O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Poupança, Tesouro etc.: conheça os melhores investimentos para faturar mais

Poupança, Tesouro etc.: conheça os melhores investimentos para faturar mais

Sumário

Antes de aplicar o seu dinheiro você deve conhecer quais são os melhores investimentos para fazer e ter um bom retorno. Aqui, explicamos sobre as variadas formas para fazer o seu dinheiro render mais.

Segundo pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima), cerca de 61% dos brasileiros não investem seu dinheiro em lugar nenhum. Logo, é um número que chama a atenção, pois são pessoas perdendo poder de compra.

Nesse sentido, sem aplicar o dinheiro em nenhum tipo de investimento está perdendo valor, sendo corroído pela inflação. Demonstra também uma falta de educação financeira das pessoas.

Porém, existem muitas formas para entrar neste mercado de investimentos e fazer o seu dinheiro render, conforme mostraremos a seguir. Continue a leitura!

Clique, conheça e compare FRANQUIAS LUCRATIVAS. Acesse!

Melhores investimentos para aplicar seu dinheiro

Os melhores investimentos não são apenas aqueles que dão maior retorno ou que têm uma garantia melhor. Cada tipo de investidor tem uma necessidade ou um objetivo.

Nesse sentido, o mais importante é buscar uma forma de investir, ao invés de deixar o dinheiro “parado” e perdendo valor ao longo do tempo.

Seja aplicando o dinheiro em títulos públicos, em um fundo garantidor de crédito, entre outras opções. Até mesmo, investir em um negócio próprio é uma maneira de fazer o seu capital se valorizar e ter um alto faturamento. Confira a seguir!

Franquia

A franquia é um modelo de negócio previamente estabelecido no mercado que tem uma operação padronizada, testada e aprovada por outros empreendedores.

Logo, é um formato que tem a vantagem de contar com o suporte da franqueadora para a montagem e desenvolvimento do negócio.

Por exemplo, o franqueado recebe auxílio para conhecer o mercado e a forma de atendimento por meio de treinamentos.

CURSO Guia Prático Sobre Franquias. Clique e confira o conteúdo completo sobre o franchising no Brasil, como investir e como faturar!

Se você tem dinheiro para investir em algo, a franquia é uma opção não apenas para fazer o capital render. Isso porque, permite também uma oportunidade de conquistar sua realização profissional.

Dessa forma, você como empreendedor pode atuar em um negócio que tem um valor mínimo de investimento que se encaixa na sua capacidade.

Ou seja, consegue se adequar a uma franquia que exija um investimento que cabe no seu bolso.

Do mesmo modo, pode ser uma oportunidade para trabalhar sem chefe, ter liberdade de horário dependendo do tipo de negócio e o mercado no qual vai atuar.

O mercado financeiro dá muitas opções para investir, mas o retorno de um negócio próprio é maior. Portanto, depende mais da sua dedicação do que dos fatores externos que influenciam títulos, ações, fundos de investimentos, entre outros.

Banner ProResultado consultoria. Clique e confira!

Poupança

A poupança é um tipo de conta bancária onde é possível reservar o dinheiro e receber uma rentabilidade. Mas também é um meio de investimento, que embora tenha baixa rentabilidade, ainda atrai muitas pessoas.

Na conta poupança o dinheiro que fica depositado recebe um rendimento considerando um período mensal. Além disso, o saldo em conta tem liquidez diária, o que significa que pode ser sacado todos os dias.

A quantia depositada deve ficar durante o mês para receber a rentabilidade, sendo que se retirada antes não se aplica ao valor. Este período é conhecido como o “aniversário” da poupança.

Do mesmo modo, a poupança tem a mesma rentabilidade em qualquer banco, seja privado ou público. Já a taxa é definida e controlada pelo governo, por meio do Banco Central.

CDB

A sigla CDB designa um título bastante conhecido na renda fixa brasileira, o Certificado de Depósito Bancário. A aplicação é oferecida por bancos para captação de fundos e rende juros superiores à poupança.

Banner Totall Marcas. Clique para conferir os serviços!

Logo, é um tipo de investimento no qual os bancos podem oferecer juros que variam de um título para outro.

A taxa de rendimento depende da instituição financeira, do prazo de vencimento, do período de carência e do montante mínimo, por exemplo.

Nesse sentido, o CDB pode oferecer três tipos diferentes de rendimentos: o prefixado, com juros anual definido antes da compra e o pós-fixado, atrelado à variação de um índice.

Além disso, o CDB tem imposto de renda, que se cobra sobre o rendimento. Portanto, também estão sujeitos à tributação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), no caso do resgate do investimento se dar em menos de 30 dias.

Tesouro Selic

Entre os melhores investimentos para que você comece a aplicar está o Tesouro Selic.

MJG SOLUÇÕES EM ENGENHARIA. Clique e saiba como contratar essa empresa conceituada!

Isso porque, é um título público do governo o qual a rentabilidade está atrelada à taxa básica de juros da economia, a Selic. Por isso, é um investimento de renda fixa pós-fixado.

Como se trata de um título pós-fixado,  significa que a pessoa que investe recebe após o prazo de duração do investimento. Os valores a se receber podem variar, já que oscilam com o índice.

Além disso, por ser um investimento de renda fixa, recomenda-se bastante, principalmente aos que procuram uma alternativa à poupança. Por isso, é bom tê-lo em sua carteira de investimentos.

Esse ativo tende a oferecer rentabilidade mais atrativa do que a caderneta. Além disso, pode-se adaptar para objetivos sob qualquer prazo.

Outro fator interessante é que o Tesouro Selic, papel que o Governo Federal emite, apresenta menos volatilidade que outros títulos públicos e faz parte da mesma classe de renda fixa.

FOCO MARKETING. Clique e acesse para saber como faturar com o seu negócio fazendo ações de marketing!

Debêntures

Debêntures é um título de dívida em que seu investimento é um empréstimo para determinada empresa que não seja uma instituição financeira ou de crédito imobiliário.

Assim, o investidor se torna um credor da empresa em questão e recebe juros fixos ou variáveis ao final do período pré-determinado.

Dessa forma, é uma opção atrativa no mercado financeiro para os investidores e também para empresas que precisam captar dinheiro.

As debêntures podem ser incentivadas ou comuns. A diferença entre as duas é que no caso das incentivadas são emitidas por empresas que pretendem realizar projetos de infraestrutura, como estradas, portos e aeroportos.

Sendo assim, existe uma vantagem sobre as comuns, pois elas têm isenção de imposto de renda, o que valoriza o seu rendimento.

CONHEÇA AS SOLUÇÕES DA DOTS HUNTERS PARA FRANQUEADORAS! Clique aqui!

Já as debêntures comuns têm tributação de acordo com uma tabela regressiva em relação ao tempo de investimento.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é um dos mais populares investimentos de renda fixa. Nessa aplicação, o credor é o governo. Ou seja, você empresta dinheiro para o governo. Além do baixíssimo risco, esse investimento pode proteger o seu poder de compra.

Isso acontece porque esse título público está atrelado à inflação, nome dado ao fenômeno do aumento contínuo nos preços de produtos e serviços.

Dessa forma, o Tesouro IPCA costuma ser ideal para quem busca um investimento seguro e capaz de proteger o seu poder de compra ao longo do tempo. Por isso, é interessante para você não perder dinheiro.

Fundos de Investimento de Renda Fixa

Os Fundos de Investimento de Renda Fixa não são uma aplicação de renda fixa, mas sim uma carteira de investimentos que contém ativos de renda fixa.

CONHEÇA AS SOLUÇÕES DA SULTS PARA FRANQUEADORAS! Clique aqui!

Neste caso, o investidor vira cotista e confia ao gestor do fundo a tarefa de adquirir bons títulos de renda fixa.

Logo, é um modelo para quem tem um perfil de investidor mais conservador para aplicar aquela reserva de emergência. Assim, investe sabendo aproximadamente quanto vai receber depois de um período.

Para ser classificado nesta categoria, os fundos de investimentos precisam aplicar ao menos 80% de seu patrimônio alocado em ativos de renda fixa. Por exemplo, nos títulos do Tesouro Direto, CDBs ou letras de crédito.

LCI e LCA

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são títulos de renda fixa com o objetivo de levantar recursos para os respectivos setores.

Nesse sentido, estes títulos são emitidos por bancos e corretoras de investimentos para financiar a operação desses dois setores.

As LCIs e as LCAs seguem uma lógica parecida de remuneração para os investidores. São papéis que podem tanto ser prefixados quanto pós-fixados , ou ainda, atrelados à variação da inflação.

Como escolher um investimento para fazer?

Para escolher os melhores investimentos para você fazer é importante avaliar quais são os seus objetivos e o seu perfil de investidor.

Para quem tem um pouco mais para investir, pode ser atrativo dividir valores entre renda variável e fixa. Por exemplo, o Tesouro Selic é bom para quem é mais conservador.

Os fundos de renda fixa são bons para quem tem menos capital ou então os CDBs ou as Letras de Câmbio, que têm um resgate em menor tempo.

Do mesmo modo, as Debêntures podem ser interessantes para não ter que pagar imposto de renda, caso você pretenda fazer movimentações em menos espaço de tempo.

Algumas opções de baixo investimento com as franquias são ideais para quem não tem tanto dinheiro.

Enfim, vai depender do valor que tem para investir e se os seus objetivos são de curto, médio ou longo prazo. Além disso, é essencial algumas análises, como mostraremos agora.

Continue a leitura e descubra no próximo tópico quais cuidados tomar na hora de investir o seu dinheiro!

Cuidados para investir seu dinheiro sem prejuízo

Os melhores investimentos são aqueles que combinam com os seus objetivos. Porém, é fundamental ter cuidado na hora de aplicar o seu dinheiro.

Por exemplo, se for aplicar no mercado financeiro, deve variar para ter títulos resgatáveis em menos tempo, caso precise de algum capital. Assim, tenha também uma parte em papéis de longo prazo.

Do mesmo modo, deve escolher bem a instituição onde investir, avaliar aquelas que têm maior suporte ou menores taxas.

Para investir em franquias, é também fundamental conhecer onde está colocando o seu dinheiro. Se a franqueadora é atrativa e tem um bom trabalho ao longo dos anos. Ou então, se é uma marca reconhecida.

Para qualquer tipo de investimento, você deve pesquisar, ler sobre cada uma das opções e entender o momento do mercado. Alguns indicativos como inflação e juros impactam na rentabilidade de diversos títulos.

Por que investir em uma franquia?

Investir em uma franquia é uma decisão estratégica que oferece diversas vantagens aos empreendedores. Primeiramente, a segurança é um dos principais atrativos desse modelo de negócios.

Ao escolher uma franquia, o investidor está adquirindo um conceito de negócio já testado e aprovado no mercado. Isso reduz consideravelmente os riscos em comparação com a criação de um empreendimento do zero.

Outra vantagem notável é a marca consolidada. Franquias costumam ser associadas a nomes conhecidos e respeitados, o que facilita a atração de clientes e a construção de uma base sólida de consumidores fiéis.

Além disso, o suporte e a assistência oferecidos pela franqueadora são recursos valiosos para os franqueados. Isso inclui treinamento, orientação e apoio em áreas como marketing, gestão e operações.

A economia de escala é uma vantagem financeira que não pode ser subestimada. Ao fazer parte de uma rede de franquias, o investidor pode aproveitar benefícios como preços mais baixos em compras de insumos e acesso a estratégias de marketing compartilhadas.

A independência, aliada à segurança, também é uma característica notável. Embora o franqueado deva seguir as diretrizes da franqueadora, ele ainda tem autonomia na gestão do negócio, o que permite a aplicação de ideias e estratégias personalizadas.

Franquias em alta para você abrir

Em busca de oportunidades de empreendimento? As franquias são uma alternativa promissora, abrangendo uma vasta gama de segmentos e, atualmente, há várias em alta.

O mercado de franquias se destaca por sua diversidade, proporcionando opções para diversos perfis de investidores. Independentemente da área de interesse, é possível encontrar uma franquia que atenda às preferências e metas de cada empreendedor.

Setores como alimentação, saúde, beleza, educação e tecnologia têm demonstrado um crescimento consistente, gerando oportunidades para quem busca empreender com sucesso.

Franquias voltadas para alimentação saudável e delivery, por exemplo, têm se destacado com a crescente demanda por opções mais saudáveis e práticas.

Além disso, a educação e a tecnologia permanecem em constante evolução, tornando franquias nessas áreas altamente atrativas.

Conheça algumas opções interessantes para investir!

[raio_x]

Agora que você já conheceu algumas marcas e modelos de investimento, que tal intensificar o seu conhecimento para se tornar um franqueado de sucesso? Para isso, conte com o curso Franquias: Guia prático para iniciantes. Acesse e saiba mais sobre as aulas.

Passo a passo para começar uma franquia

Iniciar sua jornada no mundo das franquias requer um planejamento meticuloso, que envolve vários passos fundamentais.

O primeiro deles é entrar em contato com a marca da franquia que você tem interesse. Esse contato inicial permitirá obter informações iniciais sobre o negócio, requisitos e procedimentos.

Após essa etapa, é crucial analisar detalhadamente o modelo de negócios da franquia. Avalie se ele se alinha com seus interesses, habilidades e metas pessoais e profissionais.

Além disso, é importante estudar minuciosamente a COF (Circular de Oferta de Franquia), um documento que fornece detalhes financeiros e legais da franquia.

Com as informações da COF em mãos, o próximo passo é elaborar um sólido plano financeiro. Isso inclui avaliar seus recursos disponíveis, considerar opções de financiamento, estimar custos de operação e projeções de lucro.

A negociação com a franqueadora é uma etapa crucial, na qual os termos da franquia, como taxas de franquia, royalties e suporte oferecido, devem ser discutidos e acertados.

Finalmente, após todos os detalhes terem sido acertados, é hora de efetuar o investimento na franquia, assegurando-se de cumprir todos os requisitos estipulados e seguir as orientações da franqueadora.

Seguir esse processo passo a passo pode ajudar a garantir uma transição tranquila para o mundo das franquias.

A pesquisa detalhada e o planejamento cuidadoso são essenciais para tomar decisões informadas e bem-sucedidas, permitindo que você inicie sua franquia com confiança. Boa sorte!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje