Vantagens de ser um franqueador: por que entrar para o franchising?

Por
em
Imagem de um desenho comemorando em frete a tela de um computador, na qual sai uma mão segurando um saco de dinheiro. Ilustração do texto sobre vantagens de ser um franqueador.
Advertisement

O mercado de franchising tem chamado a atenção de muitos empreendedores que querem aproveitar as vantagens de ser um franqueador.

Transformar a empresa em uma franquia pode ser um grande passo para o desenvolvimento da marca. Da mesma forma, é uma boa maneira de investir neste crescimento de maneira sólida.

Porém, é um processo que deve ser feito com cuidado, além de exigir uma boa organização interna da empresa. Mas se for bem executado, é capaz de render muitos frutos para a marca.

5 vantagens de se tornar um franqueador

As vantagens de ser um franqueador estão nas possibilidade que se abrem com a transformação da empresa em uma rede de franquias.

Com o modelo de franquia, a empresa pode dar um salto, com investimentos vindos dos empreendedores que desejam ser donos do próprio negócio. Além, é claro, de outras vantagens, como mostraremos.

1. Expansão do negócio

A empresa que passa por um processo de franqueamento abre possibilidades de se expandir no mercado de uma maneira interessante.

Nesse sentido, ao se tornar uma franquia, a marca expande sua atuação com as novas unidades. E ainda, sem a necessidade de investir diretamente em cada nova loja.

No franchising, o risco da empresa é bem menor, pois é o franqueado que é responsável pela unidade. É ele que investe de seu bolso e que orienta o negócio.

Da mesma forma, a cada nova unidade, a empresa aumenta a sua atuação no mercado. Se antes ela atuava em apenas algumas regiões, com a expansão da franquia aumenta seu alcance.

Logo, com este modelo de negócio a empresa pode rapidamente  expandir sua atuação, pois a gestão das unidades não fica centralizada na marca.

Com isso, ela será capaz de inaugurar diversas unidades em um curto espaço de tempo.

Ainda, além de aumentar suas unidades, pode vir a se instalar em regiões que antes pareciam distantes, mas que depois do processo de formatação em franquia, podem ser alcançadas.

Homem mexendo em um computador. Imagem ilustrativa de texto vantagens de ser um franqueador.
Com o modelo de franquia a empresa pode expandir bem seus negócios.

2. Rentabilidade com franqueados

Advertisement

Assim como o negócio se expande com as novas unidades, a empresa também fatura com estes novos negócios.

Cada nova unidade paga uma taxa de franquia para a marca, que varia muito de valor dependendo do tipo de negócio. Ainda, depende também do reconhecimento da marca no mercado.

Além deste investimento inicial, cada franqueado costuma pagar também, após a assinatura do contrato, a taxa de royalties e fundo de propaganda mensalmente.

Do mesmo modo, a empresa franqueadora melhora suas vendas de produtos e/ou serviços realizadas pelas novas unidades próprias da marca.

Se antes a marca vendia apenas alguns pontos, com a rede de franquias as vendas se expandem.

Sendo assim, a empresa consegue capitalizar mais com a expansão do negócio, aumentando a rentabilidade do negócio.

E isso sem investir tanto, tendo em vista que são os franqueados que arcam com os maiores custos do negócio, como instalação e toda a gestão.

3. Poder de negociação com fornecedores

Uma das vantagens de ser um franqueador é que com a expansão do negócio, a empresa passa a comprar mais de seus fornecedores. Com isso, ela aumenta o seu poder de negociação com eles.

Para fornecer insumos, matérias primas e produtos para suas unidades, a empresa aumenta sua produção. Nessa hora, ela consegue negociar preços e melhores condições de pagamento com o crescimento do volume.

Portanto, com esta negociação, a empresa é capaz de diminuir seus custos e melhorar a rentabilidade, tanto para ela quanto para seus franqueados.

Nesse sentido, algumas marcas investem em fornecedores exclusivos, para que esta negociação seja ainda mais vantajosa.

Assim, o fornecedor pode ter a segurança de vender toda a sua produção, sem riscos de ficar com estoque encalhado, e a empresa consegue melhores preços.

Separamos um ebook com tudo que você precisa saber antes de abrir uma franquia. São dicas que podem ajudar tanto o franqueador como os franqueados.

4. Reconhecimento da marca

A empresa passa por um processo de formatação de franquia que se expande por meio das novas unidades que surgem.

Neste caminho, ela também passa a aumentar o reconhecimento da marca no mercado. Isso porque as unidades se espalham, e com isso se tornam presentes na vida de mais pessoas, em diferentes regiões.

Em diversos segmentos do franchising podemos notar grandes marcas que se expandiram por meio deste modelo de negócio e hoje em dia são muito conhecidas.

Ao se tornar um franqueador, o marketing da marca é uma das etapas deste processo. A empresa deve investir em propaganda para atrair empreendedores e também aumentar sua força no mercado.

Nesse sentido, uma coisa puxa a outra, pois a cada nova unidade, a marca se faz presente na vida de mais pessoas.

E ainda, quanto mais forte a marca, mais atrativa é para empreendedores interessados em ter o próprio negócio.

5. Inteligência de mercado

A empresa para se tornar uma franqueadora deve analisar o mercado no qual está inserida, estudar os concorrentes e os seus movimentos.

Esta análise da concorrência é chamada de inteligência de mercado, Inteligência Competitiva ou Marketing Intelligence.

Assim, a marca deve reunir o máximo de informações possível para se inserir no segmento de franquias.

Com isso, a empresa fica mais integrada às inovações do mercado, quais são as tendências dos consumidores deste setor.

Serve para entender as adequações que terá de fazer para alterar seu modelo de negócio e ser competitiva.

Com isso, a empresa conhece os diferentes segmentos de mercado e pode direcionar as suas ações para determinados nichos, ou voltado para determinadas inovações.

Ademais, conhecer de antemão as principais dificuldades que irá enfrentar.

Imagem focada na tela de um computador com gráficos de crescimento.
Uma boa análise do mercado permite à empresa atuar de maneira mais eficiente e direcionada.

Entenda as responsabilidades de uma franqueadora

Como vimos, são muitas as vantagens de ser um franqueador, com aumento de força da marca e do faturamento da empresa.

Porém, neste processo, a empresa deve ter em mente também as suas responsabilidades.

Ela também terá que oferecer vantagens para que os empreendedores enxerguem seu modelo de negócio de maneira positiva.

Nesse sentido, todo franqueador deve oferecer um modelo sólido, já organizado e que tenha uma boa lucratividade.

Ainda, a empresa licencia seu know-how para os franqueados, e deve dar suporte para que cada unidade execute o trabalho da melhor forma. Seja através de treinamentos bem como manuais de operações.

Como cada unidade deve oferecer os mesmos serviços ou produtos, o modo de produção precisa ser uniforme. E nessa hora que entra a franqueadora para ajeitar essa produção, com ajuda e informações.

Nesse sentido, a franquia deve fiscalizar as unidades, para que nenhuma delas destoe das outras e possa arranhar o nome da marca.

Isso porque cada franquia é uma forma de fazer uma boa propaganda da rede.

Por fim, a franqueadora, como pessoa jurídica, deve cumprir os seus deveres previstos no contrato.

Seja o trabalho de marketing da marca, seja os diversos suportes necessários para o desenvolvimento das unidades.

E todos estes deveres devem constar da Circular de Oferta de Franquia (COF) de maneira clara, para que as partes possam ter a segurança jurídica em relação ao contrato de franquia.

Antes de falarmos sobre como fazer esta transformação da empresa para o modelo de franquias, temos um vídeo sobre o assunto para você conhecer um pouco mais sobre o processo.

Consultoria para formatação da franquia: vale a pena?

Para conseguir aproveitar todas as vantagens de ser um franqueador, a empresa deve executar este processo de formatação de franquia de maneira segura e com qualidade.

Mas nem sempre é uma mudança simples, e por isso a empresa pode precisar de uma ajuda especializada.

Por exemplo, uma consultoria de formatação de franquias, como a NX Franquias, pode auxiliar neste processo. Dessa forma, a empresa se organiza para oferecer um modelo de franquia atrativo e eficiente.

A NX Franquias é uma divisão do grupo Encontre Sua Franquia, uma das maiores holdings de franquias do Brasil. Atualmente, o grupo conta com sete marcas em seu portfólio.

Da mesma forma, a Encontre Sua Franquia possui expertise no desenvolvimento de marcas de franquias, e a NX Franquias agora atua especialmente neste trabalho.

Assim, as etapas de formatação de franquias podem ser mais simples com uma consultoria especializada como a NX Franquias.

A empresa contará não só com apoio para o processo de formatação em si, com estudos de franqueabilidade e orientação legal, mas também com projetos da NX Franquias para divulgação de marcas.

Destes projetos, podemos destacar dois deles, que é a Feira Virtual de Franquias e o canal de Youtube Henrique Mol, que também é o presidente do grupo Encontre Sua Franquia.

Por isso, sua empresa poderá contar com cuidados de quem é experiente no assunto de franquias. Assim, cada etapa da transformação será feita com profissionalismo e qualidade.

Com isso, o modelo de franquia tende a se tornar atrativo para empreendedores, que buscam bons negócios para investir.

Caso tenha se interessado pelos trabalhos da NX Franquias, entre em contato pelo link abaixo.

Advertisement
Advertisement