5 dicas de como fazer um investimento inteligente e ganhar dinheiro com seu negócio

Por
em
Imagem de uma mulher sentada em uma mesa mexendo no computador com uma calculadora e notas de dinheiro ao lado. Imagem ilustrativa texto investimento inteligente.
Advertisement

Um investimento inteligente que você pode fazer é empreender. Isso porque, investir em um negócio próprio pode lhe render bons retornos.

Com uma taxa de desemprego no Brasil que passa dos 13% segundo pesquisa realizada em 2021 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ter o próprio negócio pode ser uma boa solução.

Melhor ainda, você pode investir em uma franquia que é um modelo de negócio mais seguro e de fácil implementação, como mostraremos a seguir.

Veja como fazer um investimento inteligente na sua empresa

Empreender é um processo complexo, que exige bastante planejamento e pesquisa, mas que pode render ótimos frutos.

Iniciar a sua própria empresa é um investimento inteligente se você o fizer de forma eficiente, tomando os cuidados necessários para não entrar em prejuízo.

Nesse sentido, muitos aspectos deste processo devem ser bem feitos para que resulte em um negócio atrativo.

Por fim, separamos aqui cinco dicas para você investir e empreender com sucesso.

1. Escolha algo com o qual você quer trabalhar

Empreender é sempre um desafio. Ainda que as chances de alcançar o sucesso sejam fortes, é preciso estar preparado para obstáculos que possam surgir no caminho.

Um dos primeiros passos que contribuem para que esta jornada dê certo é saber escolher com o que trabalhar.

Nesse sentido, o empreendedor deve buscar por negócios que se encaixem ao seu perfil e suas características. Sua empresa deve ter um pouco dos seus gostos pessoais para que seja prazerosa para você atuar.

Isso é importante pois empreender exige muita dedicação, horas de trabalho e pouca diversão. Contudo, sua jornada de trabalho pode ser ainda mais interessante se for em um empreendimento que você goste.

Não pense apenas nos mercados mais atrativos e com negócios lucrativos. É preciso também aliar esta escolha com as suas próprias características.

Imagem de duas mulheres escrevendo em um quadro e sorrindo. Imagem ilustrativa texto investimento inteligente.
Trabalhar em algo que gosta facilita o dia a dia do empreendedor.

Um dos caminhos para se chegar ao sucesso nos negócios é equilibrar suas afinidades e habilidades técnicas. Portanto, leve em conta sua personalidade ao escolher o ramo que mais se adapte aos seus objetivos.

Enfim, pense que quando você está fazendo algo que gosta, o tempo parece passar mais rápido. Ainda, investir em um negócio com o qual se identifica, faz com que você se dedique ainda mais. Assim, poderá melhorar a qualidade do seu dia a dia de trabalho.

2. Não faça dívidas

Advertisement

Um dos principais desafios enfrentados por quem está à frente de um empreendimento é saber desenvolver uma boa gestão financeira.

Contudo, este planejamento começa desde antes de empreender. Este processo exige que o empreendedor tome bastante cuidado com esta questão.

Ao começar a pensar o seu negócio, veja também se ele se encaixa à sua capacidade financeira. Verifique também se você pode se desfazer de algum bem para conseguir o capital necessário para investir.

Nesse sentido, é importante não fazer grandes dívidas, pois elas podem comprometer a sua saúde financeira ao longo do tempo. Se o negócio demorar um pouco mais a decolar, pode ser difícil pagar as contas depois.

Contudo, se não for possível guardar dinheiro ou vender algum bem para conseguir o capital, pegar um empréstimo pode ser a solução.

Por isso, investir exige cuidado e planejamento para não virar uma bola de neve e prejudicar o desenvolvimento do negócio.

Assim, se decidir por um empréstimo, avalie o Custo Efetivo Total (CET) do crédito para saber se vale a pena e não será custoso demais para sua capacidade de geração de renda.

3. Analise o mercado do negócio

Para fazer um investimento inteligente em um negócio próprio, é preciso conhecer bem o mercado no qual vai atuar e avaliar se ele vale a pena.

Nesse sentido, embarcar em um setor que você pouco conhece pode representar um risco muito grande. É importante que se saiba o que está sendo feito do início ao fim, para que o seu empreendimento venha a dar certo.

Imagem de uma pessoa segurando folhas com vários gráficos. Imagem ilustrativa texto investimento inteligente.
Analise bem os pontos fortes e fracos do mercado no qual pretende investir.

Do mesmo modo, não é indicado iniciar um negócio em uma área que você possui pouca experiência ou nenhum conhecimento, mesmo que ela pareça ser tentadora.

Contudo, é possível buscar as informações necessárias para investir de forma sólida. Hoje em dia é fácil ter acesso a conhecimentos variados, principalmente por meio da internet.

Por exemplo, pesquise sobre nichos que não estão tão em evidência, mas que possuem um mercado consumidor em potencial e ainda pouco explorado.

Da mesma forma, pode também optar por exemplo, pelo mercado da moda, porém, este exige cuidado pois as tendências atuais costumam passar rápido.

4. Avalie seu mercado local

Além de conhecer o mercado, analise bem a região onde irá atuar. Busque locais onde há uma lacuna na concorrência para que possa aproveitá-la com seu negócio.

Ainda existem ferramentas como estudos de geomarketing que podem auxiliar neste processo, para identificar as regiões mais promissoras.

Para avaliar a concorrência, é importante saber qual a participação dela no mercado e qual seu potencial.

Também é preciso verificar se o mercado está bem atendido e quais são as oportunidades para o negócio obter uma maior fatia nele. Por isso, analisar os concorrentes faz toda a diferença.

Caminhe pela região, saiba quais são os tipos de negócios que estão em destaque para que possa entender onde o seu empreendimento poderá aparecer mais.

Enfim, avalie bem o mercado local para que possa direcionar seus esforços e sua estrutura para que possa atender com qualidade aos seus consumidores em potencial.

5. Entenda seu público-alvo

Uma dica importante para um investimento inteligente no empreendedorismo é conhecer bem o seu público-alvo.

Depois de pensar em qual mercado irá atuar e que tipo de produto ou serviço estará disponível na sua empresa, é preciso focar no seu público.

Imagem de um homem em um bacão de lanchonete. Imagem ilustrativa texto investimento inteligente.
O gosto do seu consumidor deve guiar a estruturação da sua empresa.

Saiba quem são eles, seus hábitos de consumo, o que eles esperam de uma empresa que vai lhes atender.

Do mesmo modo, conheça qual o seu poder aquisito, pois isso irá influenciar na sua precificação, para que seja adequada ao público-alvo da sua região.

Conhecendo estes consumidores você também deve alinhar sua empresa com as expectativas deles.

Por exemplo, em uma região de maior poder aquisitivo, os produtos ou serviços exigem um tipo de cuidado a mais, seja na produção como no marketing.

Vários destes cuidados que falamos aqui são facilitados quando se investe em franquias. Isso porque este modelo conta com uma estrutura preestabelecida e um negócio estruturado.

Ainda, é interessante para o empreendedor analisar a Circular de Oferta de Franquia (COF) de uma marca, pois assim, ele saberá quanto terá de investir para implementar o negócio.

Dessa forma, você consegue se planejar melhor financeiramente e ainda pode contar com os suportes da franqueadora, como treinamentos e auxilio na gestão.

Por fim, separamos um conteúdo com muitas opções de franquias baratas para você conhecer, em diferentes nichos de mercado.

Caso escolha uma franquia, entre em contato com a franqueadora. Mas se está com dúvida de qual marca é um investimento inteligente, receba uma consultoria gratuita com especialistas que vão lhe ajudar nesta escolha. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement