. Da operação do negócio, e também do seu aspecto financeiro.

Mesmo que o franqueado contrate pessoas para lidar com esses aspectos, precisa ter a mínima noção dessas gestões. Assim, conseguirá manter seu negócio “nos eixos”, trabalhando pelo seu crescimento.

Franquias de roupas são um bom negócio? Vale a pena?

Vale muito a pena investir em franquias de roupas, especialmente se o empreendedor tiver interesse no ramo. Já contar com certa experiência no negócio também pode ser interessante, mesmo que ela não seja fundamental.

Ao longo do texto, nós apresentamos alguns números que destacam o potencial do mercado de Moda no franchising. Mas eles não são os únicos que tornam esse tipo de empresa um bom negócio.

roupas cabide franquias baratas de roupas imagem ilustrativa franquia de roupas
A diversidade do mercado de moda abre espaço para investimento de empreendedores com variados perfis.

Segundo a ABF, entre as 50 maiores franquias do Brasil, 12% são do ramo de Moda. Em 2019, o número de unidades de franquias deste segmento teve aumento de 1,8% em todo o território nacional.

Além disso, o mercado têxtil emprega no país cerca de 1,5 milhão de pessoas. A informação é da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Considerando ainda a variedade de opções de franquias de roupas, é possível contar com amplo público para o negócio. Basta apenas pesquisar sobre seus clientes localmente e escolher uma marca de franquia que seja atrativa a esse grupo.

Quanto custa para abrir uma franquia de roupas?

Para abrir uma franquia de roupas, o investimento necessário pode ser bastante variado. Tudo vai depender da marca escolhida, sua região de instalação, o espaço da loja (quando a franquia for loja física) e mais.

Mesmo assim, é possível apresentar uma média de quanto custa para abrir uma franquia de roupas. Para isso, consideramos apenas as franquias do ramo associadas à ABF.

Segundo as informações, o custo médio para iniciar uma franquia de roupas no Brasil é de R$ 332 mil.

Isso considerando todo o valor inicial de investimento, com Taxa de Franquia, instalação da loja e capital de giro.

Vale destacar, porém, que essa é apenas uma média. Muitas franquias de roupa no mercado têm custo de instalação bem mais baixo.

Passo a passo para abrir uma franquia de loja de roupa

Agora que você já sabe mais sobre esse tipo de negócio, pode estar pensando “quero abrir uma franquia de roupas”. Pois então, saiba que você vai precisar seguir alguns passos para o seu investimento.

São passos que vão não apenas garantir um investimento seguro, mas também com uma marca de sucesso.

A seguir, apresentamos como abrir uma franquia de loja de roupas. Continue lendo!

Pesquise sobre as marcas

São muitas as opções de franquia de roupas no mercado. Por isso, é essencial que você pesquise entre as várias marcas e escolha a que realmente combina com o seu perfil.

Para isso, faça uma pesquisa ampla. No site da ABF, no Google, em sites específicos e nesse mesmo post (abaixo, apresentamos várias opções de franquias).

manequins masculinos vestidos roupas em exposição em loja
A pesquisa por marcas precisa ser ampla, mas vai te dar mais segurança de investir em uma loja de roupa.

Ao encontrar empresas que combinem com você, acesse o site de cada uma e entenda o que elas oferecem. Os seus produtos, modelos de negócio, suportes dados ao franqueado etc.

Também vale a pena verificar o que os consumidores acham da marca. Afinal, sua unidade de franquia vai oferecer exatamente o que outras unidades oferecem.

Logo, o usuário entende que, se outras unidades têm um atendimento ruim, produtos ruins, a sua também terá.

Dessa forma, você deve comprar uma franquia que tenha boa reputação. Pesquise em sites como o Reclame Aqui e nas redes sociais da empresa. Nestes espaços, os usuários costumam ser bastante sinceros sobre o que pensam.

Entre em contato com a franqueadora

O passo seguinte para comprar uma franquia de roupas será informar seu interesse na marca de franquia desejada.

Para isso, acesse ao site da empresa e preencha o formulário disponível. Normalmente, serão solicitados dados como seu nome e e-mail. Essas serão as informações necessárias para que a empresa entre em contato com você.

Leia bem a COF da empresa

Para que você avalie a franquia, a franqueadora irá encaminhar a sua COF. A COF é a Circular de Oferta de Franquia, o documento que apresenta tudo sobre o negócio.

Isso inclui o histórico da franquia, seu aspecto jurídico, valores para investimento, regras da relação entre franqueadora e franqueado e mais.

Na COF, também é apresentada uma lista de franqueados. Atuais e desligados nos últimos dois anos. Essa lista é obrigatória por lei e vai permitir que você, candidato, entre em contato com esses empreendedores que já investiram na marca.

Dessa forma, você saberá bem mais do que a franqueadora vai te informar. Poderá descobrir como é seu dia a dia, sua operação, as dificuldades e vantagens de trabalhar com a marca.

Assine o contrato de franquia

Com base na COF, nas suas dúvidas e aspirações, os candidatos a franqueados passam por algumas reuniões com a franquia. Assim, as duas partes podem perceber se aquela parceria trará, realmente, bons resultados.

Se você se decidir mesmo por ser um franqueado de roupas, deverá assinar o contrato de franquia. Ele e o pagamento da Taxa de Franquia vão estabelecer a sua parceira com a marca.

mão de um homem fazendo a assinatura de um contrato
A assinatura do contrato de franquia só pode ser feita 10 dias após você receber a COF da marca.

Inicie a sua unidade

Contrato assinado, o franqueado passará para o processo de implantação da sua unidade. A franqueadora vai orientá-lo, por exemplo, a como encontrar o melhor ponto comercial, a registrar a empresa (por vezes como MEI) etc.

O processo de abertura da unidade também vai incluir treinamentos. Assim, empreendedor e sua equipe aprenderão como lidar com os produtos da franquia e oferecer o atendimento padrão da marca.

Quer acompanhar um passo a passo um pouco mais detalhado de como adquirir uma franquia de roupas? Acesse: Passos para se tornar um franqueado.

As franquias de roupas que dão lucro: opções para investir

Ao longo do texto, você descobriu tudo o que precisa para iniciar o seu negócio. Como funciona esse tipo de negócio, seus atrativos, nichos de mercado e mais.

Então, é hora de conhecer opções de franquia de roupas para investir. São muitas as opções no mercado, e elas nem incluem todas do setor de Moda. Afinal, marcas de calçados, acessórios e joias também fazem parte desse segmento.

Segundo a ABF, apenas de microfranquias (franquias que custam menos R$ 135 mil), são mais de 20 marcas no Brasil. E há muitas outras com investimento maior, considerando que são mais de 3 mil marcas de franquias atuantes no País.

Para te ajudar nessa escolha, selecionamos as principais franquias de roupa logo abaixo. São franquias de diferentes nichos e investimentos, para que você encontre a que melhor se encaixe ao seu perfil.

[raio_x_esf]

Como lucrar com uma franquia de roupa?

Foto de uma arara de loja com roupas brancas, beges e tons terrosos. Imagem ilustrativa para texto franquia de roupa.
Para ter lucro em seu negócio, é preciso se atentar a vários detalhes, começando pela escolha de franqueadora.

Como você pode conferir ao longo do texto, o que não falta no mercado são opções de franquia de roupa, que trabalham com as mais variadas peças e público alvo. 

Desse modo, para quem deseja ter um negócio de sucesso, é importante ficar atento desde o momento da pesquisa para escolher a franquia certa que pode trazer lucros. Isso porque você não pode investir em qualquer negócio, se não conhecer seu modelo de funcionamento a fundo. 

Por isso, consulte todas as informações sobre a franqueadora, e verifique se ela possui uma boa reputação entre o público, se oferece todos os suportes necessários e se conta com um bom plano de negócios. 

Outro fator importante para ter lucro envolve diretamente o público do seu negócio. Primeiramente, é preciso saber se a franquia escolhida realmente atende as expectativas do público local. Afinal, não adianta investir em uma marca, se as pessoas da região da sua unidade não irão consumir. 

Em seguida, é importante manter um bom relacionamento com o público, ouvindo as opiniões que podem agregar ainda mais para as melhorias de atendimento e funcionamento do negócio. Clientes satisfeitos ajudam a divulgar o seu negócio e trazer ainda mais oportunidades de vendas. 

E claro que o marketing não poderia ser deixado de fora. Já que tanto as campanhas on-line e off-line são fundamentais para a expansão do seu empreendimento. Com as propagandas certas você alcança ainda mais clientes em potencial. 

E a vantagem de ser um franqueado, é que as marcas geralmente oferecem o suporte em marketing. Dessa maneira, você conta com a experiência de bons profissionais para ter resultados e gerar lucros.

Dá para trabalhar com franquia de moda sem sair de casa?

Sim. Você pode trabalhar com uma franquia de moda operando totalmente no modelo home based. Atualmente, as franqueadoras já trabalham com vários modelos de operação, e o trabalho home office é cada vez mais comum. 

Além do setor de moda, outros tipos de negócios já podem ser operados de forma remota, e com isso, o franqueado pode trabalhar com a ajuda de um computador e telefone. Sendo assim, é possível ajudar os clientes no momento de compra, mas sem precisar ter um local físico para isso. 

Em modelos de negócio como esse, toda a parte de logística é função da própria marca. Ou seja, ela mantém um estoque e também é responsável pela entrega dos produtos. Assim, o franqueado é responsável pela divulgação e prospecção de clientes, que pode ser feito tanto de forma virtual, como explicamos nas franquias on-line, como em vendas diretas. 

Essa é uma forma mais viável para quem busca por franquias mais baratas de investir, além de optar por um formato de trabalho mais flexível. Trabalhar no modelo home office pode ser uma oportunidade de encaixar outras atividades no seu dia a dia, sabendo organizar seus horários. 

Com uma boa qualidade de vida e mantendo o foco necessário que o serviço requer, é possível ter bons lucros no processo.

Fique atento na hora de investir

Durante o texto, você pôde conhecer tudo sobre as franquias de roupas. Seus nichos de mercado, como escolher a melhor, opções de marcas e muito mais.

E então? Esse tipo de negócio é mesmo o que você procura para investir? É essencial que ele combine com o seu perfil. Assim, você terá prazer em dedicar seu tempo e dinheiro à franquia.

Lembre-se, também, que é fundamental pesquisar sobre a marca na hora de abrir uma unidade. Ela deve contar não apenas com um público potencial, mas com boa reputação no mercado. 

Quer investir, mas não tem tanto capital disponível? Então, continue sua leitura no texto: Como abrir uma franquia com pouco dinheiro sem se enrolar.

*Informações publicadas em Fevereiro/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje