O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Como fazer a gestão de franquias? Veja dicas para te ajudar nesse processo

Como fazer a gestão de franquias? Veja dicas para te ajudar nesse processo

Sumário

A gestão de franquias é mais simples do que você imagina! Então, leia esse texto para saber  como administrar esse modelo de negócio e ter sucesso com a sua unidade.

Até porque, cada vez mais brasileiros estão investindo nas franquias. Uma pesquisa apontou, por exemplo, que as unidades franqueadas cresceram 9,1%, enquanto o número de redes aumentou em 8% apenas em 2021.

Sendo assim, o número de novos franqueados cresceu e uma das preocupações que devem ter é na gestão de franquias.  Mas a franqueadora é responsável por diversas padronizações que tornam o trabalho mais simples.

Do mesmo modo, o empreendedor pode atuar a partir de um planejamento estratégico que já está pronto e foi testado. Ou seja, muito mais simples do que ter que criar a empresa do zero e sem ajuda.

Clique, conheça e compare FRANQUIAS LUCRATIVAS. Acesse!

Cuidados para fazer uma boa gestão de franquias

A gestão de franquias é simples, mas demanda alguns cuidados. Entre eles, por exemplo, o planejamento, controle das finanças e do padrão da rede. Mas a seguir vamos falar com calma sobre cada um deles.

Então, ao tomar esses cuidados a gestão de franquias se torna ainda mais simples e aumentam as suas chances de ter um negócio de sucesso.

Aproveite o know-how da rede

Um dos grandes diferenciais para os bons resultados das franquias e que permite uma boa gestão é o know-how da rede.

Afinal, para se expandir como uma franquia a rede precisou de uma longa experiência no mercado, melhorando o seu modelo de negócio e estratégias.

Só então, é feita a expansão, com um modelo pronto e em funcionamento, que pode ser replicado por diversos franqueados em vários locais.

Desse modo, o franqueado pode aproveitar todo o know-how da rede para melhorar o seu negócio e sua experiência como empreendedor.

CURSO Guia Prático Sobre Franquias. Clique e confira o conteúdo completo sobre o franchising no Brasil, como investir e como faturar!

A própria franqueadora irá oferecer manuais e treinamentos para a melhor capacitação dos seus franqueados.

Porém, durante a vigência do contrato o empreendedor pode sempre solicitar suporte e tirar dúvidas com os profissionais da franqueadora.

Nesse sentido, o investidor deve aproveitar esse diferencial e oportunidade para melhorar de forma constante o seu negócio, bem como seu desempenho na unidade, entre outros.

Com a oportunidade de se destacar dos concorrentes e se tornar referência na sua região de atuação.

Ou seja, pode ter seu próprio negócio e contar com o know-how e experiência da rede e dos profissionais da franqueadora.

Banner ProResultado consultoria. Clique e confira!

Mantenha sempre os padrões da franquia

As franquias são negócios conhecidos pelos seus padrões, onde quer que se encontre uma unidade franqueada. Então, manter essa padronização é um dos principais objetivos na gestão de franquias.

Essa é uma estratégia para que os clientes sempre possam encontrar os mesmos produtos, serviços e atendimentos já conhecidos da rede.

Por isso, os franqueados recebem as informações desde a parte estrutural até as questões de atendimento, processos, treinamento dos funcionários, entre outros.

Ou seja, pode contar com o suporte da marca para estruturar o negócio e entregar os padrões de qualidade conhecidos.

Os padrões das franquias são um processo indispensável para o sucesso da unidade e da rede como um todo.

Banner Totall Marcas. Clique para conferir os serviços!

Mas além disso, já foram testados e adaptados para que os melhores resultados sejam alcançados, por meio do know-how e pesquisa da própria marca.

Em outras palavras, a franqueadora criou uma “fórmula” que as unidades vão replicar. Seguir e manter esses padrões interfere diretamente com a performance da rede, sua rentabilidade e prospecção. 

Por fim, muitas vezes, essa exigência está no contrato, de modo que o investidor assume a responsabilidade de manter esses padrões. Afinal, é o que se espera de uma rede de franquias e uma falha nos padrões em uma unidade pode ser ruim para a rede como um todo.

Use o suporte da franqueadora

Outro diferencial que faz toda a diferença para gestão de franquias é o suporte da franqueadora.

Ou seja, o franqueado terá o seu próprio negócio já contando com uma ampla experiência e know-how da franqueadora.

MJG SOLUÇÕES EM ENGENHARIA. Clique e saiba como contratar essa empresa conceituada!

Desse modo, o franqueado deve aproveitar esse apoio o máximo possível para desenvolver a sua unidade e também a sua atuação. Além de crescer como empreendedor e se tornar uma referência na região de atuação.

O suporte costuma ser desde a escolha do ponto até a atuação diária na unidade. Assim, inclui treinamentos iniciais e recorrentes, com o franqueado, seus funcionários e manuais sobre diversos assuntos. 

Logo, algumas redes têm até mesmo um site de ensino exclusivo da marca com cursos sobre diversos aspectos do negócio.

O franqueado também pode tirar suas dúvidas com a franqueadora a qualquer momento, por meio de diversos canais de comunicação. Além de contar com apoio especializado, como em marketing, questões jurídicas, financeiras e administrativas.

Portanto, mesmo uma pessoa sem experiência anterior com empreendedorismo pode ter um negócio próprio. Isso com a oportunidade de aprender todas as questões necessárias para ter uma empresa de sucesso e lucrativa.

FOCO MARKETING. Clique e acesse para saber como faturar com o seu negócio fazendo ações de marketing!

Controle as finanças do negócio

Uma boa gestão de franquias também está diretamente ligada com o controle financeiro do negócio.

O que inclui um bom planejamento do investimento, bem como outros gastos recorrentes e de manutenção, possíveis taxas a serem pagas, entre outros.

Mas outra dica importante é não misturar as finanças pessoais com as da empresa, para que uma não atrapalhe a outra.

Dentro do controle financeiro do negócio pode-se fazer gestão de caixa, gestão de investimento e crises, por exemplo.

Dessa forma, o empreendedor terá um maior controle do que acontece no negócio, pois tem dados para realizar uma boa gestão.

CONHEÇA AS SOLUÇÕES DA DOTS HUNTERS PARA FRANQUEADORAS! Clique aqui!

Porém, para administrar esse dinheiro é necessário tempo, dedicação e um conhecimento básico das questões que envolvem o negócio.

Há também o planejamento financeiro para o investimento no negócio. Então, para a unidade crescer, se expandir e se modernizar é necessário muito planejamento para que esse movimento seja saudável e seguro. 

Isso porque, o investimento na empresa não pode, por exemplo, deixar o negócio sem capital de giro, para que se mantenha as contas em dia e até mesmo poder de barganha com os fornecedores.

Planeje um reinvestimento contínuo

Para se expandir, modernizar e crescer a empresa, é necessário aumentar a capacidade de produção além de investimentos.

Portanto, o empreendedor precisa analisar se o projeto é economicamente viável e fazer um reinvestimento.

CONHEÇA AS SOLUÇÕES DA SULTS PARA FRANQUEADORAS! Clique aqui!

Sendo assim, é necessário um cuidado maior para evitar alguns erros, como investir com recursos próprios. Ou seja, o empreendedor precisa saber se planejar para que sempre possa melhorar o seu negócio.

Logo, é preciso de planejamento, execução, análise constante e controle das atividades financeiras.

Em seguida, o empreendedor pode obter ainda mais lucros com a atividade da empresa. Fato esse que abre a oportunidade para estar sempre reinvestindo no negócio.

Além de manter o caixa único, atendendo apenas o negócio e as despesas. Nesse sentido, sem que se tire esse dinheiro para despesas pessoais ou outras coisas que não envolvem a unidade.

Por fim, é possível ter um crescimento seguro, sem maiores problemas.

Tenha uma boa relação com fornecedores

Para uma boa gestão de franquias, um relacionamento positivo com fornecedores é essencial para o sucesso do negócio.

Até porque servem como parceiros do negócio, responsáveis por garantir os insumos necessários para as atividades da empresa.

Ou seja, ter uma boa relação com os fornecedores é indispensável para que a marca possa ter produtividade e, consequentemente, uma maior lucratividade no sistema. 

Além de diminuir diversos riscos e conseguir preços melhores. Com o alinhamento dos processos, você evita que ocorram falhas, como a falta de matéria-prima durante a produção.

O que gera mais praticidade e até mesmo redução de custos. Porém, essa escolha precisa ser feita com cuidado.

Portanto, é necessário estudar e analisar as propostas e por fim, negociar as condições para que ambas as partes se beneficiem.

Cuide do ambiente de trabalho

A gestão de franquias também inclui o cuidado com o ambiente de trabalho. Embora receba apoio da franqueadora, é o investidor que deve garantir que sua unidade seja organizada e agradável.

Dessa forma, os colaboradores se sentem motivados e são capazes de executar as atividades com foco nos resultados. Afinal de contas, os franqueados são responsáveis por cuidar da sua equipe.

Muitas vezes, os empreendedores se esquecem do papel da equipe no negócio do sucesso. Mas isso pode ser perigoso, pois deixa os colaboradores desanimados.

Logo, é essencial garantir que a unidade seja agradável para clientes e também funcionários.

Então, lembre-se de ouvir o que seus funcionários dizem, já que podem oferecer pontos importantes para o crescimento da unidade.

Além disso, garanta que passem sempre pelos treinamentos e capacitações da franqueadora no início e ao longo do negócio.

Por último, estarão sempre atualizados e prontos para manter opadrão de qualidade da empresa.

Mantenha uma base de clientes

Muito mais que atender, os franqueados precisam manter uma base de clientes. Ou seja, criar uma carteira sólida e trabalhar na manutenção do relacionamento com o consumidor.

Assim, pode ser interessante criar mecanismos de comunicação com os clientes para mostrar que realmente importam para você.

Sua empresa pode, por exemplo, mandar avisos de promoções e mensagens de aniversário diretamente para o número de contato.

Do mesmo modo, você pode conversar com pessoalmente para saber como foi a experiência na unidade. Então, identifique pontos positivos e negativos e agradeça os feedbacks dos clientes.

Comunique-se com seus consumidores

A gestão de franquias envolve também um relacionamento próximo com clientes e futuros consumidores. Dessa forma, há dois tópicos importantes: estratégias de marketing e pós-vendas.

Primeiramente, o marketing funciona como uma forma de prospectar clientes e criar uma comunicação em torno da comunidade da empresa. Atualmente, as estratégias de marketing são diferenciais.

Sendo assim, muitas franquias contam com a taxa de marketing, que garante que o franqueado participe das ações de publicidade.

Depois, passa a contar com campanhas, promoções e materiais para alimentar as redes sociais da unidade.

Mas não para por aí! Afinal de contas, é preciso investir também no pós-vendas. Ou seja, um sistema que acompanhe a experiência dos clientes, tire dúvidas ou resolva possíveis problemas.

Nesse sentido, a empresa mostra que não foca apenas em faturar e se preocupa com a experiência do consumidor. O pós-vendas pode ser feito por aplicativos, chatbots ou funcionários capacitados.

Agora, chegou o momento de estudar alguns negócios para investir. Leia, “Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil”. Acesse!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje