Internacionalização de franquias: como levar sua franquia para fora do país?

Por
em
Imagem de um corredor de uma estação de metro bem iluminado. Imagem ilustrativa do texto internacionalização de franquias.
Advertisement

O processo de internacionalização de franquias tem chamado cada vez mais a atenção dos empreendedores brasileiros. Se você tem interesse em internacionalizar a sua empresa, leia esse artigo para saber o que é preciso fazer para realizar este movimento de forma sólida, segura e lucrativa.

Antes, saiba que o número de empresas que se instalam fora do Brasil tem aumentado bastante. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF) existem 163 franquias brasileiras atuando em 106 países por todo o Mundo.

Porém, para fazer esta expansão de forma eficiente, o empresário deve estar atento a alguns detalhes importantes. Por isso, trouxemos aqui mais informações sobre este processo.

Como funciona a internacionalização de franquias?

O processo para internacionalização de franquias é complexo e exige muito cuidado. Isso porque, cada etapa precisa ser bem planejada para que ocorra o avanço do projeto.

Portanto, o primeiro passo é avaliar bem o potencial da marca e de seus produtos e serviços. Além disso, o empreendedor precisa organizar a estrutura da sua empresa.

Advertisement

Nesse sentido, é preciso entender quais seriam os gargalos para a expansão da franquia para outros países, por conta dos insumos e também devido aos hábitos de consumo dos clientes estrangeiros.

Além disso, o empresário deve avaliar se o seu know-how poderá ser repassado para os empreendedores de outros países de forma clara. Ainda, analisar se será um negócio lucrativo nos mercados internacionais.

Então, para fazer este planejamento e realizar o processo de internacionalização, contar com a ajuda de uma consultoria pode ser um diferencial.

O que saber para iniciar a internacionalização de uma franquia?

O processo de internacionalização de franquias é um pouco complexo, como falamos.  Por isso, o franqueado precisa conhecer alguns detalhes importantes para realizar esta expansão.

Dessa forma, avalie se a sua empresa está financeiramente forte e possui capital para investir na mudança. Os investimentos nesse processo variam desde uma reestruturação de setores internos até mudanças na logística e aumento das ações de marketing.

Não é incomum uma rede de franquias começar esse procedimento e avaliar que não terá como seguir em frente, seja por deficiências internas como também entender que não valerá a pena financeiramente.

Imagem de um empresário falando ao telefone próximo à janela de sua sala com vários prédios ao fundo. Imagem ilustrativa do texto internacionalização de franquias.
O sucesso da internacionalização da rede pode elevar muito o patamar da marca.

Do mesmo modo, o franqueado precisa saber como fará este processo, por meio de um plano de expansão do negócio. Assim, estudar as regiões mais propícias para sua marca, como chegar ao público-alvo nesses países, entre outros detalhes.

Nesse sentido, é muito importante que, antes de passar pelo processo de internacionalização, seja feita uma pesquisa de mercado para desbravar um nicho ainda não explorado.

Além disso, ter uma pessoa especializada no assunto, localizada no país para onde você pretende ir. Ela ajudará a identificar oportunidades e fará com que o seu negócio já entre em novos mercados com um potencial de crescimento maior do que outros.

Mas, sabemos que, fora questões culturais e outros fatores, as disposições legais diferem de um país para o outro. Então, o mais recomendado para obter uma boa consultoria relacionada à expansão da sua marca é buscar uma assessoria jurídica especializada.

Vantagens de levar franquia para fora do país

A saída para o mercado externo deve ser feita de maneira estratégica. Logo, o empresário deve ter em mente quais as razões que o levaram a internacionalizar a sua franquia.

O processo de internacionalização exige todos os cuidados dos quais falamos há pouco. Mas saiba que é vantajoso realizar essa transição, pois levar uma marca brasileira para fora do país traz uma série de vantagens para o empreendedor.

Nesse sentido, as franquias brasileiras que conquistam novas fronteiras ao longo da história do franchising conseguem ter ganhos variáveis, que vão da parte financeira até a melhora dos processos, como falaremos a seguir.

Aumento de vendas

A expansão de uma franquia traz já nos primeiros momentos um aumento na venda de seus produtos ou serviços. E este crescimento fora do país contribui ainda mais com a melhora da parte comercial.

Portanto, a franquia encontra um mercado ainda inexplorado, com grande potencial para aumentar suas vendas.

Esse aumento impacta diretamente também em uma dependência menor do mercado interno. Então, com a captação de novos clientes, que antes sequer conheciam a sua marca, você atinge um público-alvo maior. Em seguida, aumenta suas vendas.

Isso é importante para que a marca não seja atingida por problemas econômicos do Brasil.

Aumento de sua capacidade interna

Com a internacionalização de franquias, as empresas passam a ter que aumentar sua capacidade de produção. Do mesmo modo, com a expansão, a marca deve investir em seus processos internos, e com isso, pode melhorar a sua escala de produção.

Assim, a empresa acaba por aperfeiçoar os processos produtivos, industriais e comerciais internos. Por fim, pode diminuir os custos e tornar a produção mais eficiente.

Advertisement
Imagem de uma mulher explicando algo para outras pessoas em uma sala de reuniões. Imagem ilustrativa do texto internacionalização de franquias.
A empresa deve aproveitar o processo de expansão para fortalecer setores internos.

Desenvolver produtos mais competitivos

Ao acessar novos mercados, é natural que a empresa acabe também por aprender nesses locais onde ela está instalada

Assim, aumenta sua capacidade de melhorar seus produtos, tornando-os mais competitivos ao incorporar novas técnicas, insumos ou “modo de fazer”.

Este processo traz a vantagem de aumentar a capacidade inovadora e contribui para o acesso às novas tecnologias. Ao final, permite um crescimento da empresa e da sua marca no mercado exterior.

Alcançar maior lucratividade

Com o aumento e o desenvolvimento de sua produção, a franqueadora consegue aumentar sua lucratividade de várias maneiras. Primeiro, por meio do crescimento da venda de seus produtos ou serviços após alcançar novos mercados.

Do mesmo modo, ela ganha em economia de escala. Nesse sentido, pode negociar melhor os preços dos insumos para seu processo de produção.

Com uma maior compra junto aos fornecedores, seu poder de barganha aumenta. Assim, melhora a lucratividade do seu negócio.

Cuidados para internacionalizar uma marca

Como vimos, o processo de internacionalização de franquias deve ser feito com cuidado, e se possível, com o auxílio de uma consultoria. Contudo, são inúmeras as vantagens desse movimento para sua empresa.

Por isso, é necessário cautela em todos os processos para que ocorra uma implementação viável e sustentável das unidades da franquia. Dessa forma, é preciso adaptar os produtos e o modelo de negócios. Ainda, é importante analisar o novo mercado em todos os âmbitos, além de adequar a estrutura da franqueadora.

Existem fatores culturais do país de destino que deve-se levar em consideração ao realizar a internacionalização de franquias.

Logo, essas diferenças podem até comprometer o relacionamento entre franqueadora e franqueado como também podem transferir demasiado controle sobre o modelo de negócio para que o franqueado possa adaptar-se às demandas locais.

Imagem de uma mesa de reuniões cheia de pessoas. Imagem ilustrativa do texto internacionalização de franquias.
A empresa precisa planejar cada passo para esta expansão internacional.

Da mesma forma, é necessário contratar uma empresa especialista no ramo, no país em que se pretende abrir a franquia. Isso também é uma medida prévia essencial para o sucesso do negócio brasileiro no exterior.

Enfim, desenvolva um plano de negócios voltado para o local. Depois, atente-se, pois cada mercado apresenta suas próprias nuances devido às condições governamentais, econômicas e culturais.

Assim, é importante desenvolver estratégias que impulsionem o sucesso desse empreendedor no mercado internacional

Empresas brasileiras com atuação internacional

Conforme falamos, são diversas marcas brasileiras do franchising que atuam fora do país. Algumas há bastante tempo e outras que fizeram essa expansão recentemente.

Por exemplo, no grupo Encontre Sua Franquia algumas de suas marcas estão nesse processo de internacionalização de franquias.

Uma delas, é a Acquazero, rede especializada em estética automotiva. Ela possui unidades nos Estados Unidos, México e na República Dominicana.

a Zaplus Car, empresa voltada para a venda de produtos para limpeza e outros cuidados automotivos está em processo de expansão para outros países.

Também pertencente ao grupo Encontre Sua Franquia, a Cream Berry, voltada para a venda de cremes de açaí, está para levar este produto tão brasileiro para terras internacionais.

Uma outra franquia brasileira que atua no exterior é a Vivenda do Camarão. A rede especializada em frutos do mar desembarcou em países Europeus, Paraguai e China.

Nesse sentido, para atuar neste mercado a franquia Vivenda do Camarão precisou fazer algumas adaptações em produtos e até mesmo no próprio nome, passando a se chamar “Shrimp House”.

Outra franquia brasileira que trabalha em outro países é a Localiza. A empresa especializada em aluguel de carros iniciou seus trabalhos fora do Brasil com uma unidade na Argentina, no início dos anos 1990.

Atualmente ela conta com mais de 70 unidades espalhadas pela Colômbia, Chile, Equador, Paraguai e Uruguai.

Por fim, separamos um texto com diversas franquias baratas para você conhecer um pouco mais neste amplo mercado, muitas delas que já atuam fora do Brasil.

Advertisement
Advertisement