O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Descubra onde investir hoje para ganhar dinheiro mais simples do que CLT

Descubra onde investir hoje para ganhar dinheiro mais simples do que CLT

Sumário

Quer saber onde investir hoje? Então, leia este texto até o final e encontre alternativas de investimento que combinam com o seu perfil empreendedor.

Afinal de contas, 71,8% dos brasileiros ainda não investem seu dinheiro. Isso porque, segundo pesquisa, existe um medo grande de ter prejuízo.

No entanto, existem formas mais seguras de investimento que podem tornar esse processo mais simples. Além disso, é possível começar com pouco e ir aumentando a medida que tiver mais confiança. Saiba mais!

Conheça investimentos para aplicar seu dinheiro

Saber onde investir hoje não é tarefa fácil. De fato, existem muitos investimentos possíveis e cada um deles tem características específicas. Por isso, separamos os principais tipos para que você possa analisar e considerar se algum deles compensa. Acompanhe!

Tesouro Direto

O Tesouro Direto costuma ser a porta de entrada para o mundo dos investimentos. Isso porque, ele tem baixo risco e você começa a investir com pouco dinheiro. 

Assim, investir em TD é uma forma acessível de fazer seu dinheiro render mais. Nele, você investe em títulos públicos com retornos variáveis ​​de acordo com o tipo escolhido.

Você pode encontrar três tipos: Tesouro Prefixado, Tesouro Selic e Tesouro IPCA. Cada um tem suas próprias características que também podem se adequar à sua estratégia de investimento.

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

A renda fixa é uma classe de investimentos em que é possível ter previsibilidade sobre os rendimentos. Entre as alternativas disponíveis estão os Certificados de Depósitos Bancários (CDBs). 

Essas aplicações podem ser atrativas para estratégias que pretendem se expor a riscos menores. No entanto, é importante saber como funcionam os CDBs para analisar se vale a pena incluí-los em sua carteira de investimentos.

O CDB é um tipo de título emitido por instituições financeiras para captar recursos para financiar suas atividades. Então, quem investe em CDB está emprestando dinheiro ao banco em troca de uma remuneração.

Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

A Carta de Crédito Imobiliário é um título de renda fixa emitido com o objetivo de captar recursos para investimentos no setor imobiliário. 

Sendo assim, as LCIs podem ser emitidas por bancos comerciais, bancos múltiplos, públicos e privados, desde que autorizados pelo Banco Central a realizar operações de crédito imobiliário.

Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)

A Letra de Crédito do Agronegócio é um título de renda fixa emitido por bancos e instituições financeiras. Os recursos da LCA são usados para financiar atividades do setor agroindustrial.

Assim como a LCI, a LCA têm taxa de rentabilidade e prazo de vencimento definidos no momento da compra.

Letra de Câmbio (LC)

A Carta de Câmbio não é um investimento em dólares ou qualquer outra moeda estrangeira. Dessa maneira, se trata de um título emitido por instituições financeiras não classificadas como bancos. Alguns exemplos são Fininvest, BV Financeira, Cacique, Crefisa e assim por diante.

Essas empresas (de crédito, financiamento e investimento) são bem menores que os bancos e emitem LCs para captar recursos para suas operações. Por serem menos conhecidos, acabam tendo que oferecer melhor retorno sobre seus investimentos para atrair mais clientes. 

Fundos Imobiliários

Um fundo imobiliário é uma espécie de “condomínio” de investidores, que juntam seus recursos para serem investidos conjuntamente no mercado imobiliário. 

A dinâmica mais tradicional é que o dinheiro seja usado na construção ou aquisição de imóveis, que depois são alugados ou arrendados. Por último, os rendimentos obtidos com essas operações são divididos entre os participantes.

Fundos de Investimentos

O funcionamento dos fundos segue uma dinâmica própria, relativamente fácil de entender. Os fundos podem investir em ativos de diversos tipos, como ações, CDBs, debêntures, moedas, derivativos e até investimentos no exterior. 

Existem algumas regras gerais sobre a concentração de investimentos, com o objetivo de proteger os investidores.

Os fundos podem aplicar no máximo 20% do patrimônio líquido em ativos emitidos pela mesma instituição financeira. Não há limite para títulos públicos federais. Há também uma série de limites relacionados ao tipo de ativo incluídos na carteira e aos investimentos realizados no exterior.

CRIs e CRAs

CRIs e CRAs são dois tipos diferentes, embora semelhantes, de títulos de renda fixa securitizados. A securitização é o mesmo que transformar recebíveis, como parcelas de uma venda a prazo ou pagamentos de financiamentos, em títulos que podem ser adquiridos por investidores.

A principal diferença entre CRIs e CRAs é a origem dos recebíveis securitizados. No caso dos CRIs, o lastro são os créditos vinculados ao setor imobiliário. Os CRAs são lastreados por empréstimos relacionados à produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos do agronegócio.

Franquia

Ao investir em uma franquia, você adquire um negócio ou marca consolidada no mercado. Isso traz vantagens competitivas e um bom retorno sobre o investimento. 

Então, quem busca uma franquia também procura por conhecimento do mercado, apoio na seleção e treinamento de funcionários, além de dicas de gestão.

A grande vantagem de escolher uma é a possibilidade de investir em um negócio com mercado e consumidores definidos. Nesse sentido, contar com a experiência de uma franqueadora pode contribuir para o sucesso do seu negócio. 

Onde investir hoje para ter lucro?

Responder a essa pergunta depende de uma série de fatores. Você precisa analisar, por exemplo, seu perfil, quantidade de dinheiro que tem para investir e objetivo.

Para quem deseja uma reserva de emergência é possível investir em tesouro Selic, CDB e fundo DI. Já as metas a curto prazo servem o CBD e LC, LCI e LCA e o fundo de renda fixa.

Mas para metas de médio prazo o recomendado são pré-fixados, fundo multimercado e debêntures. Por outro lado, se você deseja metas de longo prazo, o recomendado são os fundos de ações, ações e fundos imobiliários. Por fim, caso o objetivo seja aposentadoria, é possível investir em tesouro IPCA, ações e fundos de ações.

No entanto, se seu objetivo é se realizar profissionalmente, abrir um negócio é uma opção melhor. Nesse sentido, as franquias são uma alternativa mais simples e vamos explicar os motivos a seguir.

Vantagens e desvantagens de investir em uma franquia

As unidades franqueadas recebem apoio da franqueadora na escolha do ponto comercial, gestão, orientação gerencial e muito mais. Por isso, são formas mais simples de empreender.

Do mesmo modo, esse negócio conta com treinamento de funcionários, estratégias de marketing, criação de novos produtos, entre outros. 

Os franqueadores realizam um trabalho constante de inovação. Além disso, os franqueadores têm a credibilidade de uma marca. Isso facilita muito o trabalho de quem está abrindo uma empresa.

Nos sistemas de franquias, os controles sobre as operações do franqueado são constantes e permanentes. Por outro lado, esse modelo pode apresentar alguns pontos negativos.

Os serviços inicialmente garantidos pela franqueadora também podem ser ineficientes ou mesmo inexistentes, por exemplo. Assim, é preciso ter atenção à marca que vai escolher. 

A franqueadora tem a responsabilidade final pelo local, cabendo, na maioria das vezes, determiná-lo. Logo, isso pode ser um “fardo” a longo prazo, mas nada que uma boa análise inicial não resolva.

Melhores opções de franquias para você abrir

Agora vamos apresentar opções de franquias para você investir hoje. Dessa forma, analise muito bem as marcas e considere fatores como investimento inicial, tempo de retorno e modelo de negócio. 

[raio_x]

Agora que você está por dentro do assunto sobre onde investir hoje, que tal abrir o seu próprio negócio e começar a ganhar dinheiro? Não perca tempo!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje