Franquias de alimentação: 37 opções para investir

Por
em
pessoas comendo franquias de alimentacao
Advertisement

As franquias de alimentação fazem parte de um dos setores mais atraentes e seguros para quem deseja estar à frente do próprio negócio. Um dos motivos para isso é que, mesmo em momentos de instabilidade econômica, como a vivida pelo Brasil atualmente, o setor não para de crescer.

O segmento de Alimentação é o mais tradicional do franchising e um dos responsáveis por alavancar os resultados positivos do mercado de franquias.

Nesse sentido, se você se identifica com o setor, saiba que existe uma gama de franquias com os mais variados valores de investimento, tipos de alimentos e formas de atuação no mercado. Ficou curioso? Então, continue a leitura do artigo.

O mercado das franquias de alimentação

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a variação do faturamento desse mercado entre os anos de 2018 e 2019 foi de 5,6%. Em 2018, o faturamento registrado foi de R$ 45,82 bilhões enquanto em 2019, o total registrado foi de R$ 48,39 bilhões. Em 2020, R$ 40,89 bilhões.

Além dos resultados positivos, as franquias de alimentação também oferecem a possibilidade de o franqueado atuar em diferentes mercados e captar públicos bem distintos.

Nesse setor, podemos encontrar redes de fast-food, refeições completas, lanches, culinária saudável, empresas especializadas em doces, sobremesas, em sucos, cafeterias, pizzarias, culinária regional e internacional… Enfim, opções não faltam e, certamente, existe um modelo de franquia ideal para você!

Assim, outro ponto que impulsiona o setor é que muitas redes conseguem atender não só o público que faz a compra no balcão, como atuar também com o delivery. Ou seja, recebendo pedidos por telefone, site e aplicativos.

Essa facilidade amplia as possibilidades de formatação de uma franquia que não precisará ser um restaurante completo, por exemplo.

Desse modo, é possível atuar com modelos de negócio que atendam os clientes exclusivamente por meio de entregas, flexibilizando as dimensões do ponto comercial.

Dessa forma, contamos como escolher o negócio ideal, os cuidados com o investimento, além de 37 boas opções de franquias de alimentação para você.

Vemos várias pessoas sentadas em um restaurante (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
O setor de alimentação é uma boa opção para o empreendedor investir.

Franquias de alimentação: como escolher a ideal para você? 

É importante saber que as franquias de alimentação, além de participarem do setor mais tradicional do mercado, também são as redes que vêm apresentando melhores resultados ao longo dos anos.

De acordo com um levantamento realizado pela ABF, as franquias que trabalham com alimentação registraram 5,3% de crescimento entre o terceiro trimestre de 2018 e o terceiro trimestre de 2019.

Ao mesmo tempo, o setor também teve aumento no número de unidades franqueadas entre um ano ao outro: 6,7%. Este aumento de unidades significa que, mesmo sendo um mercado tradicional, ainda há espaço para expansão e novos negócios.

Portanto, é essencial que o empreendedor estude o mercado, vá atrás de tendências de consumo e aposte em inovações para a franquia. Por exemplo, uma tendência importante são os serviços delivery.

Isso porque a entrega de lanches e refeições é o que mais movimenta o setor atualmente. Assim, as franquias de alimentação precisam estar preparadas para realizar esse tipo de atendimento, investindo em qualidade, agilidade e preços atrativos.

Saiba como pesquisar

Em primeiro lugar, depois de entender sobre o mercado de alimentação, vem a pergunta: como escolher a rede mais ideal para o meu perfil?

Bom, esse passo envolve a junção de estudos de mercado com a análise do seu perfil pessoal e profissional. É essencial escolher um modelo de franquia que oferece aquilo que você espera para o futuro.

Além disso, é importante se identificar com os tipos de refeições e lanches vendidos pelas franquias de alimentação, bem como o formato de franquia escolhido.

Essa identificação vai ajudar bastante no dia a dia de trabalho. Para isso, pesquise a fundo sobre a marca, modelos de negócio disponíveis, produtos vendidos e formas de atuação no mercado.

Vemos que uma pessoa segura um tablet com o Google em tela, em um restaurante (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
Pesquise respeito do mercado no qual irá investir com uma franquia de alimentação.

Uma forma de facilitar essa pesquisa é participar de feiras e eventos voltados para franquias. Esses eventos proporcionam a oportunidade de conversar com os representantes das marcas. Assim, você pode conhecer melhor o negócio, tirar dúvidas e outros esclarecimentos.

Da mesma forma, os eventos são uma chance bem interessante de conversar com franqueados da rede e perguntar sobre o dia a dia de operação e os suportes oferecidos por ela.

Descubra algumas dicas importantes para se tornar um franqueado

Para que você consiga optar por alguma das franquias de alimentação disponíveis no mercado, é importante seguir alguns passos. Graças a isso, você terá condições de fazer um planejamento sobre onde e como aplicar o seu dinheiro.

A princípio, para que você entenda a importância desse acompanhamento, precisamos relembrar o que são franquias de fato.

Esse empreendimento visa autorizar um empresário terceiro a explorar comercialmente uma determinada marca. Porém, para que isso possa ser benéfico para ambas as partes, é preciso que exista um “casamento perfeito”.

As franqueadoras exigem que o empreendedor siga algumas padronizações que são fundamentais para a imagem e reconhecimento do público com relação à marca.

Em contrapartida, cabe à empresa oferecer treinamentos e suportes para transferir todo o know-how e expertise que ela adquiriu ao longo dos anos.

Assim, com essa parceria, é possível que você abra uma franquia de pizzaria delivery, por exemplo, tendo acesso ao mesmo caminho que a levou ao patamar em que ela se encontra hoje.

Como resultado, o modelo de negócio das franquias é considerado o mais seguro que existe no Brasil. Contudo, ele ainda exige alguns cuidados.

Tenha conhecimento sobre o segmento

Advertisement

Primeiramente, para ter sucesso ao longo da empreitada como franqueado, é preciso ter certeza de que você realmente deseja trabalhar na área de alimentação.

Pois, por mais que esse seja um dos segmentos mais promissores, com bons resultados, o dinheiro nunca poderá falar mais alto.

Vemos um homem escrevendo em um caderno ao lado de um computador (imagem ilustrativa).
O empreendedor deve gostar de negócios no ramo de alimentação.

Sendo assim, você precisa realmente gostar da área e ter o mínimo de conhecimento sobre suas dinâmicas. Sem isso, a tendência é ter mais dificuldade para desenvolver a sua unidade de maneira efetiva.

Nesse sentido, uma das questões que precisamos levar em consideração são as horas que você irá gastar para gerir sua franquia.

Assim como todo empreendimento, seja ele do zero ou não, você irá trabalhar muito mais do que apenas oito horas. Portanto, se prepare para um dia cheio de trabalho! São diversas funções e análises que precisará fazer.

Dessa forma, caso você não goste do que faz ou não sinta nenhuma atração pelo segmento, a rotina poderá ficar mais difícil do que parece. Por outro lado, se você atua na área que gosta e/ou ama, certamente passará por desafios e problemas com mais facilidade.

Por fim, lembre-se de que empreender é a chance que você tem para trabalhar com aquilo que realmente gosta, diferente de muitas profissionais. Logo, não faz sentido aplicar o seu tempo e dinheiro em algo que não o afete positivamente.

Acompanhe a sua situação financeira

Outro fator muito importante na hora de escolher qual franquia de alimentação você se tornará franqueado é fazer um acompanhamento financeiro. Ou seja, saber qual é o seu real poder de compra e quais são seus limites de investimento.

Essa é uma prática fundamental para conseguir transformar a sua unidade em uma potência na região. Caso você não tenha o hábito de acompanhar as suas finanças, seja por preguiça, medo ou desconhecimento, separamos algumas dicas para começar a entender mais sobre isso.

Lembre-se que sem esse acompanhamento, a tendência é não conseguir evoluir o seu empreendimento.

A princípio, a dica é fazer um mapeamento sobre todos os seus gastos ao longo do mês. Ou seja, perceber quais custos são realmente importantes para o seu dia a dia e aqueles que podem ser deixados de lado. Com esse levantamento em mãos, basta eliminar o consumo desnecessário gradualmente.

Vemos uma carteira saindo dinheiro entre um garfo e uma faca (imagem ilustrativa).
Analise sua situação financeira antes de investir em um novo negócio de alimentação.

No final do primeiro mês, já será possível identificar a diferença no que costumava sobrar e no que você tem agora. Em seguida, negocie seus planos de assinatura de TV, telefone, internet etc. As empresas sempre oferecem condições diferenciadas.

Por último, caso tenha alguma dívida, tente renegociá-la com o credor. Como o objetivo é receber o que lhes é de direito, eles irão fazer o que for possível para conseguir encontrar um caminho mais prático para você.

Assim, com essas três práticas, a tendência é obter uma noção maior do quanto você pode dispor para investir.

Estude a Circular de Oferta de Franquia

Por fim, uma dica muito importante para abrir uma franquia realmente atrativa é estudar a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Esse documento é responsável por apresentar diversas informações importantes sobre a franqueadora para que você a conheça mais a fundo.

Para se ter uma ideia, nesse documento constam dados como o histórico da marca, taxas e investimento necessário. Ainda, o treinamento oferecido, suporte, pendências judiciais, balanço financeiro da empresa etc.

Nesse sentido, é importante destacar que todos os tópicos precisam ser de fácil entendimento. A COF é o documento mais importante que você irá receber antes da assinatura do contrato. Por causa disso, ela precisa ser muito bem estudada e analisada.

Assim, caso tenha alguma dúvida, é aconselhável procurar um advogado para lhe auxiliar nas questões mais complicadas.

Além disso, não é preciso se preocupar com o tempo que irá gastar para fazer isso. De acordo com a Lei de Franquias, a Circular deve ser entregue pelo menos 10 dias antes da assinatura do contrato. Mas atenção, caso esse prazo não seja obedecido, o investimento será perdido.

Com essas dicas, ficará fácil para você encontrar quais as franquias de alimentação mais atrativas e seguir o processo de abertura.

Por último, separamos um infográfico com o passo a passo para adquirir uma franquia. Veja!

Infográfico "Passo a passo para adquirir uma franquia". São 14 estágios que vão desde a análise de seus interesse até a fase de inauguração do negócio.

Franquias alimentação e os aplicativos de delivery

Um dos grandes aliados para as franquias de alimentação, responsável por manter os empreendimentos com bons resultados, são os aplicativos de delivery.

Por meio desses sistemas, qualquer empresa tem condição de se cadastrar e oferecer seus produtos sem necessitar de uma estrutura de entrega própria.

Porém, para que isso funcione, é muito importante que a unidade tenha embalagens próprias para realizar o delivery. Assim, algumas marcas oferecem esses equipamentos por meio de seus próprios fornecedores.

Além disso, existem marcas cujo franqueado trabalha de casa, sem a necessidade de uma estrutura física externa. Nesse formato, os produtos são entregues congelados e precisam ser armazenados em um local exclusivo.

37 opções de franquias de alimentação

Com tantas opções de franquias de alimentação no mercado, fica até difícil escolher, não é mesmo?

Dessa forma, selecionamos 37 opções de negócios com variações de investimento e diferentes formas de atuação no mercado para você estudar. Acompanhe!

1. Cream Berry

A princípio, temos a franquia Cream Berry, rede de venda de açaí que iniciou suas atividades na cidade de Varginha, no interior de Minas Gerais. Com uma receita exclusiva, a empresa apresenta um modelo de negócio atrativo para os empreendedores.

A Cream Berry conta com um cardápio variado de acompanhamentos para o açaí. Entre eles, caldas de frutas variadas, chocolates, paçoca, entre outros.

Da mesma forma, possui receitas próprias de cremes de frutas como pitaya, cupuaçu, manga, maracujá, abacate, além de açaí zero ou iogurte grego.

De acordo com o franqueado da Cream Berry, Tiago Junji, a franqueadora está sempre atenta ao mercado, o que é uma vantagem da marca.

O mercado de açaí esta em constante evolução e, atualmente, os consumidores estão em busca de novos sabores e combinações. Por conta disso, a franquia trabalha com um modelo self-service.

Assim, os clientes podem fazer as combinações de acompanhamentos de acordo com o seu próprio gosto, e cada vez experimentar novos sabores.

São dois modelos de negócios da Cream Berry, o convencional e o express. Somente neste último se trabalha com o formato self-service.

Por fim, ambos os formatos da franquia realizam atendimento delivery, o que é uma necessidade no mercado atual.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 90 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 24 meses
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 50 mil

Para mostrar um pouco mais sobre o modelo de negócio da franqueadora, separamos o vídeo a seguir. Confira!

2. Griletto

Fundada em 1983, a Griletto é uma marca de fast-food de grelhados e parmegianas, com 145 unidades no Brasil. No cardápio, há pratos voltados para almoço, jantar, happy hour, refeições fit e menu para crianças.

Sendo assim, as lojas Griletto podem ser alocadas em espaços de 30 m² a 50 m² e precisam de, no mínimo, 14 funcionários para funcionar.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Retorno do Investimento: a partir de 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil

3. Croasonho

Seja um croissant doce ou salgado, ou então um sanduíche feito com a massa de croissant. Estes e outros vários produtos você encontra no cardápio da franquia Croasonho.

A rede atua no mercado de franchising desde 2009 e atualmente conta com mais de 60 unidades franqueadas, espalhadas por 13 estados do Brasil.

A Croasonho oferece aos empreendedores um modelo de negócio atrativo, por ter uma série de suportes e também uma marca já reconhecida no mercado.

Ainda, auxílio para a escolha do local de instalação, tendo em vista que a franquia possui modelos voltados para lojas de rua ou de shopping.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 350 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

4. Montana Grill

A franquia Montana Grill é uma rede que possui diversas vantagens para quem deseja investir no mercado de Alimentação.

A franqueadora oferece um bom suporte para os franqueados. Por exemplo, auxílio na negociação e escolha do ponto comercial. Ainda, com um projeto arquitetônico para o layout da unidade.

Da mesma forma, a franqueadora conta com treinamentos e manuais para a operação da unidade no dia a dia, bem como para a gestão comercial. Isso sem esquecer os trabalhos de marketing necessários ao longo do tempo.

São estes tipos de cuidados que ajudam o empreendedor, que mesmo sem experiência, pode ser dono do próprio negócio.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

5. Jin Jin

O modelo de franquias é atrativo pois o empreendedor recebe um negócio estruturado, com uma operação mais simples, além de uma marca de renome.

Para investir no setor de Alimentação, este modelo é interessante, pois torna o empreendimento um pouco mais seguro e sólido.

Uma das opções para investir neste segmento é a Jin Jin, franquia especializada em culinária asiática, que conta com pratos japoneses, chineses, entre outros.

A franquia, que possui mais de 20 anos de atuação, atualmente possui mais de 70 unidades pelo Brasil, espalhadas por 12 estados. Seu modelo de negócio é de lojas para shopping e centros comerciais.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

6. Detroit

A cultura americana é a inspiração da franquia Detroit Steakhouse, rede de restaurantes fundada em 2002 e que atualmente possui 20 unidades no Brasil.

A franquia conta com um amplo cardápio, com hambúrgueres, cortes tradicionais dos Estados Unidos, como costela ao molho barbecue, entre outros.

Além disso, nas unidades, o ambiente é voltado para a transmissão de esportes variados, alguns deles tipicamente americanos.

O modelo de negócio da franquia é voltado para instalação em shoppings, praças de alimentação ou em lojas de rua.

Ainda, em cada unidade, o espaço é dividido em um ambiente de consumo rápido e outro para a permanência por mais tempo.

  • Investimento inicial: de R$ 250 mil até R$ 580 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 100 mil  a R$ 400 mil
  • Prazo de retorno: 24 meses

7. X Costela & Cia

Mesmo sem ser um chefe de cozinha, o empreendedor pode se tornar um franqueado da X Costela & Cia, marca especializada em sanduíches artesanais.

A franquia possui um modelo de negócio enxuto e de fácil operação. Os insumos para a produção do cardápio são produzidos e porcionados fora da unidade. Com isso, evita-se frituras na unidade, deixando o ambiente melhor para o cliente.

Além disso, o franqueado recebe treinamento para a operação e para a gestão da unidade, bem como apoio para ações de marketing.

Com tudo isso, o empreendedor pode desenvolver o negócio mesmo sem ter muita experiência ou habilidades na cozinha.

  • Investimento inicial: de R$ 80 mil até R$ 100 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 60 mil  a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: de 12 a 18 meses

8. Sucão

A franquia Sucão, especializada em sucos naturais e lanches saudáveis, é uma rede que oferece aos empreendedores diversos modelos para investir suportes para desenvolver o negócio.

Por exemplo, o investidor pode optar por quatro diferentes tipos de modelos: quiosque, container, loja de rua ou de shopping.

Após se tornar franqueado, recebe treinamentos e auxílio para a escolha e negociação do local de instalação. Além disso, conta com ajuda para o marketing de inauguração e de divulgação da unidade ao longo do tempo.

Do mesmo modo, um diferencial da franquia é sua cozinha central, que produz

  • Investimento inicial: de R$ 180 mil a R$ 290 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 60 mil a R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: de 14 a 34 meses

9. Chicken In House

A franquia Chicken In House possui um modelo de microfranquia delivery que é ideal para o empreendedor que não possui tanto capital para investir mas deseja aproveitar o crescimento do mercado de entrega de comidas.

É cada vez maior o número de pessoas que buscam o delivery para pedir seus pratos favoritos, e um destes produtos de sucesso é o frango frito no balde, especialidade da Chicken In House.

Além deste modelo, a rede possui outros três, dois voltados para loja de rua e um para loja de shopping.

O franqueado conta com todo o suporte para a instalação da unidade, como treinamento para a produção do frango, entre outros.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 70 mil 
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil 
  • Prazo de retorno: 12 a 24 meses

10. Frango Americano

Vemos, em close, vários recipientes contendo frango frito (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
A aposta na culinária de outros países proporciona destaque às unidades.

A Frango Americano é uma rede de franquias especializada na preparação e comercialização de frango frito no balde, porções e outras refeições que têm como protagonista o frango.

Com sede no Paraná, a marca já conta com 30 lojas franqueadas e está em processo de expansão.

Dessa forma, ela busca por empresários que tenham disponibilidade para se dedicar à franquia, se interessem pelos alimentos comercializados pela Frango Americano e queiram trabalhar com o público.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 100 mil
  • Retorno do Investimento: entre 14  a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil

11. Grão Espresso

A Cafeteria Grão Espresso trabalha com um mix de produtos variados que inclui cafés frios e quentes, chás, bolos, salgados, sanduíches e sorvetes. Para os franqueados, ela promete acompanhamento constante, manuais de implantação, administração, marketing e operação da loja.

Depois do cadastro, o perfil do interessado é avaliado e uma reunião individual é agendada. Em seguida, começa a captação e negociação do ponto comercial, que antecede a assinatura do contrato, a regulamentação da empresa e, então, o início do treinamento.

Dessa forma, os franqueados da Grão Espresso não precisam ter experiência prévia. Todavia, é necessário gostar no mercado de alimentação e cafeteria, além de facilidade para assimilar novos conceitos e práticas comerciais de acordo com a marca.

  • Investimento inicial: a partir R$ 155 mil
  • Retorno do Investimento: entre 24 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 60 mil

12. Açaí Concept

Com 144 unidades no Brasil, a Açaí Concept é uma excelente opção para quem deseja investir em uma franquia do tradicional açaí com caldas e toppings, com frutas, granola e leite condensado.

Assim, são quatro modelos de negócio: a loja, loja de shopping, quiosque e a novidade para diversos tipos de franquia, o modelo container. Como resultado, o empreendedor pode optar por aquele modelo que melhor se adéqua à sua região.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 150 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 55 mil

13. IceMellow

A IceMellow é uma marca de sorvetes que atua com dois modelos de franquias. Os quiosques, que ocupam uma área mínima de 6m² e necessitam de três funcionários; bem como as lojas, que dependem de um espaço de até 35m², e de três a cinco profissionais.

Assim, em expansão, a rede busca por franqueados acima dos 25 anos que tenham o segundo grau completo e recursos financeiros próprios.

Ademais, a empresa exige como exigência a capacidade de seguir os padrões da empresa e a disponibilidade de tempo para gerenciar diretamente a franquia.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 79 mil
  • Retorno do Investimento: entre 12 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 40 mil a R$ 100 mil

14. Nutty Bavarian

Especilizado em nuts glaceadas, o Nutty Bavarian trabalha com quiosques no mercado de alimentação.

Nesse sentido, o empreendimento pode ser atrativo para quem desejam fazer um investimento em marcas baratas. Ou seja, negócios lucrativas, com um quadro de funcionários reduzido.

Dessa forma, são três tipos de quiosques que podem ser instalados em shoppings, aeroportos, cinemas, casas de shows, etc.

Por exemplo, o primeiro deles é o Deluxe, que tem uma frente de atendimento e maior espaço dedicado para o estoque. O segundo é o Premium, com duas frentes de atendimento e maior espaço para exposição dos produtos. Por fim, o modelo Standart, um quiosque com telhado e maior espaço para comunicação.

Seja como for, o franqueado recebe a estrutura pronta, tem flexibilidade de horários e conta com operação de implantação.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 99 mil
  • Retorno do Investimento: entre 12 a 18 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 32 mil

15. Mil Milkshakes

A Mil Milkshakes está no ramo de milkshakes desde 2005. Atualmente, a marca busca por franqueados com espírito empreendedor, determinação e disponibilidade para estar à frente do negócio.

Da mesma forma, ela busca empreendedores com facilidade e vontade de crescer, características muito valorizadas pela franqueadora.

Nesse sentido, a Mil Milkshakes oferece treinamento completo e auxilia nos projetos financeiro, mercadológico, organizacional e arquitetônico. Ela ainda colabora na escolha, treinamento e motivação de pessoal.

O franqueado pode, portanto, escolher entre os formatos de loja ou quiosque para investir.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 193 mil
  • Retorno do Investimento: entre 1 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 51 mil

16. Cacau Show

Vemos várias barras de chocolate (imagem ilustrativa).
A Cacau Show é uma das principais marcas do segmento de doces no Brasil.

A Cacau Show é uma rede de franquias de alimentação especialista em chocolates. Fundada em 1988, a empresa é uma das maiores redes do Brasil, tendo expandido sua atuação para o franchising a partir de 2004.

Atualmente, a rede conta com mais de 2 mil lojas instaladas em todo o país, em formatos de investimento bem distintos.

Sendo assim, os franqueados encontram cinco modelos de franquia. Por exemplo, microfranquia de distribuição, que tem investimento inicial a partir de R$ 19 mil e microfranquia Cacau Show, que exige investimento a partir de R$ 35 mil.

Do mesmo modo, há também o formato de microfranquia gelateria, com investimento a partir de R$ 38 mil e quiosque, com investimento a partir de 45 mil. Por fim, a loja convencional, com investimento inicial de R$ 160 mil.

  • Investimento Inicial: a partir de R$ 59,9 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 70 mil

17. Brasileirinho Delivery

O Brasileirinho Delivery abriu as portas de sua primeira unidade em 2013, na cidade de São José do Rio Preto, interior do estado de São Paulo. Atualmente, a rede conta com mais de 100 unidades distribuídas por todo o Brasil.

Assim, trabalhando com comidas típicas, a empresa conseguiu atrair diversos consumidores. Não só por causa da qualidade do alimentto, mas também por inovar na apresentação dos seus pratos, no formato box.

A rede trabalha com franquias no modelo restaurante e restaurante com atendimento delivery.

Além disso, ela conta com mais de 30 opções compõem o cardápio, como Baião de Dois, Feijão Tropeiro, Arroz Carreteiro, massas e pratos veganos.

  • Investimento total: a partir de R$ 100 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil

18. Pizza Hut

A Pizza Hut conta com mais de 14 mil restaurantes em todos os continentes, vendendo mais de 11,5 milhões de pizzas por dia. No Brasil, a marca inaugurou sua primeira unidade em 1989.

Atualmente, há lojas da pizzaria espalhadas por todo o país. A Pizza Hut trabalha com quatro modelos de franquia.

  • Investimento total: a partir de R$ 850 mil
  • Retorno do Investimento: 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 180 mil a R$ 230 mil

19. Let’s Eat Brasil

Inspirada nas tradicionais hamburguerias estadunidenses, a Let’s Eat busca entregar uma gastronomia de alta qualidade para seus consumidores. Por isso, desde 2010 a empresa tem conseguido alcançar cada vez mais sucesso. 

Criada para agradar o paladar dos brasileiros, a empresa conseguiu desenvolver produtos e temperos que fazem a diferença para os consumidores.

Atualmente, a Let’s Eat conta com 12 unidades espalhadas pelo Brasil. Com um modelo de negócio diferenciado, voltado para o sucesso dos franqueados, a empresa oferece apoio em várias ações estratégicas para reduzir o custo das matérias-primas.

Por fim, o intuito da franquia é se tornar uma das referências no país.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 300 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 e 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil a R$ 230 mil

20. Fast Açaí

Vemos um pote de creme de açaí e seus acompanhamentos (imagem ilustrativa).
Para quem quer aproveitar o sucesso do Açaí, a Fast pode ser uma boa opção.

Outra opção de franquias de alimentação com boas perspectivas no mercado, a Fast Açaí aparece como uma das mais tradicionais do segmento.

Mesmo com menos de 10 anos de história, a franqueadora é responsável por mais de 150 unidades no Brasil e três no exterior. 

Dessa forma, a marca é uma boa opção para quem busca comercializar mix de açaí, cupuaçu, sucos, wraps, sanduíches e energéticos naturais. Ou seja, um estabelecimento dedicado à alimentação saudável. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 71 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 e 24 meses
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 30 mil

21. Baff’s Salgaderia

Os salgadinhos estão presentes em diversos momentos de nossas vidas, seja para um aniversário, comemorações esporádicas ou apenas um lanche à tarde com a família.

Sendo assim, pensando nessa aceitação, e apostando na qualidade de seus produtos, surgiu a Baff’s Salgaderia.

O grande diferencial da franqueadora é contar com diversos modelos de negócio como bikes food, quiosques, lojas e restaurantes. Como resultado do sucesso, já são mais de 50 unidades atualmente.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 77,5 mil
  • Retorno do Investimento: entre 6 a 24 meses
  • Faturamento médio mensal: não informado

22. Los Mex

Para quem busca alguma opção de franquia voltada para a culinária mexicana, a Los Mex aparece como opção. A franqueadora é responsável por proporcionar aos seus clientes o que há de melhor.

Nesse sentido, são diversos pratos que levam o DNA dos mexicanos. Dessa forma, o empreendedor pode investir neste nicho atrativo para os clientes.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 85 mil
  • Retorno do Investimento: entre 6 e 24 meses 
  • Faturamento médio mensal: R$ 45 mil a R$ 280

23. Delícia de Bolos Caseiros

Vemos dois pedaços de bolo de castanha em pequenos pratos. À esquerda temos alguns palitos de canela (imagem ilustrativa).
A Delícia de Bolos Caseiros oferece diversos sabores e diferentes tipos de bolo.

Os bolos fazem parte da cultura brasileira, bem como o arroz e o feijão. Nesse sentido, buscando criar uma experiência única e levar o sabor para diversas regiões do Brasil, nasceu a Delícia de Bolos Caseiros.

Como resultado, a Franqueadora, desde 2012, é uma das principais do segmento de bolos.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 70 mil
  • Retorno do Investimento: não informado
  • Faturamento médio mensal: não informado

24. Rei do Mate

Para os empresários mais ligados à alimentação saudável, uma das possibilidades é o Rei do Mate. A marca é conhecida por ser uma das maiores redes de franquias do segmento no Brasil.

Atualmente, são mais de 300 unidades em diversos estados.

Entre as opções de seu catálogo temos, por exemplo, chás, cafés, sucos, açaí, pão de queijo, salgados, sanduíches e doces. Isso sem contar nos tradicionais mate gelado, com leite em pó ou acompanhado de frutas.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 290 mil
  • Retorno do Investimento: 36 meses
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 32 mil

25. Monster Dog

Criada em 2007, a Monster Dog é uma empresa que oferece diversos tipos de sanduíches para seus clientes. O objetivo da franqueadora era criar algo capaz de unir a comida rápida de rua com qualidade e bom atendimento.

Apesar de possuir o tradicional cachorro-quente em seu cardápio, a marca também se reinventou.

Ou seja, existem diversos tipos de hot dogs disponíveis para o cliente ter a melhor experiência possível, sem contar nos diferentes hambúrgueres. Por fim, com relação a estrutura, são pelo menos quatro modelos de negócio. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 150 mil
  • Retorno do Investimento: entre 12 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: não informado

26. 10 Pastéis

Vemos várias badejas de pastel sobre uma mesa (imagem ilustrativa).
A franquia 10 Pastéis trabalha com este alimento tão tradicional no país.

Considerada a maior rede de franquias de alimentação voltada para pastel do Brasil, a 10 Pastéis é um negócio que foi desenvolvido e planejado para se adequar às necessidades do seu público. Ou seja, levando uma variedade de sabores e qualidade para uma das comidas de rua mais tradicionais do país. 

Atualmente, com cerca de 40 unidades espalhadas pelos estados brasileiros, a franqueadora busca aumentar essa quantidade nos próximos anos, visando chegar na 100º loja.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 120 mil
  • Retorno do Investimento: entre 12 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 45 mil a R$ 100 mil

27. QG Jeitinho Caseiro

A QG Jeitinho Caseiro é um restaurante voltado para o preparo de pastéis, grelhados e sanduíches variados. Com mais de 30 anos de história, a franqueadora é uma rede de fast-food consolidada no estado de Goiás e que, agora, busca o reconhecimento em outros estados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 183 mil
  • Retorno do Investimento: não informado
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 35 mil

28. Empada Brasil

Uma das possibilidades de investimento disponíveis no mercado, a Empada Brasil aproveita do sucesso do assado para levar aos seus consumidores uma experiência única. Com produtos saborosos e reconhecidos pela variedade de recheios, a franqueadora tem conseguido atingir diversos públicos.

