Qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro e recuperá-lo rápido

Por
em
Qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro: Simbologia das franquias por meio de blocos
Advertisement

Diante do cenário de crise econômica, é muito comum encontrar pessoas querendo saber qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro. 

Com o desemprego em alta, muitas pessoas precisaram mudar de vida para reduzir ao máximo os impactos da crise. Se você é do grupo de pessoas que pensa em empreender e quer aproveitar o formato de franquias, nesse conteúdo reunimos informações valiosas sobre esse modelo de negócio. 

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 5 em cada 100 franquias fecham as portas antes de dois anos de operação. Em comparação com os empreendimentos próprios, ¼ das empresas encerram as atividades no mesmo período de tempo.

Muito da segurança do investimento em franquias se dá pelos suportes e treinamentos que as franqueadoras oferecem aos empreendedores. Dessa forma, os franqueados têm acesso ao know-how e expertise que tornaram a marca referência no mercado. 

Por isso, preparamos o texto a seguir com dicas para você conseguir escolher as melhor marcas e uma lista com algumas franquias que podem ser interessantes para o seu perfil.

Vantagens de abrir uma franquia com pouco dinheiro

Primeiramente, é normal se sentir inseguro ao abrir um negócio em um momento de crise. E podemos dizer que nós, brasileiros, já vivenciamos algumas situações de crise nos últimos anos que trouxeram reflexos para o mercado econômico.

Por mais que todo investimento esteja exposto a algum risco, as franquias são modelos de negócios que permitem uma facilidade maior de desenvolvimento devido ao seu plano de negócio.

Por essa razão, fala-se tanto que abrir uma franquia é mais seguro do que investir em uma empresa que iniciará todo o processo do zero. Sem a devida orientação, é muito mais demorado e arriscado não ter um planejamento já definido para ser colocado em prática.

Assim, o modelo de negócio das franquias permite ao franqueado perceber o resultado em menor espaço de tempo. Além disso, os empreendedores contam com suporte da rede para que a unidade atinja o ponto de maturidade e comece a dar lucros.

Como apresentamos no início do conteúdo, as franquias têm mortalidade muito menor. Segundo pesquisas, apenas 5% das franquias fecham as portas dentro de um período de até dois anos. No caso de empresas comuns, esse percentual sobre para 23%.

Essa diferença tão grande uma e outra está apoiada nos suportes e treinamentos recebidos pelos franqueados, além da atuação com base em um plano de negócio já testado e aprovado no mercado. Esses ingredientes são a receita do sucesso.

Ao investir em um modelo de franquia, todo franqueado conta com as seguintes vantagens:

  • Plano de negócio preestabelecido;
  • Uma marca reconhecida no mercado;
  • Taxa de mortalidade menor que a de outros negócios;
  • Previsibilidade sobre faturamento e retorno de investimento;
  • Suporte da franqueadora.

Para saber tudo sobre as vantagens de abrir uma franquia, baixe gratuitamente o nosso ebook!

E-book "As vantagens de abrir uma franquia: o guia definitivo".

Por que devo abrir uma franquia mesmo com pouco dinheiro?

O seu objetivo é abrir um negócio próprio, mas anda pensando se realmente pode valer a pena investir o pouco dinheiro que você tem nesse empreendimento? Nós vamos explicar que essa pode ser, sim, uma oportunidade única de realizar o seu objetivo.

Por mais que pareça arriscado, se você optar por um negócio que esteja alinhado com o seu perfil de empreendedor, e com boas perspectivas no mercado, essa pode ser a sua chance de sucesso.

Claro que tudo vai depender do seu empenho. Isso porque, em qualquer modelo de negócio, é essencial ter comprometimento com a gestão e operação. Já falamos que os franqueados encontram suporte e treinamentos completos, por isso, não abra mão de contar com o auxílio da rede.

Abaixo, vamos mostrar porque você deve empenhar seus esforços escolhendo por uma franquia. Continue a leitura.

Menos concorrência no mercado

Com um cenário econômico incerto, muitos empreendedores se sentem inseguros e acabam por não investir em um modelo de negócio. Outros até desistem de manter o negócio de pé.

Sendo assim, aqueles que decidirem enfrentar os riscos, que existem, independente da situação, poderão se destacar no segmento que vão atuar. Isso porque, não haverá tanta concorrência direta, como de costume.

Além disso, com o plano de negócios desenvolvido pela franqueadora, os suportes de marketing e de vendas, as franquias conseguem desenvolver boas estratégias para superar os desafios econômicos.

Alta mão de obra disponível

Advertisement

Em momentos de dificuldades financeiras, muitas pessoas acabam ficando desempregadas.

Portanto, a mão de obra para atuação na sua franquia será mais ampla e você poderá buscar por bons profissionais disponíveis no mercado de trabalho para atuar junto ao seu negócio.

Basta realizar uma boa seleção. Como mencionamos na introdução deste conteúdo, existem pessoas dispostas a retomar suas buscas por novas oportunidades e empreendedores esperando a chance de abrir o próprio negócio.

Esse é, portanto, o momento de investir na procura por bons profissionais que estão em busca de recolocação.

Momentos difíceis não são permanentes

Por mais que as crises sempre aconteçam, esses momentos não duram para sempre. Já passamos por diversas crises e, em média, o tempo de duração é de dois anos. E com a retomada da economia, o poder de recuperação tende a ser bem menos demorado.

Quer dizer que o mercado comercial pode estar retraído, mas vai se recuperar e, quando isso acontecer, você já estará atuando à frente de seu negócio.

Até porque, uma franquia tem um tempo para ser inaugurada e começar a apresentar lucros. Se a sua opção for um modelo home office, por exemplo, é possível que o seu ramo de atuação seja mais favorável ao momento, uma vez que a atuação é virtual.

Porém, se for uma loja física, vai precisar de um pouco mais de tempo para colocá-la em prática. Até o momento de recuperação econômica, o seu negócio já terá meses de atuação e um bom reconhecimento no mercado local.

Despesas menores

Para abrir uma franquia com pouco dinheiro, é muito mais provável que a sua opção seja por um modelo de negócio mais acessível.

Neste caso, a maioria das oportunidades do franchising são de franquias mais enxutas, com operação home office ou, se for modelo físico, em estruturas mais compactas.

A modalidade home office apresenta baixíssimos custos de implantação e operação, uma vez que você trabalhará de casa e precisará apenas de um computador e acesso à internet. Também não há custo com funcionários, contas extras de aluguel, IPTU, luz, água e internet, nem gestão de estoque.

Há algumas modalidades físicas que também apresentam baixos custos, como as franquias de quiosque e food truck. Esses formatos apresentam alguns custos de instalação e operação. Mas são bem inferiores se comparados com uma franquia tradicional de loja, aquelas mais robustas.

A seguir, reunimos cinco dicas que podem ser muito úteis para você ao procurar uma franquia para investir.

5 dicas para investir em franquia com pouco dinheiro

Vemos um checklist impresso (imagem ilustrativa). Texto: qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro.
Seguir algumas dicas para definir a melhor escolha é um fator primordial.

Agora que você sabe que existem vantagens ao abrir uma franquia mesmo com pouco dinheiro, vamos dar algumas dicas de como escolher o seu modelo ideal de franquia para atuar.

Com essas dicas fundamentais, será possível abrir um empreendimento com baixos riscos. Avalie a seleção de dicas que trouxemos aqui e se prepare para iniciar um negócio com mais assertividade. Veja.

1. Escolha a sua área de atuação

Primeiramente, a ação de escolha e definição do seu ramo de atuação são os passos mais importantes para o seu investimento. É preciso ter afinidade com o que vai realizar, além de estudar se o negócio é compatível com o momento atual.

Não adianta apenas imaginar o que vai ser mais atrativo financeiramente, mas o que vai lhe trazer certo prazer em atuar. O seu desempenho vai depender inclusive do seu grau de satisfação com o que irá fazer.

Não é porque você vai abrir uma franquia com pouco dinheiro que não vai precisar se dedicar a ele. Muito pelo contrário. Se o seu objetivo é fazer um bom investimento por mais que seja mínimo, a ideia é que ele seja bem-sucedido.

2. Faça um planejamento financeiro

Nesse momento, é provável que você já deva ter realizado uma análise financeira de suas condições para investir, já que o seu fator financeiro é menor.

Busque por opções que sejam mais acessíveis como os modelos de negócio home office. Esses não têm taxas de instalação de loja nem alugueis ou despesas convencionais para custear a manutenção do ponto.

Assim, será mais fácil adquirir e já sair trabalhando. Vai depender mais de sua atuação para alcançar bons resultados, pois nesse modelo é preciso ter muita dedicação, empenho e foco.

Em resumo, não deixe de estudar a sua situação financeira. Isso é importante para não correr riscos com o investimento. Caso não tenha isso em mente, as chances de o empreendimento não dar certo serão maiores. 

3. Faça contato com as franqueadoras

Feita a pesquisa sobre o seu modelo ideal de negócio e as condições financeiras possíveis para iniciá-lo, chega o momento de entrar em contato com a franqueadora.

Assim, o primeiro passo é fazer um cadastro no site da franqueadora escolhida e aguardar por um retorno.

Assim que possível, a marca irá avaliar o seu perfil e entrar em contato para uma conversa sobre as suas intenções e condições de investimento no negócio.

Essa é a oportunidade de você demonstrar seus objetivos com o empreendimento e também sobre suas condições financeiras.

Essa conversa é essencial para que a franqueadora conheça bem o seu perfil. Ao mesmo tempo, é a sua oportunidade para conhecer melhor a franqueadora e tirar todas as dúvidas.

4. Estude a Circular de Oferta de Franquia

A partir dessa primeira conversa, estando ambas as partes alinhadas, a franqueadora irá enviar ao candidato a Circular de Oferta de Franquia (COF). O documento contém todas as informações sobre o empreendimento.

Esse documento é de extrema importância para a sua entrada no negócio. A COF apresenta valores de investimento, taxas, previsão de faturamento, prazo de retorno. No documento também constam todas as características da franquia, direitos e deveres do franqueado e da franqueadora.

O objetivo da COF é que todas as suas dúvidas relativas à franquia sejam esclarecidas e informadas antes da assinatura do contrato. De acordo com a Lei de Franquias, os candidatos têm 10 dias para estudar a COF antes de assinar qualquer documento.

5. Pesquise sobre as demais unidades da franquia

Uma outra ação que auxilia na tomada de decisão é entrar em contato com os franqueados da rede. Na COF, estão presentes informações de contato dos atuais e ex-franqueados da marca.

Com isso, você poderá marcar uma conversa com alguns deles para saber como é a relação com a franqueadora, se os suportes e treinamentos prometidos são oferecidos de fato, como é o dia a dia de operação da unidade etc.

A partir dessa conversa, você terá uma noção ainda mais real sobre o investimento que está prestes a adquirir. É também uma oportunidade de avaliar se a rede e o modelo de negócio escolhido são realmente ideais para o seu perfil.

Qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro?

Para você saber qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro, o primeiro passo é conhecer em qual área a empresa atua. Vale lembrar que passamos por um momento de crise, em que as empresas estão precisando se reinventar para se manter vivas. 

Dessa forma, dois tipos de empreendimentos ganharam força. Primeiramente, as conhecidas omnichannel – formato em que se mesclam os atendimentos off-line e on-line, trabalhando para que o cliente seja o centro de todo o processo.

Já em segundo plano, mas não menos importante, estão as empresas consideradas essenciais. Entre eles estão negócios voltados para saúde, distribuidoras, segurança, assistência social, limpeza etc. 

Não é à toa que segmentos como o de Alimentação sempre se mantém em alta. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2020, o setor teve um faturamento de R$ 40,8 bilhões. 

Ao mesmo tempo, tivemos como destaque o segmento de Saúde, Beleza e Bem-estar, com um faturamento de R$ 35,2 bilhões. 

E claro, não podemos deixar de mencionar os serviços automotivos que tiveram uma alta de 89% em 2020, de acordo com uma pesquisa do GetNinjas

Assim, se seu objetivo é fazer um investimento dentro desse cenário de crise, que tem diversos pontos positivos, como baixa concorrência e bons ganhos, a melhor opção é estudar o setor desejado e achar um empreendimento que valha a pena.  

12 franquias para abrir com pouco dinheiro

Agora que você sabe como escolher a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro, separamos algumas opções de empreendimento para ajudar você a tomar uma decisão. Seja sobre o setor que mais lhe agrada ou mesmo para conhecer melhor as marcas que apresentamos. 

Assim, será mais fácil abrir a sua mente para analisar algumas opções de segmentos de bom desempenho no mercado, independente de crise ou do montante disponível.

Afinal, não é o valor que se investe mas a forma como se conduz o empreendimento que vai dizer se você será ou não um empreendedor de destaque no seu ramo de atuação. Confira!

1. Quisto Corretora de Seguros

Voltada para o mercado de seguros, a Quisto é uma franquia de Belo Horizonte que está há quase 10 anos no ramo. Um dos grandes destaques da rede, em comparação com seus concorrentes, são os 100 serviços no catálogo que podem ser contratados pelos clientes. 

Dessa forma, é possível negociar seguros de saúde, vida, carro, pet, residencial, planos de saúde e odontológico, sem contar os serviços voltados para o setor financeiro, como consórcios. 

Além disso, graças ao sistema exclusivo utilizado pela Quisto, o franqueado pode gerar mais de 20 orçamentos diferentes. Dessa forma, o seu cliente pode escolher a seguradora que melhor atender as suas necessidades. 

Por fim, também vale a pena destacar as taxas de comissionamento oferecidas pela empresa. Dependendo do tipo de ativo negociado, o retorno financeiro pode ser até de 45%, um dos maiores do mercado. 

A revista Segs mostrou em uma matéria que a franquia Quisto possui uma forma de operação simples e uma infraestrutura enxuta, o que facilita a atuação dos seus franqueados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 21 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 18 meses

Separamos um infográfico a seguir para mostrar a você as vantagens de atuar no mercado de seguros. Veja. 

Infográfico "10 números sobre o mercado de seguros no Brasil".

2. Acquazero

A Acquazero é uma rede com origem no estado de São Paulo e que tem como objetivo fazer a limpeza de um carro com apenas 300 ml de água. Ou seja, consumindo mil vezes menos que os lava jatos tradicionais. 

Com base no trabalho sustentável e utilizando apenas produtos biodegradáveis, a empresa teve o seu “boom” durante a crise hídrica que atingiu o Brasil entre os anos de 2014 e 2016.

Assim, com a alta procura por serviços de qualidade e que não gastassem tanta água, a Acquazero ganhou destaque no mercado. Atualmente, ela é considerada a maior dentre as redes de franquias de estética automotiva do Brasil pela ABF.

Com o passar dos anos, a Acquazero foi aumentando o seu catálogo de serviços e hoje conta com diversas opções, como polimento, higienização interna, limpeza completa do ar-condicionado etc. 

Além disso, o franqueado pode realizar diversos trabalhos dentro da casa de seus clientes, como em sofás, colchões, carpete, tapete e estofado. Porém, essa modalidade só está disponível para quem optar pelo home office. 

Segundo Henrique Mol, presidente da marca, a Acquazero não só está presente em um mercado em ascensão, como também possui toda uma estrutura que propicia o seu crescimento.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 23 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 12 mil
  • Prazo de retorno: entre 3 e 18 meses

Para que você conheça um pouco mais sobre a Acquazero, separamos um vídeo sobre a marca abaixo. Confira!

3. PremiaPão

Com a franquia PremiaPão, é possível atuar com anúncios em sacos de pão, oferecendo espaço para a publicidade de empresas locais. A ideia é usar o espaço em um mídia prática e que alcança grandes públicos. 

Desse modo, um franqueado da PremiaPão pode atuar em casa, buscando parceria com pequenos e grandes negócios que desejam anunciar. Para isso, ele conta com toda estrutura e suporte. 

Isso porque, a marca oferece plano de carreira, apoio inicial, material de auxílio em vendas, suporte em marketing, plataforma para treinamentos e mais. Ainda, a franquia realiza a entrega gratuita dos sacos em padarias parceiras. 

No mercado desde 2015 e, atualmente, com mais de 15 mil anunciantes, a franquia trabalha com um produto sustentável. Todos os sacos são biodegradáveis e impressos com tintas atóxicas. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 10 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 17 mil
  • Prazo de retorno: entre 4 e 8 meses 

4. Monitorias

No mercado desde 2015, a franquia Monitorias é uma marca que reúne reforço escolar e aulas particulares em um sistema on-line. Sendo assim, para trabalhar com a franquia, o investidor não precisa manter um ponto comercial, podendo operar em home office. 

Além disso, para tornar todo o processo ainda mais prático, a franqueadora oferece acompanhamento antes da inauguração da unidade, treinamento baseado no know-how da marca e suporte periódico com capacitação. 

O público-alvo da franquia são crianças e adolescentes que buscam melhorar seu desempenho escolar. Logo, os acompanhamentos podem ser feitos para estudantes do Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. 

Inclusive, a franquia conta com uma metodologia exclusiva, que trabalha o aprendizado por meio de um método rápido e intuitivo. Dessa forma, os alunos podem encontrar conteúdos adequados para a necessidade de cada um. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 5.990,00
  • Faturamento médio mensal: R$ 16 mil
  • Prazo de retorno: entre 5 e 7 meses

5. Yes! Cosmetics

Com uma linha exclusiva de produtos, a franquia Yes! Cosmetics é especializada em perfumes, produtos para cuidados pessoais e vários tipos de maquiagens, como bases, sombras, blush e afins. 

Aliás, a marca possui um catálogo com mais de 250 opções, sendo que 50% da linha é vegana e nenhum produto é testado em animais.

Desse modo, para se tornar um franqueado, é possível investir no modelo de loja física ou no quiosque. Mas em ambos os casos, as vendas podem ser feitas não só no local, como também pelo e-commerce ou venda direta. 

Além disso, pelo franchising, o processo de empreender se torna mais seguro. Isso porque, a Yes! Cosmetics oferece treinamentos para os franqueados, bem como suporte para divulgação da unidade, consultorias e manuais de apoio. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 125 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 36 meses

6. Home Angels

Diante do cenário de pandemia, os cuidados com a saúde, principalmente dos idosos, devem ser redobradas. Dessa forma, podemos dizer que a Home Angels é um bom investimento. 

Afinal, a marca trabalha com cuidadores de diversas especialidades, todos treinados e preparados para enfrentar os mais variados desafios da profissão com qualidade e respeito ao próximo.  

Além disso, vale destacar que a Home Angels oferece serviços de cuidadores para adultos, crianças, acompanhamento psicológico, pós-cirúrgico e gestantes. Dessa forma, podemos considerar a franqueadora uma das maiores da América Latina. 

São mais de 160 franqueados espalhados por diversos estados brasileiros. Os valores de investimento variam de acordo com a quantidade de pessoas em sua cidade, proporcionando maior adequação à realidade vivida pelo franqueado.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 41 mil
  • Faturamento mensal médio: a partir de R$ 45 mil
  • Prazo de retorno: não informado

7. Sem Aperto

Considerada por muitos a pioneira no Brasil quando se trata de Fintechs, empresas que unem tecnologia com financeiro, a Sem Aperto surgiu no mercado com o objetivo de oferecer uma nova forma de trabalhar com cartão de crédito, seja pessoa física ou jurídica. 

Assim, a empresa trabalha para que seus clientes possam fazer diversos parcelamentos, como de cartão de crédito, multas, IPVA e outras cobranças. Porém, uma das grandes vantagens da marca são suas taxas mais atrativas do que os demais sistemas. 

Com base na sua consolidação no mercado, a Sem Aperto preza pelo bom atendimento dos seus parceiros, oferece treinamentos e suportes diferenciados para os franqueados e, por fim, é reconhecida pela qualidade dos serviços prestados.  

Com mais de cinco anos de atuação, outra forma de obter retorno financeiro são as maquininhas de cartão para os microempreendedores. Além disso, existe o sistema de empréstimo em que o cliente paga a dívida após vender todas as suas mercadorias adquiridas devido ao empréstimo. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 15 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 3 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 8 meses

8. Rede Vistorias

Vemos um profissional sentado à mesa; sobre ela temos um tablet, caderno, esquadro e capacete de proteção para construção civil (imagem ilustrativa). Texto: qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro.
A Rede de Vistorias é uma das marcas com baixo investimento e boas possibilidades de retorno financeiro.

Para compor a lista com a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro, separamos uma oportunidade diferente.

Neste caso, atuando em um segmento mais voltado para serviços gerais, a Rede Vistorias é uma marca que busca entregar diversos tipos de vistorias relacionadas ao setor imobiliário. 

Dessa forma, devido ao sucesso do seu modelo de franquia, logo a demanda aumentou obrigando a marca a se expandir por meio das franquias.

Assim, com base na experiência da empresa no mercado de imóveis residenciais ou empresariais, a Rede Vistorias se tornou um dos grandes destaques do mercado. 

Uma das pioneiras nesse tipo de empreendimento, a marca oferece manuais, treinamentos e suportes para seus franqueados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 42 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 7 e 9 meses

9. Ponto TV

Quantas vezes você esteve em uma sala de espera qualquer e reparou que na televisão passava anúncios ou informações diferentes do habitual? É com esse tipo de negócio que a Ponto TV atua. 

Assim, desenvolvendo uma programação de acordo com a necessidade de seus clientes, a marca cria campanhas publicitárias e as organiza para serem divulgadas dentro de espaços determinados pelos clientes. 

Com isso, é possível colocar uma televisão em escritórios, agências, consultórios e empresas. Para realizar o trabalho, basta que o cliente escolha o seu pacote e onde deseja que as TVs sejam instaladas. Após isso, é feita uma reunião para determinar a programação de divulgação. 

Com o sucesso, mais de 45 mil pessoas já foram impactadas pela Ponto TV em aproximadamente 75 locais que contam com as instalações. Vale destacar que todo o serviço relacionado à programação é feito por meio da central. Ao franqueado cabe apenas a captação e fechamento de novos contratos. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 31 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 7 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 12 meses

10. Kumon

Voltada para o mercado de educação e se preparando para o “novo normal”, a franquia Kumon pode ser uma boa opção para quem busca um investimento com boas perspectivas para o futuro. 

Além de contar com diversos materiais didáticos exclusivos, a marca possui suporte completo e oferece treinamentos para ensinar o método de ensino que a tornou uma referência no mercado. 

Não à toa, a Kumon já atendeu mais de 180 mil alunos no Brasil e é considerada a 7ª maior rede do país pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Atualmente, são mais de 1,5 mil unidades espalhadas em todos os estados e em 550 cidades, aproximadamente.

O grande diferencial da empresa é permitir que seus alunos possam desenvolver habilidades que irão lhe auxiliar a enfrentar diversos desafios ao longo da vida.

Apesar de ser uma empresa especializada no ensino da matemática e da lógica, também são oferecidos cursos de Português, Inglês e Japonês. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 35 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 30 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 24 meses

11. SMS Digital

Diante do novo cenário, trabalhar com a comunicação digital se tornou ainda mais importante. Se antes as empresas tinham prazo para se adequar as mudanças que estavam surgindo, hoje elas precisam estar nesse mercado para serem vistas. 

Afinal, com o isolamento social e um menor número de pessoas circulando pelas cidades, é preciso conseguir maneiras alternativas de divulgar o seu trabalho. É aí que entra a SMS Digital, uma marca especializada em comunicação digital/móvel no Brasil. 

Dessa forma, conectando pessoas e empresas, a marca trabalha com um sistema de disparo de mensagens em massa. Assim, com apenas um clique, o seu cliente consegue ter mais uma forma de manter contato com os antigos, atuais e futuros consumidores. 

Até o momento, são mais de 150 unidades espalhadas pelo Brasil, aproximadamente 8 mil pessoas atendidas e um lucro que pode chegar a 100%, dependendo da venda que for feita pelo franqueado. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 5 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 10 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 12 meses

12. Fábrica de Bolo

Para descobrirmos qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro, é necessário navegarmos por diversos segmentos. E agora, falando do setor alimentício, um bom empreendimento pode ser a Fábrica do Bolo. 

Criada em 2008, a empresa surgiu com base nas receitas de Dona Alzira Ramos. Uma cozinheira com mais de 70 anos e que viu nos bolos uma chance de superar uma perda familiar e se reerguer economicamente. 

Assim, ela passou a se dedicar a fabricação de bolos caseiros. No começo, foram lançados cinco sabores. Porém, devido ao sucesso da receita, não demorou para a marca aumentar o catálogo e o seu número de vendas. 

Atualmente, são mais de 300 mil bolos vendidos por mês. Dessa forma, para se tornar um franqueado da Fábrica de Bolo, é necessário ser dedicado ao empreendimento, ter facilidade para lidar com pessoas e afinidade com o setor alimentício. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 55 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 30 mil
  • Prazo de retorno: entre 16 e 24 meses

Cuidados na hora de abrir uma franquia com pouco dinheiro 

Ao fazer um investimento, seja ele com qualquer valor, é sempre importante tomar certos cuidados para que o processo seja seguro. 

Para começar, não se esqueça de se organizar financeiramente. Além de realizar os pagamentos iniciais, você precisa contar com uma reserva suficiente para se manter nos primeiros meses. 

Isso porque, um negócio pode demorar um tempo para começar a dar retorno. Assim, é fundamental não estar despreparado, caso um imprevisto aconteça. 

Da mesma forma, como já pontuamos ao longo do texto, não deixe de pesquisar sobre a marca e conhecê-la a fundo. Sua unidade terá sucesso se estiver ligada a uma empresa de credibilidade e que oferece os suportes adequados. 

Ao mesmo tempo, não se esqueça de que a sua dedicação é parte fundamental para o crescimento da unidade. Logo, não deixe de se preparar, prestar atenção aos treinamentos e tirar dúvidas com a franqueadora. 

E claro, durante a operação, mantenha-se focado nos seus objetivos e busque sempre aperfeiçoar suas habilidades para entregar o seu melhor. 

Opções úteis para quem quer abrir uma franquia com pouco dinheiro 

Ao longo do texto, você pôde perceber que existem muitas franquias baratas para quem quer empreender sem precisar gastar muito. 

Mesmo com tanta variedade e valores em conta, é normal que algumas pessoas tenham algum receio de investir devido a questões financeiras. Por isso, separamos a seguir algumas dicas que podem ajudar nessa etapa. 

Procure um sócio 

Uma alternativa para abrir um negócio com pouco dinheiro e mais estabilidade é encontrar um sócio para o negócio. Isso porque, um sócio irá lhe ajudar financeiramente e será um parceiro ao longo da operação. 

Desse modo, você pode procurar uma pessoa de confiança, seja um familiar ou amigo. Mas claro, alguém que esteja alinhado com os seus objetivos e que também se identifique com o negócio proposto. 

Em seguida, é preciso combinar e regulamentar a participação de ambos, desde o quanto cada um irá investir, até as responsabilidades e funções previstas para o momento de funcionamento da unidade. 

Encontre um bom financiamento 

Já para quem deseja empreender sozinho, uma alternativa é o financiamento. Com ele, você pode encontrar opções de crédito ideais e que vão ajudar você a adquirir a franquia e se manter estável. 

Inclusive, há muitas instituições financeiras no mercado que oferecem serviços como esse. Logo, você terá um catálogo amplo de opções para analisar. 

No entanto, é sempre importante ressaltar que você deve prezar pela sua segurança, portanto, avalie tudo com o máximo de cuidado. Ainda, só solicite o serviço se for viável e se isso não for lhe prejudicar em algum momento. 

Dependendo da sua situação financeira, um financiamento pode ser arriscado. Por isso, coloque todos os valores de forma organizada em uma planilha, faça contas, planejamentos e procure entender se essa será ou não uma boa opção para o seu caso. 

Agora que você sabe qual a melhor franquia para abrir com pouco dinheiro, o que acha de aprender mais sobre o franchising? Continue em nosso blog e confira o post: O que considerar na hora de escolher uma franquia para investir?

Se preferir, você pode contar com a ajuda de nossos profissionais em uma consultoria gratuita. Assim, é possível ter o acompanhamento certo para escolher a franquia ideal. Acesse henriquemol.com.br

*Informações publicadas em Setembro/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement