10 dicas de gestão empresarial para quem está prestes a abrir sua franquia

Por
em
Tablet com dados para análise. Ilustração do texto gestão empresarial franquia.
Advertisement

Entre os empreendedores que estão em busca do sonho do negócio próprio, muitos apostam em franquias e, para começar com o pé direito, podem seguir algumas dicas de gestão empresarial de franquia. Isso porque, elas fazem toda a diferença no dia a dia.

Antes, porém, é preciso tomar conhecimento de como funciona uma franquia. Assim como quais os desafios que os franqueados encaram a partir do momento de escolha de uma marca em expansão.

Então, vale dizer que esse tipo de decisão por parte do empreendedor é muito inteligente. Isso já que uma franquia passa por diversas fases experimentais e traz muitos benefícios para quem está iniciando, como o conhecimento da marca.

Além disso, o franqueado tem orientações diversas. Desde sobre disposição dos móveis, a contratação de funcionários, a documentação para regularização da empresa, entre tantos outros processos operacionais. 

Desse modo, a partir do momento que o empreendedor reconhece as facilidades em abrir um empreendimento comercial de franquia, é necessário sanar todas as dúvidas. Até porque, a unidade poderá ser uma referência local. Continue a leitura e saiba mais!

Oportunidades crescentes no mundo da franquia

Com o crescimento de oportunidades que o setor de franchising oferece aos empreendedores, é possível encontrar aquele negócio que uma pessoa mais se identifica.

Dessa forma, esse é um primeiro cuidado na gestão empresarial de franquia que deve ser adotado para tomar decisões de onde investir. 

Há diversas cadeias de franquias, para todos os gostos e todos os públicos, podendo ser:

Então, para cada modelo de negócio, o franqueado deve se identificar. Ou seja, precisa ter um perfil que se encaixe com o negócio, para que tenha mais prazer e disposição para trabalhar.

Dicas importantes para a primeira franquia

Quadro branco com escritos e papéis de lembretes coloridos. Imagem ilustrativa do texto gestão empresarial franquia.
Atente-se a cada detalhe do negócio para gerir bem e com eficiência.

É importante dizer que não há uma fórmula mágica que faz uma franquia ser um sucesso estrondoso ou um fracasso retumbante. Isso porque, tudo vai depender do esforço do empreendedor, do apoio da marca e de um planejamento de negócio adequado.

Porém, ao perceber a movimentação do mercado e suas tendências, e a mudança de hábito dos consumidores por diversos fatores, vale a pena conhecer ao menos 10 dicas que podem ajudar aqueles que querem ter um negócio próprio, mas com uma marca estabelecida. Confira a seguir!

1. Prepare-se para atender o cliente 

De acordo com a franquia a ser montada, é preciso entender que o atendimento ao público é consequência direta de um empreendimento comercial. 

Seja por telefone, pelos serviços eletrônicos como Direct Messages (DMs) de redes sociais, ou mensageiros eletrônicos pelo celular. Não importa, porque cada vez mais o atendimento ao cliente é fundamental para o sucesso do negócio.

Portanto, para alcançar o público-alvo, uma campanha publicitária pode ser uma solução eficiente. 

Com a estratégia de Inbound Marketing, por exemplo, esse processo se torna ainda mais prático e menos custoso. Afinal, a técnica consiste no método de atrair o cliente até a empresa, quando esse demonstra interesse em conhecer mais sobre um produto ou serviço.

Logo, isso pode ser feito por meio de ferramentas digitais dispostas em redes sociais, ou no próprio site corporativo, por meio de uma landing page ou e-mail marketing.

Do mesmo modo, o profissional pode identificar o comportamento dos usuários por meio de outras ferramentas de marketing.

2. Aposte em uma marca consolidada no mercado

Advertisement

Para quem vai investir um capital na primeira franquia, a dica é apostar em uma marca que seja reconhecida pelo grande público. Dessa forma, ela também deve ser compatível com o orçamento disponível, verificando as oportunidades e burocracias para iniciar o projeto. 

Sendo assim, além de mais tempo no mercado e a possibilidade de trabalhar de forma eficiente no Marketing empresarial, a franquia de sucesso possui uma marca que já tem visibilidade entre o público-alvo. 

Nesse sentido, a abertura de uma nova loja de roupas ou uma lanchonete famosa, por exemplo, reduz a distância entre os clientes fidelizados até o estabelecimento mais próximo.

Frasco de perfume da Channel. Imagem ilustrativa do texto gestão empresarial franquia.
Investir em uma marca reconhecida é um ponto importante para que o negócio dê certo.
Advertisement

3. Reconheça as oportunidades quando se apresentam

Mesmo que um negócio tenha um público cativo de forma regionalizada, nada impede o empreendedor de levar a marca adiante. Ou seja, o foco é o mercado em que atua e conquistar novos clientes em diferentes regiões.

Assim, basta imaginar um hotel ou uma pousada que precisa atender uma cidade turística, porém busca investidores. 

Dessa forma, um empreendedor que quer ter uma marca de sucesso pode seguir por esse caminho, e se tornar um empresário de sucesso no ramo hoteleiro.

Por fim, será preciso apenas redimensionar o alcance da franquia para outras regiões, principalmente por meio da internet.

4. Tenha afinidade com o segmento da franquia

Outra dica valiosa é ter afinidade com o empreendimento comercial no qual está pensando em adquirir.

Nesse sentido, uma franquia de rede de farmácias pode ser interessante para profissionais que se especializaram na área, até mesmo porque é necessário um fármaco responsável.

Da mesma maneira, isso se aplica a outros modelos de negócios. Como restaurantes que precisam de nutricionistas ou clínicas de estéticas que contam com profissionais da área de saúde e beleza. 

Portanto, é bastante importante ter afinidade com o segmento da franquia. Isso porque, ajuda bastante na hora de tomar a decisão final sobre em qual marca investir, e qual o tipo de público que será atendido.

5. Conte com apoio de consultoria empresarial

Caso o empreendedor tenha um capital para investir em uma franquia, pode separar parte do orçamento para contratar uma consultoria empresarial. 

O que as franquias apresentam são cases de sucesso da marca, todo o lado positivo e como é possível alcançar o sucesso investindo em um novo empreendimento comercial. 

Então, isso é relativamente seguro. Porém, há pontos que devem ser levados em consideração e podem estar fora do escopo do franqueador.

Por exemplo, uma consultoria de administração de empresas particular desenvolverá um planejamento estratégico abrangendo diversos pontos, como: localização, público-alvo e retorno presumível. 

Homem dando uma consultoria para uma mulher em uma sala de escritório. Imagem ilustrativa do texto gestão empresarial franquia.
Os serviços de consultoria podem orientar o empreendedor para realizar um trabalho bem feito.

Ainda, auxílio para a gestão de pessoas, informações sobre fluxo de caixa, recursos humanos, tudo sobre gestão e negócios que podem lhe orientar neste trabalho.

Por fim, isso auxilia na hora de escolher qual a franquia ideal, além de facilitar em processos de contratação de pessoal e local para instalação do empreendimento.

6. Participe de cursos e treinamentos do franqueador

Ninguém nasce sabendo, e isso é uma máxima que precisa ser levada a sério quando se trata de uma franquia. Qualquer que seja o segmento a ser atendido.

Os franqueadores passaram por diversas experiências, boas e ruins, até encontrar um equilíbrio sobre o modelo de negócio oferecido em forma de franquia. 

As redes sociais, por exemplo, podem ser acompanhadas. Desse modo, nelas, o Marketing de Conteúdo demonstrará trajetórias a partir de textos e artigos, assim como vídeos que apresentam a história de como a marca aconteceu, como surgiram os problemas e como foram apresentadas as soluções.

Em seguida, isso também ajuda no engajamento nas redes sociais, o que eleva a marca em diversas posições quando se trata de ranqueamento em sites de buscas como o Google. 

Portanto, os cursos e treinamento devem fazer parte da rotina dos franqueados, para que possam também apresentar experiências em palestras, demonstrando o caminho para o sucesso e crescimento da marca. 

7. Estabeleça planos e metas para o futuro

Uma franquia é a parte de uma rede de uma empresa maior, um conglomerado que tende a crescer de forma significativa, se trabalhada de maneira correta. 

Sendo assim, os empreendedores devem estabelecer planos e metas para o futuro, visando o próprio crescimento profissional e do empreendimento. 

Por exemplo, realizar uma pós-graduação de dois anos voltada para a gestão empresarial é de fato uma oportunidade de crescimento como empreendedor.

8. Acompanhe a mensuração de resultados

O empresário que tem um capital para investir no negócio próprio deve estar preparado para atender todos os critérios solicitados por uma franquia de sucesso e identificar os resultados. 

Pessoa mexendo em um computador e vários gráficos na tela.
Ter metas é importante para saber se o caminho está sendo percorrido de forma certa ou não.

Desse modo, a expansão de marcas pode começar pequena, e aqueles que enxergam uma oportunidade de crescer em conjunto com outros empreendedores podem se dar muito bem em médio e longo prazo. 

Enfim, este cuidado é importante para a gestão empresarial de franquia, pois orienta o trabalho ao longo do tempo e assim, pode detectar necessidades de mudanças.

9. Avalie os riscos externos 

Qualquer empreendimento possui os riscos e as instabilidades, que nem sempre são de responsabilidade própria, mas da economia interna e também externa. 

Isso porque, muitas empresas trabalham com materiais importados e a variação cambial pode atrapalhar em algum momento.

Portanto, como dito, um planejamento adequado é essencial para a gestão empresarial de franquia. Assim, o franqueado saberá aproveitar as oportunidades quando estas lhe forem oferecidas.

10. Faça uma retrospectiva desde o início

Após um tempo como franqueado, o empreendedor deve fazer um levantamento de sucessos e fracassos. O que deu certo e o que deu errado na franquia escolhida? Em que ponto o empreendimento se encontra, e onde se quer chegar?

Depois, isso pode virar uma boa história no Twitter Ads, transformando uma thread em um relato sincero sobre todo o trabalho disposto a uma marca, e como vencer em um investimento que pode dar muito certo, se tudo correr bem.

Aliás, as redes sociais devem estar atreladas à marca principal, porém com um formato localizado, para que os clientes possam estabelecer o ponto comercial que devem seguir. Então, fazer o marketing da unidade de franquia é essencial para atrair as pessoas e vender mais.

Mas agora que você já conhece todas essas dicas para gestão empresarial de franquia, é hora de abrir seu negócio. Existem inúmeras opções de marcas no mercado, e você pode escolher aquele que mais combina com seu perfil.

Para isso, selecionamos um texto completo para você conhecer as melhores opções de franquias baratas do mercado. Por isso, acesse e descubra!

Artigo produzido pela equipe do Ideal Marketing.

Advertisement
Advertisement