A empresa está no mercado desde 1999 e, nesse ínterim, não parou de expandir, principalmente por trazer uma receita familiar de décadas.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 89 mil
  • Retorno do Investimento: 24 meses 
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 30 mil

29. Oggi Sorvetes

Vemos quatro casquinhas de sorvete, lado a lado, em um suporte (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
A Oggi Sorvetes funciona como um supermercado da sobremesa gelada.

Com um conceito diferente do que estamos habituados, a Oggi Sorvetes é conhecida como um supermercado de sorvetes. Com suas 12 linhas e 140 itens à disposição, a franqueadora permite que o cliente escolha seu produto e o consuma no conforto de casa.

Apesar da simplicidade da operação, ela também consegue atender quem prefere aproveitar o que a marca tem a oferecer em uma unidade física. O sucesso é tamanho que, atualmente, são mais de 540 unidades. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 50 mil
  • Retorno do Investimento: entre 18 e 18 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 50 mil

30. Chocolateria Brasileira

Por fim, no mercado desde 2013, a Chocolateria Brasileira é um empreendimento que carrega mais de 100 anos de experiência.

Dessa forma, com receitas tradicionais, a franqueadora oferece três formatos de franquias: o modelo loja, quiosque e home based. Assim, levando produtos de qualidade, a franqueadora conta com um cardápio variado.

Como resultado, são mixes completos de cafés, chocolates e diferentes sobremesas.Em outras palavras, para quem busca um negócio com história e tradição neste segmento, a marca é uma boa possibilidade.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 111 mil
  • Retorno do Investimento: entre 14 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 27 mil

31. Big X Picanha

A Big X Picanha tem um largo mix de opções entre lanches e refeições que podem agradar os franqueados que se interessam pelo setor de alimentação.

Com mais de 15 anos de mercado, a marca oferece apoio na administração e gestão do negócio. Além disso, é possível obter treinamento para atendimento ao cliente, gestão de estoque e de qualidade.

Ao mesmo tempo, há também suporte na escolha do ponto comercial, projeto arquitetônico e escolha dos equipamentos.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 250 mil
  • Retorno do Investimento: entre 24 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 100 mil

32. Boali

Vemos, sob uma bela mesa de madeira envelhecida, uma imagem feita do alto de um prato de comida. Nele temos ovos cozidos, figos em rodelas, espinafre refogado, abóbora cozida, tomates cortados ao meio e "macarrão" de abobrinha. À esquerda da imagem temos um pequeno recipiente com pimenta do reino triturada. À direita, um pequeno copo com chá (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
A aposta em nichos de mercado também pode ser uma boa estratégia de atuação.

A busca por uma alimentação mais saudável é uma das tendências mais fortes atualmente. Nesse sentido, a Boali é uma boa opção para quem busca franquias de alimentação que atuam nesse nicho.

A marca é especializada em wraps, quiches, sopas, saladas, chás e sucos, contribuindo para que a franquia seja definida como restaurante fast-casual.

Desse modo, a Boali busca franqueados que se identifiquem com o estilo de vida e alimentação saudáveis, sejam criativos, pró-ativos e tenham vontade de trabalhar.

Líderes inovadores e ousados também são bem-vistos pela marca que já tem 10 anos de história.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 85 mil
  • Retorno do Investimento: entre 10 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 90 mil

33. Hum!Burguer

A proposta da Hum!Burguer é trabalhar com carnes de qualidade. Além disso, são servidos saladas, fritas além de diversos acompanhamentos, tudo em um espaço bem aconchegante.

A franquia faz parte de um grupo que possui mais de 14 anos de experiência no mercado de alimentação. Dessa forma, o empreendedor investe também em um know-how sólido.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 190 mil
  • Retorno do Investimento: entre 24 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 100 mil

34. China in Box

O China in Box é uma marca já consolidada no mercado de franquias com mais de 150 unidades em todo o país.

Dessa forma, a credibilidade e o reconhecimento podem atrair futuros franqueados que queiram trabalhar com produtos que têm alta aceitabilidade no mercado. Além disso, a empresa conta com um mix de pratos no cardápio.

No entanto, para conseguir ter um bom resultado nesse tipo de empreendimento, é muito importante saber como funciona uma franquia e desse porte, bem como seus conceitos. Afinal, o negócio exige acompanhamento e uma rotina muito bem estabelecida.

Vemos alguns rolinhos primavera em um prato com bifun, acompanhado de shoyu, molho agridoce e lascas de gengibre (imagem ilustrativa). Texto: franquias de alimentação.
A culinária chinesa é um nicho a ser explorado pelos empreendedores do franchising.

Por isso, a marca oferece treinamentos específicos, apoio nas áreas jurídica, arquitetônica, financeira, mercadológica e organizacional. Ainda, suporte com a publicidade, seleção da equipe e do ponto comercial.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 540 mil
  • Retorno do Investimento: entre 36 a 48 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 150 mil

35. Cervejaria Colorado

As franquias relacionadas às marcas de cerveja têm se popularizado bastante nos últimos anos. Desse modo, uma das opções de franchising de cervejaria é a Cervejaria Colorado.

Assim, os franqueados recebem treinamento para operar o bar, a cozinha e para prestar atendimento apropriado ao consumidor, além de apoio nos assuntos gerenciais e operacionais.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 180 mil
  • Retorno do Investimento: entre 24 a 36 meses
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 50 mil

36. Gendai

Focada em comida japonesa, o Gendai tem a proposta de levar a tradicional cozinha para fora do famoso bairro oriental da Liberdade, em São Paulo. Sendo assim, a marca está desde 1996 no mercado de franquias e tem 62 unidades franqueadas em todo o país.

Da mesma forma, a Gendai oferece apoio aos franqueados com a gestão de qualidade, estoque, assessoria de imprensa, projeto financeiro, jurídico e mais.

Por fim, cada unidade necessita de um espaço com cerca de menos 35m², além de um quadro com 16 a 25 funcionários.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 650 mil
  • Retorno do Investimento: entre 36 a 48 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 170 mil

37. Belga Mix

Por fim, a última opção de franquias de alimentação é a Belga Mix. A rede trabalha com cones de batatas fritas com molhos e acompanhamentos, churros e raspadinhas.

Nesse sentido, um dos diferenciais da marca é que, além do formato de loja física e quiosque, há também o food-cart. Ele consiste em um quiosque externo sob rodas que pode ser alocado em estacionamentos, parques, supermercados e até participar de eventos, como feiras e aniversários.

Por fim, a loja física precisa de, pelo menos, dois funcionários para operar. Já os demais modelos funcionam com um profissional no mínimo.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 18 mil
  • Retorno do Investimento: entre 6 a 12 meses
  • Faturamento médio mensal: R$ 34 mil

Perfil do franqueado de franquias de Alimentação

Ao longo do texto, foi possível perceber que existem várias opções de franquias de alimentação no mercado e que, portanto, você pode optar pelo segmento que mais atrai você. Seja com massas, lanches rápidos, sobremesas e afins. 

Porém, além de tantas opções e a necessidade de uma pesquisa cuidadosa para escolher o negócio que melhor se encaixa nos seus desejos, é preciso entender as questões ligadas ao perfil do empresário. 

Isso porque, ao empreender, é ideal que o investidor tenha afinidade com a administração de um negócio. É preciso manter uma boa organização e não se esquecer das metas e prioridades do negócio. 

Portanto, ao trabalhar no setor comercial, o franqueado precisa desempenhar um papel de gestor, tanto para guiar o negócio, como para a própria equipe.

Por isso, é necessário ter aptidão para saber liderar o empreendimento e conduzir todas as partes envolvidas. 

Da mesma forma, é importante ter um bom relacionamento interpessoal. Tanto para lidar com a própria equipe, saber motivá-la e orientá-la, como para lidar com clientes no dia a dia. 

Vemos um chef de cozinha finalizando um prato de salada (imagem ilustrativa).
É bom que o empreendedor tenha um gosto especial pela cozinha.

Outro ponto que deve ser mencionado é a versatilidade e a tranquilidade. Ainda, ter capacidade de lidar com crises e resolver problemas diversos que podem aparecer ao longo do tempo.

Pois mesmo com todo suporte da franqueadora, o investidor precisa estar preparado para resolver as adversidades por conta própria. 

Além disso, é recomendado que a pessoa se identifique com o ramo de alimentação e tenha prazer em trabalhar com um negócio do tipo. Afinal, a franquia fará parte constante da vida do investidor. Com isso, é importante trabalhar com algo que goste para ter um bom desempenho. 

Como lucrar com franquias de Alimentação?

Outras questões que geram dúvidas para quem decide investir em uma franquia são as formas de lucrar e conseguir desenvolver e expandir o negócio de forma mais eficaz.

Saiba que tanto em franquias de alimentação, quanto em qualquer outro tipo de negócio, o investimento em marketing é algo necessário para ter sucesso.

Afinal, é por meio do marketing que você irá divulgar seus serviços e alcançar cada vez mais clientes.

Dessa forma, para ter materiais interessantes e saber fazer uma estratégia bem pensada, os franqueados podem contar com o suporte em marketing que as franqueadoras geralmente oferecem.

Assim, você terá a ajuda de profissionais preparados para criar boas campanhas de propaganda.

Outro ponto importante é saber aproveitar a tendência do delivery. Cada vez mais pessoas buscam por boas refeições, praticidade e serviços de entregas rápidos.

Desse modo, ao trabalhar com uma franquia no ramo de alimentação, aposte no serviço de entrega.

Em outras palavras, você terá ainda mais chances de sucesso e lucros, já que até maio de 2020, o delivery teve um aumento de 60% e as chances de crescimento continuam.

Contudo, um fator necessário para que você obtenha lucros em seu negócio, é ter uma boa relação com os clientes e saber, inclusive, ouvir e aproveitar os feedbacks.

Uma forma de melhorar cada vez mais seu atendimento e seus produtos é entendendo o que está sendo agradável para seu público e o que pode ser melhorado.

Depois de saber sobre o mercado de franquias de alimentação, é hora de conhecer os passos para abrir uma franquia. Sendo assim, para ajudar você com isso, separamos um ebook gratuito sobre o tema.

E-book "Tudo que você precisa saber antes de abrir uma franquia".

*Informações publicadas em Agosto/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement