O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Hotelaria e Turismo » Tipos de franquias mais baratas do Brasil, para você começar o seu negócio

Tipos de franquias mais baratas do Brasil, para você começar o seu negócio

Sumário

Se você está em busca de um negócio próprio, mas não possui um capital muito elevado para investir, as franquias mais baratas podem ser uma alternativa. Neste artigo, apresentaremos alguns dos tipos de franquias mais baratas do Brasil, para ajudá-lo a escolher a opção ideal.

No ano de 2022, os dados da pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF), apontaram que o mercado de franquias alcançou um faturamento de R$ 211,4 bilhões. Dessa forma, mostra que o setor de franquias está em expansão, tornando-se uma alternativa para ganhar dinheiro.

O mercado de franquias oferece diversas opções de negócios com investimento inicial reduzido, possibilitando que empreendedores iniciantes possam ingressar nesse ramo com mais facilidade. Então, continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

Quais são os tipos de franquias mais baratas do mercado?

Dentre as opções disponíveis, destacam-se as franquias Online, Home Based e Home Office. As franquias online apresentam a vantagem de não exigir a locação de um espaço físico para a realização das atividades. Logo, reduz consideravelmente os custos iniciais.

Além disso, esse modelo de franquia costuma apresentar uma estrutura enxuta, com poucos funcionários e investimento em marketing digital. Assim possibilitando uma gestão mais simplificada.

As franquias Home Based, por sua vez, são aquelas que podem ser operadas a partir da própria residência do franqueado. Esse modelo de negócio é indicado para quem deseja ter mais flexibilidade de horários e economizar com deslocamentos e aluguéis de espaço.

Normalmente, as franquias Home Based oferecem serviços de consultoria, vendas diretas ou suporte técnico.

Por fim, temos as franquias Home Office, que possuem uma estrutura semelhante às franquias Home Based, mas com uma característica adicional: a possibilidade de trabalhar remotamente.

Esse modelo de franquia é bastante interessante para quem deseja trabalhar com tecnologia, desenvolvimento de software e outros serviços. Porém, para realizar a partir de um computador e uma conexão com a internet.

Vale a pena investir em uma franquia barata?

Sim! Uma das principais vantagens de uma franquia barata é o baixo custo de entrada. Geralmente, essas franquias exigem um investimento inicial menor do que as franquias maiores e mais estabelecidas. O que pode tornar o processo de investimento mais acessível para empreendedores iniciantes.

Além disso, muitas franquias baratas oferecem treinamento e suporte contínuos aos franqueados. Dessa forma, pode ajudar na gestão e na tomada de decisões importantes.

No entanto, lembre-se que uma franquia barata pode não ter o mesmo potencial de lucro que uma franquia maior e mais estabelecida.

Isso porque, pode haver menos suporte disponível para ajudar os franqueados a enfrentar os desafios e obstáculos que podem surgir ao longo do caminho. Portanto, é fundamental fazer uma pesquisa cuidadosa antes de investir em qualquer franquia.

Outra desvantagem a ser considerada é a possibilidade de uma limitação geográfica. Muitas franquias baratas podem ter uma abrangência territorial limitada. Sendo assim, restringindo a capacidade de expansão do negócio.

Isso pode ser especialmente problemático para franqueados que desejam crescer e expandir seus negócios a longo prazo. A seguir, confira uma lista com os tipos de franquias mais baratas para você abrir e ganhar dinheiro.

As franquias mais baratas para investir no Brasil

Investir em franquias é uma opção atraente para quem deseja empreender. Mas muitos empreendedores iniciantes podem se sentir intimidados pelo alto custo de algumas franquias. Porém, aqui você verá que existem opções acessíveis que podem ser igualmente rentáveis.

Confira uma lista das franquias mais baratas para investir no Brasil e descubra alternativas que podem ser ideais para o seu perfil e orçamento. Acompanhe!

[raio_x]

Como escolher uma franquia de baixo custo?

Em primeiro lugar, é importante avaliar o segmento de atuação da franquia. Algumas áreas podem ter maior potencial de crescimento e rentabilidade. Por outro lado, outras podem estar saturadas ou em declínio. Desse modo, é preciso pesquisar o mercado e identificar as tendências.

Nesse sentido, outro fator a considerar é o suporte oferecido pela franqueadora. Então, é essencial que ela ofereça treinamento e suporte técnico aos franqueados. Além de um plano de negócios sólido e bem estruturado.

Também é importante avaliar o modelo de negócio da franquia. Algumas redes de baixo custo podem exigir uma dedicação maior do franqueado. Como é o caso das franquias Home Based, que exigem que o empreendedor trabalhe em casa.

Já outras franquias podem exigir um ponto comercial, o que pode aumentar os custos. Por fim, é importante avaliar a reputação da franqueadora no mercado. Por isso, busque por referências de outros franqueados e verifique se a franqueadora possui alguma pendência jurídica.

Ao seguir essas orientações, você poderá escolher uma franquia de baixo custo que seja rentável e que atenda às suas expectativas como empreendedor. Agora, potencialize o seu conhecimento sobre ter uma franquia. Conte com o curso Franquias: Guia prático para iniciantes. Acesse e saiba mais sobre as aulas.

Passo a passo para abrir a sua franquia barata

Abrir uma franquia barata pode ser uma boa oportunidade para quem deseja empreender sem gastar muito dinheiro. Mas você precisa seguir alguns passos importantes para garantir o sucesso do negócio.

Primeiramente, é fundamental pesquisar o mercado para identificar quais são as franquias mais promissoras e acessíveis. Logo, é possível fazer isso por meio de sites especializados e consultorias especializadas.

Em seguida, é necessário avaliar o perfil do empreendedor e as suas habilidades para escolher uma franquia que esteja alinhada com as suas expectativas e necessidades.

Outro ponto importante é analisar, como dito, o suporte oferecido pela franqueadora. Por exemplo, treinamentos, manuais e suporte técnico. Dessa forma, há como garantir que o franqueado terá as ferramentas necessárias para gerir o negócio de forma eficiente.

Além disso, siga um plano de negócios e um plano de marketing para atrair e fidelizar clientes. Depois, estabeleça metas e estratégias para alcançar o sucesso financeiro.

Por fim, é fundamental estar atento às normas e regulamentações do setor e contar com o apoio de profissionais especializados. Por exemplo, advogados e contadores, para garantir que o negócio esteja em conformidade com a legislação vigente.

Agora que você já conhece os tipos de franquias mais baratas, abra o sua unidade e ganhe dinheiro.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje