Que tal investir no segmento de bolos? Conheça a franquia Sodiê Doces

Por
em
Imagem de uma vitrine de loja de bolos. Imagem ilustrativa texto franquia Sodiê Doces.
Advertisement

Que ouviu falar na franquia Sodiê Doces e já se deliciou com os bolos da rede? A marca possui renome e aqui falaremos como você pode investir em uma unidade da franquia.

O mercado de franquias de Alimentação é o segmento de maior faturamento no franchising brasileiro, com mais de R$ 40 bilhões em 2020.

São diversos nichos de produtos, para os mais variados públicos, e um deles é o segmento de bolos, onde trabalha a franquia Sodiê Doces, da qual falaremos um pouco.

Conheça a franquia Sodiê Doces

A franquia Sodiê Bolos é uma rede especializada em bolos artesanais que foi fundada na cidade de Salto, no interior de São Paulo.

Sua fundadora, Cleusa Maria da Silva, iniciou o negócio vendendo bolos feitos por ela e balas de leite em pó e, em 2007, entrou para o franchising.

Em seu cardápio, são mais de 100 opções de bolos feitos com a massa de pão de ló e recheios variados, com chocolates e frutas frescas.

Advertisement

Nesse sentido, o cliente pode encomendar o bolo inteiro, que pode ser feito em cerca de uma hora, ou degustar na própria loja, que também trabalha com o sistema de fatias.

Além disso, a Sodiê Doces conta com a linha zero açúcar, bolos caseiros, salgados, kit festa, milk shakes e balas de coco.

Atualmente, a franquia Sodiê Doces conta com mais de 320 lojas espalhadas pelo Brasil, em 13 estados da Federação, e duas em Orlando, na Flórida (EUA).

Por fim, a franquia Sodiê Doces está neste segmento de Alimentação e é uma boa opção para o empreendedor que deseja investir neste mercado.

Como abrir uma franquia Sodiê Doces?

Vemos um bolo com cobertura de frutas silvestres secas e mais alguns, à direita e ao fundo, sobre uma mesa (imagem ilustrativa). Texto: franquia Sodiê Doces.
O mercado de bolos possui nichos de atuação, como receitas diets.

Para abrir uma franquia da Sodiê Doces, o empreendedor deve ter um perfil compatível com as expectativas da franqueadora.

Isso porque ela exige dedicação total ao negócio, para que o empreendedor esteja presente no dia a dia da unidade, aumentando as possibilidades de sucesso da loja.

O empreendedor deve entrar em contato com a franqueadora para receber a Circular de Oferta de Franquia (COF). Nela devem estar detalhados os custos da unidade e os suportes da franqueadora.

Além disso, a franqueadora também analisa o perfil pessoal e financeiro do empreendedor para saber se ele possui as qualidades e a capacidade de investimento que a franquia precisa.

Um dos primeiros passos neste processo é a escolha do melhor local para a instalação da nova unidade. A franqueadora auxilia direcionando para uma escolha mais atrativa aos clientes.

Após firmar o contrato de franquia, o empreendedor passa por treinamentos para a fabricação dos produtos. Ainda, para entender a operação da unidade como um todo e até o marketing a ser feito.

Da mesma forma, a franqueadora também acompanha o desenvolvimento do negócio ao longo do tempo, intervindo quando houver problemas na unidade.

Porém, uma informação que você deve estar se perguntando é: quanto pago para ter isso tudo? Pois vamos lhe contar agora.

Quanto custa investir em uma Sodiê Doces?

Sem delongas, para se tornar um franqueado da franquia Sodiê Doces o investimento inicial mínimo estimado é de R$ 450 mil.

Dentro deste valor está uma taxa de franquia de R$ 60 mil e um gasto aproximado de R$ 390 mil com a instalação da unidade.

Além disso, a franquia Sodiê Doces possui apenas um modelo de negócio, o de loja.

As instalações mínimas para abertura da franquia devem ter pelo menos 150 metros quadrados, e a equipe deve ser composta de 4 até 15 funcionários.

Falamos muito sobre a Sociê Doces, mas o mercado de franquias de Alimentação é amplo, como mostraremos a seguir.

Vemos duas folhas de papel e algumas moedas sobre uma mesa (imagem ilustrativa). Texto: franquia Sodiê Doces.
É preciso calma, já que valor investido em uma franquia pode demorar a retornar.

Vale a pena abrir uma franquia de Alimentação?

O mercado de franquias de Alimentação, como falamos, é atrativo por conta do alto faturamento.

Dentre os 11 segmentos do franchising, é o de maior faturamento ao longo dos últimos anos, e se manteve no topo mesmo com as restrições causada pela pandemia.

O setor é vantajoso também por ser um mercado composto de produtos de primeira necessidade, que fazem parte do dia a dia das pessoas.

Em outras palavras, as pessoas podem deixar de consumir muitas coisas, ou diminuir o consumo, mas a Alimentação é item essencial.

Da mesma forma, é um mercado com diversos nichos de atuação, voltados para diferentes públicos e bolsos. Ou seja, o empreendedor tem opções de franquias das mais variadas.

Por exemplo, franquias de comida saudável, fast-food, salgados, pizzas, e um ramo que vem crescendo cada vez mais: o de franquias de açaí.

Uma destas franquias é a Cream Berry, rede criada na cidade de Varginha, em Minas Gerais, que possui um modelo de negócio lucrativo e simples para empreender.

A rede trabalha com dois modelos de negócios. No Convencional, o foco é para o atendimento clássico, com combos pré-definidos no cardápio.

Por outro lado, o formato Express é voltado para o atendimento self-service. Assim, os clientes podem fazer as combinações do creme de açaí com vários acompanhamentos disponíveis.

Este formado de atendimento tem ganhado os consumidores. Isso porque possibilita combinações de sabores ao gosto de cada um, agradando o grande público.

Ademais, o formato da Cream Berry é enxuto, com poucos funcionários e vários suportes da franqueadora. Sobre este suporte, acompanhe o depoimento de um dos franqueados da marca no vídeo abaixo.

Vantagens de abrir uma franquia

O modelo de franquias já é consolidado no mercado brasileiro e cada vez mais chama a atenção dos empreendedores.

Este tipo de empreendimento possui algumas vantagens interessantes para quem deseja ter o próprio negócio.

Primeiramente, o franqueado conta com a força e reconhecimento da marca no mercado. Ainda, produtos ou serviços testados e aprovados pelo público.

Ao iniciar um negócio do zero, demora um tempo até que o público reconheça a marca, o que é diferente com as franquias.

O empreendedor adquire a unidade da franquia e recebe junto o reconhecimento da empresa com os consumidores.

Da mesma forma, o modelo já vem estruturado, com operações mais simples e fáceis de desenvolver. Esse é um dos  motivos que este modelo atrai empreendedores de primeira viagem.

Ademais, o modelo de franquia traz segurança para o empreendedor, por já ser organizado, testado no mercado, além dos suportes da franqueadora ao longo do tempo.

Para os empreendedores menos experientes, este modelo é vantajoso por conta dos treinamentos e auxílios para a gestão. Por exemplo, mesmo que o empreendedor nunca tenha trabalhado com açaí, ele consegue abrir uma franquia Cream Berry.

Do mesmo modo, a escolha do melhor local para iniciar um negócio é uma etapa importante, processo em que a franqueadora também participa, buscando o melhor lugar para a unidade.

Com isso, o empreendedor instala seu negócio em um lugar que chama mais a atenção do seu público-alvo, potencializando a captação de clientes.

Por fim, para saber mais sobre a Cream Berry, leia o conteúdo completo sobre a franquia clicando aqui.

Caso tenha se interessado pela marca, entre em contato com a franqueadora. Porém, se ainda não se decidiu pela franquia em que vai investir, faça uma consultoria gratuita com especialistas para lhe ajudar na escolha da melhor franquia pra você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement