Jovem empreendedor, veja por que não esperar para ser dono do seu próprio negócio

Por
em
Imagem de um jovem empresário sentando em uma mesa em um escritório. Imagem ilustrativa texto jovem empreendedor.
Advertisement

O sonho de ter o próprio negócio faz com que o jovem empreendedor comece cedo nesta jornada. Nesse sentido, quanto antes iniciar este processo, melhor pode ser o resultado.

Para se ter uma ideia, dos quase 14 milhões de desempregados no quarto trimestre de 2020, cerca de 70% eram pessoas na faixa-etária entre 14 e 24 anos segundo o IBGE. Portanto, este é um motivo a mais para empreender enquanto jovem.

Existem ainda outras vantagens. Não se trata apenas de investir em um negócio próprio, mas também, de ter a oportunidade de começar a sua empresa ainda jovem, como mostraremos a seguir.

Vantagens de ser um jovem empreendedor

É cada vez maior o número de pessoas que pensam em iniciar um empreendimento próprio. Este ideal de empreendedorismo tem crescido por diversos motivos, não só apenas no Brasil, como também no Mundo.

Seja pela crescente falta de emprego ou por trabalhos mal remunerados, o mercado de trabalho tem se tornado pouco atrativo.

Outro ponto importante é que os mais jovens estão com dificuldade para arrumar emprego, e por isso, pode ser uma boa alternativa se tornar um empreendedor ainda novo.

Assim, investir em um negócio próprio pode ser uma excelente oportunidade para este jovem que não encontrou uma oportunidade no mercado de trabalho.

Além disso, é vantajoso empreender ainda jovem, pois é comum que ainda não tenham família e filhos, o que acaba demandando mais gastos.

Dessa forma, empreender ficar mais fácil, pois há um tempo maior para que o negócio comece a dar lucro.

Do mesmo modo, ao empreender, sua capacidade de ganhos é maior. O lucro da sua empresa pode vir a crescer infinitamente, ao contrário do seu salário no mercado de trabalho.

Empreender também permite que o jovem trabalhe com algo que goste e possibilita depois de um tempo, uma flexibilidade maior no horário de trabalho.

Enfim, são muitas vantagens que o jovem empreendedor pode aproveitar para que não dependa das oscilações do mercado.

Imagem de um jovem negro sorrindo e vestido como um empresário. Imagem ilustrativa texto jovem empreendedor.
O empreendedor deve começar cedo para aproveitar toda a sua energia.

Por que não esperar para abrir um negócio?

É certo que a Economia mundial não está tão sólida por conta do período da pandemia do novo coronavírus, mas mesmo assim, o empreendedor deve estar sempre atento.

Além disso, o empreendedor deve investir nas suas ideias de negócio o quanto antes, para aproveitar toda a sua energia enquanto jovem e a disponibilidade de tempo.

Apresentamos abaixo alguns motivos que mostram que o jovem empreendedor não deve esperar e abrir logo o seu novo negócio. Continue a leitura!

Para não adiar um sonho

Se ter um negócio é o seu sonho, ele deve sair o quanto antes do mundo das ideias e ir direto para a prática. Poderá nunca haver um momento perfeito, por isso, a hora é sempre agora.

Para isso, o jovem deve buscar a melhor maneira para tirar os seus planos do papel para fazer o desejo acontecer.

Este sonho deve guiar suas atitudes, fazer com que guarde um capital necessário para o negócio próprio e busque as informações necessárias para este processo.

Ser empreendedor é um sonho que passa na cabeça de grande parte dos brasileiros. Para muita gente, ser dono do próprio negócio é sinônimo de sucesso, permite ganhos mais altos, dá mais independência e autonomia para fazer as coisas do seu jeito.

Contudo, é preciso fazer da forma certa, e isso requer cuidado e muita pesquisa para que o processo ocorra de forma sólida e possa resultar em bons frutos no futuro.

Mercado muda o tempo todo

Advertisement

Assim como falamos, o momento ideal para empreender pode nunca chegar, por isso, este sonho deve ser colocado em prática o quanto antes.

O mercado muda a todo o momento, se um nicho de atuação está em alta em um ano, no outro pode não estar. Mas isso não significa que seja algo ruim para o seu negócio.

Diversos fatores podem influenciar no sucesso ou fracasso de um negócio, e as mudanças do mercado são uma boa oportunidade para empreender.

Imagem de uma mesa de reunião com vários papeis em cima dela e pessoas sentada ao seu redor. Imagem ilustrativa texto jovem empreendedor.
O empreendedor deve estar atento às mudanças do mercado e analisar os melhores setores para investir.

Porém, exigem que o empreendedor saiba identificar as tendências e se adaptar rapidamente a certas mudanças, seja no comportamento dos consumidores ou até mesmo na Economia.

Do mesmo modo, é você empreendedor que faz o momento certo para o seu negócio. Mesmo diante de um mercado em baixa, esta pode ser sua chance se a sua região for carente do produto ou serviço que você vai investir.

Ademais, com o tempo seu negócio pode se adaptar, apresentar soluções que não tinham sido pensadas antes, mas que surgiram ao longo do trabalho.

Por conta disso, é importante não se sentir intimidado pelas mudanças do mercado e da Economia, pois seu negócio poderá evoluir mais depois que colocá-lo em prática.

Obter renda mais robusta

Como já dissemos, os lucros que um negócio próprio pode gerar para o jovem empreendedor são em potencial melhores do que o salário que ele poderia ganhar no mercado de trabalho.

Ainda mais em um momento da Economia onde os salários sofreram grande perda nos últimos anos. O salário médio do brasileiro em 2021 atingiu o menor patamar desde 2017.

Atualmente, o rendimento médio atingiu o valor de R$ 2.433. No ano passado, era de R$ 2.613, o que representa queda de 7% na comparação anual, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad).

Porém, o empreendedorismo nem sempre é sinônimo de dinheiro no bolso e garantia de sucesso. Antes de se tornar um empreendedor, é preciso colocar as ideias em prática e ainda levar em consideração diversos fatores.

Sendo assim, é melhor para o jovem investir em um negócio próprio e diminuir a influência do chefe quanto ao valor do salário. Ao abrir uma franquia, ele poderá ter ganhos muito maiores do que recebia enquanto funcionário de uma empresa.

Flexibilidade de horário

O jovem empreendedor pode ter uma das grandes vantagens, pois poderá conciliar o seu negócio próprio com outros projetos de vida, como por exemplo, fazer uma faculdade ou continuar os estudos.

Começando sua empresa o quanto antes, ele pode adaptar seus horários para que tenha tempo para estudar ou desenvolver outros projetos pessoais além da empresa.

Nesse sentido, empreender permite uma flexibilidade de horário de trabalho, claro, dependendo do tipo de negócio com o qual irá trabalhar.

Imagem de uma mulher deitada no sofá de casa com um computador na mesa de centro. Imagem ilustrativa texto jovem empreendedor.
Com a flexibilidade de horário o empreendedor pode se dedicar a outros projetos de vida.

Isso porque se abrir uma loja em uma rua movimentada, ele terá que se adequar ao horário comercial. Porém, se investir em um negócio home office, de vendas ou atendimento online, poderá contar com essa flexibilidade.

Do mesmo modo, para quando tiver família e o seu negócio já estiver mais sólido, terá mais tempo para se dedicar aos filhos, por exemplo.

Assim, ao iniciar sua empresa com vinte e pouco anos ou com trinta anos, poderá ter mais qualidade de vida.

Enfim, existem outras vantagens de ser um jovem empreendedor, desde que ele tenha este perfil e esteja disposto a abrir mão de algumas coisas para se dedicar e fazer o processo acontecer.

Como ser dono do próprio negócio?

O jovem empreendedor pode ser dono do próprio negócio iniciando uma empresa do zero, pensando cada etapa da produção, estruturação, vendas, entre outros detalhes.

Por outro lado, investir em uma franquia pode ser mais seguro e eficiente, além de contar com um tipo de negócio mais estruturado.

Este modelo é mais simples, pois consiste em uma empresa preestabelecida, com uma estrutura e operação determinadas.

As franquias podem ser os melhores investimentos, pois conta com negócios sólidos e enxutos. E ainda, oferecem ao franqueados suportes para o desenvolvimento da empresa.

Além disso, por ter uma estrutura mais eficiente e com menos custos, permite um retorno mais rápido do investimento aplicado.

Por contar com uma marca reconhecida, a oferta de fornecedores parceiros com custos menores, além de auxílio para o marketing, o franqueado consegue ganhar dinheiro em um curto espaço de tempo.

Mas para fazer esta escolha, o jovem empreendedor deve avaliar em qual mercado deseja atuar. Ele deve escolher aquele que melhor se encaixa ao seu perfil e também à sua região de atuação.

Do mesmo modo, analisar os concorrentes antes de começar um negócio é cada vez mais importante para evitar um mercado saturado.

Por fim, analisar bem a documentação da franquia, incluindo a Circular de Oferta de Franquia (COF). Assim, estudar o tipo de negócio no qual irá investir para fazer isso com segurança.

O mercado de franchising é amplo, e por isso, trazemos abaixo um link com um conteúdo cheio de opções de franquias baratas para investir.

Caso escolha uma marca, entre em contato com a franqueadora. Se ainda tem dúvidas, aproveite uma consultoria gratuita com especialistas que vão lhe ajudar a optar pela franquia ideal para você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement