Como fazer um plano de negócio de sucesso? Veja as informações necessárias!

Por
em
moça sorrindo e apertando mão de outra pessoa imagem ilustrativa texto plano de negócio de sucesso
Advertisement

Fazer um plano de negócio de sucesso é essencial para garantir que sua empresa vai ter bom lucro e bons resultados. Afinal, o plano de negócio é o planejamento da empresa; sem ele, você não conseguirá sair do lugar. Para ajudar você nessa tarefa, produzimos este conteúdo.

E não estamos exagerando quando dissemos que esse documento é fundamental. Segundo pesquisa, 60% das micro e pequenas empresas fecha por falta de um plano de negócios.

Então, vale a pena ter atenção na hora de planejar sua empresa. Seja ela iniciada do zero, seja uma franquia. Apesar de que, abrir uma franquia será um processo mais simples.

Checklist para fazer um plano de negócio de sucesso

Para determinar um plano de negócio de sucesso, é importante apresentar várias informações no documento. Nós listamos quais são logo abaixo. Acompanhe!

  • Defina quem serão os sócios 
  • Liste habilidades e funções
  • Defina as regras para o trabalho
  • Razão Social e Nome Fantasia
  • Missão, Visão e Valores da empresa
  • Setor do negócio
  • Forma jurídica
  • Regime tributário
  • Capital social
  • Fonte de financiamento
  • Análise de mercado
  • Estudo dos clientes
  • Estudo dos concorrentes
  • Pesquisa de fornecedores
  • Produtos e serviços
  • Plano de marketing
  • Preço
  • Estrutura de comercialização
  • Localização do negócio
  • Layout físico
  • Capacidade produtiva
  • Estimativa do estoque inicial
  • Processos operacionais
  • Colaboradores necessários
  • Estimativa dos investimentos fixos
  • Capital de giro
  • Investimentos pré-operacionais
  • Estimativa de faturamento
  • Custos unitários, de comercialização, com mão de obra, com depreciação e fixos operacionais
  • Investimento total
  • Ponto de equilíbrio
  • Rentabilidade
  • Prazo de retorno do investimento
  • Construção de cenários
  • Avaliação estratégica
  • Sumário Executivo

7 passos para abrir uma empresa

Fazer um plano de negócio pareceu trabalhoso? Realmente, são muitos passos para um bom planejamento, mas esse cuidado é fundamental para tirar a empresa do papel. Apenas assim você poderá prever o espaço e insumos necessários, o marketing para divulgação, metas de crescimento e mais.

Porém, abrir uma empresa vai bem além. É necessário realizar diversas outras etapas para tornar o negócio formal e legal.

A seguir, explicamos quais são essas etapas. Para todas elas, é interessante contar com o auxílio de um contador. O especialista vai tornar o registro mais fácil nos órgãos competentes, e ainda auxiliar em outros passos mais específicos do seu setor de atuação. 

1. Elabore o Contrato Social

Com um plano de negócios estabelecido, é necessário criar um documento mais “resumido” sobre a empresa. Esse documento será o contrato social, que deverá contar com os seguintes dados:

  • Nome, endereço, atividade e outros detalhes da companhia;
  • CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas);
  • Sócios e as atribuições de cada um;
  • Modelo tributário e jurídico da empresa; e
  • Capital social do empreendimento.

2. Faça o registro na Junta Comercial

Advertisement

Logo que elaborado, o contrato social precisa ser registrado na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas do seu estado. É esse o registro responsável por abrir a empresa oficialmente. Além do contrato social, é necessário apresentar:

  • RG, CPF e comprovante de residência dos sócios;
  • Requerimento Padrão da Junta Comercial;
  • FCN (Ficha de Cadastro Nacional);
  • Comprovante de pagamento da DARE e DARF; e
  • Documentos referentes ao local de instalação empresa (carnê do IPTU, contrato de locação etc.).

3. Obtenha o CNPJ

A inscrição do negócio na Junta Comercial gera um Número de Identificação do Registro de Empresas (NIRE). Com o número, é possível solicitar o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), por meio do site da Receita Federal. O CNPJ funciona como o RG do empreendimento e é fundamental para qualquer transação comercial. 

4. Faça a inscrição estadual

No passo seguinte da abertura da empresa, é necessário realizar a inscrição estadual dela. Mas esse registro não é obrigatório para todos os negócios.

Devem fazer o registro apenas os setores de comunicação, comércio, energia, indústria e serviços de transporte intermunicipal e interestadual.

5. Solicite as autorizações de funcionamento

Para a sua empresa começar a atuar, é necessário contar com vários outros registros. Serão as autorizações concedidas pelos órgãos competentes.

A licença ambiental, por exemplo, é disponibilizada pelos órgãos estaduais e municipais de meio ambiente, e também pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). 

Já a licença sanitária é concedida pela vigilância sanitária, enquanto o Corpo de Bombeiros avalia a segurança do espaço do negócio.

Produtos químicos controlados devem ser fiscalizados pela Polícia Federal. Os produtos de origem animal requerem autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e artefatos explosivos e bélicos, das Forças Armadas do Brasil. 

6. Solicite o alvará

O local escolhido para o negócio deve ser autorizado para a atividade. Para isso, é necessário solicitar o alvará de funcionamento da empresa, concedido pela Prefeitura Municipal.

Para o registro, costumam ser solicitados documentos como:

  • Formulário fornecido pela prefeitura;
  • CNPJ da empresa;
  • Contrato Social do empreendimento;
  • Laudo dos órgãos de vistoria; e
  • Consulta prévia de endereço aprovada.

7. Faça o cadastro na Previdência Social e no Órgão de Classe

Ainda é necessário fazer o cadastro na Previdência Social, para que a sua empresa possa arcar com os direitos trabalhistas dos colaboradores. 

Já o cadastro no Órgão de Classe deve ser realizado sempre que o setor profissional possuir essa associação específica. Alguns exemplos de órgãos de classe são o Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e o Conselho Federal dos Representantes Comerciais (CONFERE).

Agora que você já sabe como fazer o planejamento de negócio e como abrir a sua empresa, é hora de tirar os planos do papel. Invista tempo e faça uma análise detalhada. Construir uma base sólida e cuidadosa vai diminuir os percalços no caminho do empreendimento.

Como dissemos, você pode optar por abrir uma franquia. Dessa forma, vai ter um plano de negócio de sucesso predefinido, só precisando seguir a orientação da franqueadora. Para conhecer franquias para abrir, você pode clicar no botão abaixo.

Se preferir, você pode contar com uma consultoria gratuita para escolher seu negócio. Neste caso, acesso: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement