Franquias de seguros: como abrir de forma descomplicada?

Por
em
foto de uma pessoa utilizando um computador em uma mesa preta. Vemos uma xícara de café ao lado junto com um cadernos. Vemos parte de uma sala ao fundo, com flores e livros. Imagem ilustrativa para texto franquias de seguros.
Advertisement

Está interessado em franquias de seguros, mas ainda não sabe como esse ramo funciona? Separamos várias informações sobre uma franquia corretora de seguros que podem ajudar você a fazer um bom investimento. Acompanhe!

Se você já pensou em abrir seu próprio negócio, provavelmente já percebeu como todo o processo de planejamento pode ser complicado sem a ajuda certa.

É por isso que as franquias são opções seguras para quem deseja empreender. Afinal, você contará com o suporte da franqueadora ao longo de todo o processo e começará operando em um modelo de negócio consolidado.

Portanto, para quem deseja trabalhar com corretoras de seguros, o ideal é apostar em um modelo de franquia. Assim, você terá muito mais tranquilidade para investir e mais chances de ter um negócio de sucesso.

Qual a melhor franquia de seguros para abrir?

Vemos uma mulher de roupa rosa utilizando um computador, segurando uma xícara de café com um papel e caneta ao lado (imagem ilustrativa). Texto: franquias de seguros.
Você deve fazer muita pesquisa para escolher a melhor franquia.

Um dos primeiros questionamentos de quem pensa em apostar em franquias de seguros é saber em qual empresa investir. Afinal, com tantas opções no mercado, qual seria a melhor escolha?

Pois saiba que para encontrar a melhor franquia no mercado de seguros, o ideal é fazer uma pesquisa completa para conhecer uma marca. É essencial descobrir como os serviços são feitos, se seus clientes estão satisfeitos e se ela possui uma boa reputação no mercado.

Sendo assim, um dos primeiros passos é conferir a opinião dos próprios clientes. Ou seja, saber como foi a experiência dele, quais e se algum problema existe. Em suma, pesquise a reputação da marca.

Além disso, você pode conversar com os próprios franqueados e buscar entender como funciona a parceria na prática e como é a relação deles com a franqueadora. Assim, será possível entender melhor os detalhes por trás do negócio.

De modo geral, você passa a conhecer dois lados importantes: o relacionamento com clientes e com a franqueadora. A partir dessas informações, você pode escolher a franquia que possui um bom desempenho e que combina com o seu perfil.

7 passos para abrir uma franquia de seguros

Agora que você já sabe como escolher a melhor opção entre as franquias de seguros, é hora de entender quais são os passos necessários para se tornar um franqueado. Confira as dicas que separamos a seguir.

Você também poderá gostar do nosso ebook com tudo que você precisa saber antes de abrir uma franquia. Baixe agora! É grátis.

Tudo que você precisa saber antes de abrir uma franquia

1. Escolher opções de franquia

Ao pesquisar por franquias de seguros, você irá se deparar com muitas opções de empresas disponíveis no mercado. Para encontrar a opção mais adequada para o seu caso, é preciso fazer pesquisas.

Portanto, já comece selecionando as franquias que combinam com o seu perfil, e que você provavelmente se dará bem com o sistema de funcionamento. Afinal, é fundamental trabalhar com algo alinhado aos seus próprios valores e interesses.

Ao se tornar franqueado você terá que se identificar inteiramente com aquele negócio. Logo, estar motivado para ter uma experiência prazerosa com o seu negócio é fundamental para um bom desempenho.

2. Entrar em contato com as franqueadoras

Advertisement

Após selecionar as opções de investimentos mais adequadas, é hora de entrar em contato direto com essas franqueadoras. Desse modo, você poderá entender como funciona uma franquia de seguro.

Você pode tirar todas as suas dúvidas, buscar entender qual é o investimento inicial e quais são as taxas cobradas pela franqueadora. Além disso, é possível consultar quais são os modelos de franquia.

Isso porque, atualmente, muitas franquias podem funcionar no modelo home office e você não precisa, necessariamente, ter uma loja física para operar. Logo, é possível escolher o formato mais em conta para seus investimentos ou de acordo com o que planejar.

Em franquias home based, sem uma estrutura física, você economiza com aluguel, além de outras despesas para manter um local. Dessa forma, você também consegue ter mais flexibilidade de horário, podendo encaixar outras atividades no seu dia a dia.

No entanto, muitas pessoas ainda gostam do modelo de loja, tendo um local planejado para receber os cliente e para trabalhar. Por isso, a escolha pode variar de acordo com o gosto de cada um.

3. Avaliar a COF

Mão de uma pessoa com um papel e caneta, enquanto temos a mão de outra pessoa apontando com uma caneta. Vemos uma mesa marrom e mais papeis sobre ela (imagem ilustrativa). Texto: franquias de seguros.
Avalie todos os documentos com muita atenção!

Ao contatar as franqueadoras, você terá acesso a Circular de Oferta de Franquia, ou COF, documento que reúne todas as informações a respeito daquela franquia. Por ele você pode conhecer melhor como irá funcionar a parceria.

Pois com a COF, você passa a entender quais são os seus direitos e deveres como franqueado, as responsabilidades da franqueadora e quais são os suportes oferecidos por ela.

As franqueadoras costumam trabalhar com vários tipos de suportes que são ideais para ajudar o franqueado no dia a dia. Assim, você pode contar com suporte para o marketing, apoio jurídico, gestão de qualidade e mais.

Além disso, você pode conferir e entender melhor todos os investimentos e taxas necessárias para ao processo. E claro, como será toda a preparação até que a unidade esteja funcionando.

4. Pesquisar a reputação da marca

Como dissemos, uma forma de garantir um bom investimento é buscar saber mais sobre as franquias de seguros. Ou seja, consultar a opinião das pessoas sobre elas descobrindo, então, qual a real reputação da marca.

Dessa maneira, é possível fazer uma consulta direta, conversando com pessoas que já experimentaram os serviços. Assim, você poderá fazer as perguntas certas para tentar compreender como tudo funciona.

Contudo, uma alternativa é consultar sites de avaliação on-line. Além do fácil acesso, você pode encontrar diversas impressões. Os comentários em redes sociais também são formas de entender um pouco da experiência dos clientes e são fáceis de serem consultados.

5. Conversar com outros franqueados

Outro ponto que você não pode abrir mão é conhecer mais sobre a experiência dos franqueados que já trabalham com a marca. Ou seja, conversar com quem tem contato direto com a franqueadora.

Dessa forma, você pode tirar todas as dúvidas, entender como funcionam os suportes e se eles são realmente eficazes e acessíveis. E claro, se a franqueadora possui um canal de comunicação prático com os franqueadores.

Vemos um homem de terno segurando um celular cinza (imagem ilustrativa).
Contatar outros franqueados é mais uma forma de conhecer a franqueadora.

Afinal, uma franquia é um sistema de parceria. Logo, para que o negócio se desenvolva de forma adequada, é importante que você tenha uma boa relação com a marca.

Na COF, você encontrará a relação com nomes e contatos dos demais franqueadores. Então, aproveite e entre em contato com mais de um investidor, em regiões diferentes, e tente entender como funciona uma franquia de seguro na prática.

6. Adquirir a franquia

Depois que você já fez todas as pesquisas necessárias, conheceu a fundo a franqueadora e já consegue perceber qual é o investimento certo, é hora de adquirir a franquia. Ou seja, se tornar um franqueado na prática!

Sendo assim, quando você tiver o contrato da franquia, leia atentamente todas as cláusulas presentes e tire suas dúvidas. Se for necessário, busque a ajuda de um advogado.

Em seguida, é hora de estar preparado financeiramente, pois você terá que quitar a taxa de franquia e outros valores envolvidos. Esses pagamentos iniciais são necessários para que sua unidade comece a operar e para que você receba os treinamentos.

Como você terá conhecimento sobre todos os valores desde o momento de consulta da COF, você poderá se programar para fazer o investimento sem riscos. Mas claro, não esqueça de ter um bom planejamento não só para investir, como para conduzir o negócio no futuro.

7. Seguir as orientações da franqueadora

Com todos os contratos assinados e taxas quitadas, você já é um franqueado! Agora, é fundamental seguir algumas orientações da franqueadora para que sua unidade comece a operar.

Primeiramente, se você optou por uma franquia física, terá que preparar o ponto comercial. Neste caso, incluímos a decoração e todas as ferramentas necessárias para operar a partir do lugar.

Mas se você optou pelo modelo home office, já é possível dar início às atividades. Lembrando que será necessário um computador próprio, telefone para contatar clientes e um ambiente tranquilo de trabalho.

Foto de pessoas reunidas em volta de uma mesa com computadores, cadernos e outros materiais. Todas olham para um homem que está fazendo uma apresentação (imagem ilustrativa).
Você receberá o treinamento adequado antes de começar a operar.

É neste momento também que você receberá toda a preparação inicial para conduzir seu negócio. Você terá treinamentos e reuniões para que a franqueadora transmita todo o know-how da marca.

Você receberá ainda o plano de negócio. Com isso, será possível agir seguindo um modelo que já funciona e que possui boas chances de retorno. Mas para que absolutamente tudo dê certo, é necessário seguir as orientações dadas.

Opção de franquia de seguro para investir e lucrar

Viu como existem várias etapas no processo para adquirir franquias de seguros? É por isso que, para começar a investir, é necessário estar preparado e com tudo planejado.

Mas como foi possível perceber, no caso das franquias, você não passa por todas as etapas sozinho. É possível contar com a ajuda da franqueadora para colocar tudo em prática de forma segura.

Com a ajuda de profissionais preparados e um sistema estruturado, a facilidade para começar a operar o negócio é maior. Dessa maneira, você terá mais confiança para administrar sua unidade.

Agora, se você deseja conhecer uma boa opção de franquia de seguro para investir, confira a dica que separamos abaixo!

1. Quisto Corretora de Seguros

A Quisto Corretora de Seguros é uma franquia fundada em Belo Horizonte, em 2012, e que conta com mais de 100 franquias espalhadas pelo Brasil. A Quisto trabalha com seguros, soluções financeiras, previdência privada e muito mais.

Para se ter uma ideia, a Quisto oferece mais de 90 opções de serviços, em parceria com as seguradoras mais renomadas do país. Fator que propicia ao cliente ainda mais variedade de serviços.

Os franqueados da Quisto podem escolher entre dois modelos de negócios. Com o home office, é possível fazer toda a administração de casa utilizando telefone e um computador com internet. Já para a estrutura física, será necessário preparar um ponto comercial e seguir o padrão da empresa.

Além disso, os franqueados contam com vários tipos de suporte ao longo do caminho, como em marketing, jurídico, gestão de qualidade e vendas.

Outra grande vantagem é que a Quisto possui um software próprio que agiliza todo o atendimento. Com ele, os franqueados podem fazer mais de 20 orçamentos de serviços em uma mesma consulta.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 21 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: 6 a 18 meses 

Para entender melhor o que é uma franquia que trabalha com seguros, e como a Quisto funciona, assista ao vídeo a seguir.

Você também pode se interessar pelo nosso artigo Franquia corretora de seguros home office.

*Informações publicadas em Abril/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement