O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Serviços automotivos » Investimento em franquias: vale a pena? GUIA COMPLETO para lucrar

Investimento em franquias: vale a pena? GUIA COMPLETO para lucrar

Sumário

Fazer um investimento em franquias é uma das opções que o empreendedor tem para ser dono do próprio negócio.

Este modelo possui diversas vantagens em relação às empresas comuns. Ele ainda pode ser o ideal para empreendedores com pouca experiência ou menor capital para investir.

Contudo, apesar de ser um tipo de negócio com ampla atuação no mercado, muitas pessoas ainda não sabem como ele funciona. Por isso, temos este conteúdo para lhe ajudar a entender melhor sobre o franchising.

Como funciona uma franquia?

Uma franquia é um negócio em que a empresa “mãe” abre possibilidade para outros empreendedores possuírem uma unidade da marca.

Dessa forma, cada unidade oferece os mesmos produtos e serviços da matriz. Além disso, é preciso seguir um padrão, com o mesmo modo de fazer em todos os estabelecimento.

No modelo de franquia, o empreendedor recebe um negócio estruturado, uma réplica da empresa franqueadora. Nesse sentido, ao fazer o investimento em franquias, ele investe neste know-how da empresa.

Dessa forma, ele também contará com o reconhecimento da marca para poder captar clientes.

Além disso, o conceito de franquia dado pela Lei 13.966/19, norma que regulamenta a atividade do franchising, dá uma boa ideia sobre este modelo de negócio.

Nela diz que a franqueadora autoriza o uso da propriedade intelectual pelos franqueados, bem como o uso de sistemas e métodos desenvolvidos pela marca mediante uma remuneração.

Assim, conserva-se um padrão de atuação, que é uma das principais características do modelo de franquias.

Vemos algumas caixas com desenhos relacionados a lojas (imagem ilustrativa). Texto: investimento em franquias.
O modelo de franchising possui muitas vantagens para os empreendedores.

Vantagens de fazer investimento em franquias

Conforme falamos, o modelo de franquias é uma réplica da marca em cada uma das unidades em operação. Isso traz uma série de vantagens para o empreendedor, tornando este tipo de negócio bastante atrativo.

Por exemplo, uma vantagem do investimento em franquias é receber um negócio já estruturado, com produtos ou serviços testados e aprovados pelo público.

Da mesma forma, investir em uma franquia é saber que o negócio terá alta rentabilidade, pois para a marca ter se tornado uma franqueadora, ela precisou conquistar credibilidade no mercado.

Com isso, mantém-se a confiança das pessoas em relação ao produto ou serviço oferecido onde quer que a sua unidade esteja instalada.

Outra vantagem é a experiência da marca no mercado, o que ajuda na consolidação do negócio. O empreendedor conta com um plano que orienta o desenvolvimento da unidade.

Do mesmo modo, ao se torna dono de uma franquia, todo o tipo de auxílio é oferecido para que você adquira a expertise necessária para administrar o negócio.

Mesmo com pouco conhecimento sobre alguma área de atuação, as franqueadoras oferecem um material completo.

Assim, é possível contar com todo tipo de informação para que o seu negócio seja um sucesso, dando-lhe a direção certa.

Por fim, antes de falarmos um pouco mais sobre algumas marcas para quem deseja fazer investimento em franquias, separamos um vídeo que explica, em detalhes, como funciona este modelo de negócio.

Melhores opções de investimento em franquias para escolher

O investimento em franquias deve ser algo feito com segurança, sem que o empreendedor se deixe levar por modismos ou propagandas enganosas.

Dessa forma, buscar marcas conceituadas no mercado é importante para fazer um investimento. Assim, separamos algumas marcas, em diferentes nichos de mercado, que podem ser boas opções.

[raio_x_esf]

Qual é a melhor franquia para investir?

Escolher a franquia na qual irá investir é uma tarefa difícil, pois o empreendedor deve levar em consideração uma série de fatores.

Primeiramente, ele deve conhecer o seu próprio perfil para buscar marcas e modelos de negócios que se adéquem às suas características.

Dessa forma, o empreendedor deve buscar atuar no segmento com o qual se identifica. Para isso, ele pode levar em conta suas experiências anteriores, ou até mesmo o momento do mercado.

Do mesmo modo, o empreendedor deve analisar a franquia que melhor se encaixa em sua capacidade financeira.

O investimento inicial em uma rede de franquias é amplo, variando de R$ 5 mil até mais de R$ 1 milhão. Assim, o empreendedor deve buscar uma rede de acordo com o capital disponível para investir.

Além disso, pesquise bem a reputação da marca. Converse com os franqueados e ex-franqueados da empresa para saber mais detalhes da operação.

Os contados dos parceiros da marca costumam estar na Circular de Oferta de Franquia (COF), documento importante na relação de franchising, do qual falaremos mais a frente.

O empreendedor deve saber se os produtos e serviços da franquia possuem boa aceitação entre os consumidores. Da mesma forma, se a empresa possui os suportes que os franqueados precisa, além de um bom atendimento.

Pela importância do investimento em franquias, o empreendedor deve analisar os mais variados aspectos do negócio para investir com segurança.

Passo a passo para abrir uma franquia

Como vimos, são muitos fatores a se levar em conta antes de abrir uma franquia. Por isso, separamos um passo a passo para quem deseja ter um negócio próprio no franchising.

Análise do seu perfil

Um dos primeiros passos para o empreendedor começar o seu próprio negócio é conhecer a si mesmo. Ou seja, analisar suas características, pontos fortes, fracos e momento de vida.

Pessoa usando um computador, um celular e escrevendo em um caderno (imagem ilustrativa). Texto: investimento em franquias.
O empreendedor deve pensar bem antes de escolher em qual franquia investir.

O perfil do empreendedor deve orientar a escolha da franquia na qual ele irá investir. Por exemplo, uma pessoa mais comunicativa pode ter mais sucesso em uma rede de vendas diretas.

Por outro lado, uma pessoa mais introspectiva deve optar por modelos home office, bem como serviços mais técnicos, sem muito contato com as pessoas.

Da mesma forma, existe um perfil de empreendedor que prefere trabalhar com franquias de Alimentação, ou de Serviços Automotivos.

Nesse sentido, também é válido o empreendedor buscar aliar suas paixões e experiências anteriores com o investimento em franquias.

Assim, será mais estimulante se dedicar ao novo negócio, e com isso, aumentar as chances de sucesso.

Pesquisa de marcas

Outro ponto importante antes do investimento em franquias é fazer uma boa pesquisa das marcas presentes no mercado.

O setor de franchising é amplo, com muitas opções de franquias dos mais variados modelos de negócios. Dessa forma, o empreendedor deve conhecer bem como funcionam as marcas que mais combinam com o seu perfil.

Do mesmo modo, entender como funciona a empresa, suas operações interna, como está a reputação da marca no mercado. Ou, por exemplo, saber se a marca é filiada à Associação Brasileira de Franchising (ABF), e se sim, há quanto tempo.

É fundamental também buscar informações no mercado, saber se os consumidores estão satisfeitos com os produtos e serviços da marca.

Tudo isso deve ser levado em consideração na hora de escolher uma franquia para investir. Dessa forma, você evita ser surpreendido com um modelo ultrapassado ou uma operação em decadência.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Comparação das franquias

Para ter um maior leque de opções para o investimento em franquias, é bom que o empreendedor pesquise diversas franqueadoras.

Dessa forma, delimite o tipo de negócio no qual deseja investir, se é em um mercado específico, ou então um modelo home office ou de ponto comercial.

Imagem de duas pessoas trabalhando e analisando uma folha com escritos.
Faça uma comparação detalhada entre as franquias, seus custos, modelos de negócios etc.

Em seguida, pesquise as franquias que atuam no nicho de mercado no qual deseja atuar.

Coloque no papel todos os pontos positivos e negativos de cada uma, além de informações pertinentes. Por exemplo, quais são as taxas de franquia, o capital de giro necessário, entre outros.

Da mesma forma, veja qual delas terá menos concorrência, ou então, melhores diferenciais em relação às outras marcas.

Assim, nesta comparação entre as franquias, você terá um olhar mais amplo sobre as possibilidades de investimento. Só assim é possível chegar a uma conclusão de qual é a melhor franquia para atuar.

Contato com a franqueadora

Após a pesquisa em relação às marcas, e saber quais delas combinam melhor com o seu perfil, o empreendedor deve entrar em contato com a franqueadora.

Neste primeiro contato, normalmente por meio do site da marca, ele pode solicitar mais informações sobre a franquia.

Nesse sentido, a franqueadora pode enviar uma cópia da Circular de Oferta de Franquia (COF) para o investidor estudá-la.

Além disso, o empreendedor entra em contato com a franqueadora para saber se existe a possibilidade de abrir uma unidade da marca na sua região.

Isso é importante, pois as franquias evitam concorrência entre franqueados, e por isso, pode não ser possível abrir uma unidade naquela região.

Por outro lado, neste primeiro contato, o interessado também é avaliado pela franquia para saber se ele possui o perfil que a marca procura.

Conhecimento da franquia

Como falamos, o contato entre o interessado e a franqueadora é uma forma de as duas partes se conhecerem melhor.

Além disso, é o momento de troca de informações que irão orientar as relações entre as partes caso elas venham a fechar negócio.

Nesse sentido, o empreendedor receberá a COF para analisar, conhecer mais detalhes sobre a marca e a franqueadora.

Assim, neste documento, devem constar os direitos e deveres das partes nesta relação de empreendimento.

Além disso, no documento constam os suportes dados pela franqueadora para os franqueados, como treinamentos e auxílio na gestão e marketing.

Da mesma forma, faz parte deste processo uma entrevista da franqueadora com o interessado. Ela irá avaliar se o empreendedor possui o perfil que a marca busca para suas unidades franqueadas.

Imagem de mãos e de um contrato. Imagem ilustrativa texto investimento em franquias.
Analise a COF para entender bem os detalhes do modelo de negócio da franquia.

Vale ressaltar que algumas marcas são rigorosas nestas entrevistas, pois elas buscam um perfil ideal de franqueado.

Contudo, novas marcas ou alguns modelos de negócios são mais receptivos aos diversos tipos de empreendedor.

Conversa com os franqueados

Na COF, o interessado pode conseguir os contatos dos franqueados e ex-franqueados da empresa para poder conversar com eles.

Nesse sentido, cabe ao empreendedor buscar informações mais detalhadas junto aos parceiros da marca para conhecê-la melhor.

Assim, o interessado pode saber por meio de pessoas que já estão há mais tempo no negócio outras informações sobre a marca.

Por exemplo, se a franqueadora cumpre com os deveres que constam na COF e, da mesma forma, se ela oferece um suporte eficiente para os franqueados.

Do mesmo modo, ao conversar com os franqueados da marca, o empreendedor fica sabendo mais sobre o dia a dia de cada unidade.

Ou seja, se o modelo de negócio é rentável como a franqueadora diz que é, bem como e se a operação da marca é eficiente e ocorre sem problemas.

Análise da reputação com os consumidores

O investimento em franquias possui como uma grande vantagem: a reputação da marca da franquia.

Dessa forma, enquanto analisa as melhores franquias para investir, o empreendedor também deve estar atento à reputação da marca junto aos consumidores.

Nesse sentido, busque informações sobre a qualidade dos produtos e serviços da marca, se os consumidores estão satisfeitos com o trabalho da empresa.

Da mesma forma, procure saber se há problemas de qualidade, como produtos defeituosos ou serviços mal feitos. Uma pesquisa no site Reclame Aqui pode lhe dar alguns destes parâmetros.

Além disso, ao entrar em contato com os franqueados e ex-franqueados, o empreendedor também deve buscar estas informações.

Pois entender se a marca está em alta junto aos consumidores pode ser um diferencial na escolha entre as franquias nas quais deseja investir.

Imagem de uma pessoa comprando uma fruta em uma barraca (imagem ilustrativa). Texto: investimento em franquias.
O consumidor é parte importante para entender o sucesso ou declínio de uma franquia.

Negociação de uma unidade

Após todas as etapas importantes para a escolha da franquia, o processo está quase no final. Contudo, agora resta as tratativas diretas com a franqueadora.

Nesse sentido, o futuro franqueado realiza algumas negociações junto a franqueadora, como a escolha do local do ponto comercial.

Do mesmo modo, antes da assinatura do contrato, o franqueado também pode negociar o pagamento da taxa de franquia, buscando algum desconto ou parcelamento, caso necessário.

Depois de tudo alinhado entre empreendedor e franqueadora, chegou a hora de assinar o contrato de franquia.

Assinatura do contrato de franquia

Estando tudo certo entre as partes da relação de franquia, chegou a hora de assinar o contrato. Este contrato deve ser claro, para que franqueadora e franqueado tenha segurança jurídica na relação.

Ademais, com a assinatura do contrato, o empreendedor é oficialmente um franqueado. A partir de agora, ele terá acesso ao know-how da marca.

Portanto, ele passará por treinamentos, sejam presenciais ou de maneira on-line, para conhecer detalhadamente a operação da empresa.

Além disso, a franqueadora auxilia na busca pelo melhor local para a instalação do novo estabelecimento. Para isso, muitas marcas fazem um estudo de geomarketing para avaliar a melhor região para a unidade.

Algumas marcas também possuem um treinamento para que o empreendedor conheça melhor o nicho de mercado no qual irá atuar.

Assim, a marca prepara até os empreendedores mais inexperientes para que possam ter sucesso com a unidade.

Enfim, há também o auxílio para o marketing de inauguração da unidade, seja com divulgação na região do estabelecimento ou ações por meio de mídias sociais para modelos home office.

Gostou do nosso conteúdo e agora pode estar mais preparado para escolher em qual franquia investir? Confira outros textos no nosso blog que podem ajudar você.

Separamos também um texto com diversas opções de franquias baratas para você, clicando aqui.

*Informações publicadas em Maio/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje