Franquias de comida: melhores opções para você lucrar com Alimentação!

Por
em
Advertisement

Apostar em franquias de comida é o seu objetivo de negócio? Saiba que é uma boa opção. Existem oportunidades incríveis no sistema de franquias que vão abrir um horizonte de ideias boas para você. Quer conhecer as melhores opções de franquias de comida? Leia mais neste artigo!

O segmento de Alimentação é um dos mais promissores no franchising. Não à toa, conquistam muitos empreendedores que já atuam nesse mercado. Muitos são atraídos pelo poder de lucratividade e demanda.

Outros pela possibilidade variada de atendimento ao público e estruturação da franquia. É possível atuar em franquia de restaurante completo, delivery, quiosque, food truck e até home office.

Além disso, é um segmento que menos se abala na crise. Mesmo diante das dificuldades econômicas, o mercado consegue se manter firme perante as dificuldades. Por isso, optar por esse tipo de empreendimento será mais eficaz se o seu objetivo for crescer com um negócio próprio.

Assim, se souber escolher o modelo de franquia ideal para o seu perfil e sua capacidade de investimento, poderá ter boas chances de se destacar no segmento.

Veja neste conteúdo como escolher a melhor opção entre os modelos de franquias de comida para você se tornar dono do próprio negócio.

O mercado de alimentação

O mercado de alimentação apresenta fatores bem interessantes sobre o crescimento e a segurança desse tipo de investimento. Eles facilitam, e muito, as perspectivas de negócio de quem busca investir nesse ramo.

O objetivo será sempre o mesmo, independente do negócio: ter uma unidade estruturada e lucrativa. Porém, compreender que o setor é mesmo positivo pode animar ainda mais os investidores.

Dados do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o brasileiro gasta cerca de 32,8% de sua renda com alimentação fora do lar.

A Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel) estima que o setor represente, de modo geral, cerca de 10,1% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

Ao mesmo tempo, o mercado de alimentação fora de casa, mais conhecido como food service, equivale cerca de 2,7% desse montante.

Diante de tanto crescimento, foi também identificado que o segmento é um dos que mais geram emprego no Brasil. No últimos anos, foram cerca de 450 mil novos postos de trabalho. O total equivale a 6 milhões de empregos.

Algumas das razões que favorecem esse aumento de consumo de alimentação fora de casa estão relacionados à realidade da maioria das pessoas que têm uma vida corrida. Ao mesmo tempo, o investimento do setor em opções mais práticas, saborosas e acessíveis contribui para a atratividade.

Ainda segundo a Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT), o brasileiro gasta somente com almoço uma média de R$ 750 reais por mês.

Em relação às franquias de comida, seu faturamento anual em 2020 foi de cerca de R$ 40,8 bilhões. No infográfico a seguir você conhece mais alguns dados sobre o segmento de Alimentação no Brasil.

infografico numeros setor alimentacao

Por que investir em franquias de comida?

Motivos não irão faltar para você compreender o quanto será interessante investir em franquias de comida.

Por isso, vale sempre reforçar que entre as opções do mercado, o segmento de Alimentação é o mais tradicional. A diversidade dos formatos de franquia também chama atenção.

Ao mesmo tempo, os valores de investimento são variáveis: muitas opções são franquias baratas, o que impulsiona uma maior entrada de diferentes perfis de empreendedores no setor.

Por fim, separamos aqui algumas informações para reforçar a sua compreensão sobre os pontos positivos desse tipo de investimento. Acompanhe.

Opção constante entre os consumidores

Cada vez mais, a alimentação fora do lar vem crescendo entre os consumidores. Esse é um dos fatores pelo qual as franquias de comida vêm se destacando nesse mercado.

Pesquisas comprovam que cerca de 30% da renda das pessoas é investida em comida. Não importa a situação.

Dessa forma, seja por optarem por uma alimentação diferenciada, mais saborosa ou até mesmo por não terem tempo para a preparação de uma alimentação adequada no decorrer do dia.

Assim, muitos brasileiros preferem escolher pela praticidade das empresas que oferecem pratos prontos e lanches rápidos.

Oportunidade de negócio

Advertisement

Para os empreendedores, muitas franquias de comida são oportunidades de negócio que oferecem modelos de franquias baratas e operações mais simples.

O que para os empreendedores de primeira viagem é um ponto positivo. O ideal é iniciar com um modelo de negócio mais enxuto e, à medida que desenvolvem novas habilidades e conhecimentos de gestão, ir expandindo o modelo de negócio.

Assim, há opções de modelos de franquias com operação mais enxuta e simples. Ao mesmo tempo, para quem preferir, existem os modelos de negócio mais robustos e completos. Esses exigem um ponto comercial mais amplo e valor de aquisição mais alto.

Variedade de cardápio

Um outro fator muito atrativo nesse tipo de negócio é a variedade do cardápio que pode ser oferecido em uma franquia de comida. É possível escolher um tipo de produto e ser especialista no preparo e venda, como pizzas; ou ter a oportunidade de variar entre os tipos de alimentos.

Cada forma de atuação no mercado apresenta suas particularidades no modo de operar a franquia e atender os clientes. Entretanto, mesmo escolhendo uma franquia especializada em um tipo de alimento, ou que trabalha com cardápio variado, as chances de atratividade dos clientes são sempre boas.

Novas tendências

Pensando nessa ampliação de público com novas tendências de mercado, citamos acima as pizzarias que investem em um único tipo de produto. Entretanto, esse investimento possibilita trabalhar com uma grande variedade de sabores e formatos. Um exemplo são as franquias de açaí.

Desse modo, as franquias de comida estão sempre atentas às tendências e mudanças de consumo no País. É sempre importante contar com opções mais saudáveis, sem produtos de origem animal e até variedades para quem tem uma dieta restritiva, como os intolerantes a glúten ou à lactose.

No vídeo abaixo, você conhece três opções de franquias lucrativas que trabalham com alimentação saudável, outra tendência do mercado.

Tecnologia a favor de todos

Com as novas tecnologias e possibilidades, o mercado de franquias de comida vem crescendo e ocupando um espaço ainda maior.

Assim, mudanças de comportamento permitiram que o segmento não se abatesse em meio às crises mais severas já vivenciadas nos últimos tempos.

Além disso, o modelo tradicional vem investindo pesado também na forma de atendimento delivery, seguindo as fortes tendências do universo on-line.

Ou seja, as franquias de comida continuam ocupando um bom espaço no franchising. Apostando em novas formas de vendas e atendimento ao público, as tecnologias ampliam ainda mais as possibilidades de ganhos das unidades.

Por essas e outras, esse mercado tem e ainda terá muito o que alcançar. Tanto para os empreendedores que visam lucratividade, quanto para os consumidores que não abrem mão desse modelo de praticidade.

Cuidados para investir no setor

Por mais que o segmento de Alimentação seja muito positivo e promissor, não podemos esquecer de tomar alguns cuidados ao iniciar um investimento como esse.

Como qualquer investimento, é importante que o franqueado se prepare e gerencie a unidade com cautela.

Primeiramente, é imprescindível que se tenha uma boa afinidade com o setor. Isso porque você deverá passar boa parte do seu tempo trabalhando na unidade franqueada.

Por isso, é ideal que você se identifique com o mercado e com o formato de franquia, o que irá deixar a gestão mais prazerosa e você não ficará desmotivado logo no primeiro desafio que aparecer.

Cuidar da gestão do seu negócio é um ponto muito importante que precisa ser pensado desde o início. Assim, com o foco nos resultados e uma organização de gestão financeira, será mais fácil administrar as questões do dia a dia do seu negócio.

Por esse motivo, é essencial seguir todos os ensinamentos repassados pela franqueadora nos treinamentos e nos suportes. Seguir a padronização da marca também auxiliará em uma gestão mais segura e aumentará as chances de a sua unidade prosperar.

Por que optar pelo sistema de franquias e não um negócio independente?

Vemos alguns bloquinhos representando as franquias empilhados (imagem ilustrativa). Texto: franquias de comida.
As franquias são negócios mais seguros em comparação com as empresas iniciadas do zero.

O sistema de franquias tem sido uma alternativa de negócio muito mais segura em relação às empresas abertas do zero. Toda essa segurança está diretamente ligada à estrutura das franquias que permite ao franqueado um acompanhamento em todas as etapas da unidade.

Esse apoio visa orientar o empreendedor nas etapas fundamentais de funcionalidade da franquia. O objetivo é capacitar por completo o empreendedor, além de entregar um plano de negócios testado e aprovado.

Assim, o franqueado consegue visualizar todos os passos que precisam ser dados para alcançar o sucesso.

Abertura do negócio

Assim que o franqueado entra para uma franquia, ele recebe todo o apoio na abertura do negócio. Esse suporte diz respeito a escolha do ponto comercial ideal, estruturação da nova loja, apoio com projeto arquitetônico, contratação e treinamentos de funcionários, entre outras questões.

A análise do local onde sua franquia será implantada é uma das etapas primordiais. Apesar de o franqueado ter a possibilidade de escolher o ponto, a franqueadora realizará uma análise de geomarketing para entender se a localidade apresenta as características ideais para instalação da franquia.

Nesse sentido, o geomarkting identifica o perfil do local, dos concorrentes e consumidores que estão ao redor, para entender se o ambiente será favorável para implantação da unidade.

Esse estudo e apoios completos certamente não seriam possíveis se você optasse por um negócio aberto do zero. É muito comum que os empreendedores tradicionais enfrentem uma trajetória mais solitária, baseada em tentativa e erro.

Treinamentos para execução na franquia

Logo que adquire o seu negócio, o franqueado deve se preparar para passar por todos os treinamentos necessários para a execução do trabalho na sua unidade de franquia. 

Por isso, ele passa por um processo de adaptação e aprendizado. Os treinamentos são voltados tanto para o que diz respeito a gestão e administração, quanto para vendas e atendimento ao público.

Desse modo, existem trinamentos on-line, em plataforma digital da empresa, e também presencialmente. Cada marca estrutura a capacitação da forma que achar melhor.

Suporte de marketing

Ainda nas franquias, é possível contar com um apoio muito bem planejado pelo setor de marketing. Com isso, o franqueado tem as devidas orientações e apoio na elaboração de estratégias de comunicação para divulgar a nova unidade e conquistar clientes.

Por isso, existe toda uma estrutura para divulgação das marcas. As unidades recebem orientações direcionadas e personalizadas, de acordo com as demandas locais.

Investimentos em propagandas na mídia, estratégias de marketing e produção de conteúdo também reforçam as vendas de franquias e de serviços da rede.

Tudo isso não seria possível em um empreendimento convencional. Como empresário, você terá que arcar com todos os custos do marketing, além de estruturar sozinho as ações de divulgação.

Auxílio do setor jurídico

O setor jurídico também está apto a passar as devidas orientações aos franqueados quando o assunto são os contratos de adesão da franquia. Além disso, os franqueados encontram respaldo jurídico no dia a dia de operação da unidade.

Planejamento estratégico

Um dos processos mais facilitadores nesse pacote de benefícios que existe nas franquias é o planejamento estratégico. Talvez seja um dos mais importantes.

É por meio dele que o franqueado consegue levar adiante o dia a dia no negócio. Seguindo o passo a passo indicado pela franqueadora, ficará mais fácil executar os trabalhos de gestão de forma segura, uma vez que elas já foram testadas no mercado.

Essas e outras razões irão fazer com que você decida por uma franquia ao invés de começar o seu negócio sozinho e sem nenhuma orientação.

A seguir, você fica sabendo como se tornar um franqueado de franquias de comidas.

Como me tornar um franqueado de franquias de comida?

Vemos um homem com semblante pensativo (imagem ilustrativa). Texto: franquias de comida.
Para se tornar um franqueado é simples: basta seguir algumas dicas até o seu objetivo.

Para se tornar um franqueado do setor de Alimentação é preciso tomar a iniciativa demonstrando interesse pelo negócio. Depois, basta seguir um passo a passo a partir desse contato com a rede.

Por isso, trouxemos neste ponto as dicas que irão levar você até a abertura de uma franquia de comida de sucesso.

Faça contato com a franqueadora

Primeiramente, é preciso demonstrar interesse pelo negócio. A partir do momento que você escolhe a marca de sua preferência, deve deixar seus dados no cadastro do site da franqueadora.

Basta preencher um pequeno formulário disponível no site da franquia e aguardar. Em poucos horas, um representante da marca irá entrar em contato para marcar uma entrevista.

Participe de uma entrevista com o consultor da marca

Nesse contato, um consultor da marca irá querer conhecer mais sobre os seus interesses de candidato a franqueado.

Nesse momento, a marca deseja entender o seu potencial financeiro, e seu perfil pessoal e profissional. Assim, será possível entender se você realmente tem afinidade com o modelo de negócio.

Ao mesmo tempo que você está sendo entrevistado, aproveite para tirar alguma dúvida sobre o investimento e conhecer mais sobre a rede.

Avalie bem a Circular de Oferta de Franquia

A Circular de Oferta de Franquia, mais conhecida como COF, é um documento de extrema importância para a avaliação dos candidatos.

No documento constam todos os detalhes sobre a franquia, valor de aquisição, taxas, previsão de faturamento, além de direitos e deveres de franqueado e franqueadora.

Por isso, estude bem o documento e entenda se seus objetivos e capacidade financeira condizem com tudo que a empresa dispõe na COF.

Vemos alguém assinar um documento (imagem ilustrativa). Texto: franquias de comida.
A leitura da COF é essencial para quem busca um investimento seguro com as melhores condições.

Se estiver de acordo com o documento, assine o contrato de franquia. A partir deste momento, você irá iniciar o processo de franqueamento!

Pague a taxa de franquia

Após assinar os documentos que firmam o seu início como franqueado, é chegado o momento de pagar a taxa de franquia.

Essa taxa corresponde à autorização do uso do nome e de toda a estrutura da marca. Ou seja, a transferência de todo o conhecimento já adquirido pela franqueadora para que você possa repeti-lo na sua unidade de franquia.

Sendo assim, a partir desse pagamento, você estará a um pequeno passo de ser oficialmente um franqueado.

Agora que você já sabe tudo sobre as franquias de comida, os benefícios de escolher por elas, vamos apresentar algumas opções de sucesso que estão presentes no segmento de Alimentação.

Conheça as franquias de comida de sucesso e analise a melhor escolha para iniciar o seu negócio.

16 opções de franquias de comida que estão atuando no mercado

Chegou a hora de conhecer algumas alternativas de negócios de sucesso nesse ramo de atuação tão promissor que são as franquias de comida.

Conheça, neste tópico, algumas oportunidades de negócio bem atrativas. Avalie bem as opções que trouxemos e faça a sua escolha não só pelos valores de adesão, mas pelo que compreendemos como custo-benefício.

Assim, você terá resultados de acordo com o que está sendo investido e não apenas colocando um negócio para funcionar. Escolha o que esteja mais adequado ao seu objetivo e mãos à obra!

1. Cream Berry

Se é uma franquia de açaí que você deseja investir, então, uma das melhores opções é a Cream Berry.

O açaí é um produto que se expandiu do Norte do Brasil para todo o mercado consumidor no país e também para fora dele. É um mercado atrativo para quem deseja empreender em uma franquia de comida.

A Cream Berry apresenta um modelo de negócio enxuto, com duas opções de formato: o convencional e o express. Neste último, o atendimento é focado no self-service, que tem atraído os consumidores deste produto.

Assim, com o self-service, os clientes fazem as suas próprias combinações de acompanhamentos para o açaí, possibilitando novos sabores.

Além disso, nos dois modelos de negócio da Cream Berry, é possível trabalhar com o atendimento por delivery. Como resultado, o emprconsegue aumentar a fatia de mercado atendida por meio de entregas.

  • Investimento inicial:a partir de R$ 90 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
  • Prazo de retorno de investimento: de 12 a 24 meses
Vemos um pote de creme de açaí com banana, morango, granola e outras frutas (imagem ilustrativa). Texto: franquia de comida.
O mercado de açaí é atrativo, com um público consumidor cada vez maior.

2. Griletto

Fundada em 1983, a Griletto é uma marca de fast-food de grelhados e parmegianas que tem 145 unidades no Brasil. No cardápio, há pratos voltados para almoço, jantar, happy hour, refeições fit e menu para crianças.

As lojas Griletto podem ser alocadas em espaços de 30m² a 50m² e precisam de, no mínimo, 14 funcionários para a operação.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
  • Prazo de retorno do Investimento: 36 meses

3. Chicken In House

Os modelos de microfranquias são interessantes por contarem com um investimento menor para o empreendedor. A franquia Chicken In House, especializada em frango frito no balde, possui um modelo de negócio nesta categoria.

A Chicken In House, além do frango frito tradicionalmente americano, trabalha também com batatas fritas, costelinha, asa de frango recheada, entre outros produtos.

Além do modelo microfranquia, que funciona por delivery, a rede conta também com dois modelos de loja de rua e um para loja de shopping.

Atualmente, a Chicken In House possui mais de 35 unidades franqueadas em estados como São Paulo, Rio de Janeiro e outros.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 70 mil 
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil 
  • Prazo de retorno: 12 a 24 meses

4. Croasonho

Empreender em um negócio já com uma marca renomada e uma operação organizada de forma simples é o sonho de muitas pessoas.

Por conta disso, muitos procuram franquias para investir, pois este modelo de negócio facilita a vida do empreendedor.

No segmento de Alimentação, o mercado é amplo, e uma das opções atrativas é a franquia Croasonho. A rede, fundada em 1997, entrou para o franchising em 2009 e, desde então, chegou a mais de 60 unidades pelo Brasil.

A franquia possui dois modelos de negócios para empreender, um voltado para lojas de shopping e outro para estabelecimentos de rua.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 350 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

5. Montana Grill

A franquia Montana Grill trabalha com cortes de carnes especiais, feitos na churrasqueira, o que é um atrativo para os clientes.

Dessa forma, mesmo no meio da semana, na hora do almoço, o consumidor pode saborear aquela carne de churrasco que tanto agrada os brasileiros.

A franquia, que atua no mercado de Alimentação há mais de 20 anos e possui, atualmente ,mais de 100 unidades pelo Brasil.

Além do know-how da marca, o franqueado também conta com um cardápio variado para oferecer aos clientes, sem esquecer da qualidade diferenciada.

Por fim, a Montana Grill trabalha com um modelo de negócio voltado para shoppings ou praças de alimentação em centros comerciais de hipermercados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

6. Jin Jin

O mercado de franquias de Alimentação é um setor de grande atratividade, sendo o de maior faturamento no franchising brasileiro nos últimos anos.

São diversos nichos de mercado para o empreendedor escolher. Alguns deles são mais sólidos, com um público fiel. Outros, são mais inovadores ou ainda com pouco tempo de atuação no país.

Entre nichos interessantes para os empreendedores é o de comidas asiáticas. Sejam os sushis japoneses ou as massas e pratos chineses, é uma culinária que já possui um amplo público consumidor.

Uma das franquias deste setor é a Jin Jin, que possui um amplo cardápio e um modelo voltado para shopping e centros comerciais de hipermercados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 80 mil a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 36 meses

7. Detroit

A franquia Detroit Steakhouse possui um modelo de negócio atrativo para os empreendedores. Ela é especializada em culinária americana, com pratos e lanches inspirados na terra do Tio Sam.

A rede trabalha com dois modelos de negócios diferentes. Um, voltado para consumo mais rápido, e o outro para a diversão familiar e permanência no restaurante. Ainda, para serem instalados em shoppings e praças de alimentação de centros comerciais.

Para os franqueados, a rede oferta treinamentos específicos para a preparação dos produtos, tendo em vista que são mais de 120 procedimentos operacionais.

Por fim, a franquia conta com um marketing centralizado para apoiar os franqueados.

  • Investimento inicial: de R$ 250 mil até R$ 580 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 100 mil  a R$ 400 mil
  • Prazo de retorno: 24 meses

8. X Costela & Cia

O empreendedor que procura um negócio com uma operação enxuta no mercado de Alimentação deve conhecer a franquia X Costela & Cia.

A rede é especializada em sanduíches de carne de costela bovina e suína, mas possui também outros produtos em seu cardápio.

Os ingredientes dos sanduíches são preparados e porcionados fora da unidade. Assim, evita frituras no local de atendimento, barateando o custo da unidade e oferecendo maior conforto aos clientes.

Esta operação mais simples está nos dois modelos de negócio da franquia, o food truck e o ponto comercial, e ambos trabalham com consumo no local e por delivery.

  • Investimento inicial: de R$ 80 mil até R$ 100 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 60 mil  a R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: de 12 a 18 meses

9. Sucão

A franquia Sucão possui modelos de negócios para diferentes tipos de empreendedores que desejam investir no segmento de sucos naturais.

A rede, especializada neste tipo de produto, conta também com sanduíches e diversos lanches em seu cardápio.

Para os empreendedores, são quatro modelos de negócios, o quiosque e container, de menor investimento, e os voltados para loja de rua ou de shopping, que exigem um capital maior.

O franqueado conta com vários suportes, como na escolha do local para instalação, treinamento para a operação e para a gestão da unidade. Ainda, auxílio para o trabalho de marketing e divulgação do negócio.

  • Investimento inicial: de R$ 180 mil a R$ 290 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 60 mil a R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: de 14 a 34 meses

10. Boali

Vemos um prato de salada (imagem ilustrativa).
As franquias de alimentação saudável vêm ganhando cada vez mais espaço.

A alimentação saudável vem se tornando uma alternativa de negócio muito procurada entre os empreendedores que desejam investir em algo diferenciado no setor de franquias de comida.

Por isso, fugindo do tradicional, franquias como a Boali oferecem um cardápio que atende a uma demanda mais exigente de mercado: clientela que busca uma alimentação saudável.

No cardápio das franquias da Boali é possível encontrar wraps, quiches, sopas, saladas, chás e sucos, contribuindo para que a franquia seja definida como restaurante fast casual.

Desse modo, a marca busca franqueados que se identifiquem com o estilo de vida e alimentação saudáveis, sejam criativos, proativos e tenham vontade de trabalhar.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 130 mil
  • Prazo de retorno do investimento: 24 a 48 meses

11. Açaí Concept

O Açaí deixou de ser regionalizado e conquistou todo o País com opções de negócios bem práticas e atrativas. Foi assim que a Açaí Concept alcançou mais de 144 unidades no Brasil.

Assim, a Açaí Concept é uma opção para quem deseja investir em uma franquia do tradicional açaí. Os clientes encontram complementações para a sobremesa gelada, como caldas e frutas, granola e leite condensado.

Os franqueados encontram dois modelos de investimento. O primeiro é o formato de loja, que demanda um espaço de, no mínimo, 30 m² e precisa de até seis funcionários para operação.

Já no quiosque, a unidade pode ser instalada em shoppings e galerias comerciais. A franquia precisa de uma estrutura de 2 m² a 6 m² e pelo menos dois funcionários.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 78 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
  • Prazo de retorno de do Investimento: de 5 a 16 meses

12. Casa da Empada

Uma outra alternativa muito presente nas franquias de comida são as unidades especializadas em empadas. Assim, a Casa da Empada conquistou seu espaço no franchising como opção de negócio rentável.

A empada é um dos tipos de salgados que conquistam boa parte de clientes. É um produto com saída rápida e com alternativas variadas de sabores, o que também agrada muitos consumidores.

Assim, com a possibilidade de instalar quiosques da Casa da Empada em pontos estratégicos, não há quem resista a um lanchinho rápido e saboroso no meio do caminho.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 125 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 40 mil
  • Prazo de retorno de investimento: de 12 a 14 meses

13. China in Box

Vemos um restaurante japonês de comidas frias self-service (imagem ilustrativa).
As franquias de comida chinesa e japonesa atendem a um publico fiel.

Franquias de alimentação como a China in Box são destaque para quem está em busca de franquias de comida chinesa. Com um mix de produtos de alta aceitabilidade nesse segmento, a marca oferece uma boa rentabilidade.

Assim, com o reconhecimento da marca já bastante famosa no ramo de Alimetação, a China in Box atrai futuros franqueados que desejam trabalhar com seus produtos.

Entretanto, para se tornar um franqueado da rede, é preciso investir um aporte mais robusto. Além disso, é muito importante que saiba como funciona uma franquia de fast-food e seus conceitos.

Afinal, esse tipo de negócio, assim como todos os outros do segmento, exige um acompanhamento e rotina muito bem estabelecida.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 540 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
  • Prazo de retorno do Investimento: 36 a 48 meses

14. Big X Picanha

A Big X Picanha tem um largo mix de opções entre lanches e refeições que podem agradar os franqueados que se interessam pelas franquias de comida.

Assim, com mais de 15 anos de mercado, a marca oferece apoio em todas as etapas do franqueamento. Os empreendedores recebem apoio na administração e gestão do negócio, treinamento de atendimento ao cliente.

Ou seja, há todo um acompanhamento e orientação para execução do trabalho à frente negócio. Para se tornar um franqueado, basta escolher a melhor opção dentro das disponíveis pela marca.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 200 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 100 mil
  • Prazo de retorno de investimento: 24 a 36 meses

15. Brasileirinho Delivery

O Brasileirinho Delivery abriu as portas de sua primeira unidade em 2013, na cidade de São José do Rio Preto, interior do estado de São Paulo. Com seu sucesso, logo alcançou mais de 100 unidades distribuídas por todo o Brasil.

Assim, a marca vem conquistando seu espaço com um cardápio bem atrativo em franquias de comida no País.

Oferecendo opções de comidas típicas, a empresa conseguiu atrair diversos consumidores. Não só pela qualidade dos pratos, mas também por sua inovação que trouxe o formato box para os clientes.

Dessa forma, a rede trabalha com franquias formato de restaurante com atendimento delivery. Sem contar nas mais de 30 opções oferecidas aos consumidores, como Baião de Dois, Feijão Tropeiro, Arroz Carreteiro, massas e pratos veganos.

  • Investimento inicial : a partir de R$ 120 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
  • Prazo de retorno de investimento: 12 a 16 meses

16. Gendai

Por fim, outra opção focada em pratos tradicionais da comida chinesa e japonesa, a rede de franquias Gendai tem a proposta de levar tais culinárias para fora do tradicional bairro oriental da Liberdade, em São Paulo.

Assim, atuando no mercado desde 1996, a Gendai conta com 62 unidades em todo o Brasil. Os franqueados encontram suporte na gestão da unidade, assessoria de imprensa, projeto financeiro, suporte jurídico, entre outros.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 530 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 160 mil
  • Prazo de retorno do Investimento: 36 a 48 meses

Com tantas alternativas interessantes de investimento em franquias de comida, será difícil não ter uma que atenda as suas expectativas de negócio, não é mesmo?

Para você conhecer um pouco mais e escolher o modelo ideal para o seu perfil, leia mais no conteúdo: “Franquias baratas de alimentação saudável para investir“!

Advertisement
Advertisement