5 passos de como ter independência financeira com franquia

Por
em
Dois homens se cumprimentando em uma mesa de escritório e várias notas de dinheiro caindo sobre a mesa. Imagem ilustrativa do texto como ter independência financeira com franquia.
Advertisement

O processo de como ter independência financeira com franquia não é algo complicado, mas o empreendedor precisa levar em consideração alguns aspectos antes de abrir o próprio negócio. Veja aqui alguns passos para esse movimento.

O momento do mercado de franquias é atrativo. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou mais de R$ 185 bilhões, em 2021. Logo, o número é 10,7% maior do que no ano anterior.

Por isso, muitos empreendedores brasileiros buscam investir em uma franquia. Mas é preciso analisar alguns pontos antes de iniciar essa empreitada, como mostraremos a seguir!

Como ter independência financeira com franquia?

Para ter uma independência financeira nem sempre a realização profissional basta. Isso porque, trabalhando para os outros, em uma empresa que não é sua, seus ganhos podem ser limitados.

Portanto, cada vez mais o empreendedorismo surge como uma alternativa viável e interessante para conseguir sua independência financeira.

Mas não basta apenas abrir uma empresa e começar a vender. É preciso avaliar bem suas possibilidades e se o seu perfil se encaixa ao modelo de franquia.

Assim, veja alguns passos de como ter independência financeira com franquia.

1. Entenda o que você quer fazer

Um dos primeiros passos para empreender, seja com uma franquia ou não, é buscar algo que você se identifique.

Nesse sentido, invista em um tipo de trabalho que será prazeroso no dia a dia, que se encaixe às suas paixões e aptidões.

Do mesmo modo, o empreendedor deve buscar algo que goste de fazer, pois isso torna mais prazerosa a grande dedicação necessária para ter um negócio próprio. Logo, é mais fácil atuar por horas com um tipo de trabalho que se gosta.

Sendo assim, é mais prático para o empreendedor lidar com o processo, e ainda, estimular uma busca por mais informações sobre o mercado daquele tipo de negócio.

Mulher sentada em frente a um computador. Imagem ilustrativa do texto como ter independência financeira com franquia.
O empreendedor deve buscar um negócio com o qual se identifique.

Além disso, essa análise inicial pode lhe mostrar que algumas das suas paixões podem ser uma forma de empreender e ganhar dinheiro. Por outro lado, outras coisas que você gosta de fazer podem não ter este potencial.

Enfim, é um primeiro passo, pois a partir dele você começa a analisar o mercado, os tipos de produtos ou serviços com os quais vai trabalhar e o investimento necessário para a jornada.

2. Analise seu mercado local

Advertisement

Como falamos, agora que você já sabe com o que deseja trabalhar, analise o seu mercado local. Em seguida, conheça a concorrência e as lacunas dele.

Nesse sentido, se você avaliar que gosta de cozinhar e vai abrir uma franquia de alimentação, cabe a escolha de que tipo de produto. Sua região pode sentir falta de um negócio de doces, pizzaria, ou então de comidas estrangeiras.

Nesta etapa, você pode buscar novos produtos para aproveitar este nicho ou apresentar itens iguais aos concorrentes, porém melhores.

Mas cabe essa análise para direcionar a montagem do negócio, seja no curto ou no longo prazo. Assim, investe de modo mais eficiente em um empreendimento que irá se destacar no mercado local.

Logo, para conseguir a independência financeira é preciso saber aproveitar os segmentos de mercado que possuam um bom público na sua região.

Da mesma maneira, entender o público-alvo do local, sua capacidade financeira, hábitos de consumo, para assim, analisar os preços com os quais você trabalhará e sua estratégia de marketing.

3. Saiba o quanto você pode realmente investir

Não é preciso dizer que empreender exige um investimento considerável. Então, é importante que você esteja preparado financeiramente para manter seu negócio.

Dessa forma, comece com um investimento mínimo, mas mantenha sempre uma reserva. Não se esqueça de sempre manter esse planejamento no papel, para ter certeza de onde está indo seu dinheiro e o quanto exatamente você está recebendo.

Advertisement

Analise como foram os seus ganhos nos últimos anos, veja o que pode diminuir de gastos para assim conseguir juntar algum capital.

Pessoa segurando uma carteira e tirando uma nota de dólar dela. Imagem ilustrativa do texto como ter independência financeira com franquia.
Avalie bem quanto tem para investir na sua franquia.

Da mesma forma, venda um bem que não seja de primeira necessidade, como um carro, para levantar um valor considerável para empreender.

Este cuidado de avaliar o investimento é importante no processo de como ter independência financeira com franquia. Assim, evita-se fazer dívidas, porque isso atrapalha a empresa.

Portanto, o modelo de franquia é mais simples e muitas vezes mais barato de implementar. Logo, o empreendedor pode ser mais assertivo, eficiente, e se adequar à sua capacidade financeira.

Enfim, avalie bem quanto poderá investir, evite dar um passo maior do que a perna, busque um negócio que se encaixe à sua capacidade de investimento.

4. Compare opções de franquia

O setor de franchising conta com uma grande quantidade de opções. Segundo a ABF, são 2.882 marcas de franquias atuando no Brasil, em 2021.

Portanto, cabe ao empreendedor entrar em contato com este mercado, analisar as franquias que melhor se encaixam ao seu perfil. Assim, como citamos, busque uma franquia que trabalhe com algo que você goste, e que tenha um bom potencial de ganho no mercado local onde irá atuar.

Além disso, entre franquias do mesmo nicho é possível comparar os valores de investimento e encontrar aquela que melhor se ajuste à sua capacidade.

Da mesma forma, pesquisar se a franqueadora possui uma boa avaliação junto aos franqueados da marca, se ela oferece os suportes necessários para o desenvolvimento do negócio etc.

Ainda, se os produtos ou serviços da marca têm agradado aos consumidores. Para isso, basta fazer uma pesquisa nas redes sociais da franquia e no site Reclame Aqui.

Sendo assim, com todas essas informações fica mais fácil avaliar qual a melhor opção para o processo de como ter independência financeira com franquia.

Pessoa escrevendo algo em um caderno. Imagem ilustrativa do texto como ter independência financeira com franquia.
O empreendedor precisa estudar bem as várias opções de franquias.

5. Avalie tudo sobre o negócio que você escolher

Após buscar as informações das quais falamos antes, para assim escolher a franquia, cabe ao empreendedor se aprofundar no mercado.

Nesse sentido, estudar mais acerca do modelo de negócio da franquia, como é o trabalho no dia a dia, quais são os pontos fortes da marca.

Além disso, pesquisar sobre o mercado, quais as potencialidades do nicho e as inovações que podem facilitar o desenvolvimento do negócio.

Dessa forma, quanto mais você souber sobre ele, mais segurança vai ter na sua escolha e na hora de executar os processos.

Do mesmo modo, terá mais capacidade para tomar decisões ao longo do processo e ser mais eficiente. Por fim, corre menos riscos e poderá ter sua independência financeira em breve.

Agora que você já sabe mais sobre os passos para seguir, investir em uma empresa e ter sucesso, separamos uma lista com franquias baratas para você conhecer. Acesse e comece o seu negócio!

Advertisement
Advertisement