Franquia vitrificação de pintura: vale a pena investir no negócio?

Publicado em
franquia de vitrificação de pintura - homem analisando o trabalho

Um dos serviços mais procurados quando falamos de franquia automotiva é a vitrificação de pintura. Esse processo, apesar de ter um custo mais elevado, traz diversos benefícios para os consumidores. 

É comum empresas ligadas ao segmento automotivo oferecerem apenas processos básicos como limpeza interna, polimento, limpeza interna etc. Isso ocorre, pois apesar de estar ganhando espaço no mercado, fazer a vitrificação exige um investimento maior dos clientes e algumas marcas não querem correr esse risco.

Porém, por mais que seja um preço elevado, se comparado com os processos mais simples de valorização da pintura de um automóvel, a vitrificação possui uma validade de até seis vezes maior que a cristalização, por exemplo. 

Por isso, preparamos esse texto para apresentar como é uma franquia que oferece esse tipo de trabalho, quais as vantagens e diferenças. Além disso, no final iremos dar uma dica sobre uma das marcas referências em estética automotiva. Acompanhe!

Como funciona uma franquia para vitrificação de pintura?

Uma franquia para vitrificação de pintura é o que existe de mais moderno no segmento quando se trata de proteger a estética de um carro. Ela pode ser feito em qualquer tipo de veículo, desde que siga uma série de recomendações e boas práticas para o serviço ter sucesso.

O trabalho visa aumentar e garantir o brilho do carro por mais tempo e protegê-lo da água e sujeiras em geral, aumentando o tempo entre uma sessão e outra. 

Além disso, fica muito mais fácil repelir as partículas de impureza como, seivas de árvores e raios ultravioletas solares, o processo de limpeza é facilitado com a vitrificação.

Devido a essa capacidade e trabalho diferenciado e sem resultado igual no mercado, o processo de vitrificação da pintura se torna um investimento mais alto que o comum, porém oferece um resultado que a longo prazo se justifica o capital do cliente. 

É por causa desse custo-benefício que esse tipo de serviço tem ganhado a graça dos proprietários de carros. Afinal, com esse procedimento não há a necessidade de fazer cristalização, polimento ou enceramento do veículo. 

Vale frisar que essa revitalização da pintura pode durar até três anos, o que também reduz os gastos do proprietário com produtos de limpeza para carros. Uma ótima justificativa para convencer seus clientes a adquirirem esse serviço.

O que é vitrificação de pintura?

Agora que sabemos como funciona uma franquia para vitrificação de pintura, está na hora de entendermos o que de fato é esse procedimento. De forma resumida, ele consiste em aplicar um produto químico que é conhecido como vidro líquido. 

Porém, antes de ser aplicado o carro precisa passar por uma limpeza e descontaminação da sua superfície. Após essas etapas, é feito um polimento técnico para corrigir alguns riscos e marcas. 

Importante observar se o veículo está em um local com sombra, o vitrificador só pode ser aplicado em superfícies frias. Com os cuidados destacados acima tomados e produto posto sobre a carroceria, será criado uma película com alta resistência que irá proteger a pintura do carro. 

Assim, após a química secar basta aconselhar o proprietário a fazer a lavagem do veículo apenas com água e shampoo automotivo. 

Quais as vantagens de abrir uma franquia para vitrificação de pintura?

Uma das principais vantagens de abrir uma franquia para vitrificação de pintura são os bons números que acompanham o setor automotivo no Brasil.

De acordo com o Observatório das Metrópoles, no Brasil existem aproximadamente 66 milhões de carros, quase um para cada três habitantes. 

Ainda segundo o estudo, o país quase dobrou a sua frota de automóveis em 10 anos, comparando os números de 2008 com 2018. E mais de 40% dos veículos estão concentrados nas regiões metropolitanas de 17 capitais brasileiras. 

Em resumo, as cidades que mais sofrem com problemas de trânsito e transporte público, continua recebendo a maior parte dos carros que são fabricados em todo o país. Por consequência, a pintura e outros fatores estéticos são danificados.

Com o alto índice de poluição causado pelos gases poluentes dos carros, fábricas e indústria, essas grandes cidades e regiões acabam sofrendo com um fenômeno conhecido como chuva ácida. 

O grande problema é que não tem como a diferenciar de uma chuva normal e como consequência, devido a exposição, a pintura acaba perdendo o brilho e ficando mais fosca.

A melhor solução para corrigir esse problema está entre o polimento ou a vitrificação. Em breve vamos explicar a diferença e mostrar porque a vitrificação é mais aconselhável.

Devido a esses problemas que também podem ser causados por causa de fezes de pássaros, granizo, maresia para quem vive nas cidades litorâneas, variação da temperatura etc, o brasileiro tem gastado em média R$ 1 mil reais mensais em cuidados com seus veículos.

Além disso, podemos associar esse consumo alto ao tempo em que as pessoas ficam com o mesmo carro. Estima-se que o período seja de 4,11 anos e como estão ficando mais tempo com os veículos, a tendência é os gastos com cuidados também aumentar. 

Principais diferenças entre vitrificação e polimento

homem fazendo cuidando da pintura por meio da sua franquia para vitrificação de pintura
Existem algumas diferenças nesse tipo de serviço, principalmente no custo e validade

Vimos até aqui no texto que a vitrificação de pintura é uma etapa que pode substituir o polimento convencional e, apesar de ser um investimento mais alto para o consumidor, traz muito mais benefícios, principalmente financeiro. 

Para entender um pouco melhor dessas vantagens, precisamos compreender a diferença e para que cada serviço é indicado. No caso do polimento, ele é um processo que fará o nivelamento e analisará a pintura do carro. 

Esse é um processo que utiliza materiais abrasivos e que precisam ser aplicados com cuidados para que não ocorra uma perda de tinta em uma determinada área da carroceria. Além disso, possui uma data de validade relativamente baixa, chegando a até seis meses apenas dependendo do processo. 

Já no caso da vitrificação, o produto químico aplicado sobre a pintura não possui reagentes ou materiais corrosivos que podem danificar a tintura a longo prazo. O principal composto da pasta é a sílica, um composto oxigenado utilizado para a fabricação de vidro, por exemplo. 

Apesar de ser necessário um processo de polimento antes da vitrificação, o seu consumidor só precisará fazer esse trabalho depois de três anos. Para quem deseja abrir uma franquia nesse setor e irá oferecer o serviço, é a chance de ter baixo custo e alto rendimento. 

Como está o mercado para franquias de estética automotiva?

Para quem se interessou e deseja entrar de vez nas franquias automotivas, esse pode ser considerado o momento ideal para o investimento. Afinal, com o número de carros crescendo, como mostramos anteriormente no texto, é comum aumentar a busca por serviços de estética automotiva. 

Mesmo sendo um mercado com vários segmentos como troca de óleo, aluguel de carro ou limpeza ecologicamente correta, as marcas vem crescendo e se consolidando como fortes modelos de negócio no mercado. 

Não à toa, as franquias faturaram R$ 5,8 bilhões em 2018, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Sendo considerado o segundo setor que mais cresceu no país e por consequência, terminando 2019 com um número 3% maior que o ano anterior.

Ficando atrás apenas das marcas ligadas a “Alimentação”, as franquias automotivas já possuem duas entre as 10 maiores do Brasil, são elas: Lubrax + e Jet Oil.

Exemplo de franquia para vitrificação de pintura

Uma das franquias referências em vitrificação de pintura é a Acquazero. A marca é mais reconhecida no mercado pelo seu processo de limpeza que utiliza apenas 300 ml de água, porém conta com uma lista variada de serviços. 

Também são oferecidos processos de limpeza técnica do motor, cristalização de vidros, revitalização de plástico, enceramento, descontaminação de pintura, impermeabilização de estofados e outras várias funções. 

Com um modelo inovador e de alta qualidade, o negócio tem crescido e alcançado grandes resultados. Não à toa, é considerada a maior rede de franquias no segmento de estética automotiva do país de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Além disso, ela oferece modelos de negócios que possuem investimento mínimo de R$ 17.820 mil e permite que o franqueado atue diretamente na casa ou no trabalho de seus clientes, possibilitando uma boa rentabilidade e criando uma carteira de consumidores fiéis. 

Conheça um pouco mais sobre o modelo da Acquazero no vídeo a seguir. Assista!

Pudemos observar ao longo do texto que abrir uma franquia de vitrificação de pintura pode ser um bom investimento para quem deseja entrar no setor automotivo.

Além dos bons números do mercado, o negócio também oferece um produto com alto custo-benefício para os clientes. 

Apesar de ser mais caro que os processos tradicionais de polimento, ele possui um prazo de validade que chega próximo ao tempo em que uma pessoa fica com um carro em média. Ou seja, durante esse período ele pode contratar esse serviço apenas duas vezes. 

Enquanto isso, continuar chamando o franqueado para fazer outros serviços voltados para a estética automotiva. 

Quer conhecer mais um pouco sobre o mercado de franquia para vitrificação de pintura e outros serviços? Acompanhe o artigo sobre quanto custa abrir uma franquia automotiva!

*Informações publicadas em Agosto/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.