O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Franquias que não exigem formação profissional e que você pode abrir de forma simples

Franquias que não exigem formação profissional e que você pode abrir de forma simples

Sumário

Mesmo sem um curso superior é possível empreender em negócios lucrativos. Aqui, mostraremos as franquias que não exigem formação profissional e como você pode investir sem medo nestes negócios.

Dados mostram que apenas 5% da população brasileira possui curso superior. Já para os outros 95%, o empreendedorismo pode ser a grande chance de ter uma vida melhor.

Nesse sentido, o mercado de franchising se torna bastante atrativo, por conta do seu modelo de negócio. Por ser mais simples e organizado, direciona o empreendedor de forma eficiente.

Porém, é importante conhecer bem o mercado e avaliar se você está preparado para este processo. Quer entender mais? Continue com a gente!

Franquias que não exigem formação profissional são confiáveis?

As franquias que não exigem formação profissional são confiáveis sim. Isso porque, não é esta necessidade de formação que valida um negócio.

Nesse sentido, a exigência de um curso não mostra se a franquia é séria, ou então, se é um bom negócio. Para empreender muitas vezes a organização e dedicação são pontos principais para o sucesso.

Dessa forma, como a franquia tem um negócio previamente estabelecido e uma forma de trabalho pronta, exige menos do empreendedor. Ou seja, este know-how é um caminho a seguir. A franquia se mostra confiável não por exigir formação profissional, mas por oferecer um negócio sólido.

O empreendedor não precisa criar a estrutura do negócio, receitas, formas de atendimento, entre outros pontos da empresa. Tudo isso está pronto e lhe é apresentado.

Por conta disso, as franquias são indicadas para quem não tem experiência, pois todo o planejamento é direcionado pela franqueadora. Logo, o franqueado passa por treinamentos que o preparam para lidar com o negócio.

Do mesmo modo, como há um suporte da rede para os franqueados, estes não ficam desamparados. Inclusive, quando surgem dúvidas ao longo do processo podem recorrer a este auxílio de uma empresa com experiência.

Como existe uma organização predefinida, a falta de uma formação profissional em nada impacta a vida do empreendedor. Por isso, as franquias são tão atrativas. Portanto, cabe ao empreendedor analisar as opções para avaliar se ela é confiável ou não.

Para quem o modelo de franquia é indicado?

O modelo de franquia é indicado para a grande maioria dos empreendedores. Sejam eles com ou sem formação profissional, ou experiência.

Nesse sentido, por exemplo, mesmo que você nunca tenha atuado no mercado de turismo, pode abrir uma agência. A franqueadora irá lhe preparar por meio dos treinamentos e manuais. Assim, isso compensa a falta de experiência.

Do mesmo modo, como o negócio já tem a estrutura, parceiros e fornecedores, a sua falta de experiência não irá impactar.

Além disso, as franquias são boas para quem está começando e quer correr menos riscos. Como dito, a rede já atua no mercado, tem um modelo de negócio testado e aprovado.

Dessa forma, você investe em algo que faz sucesso, que se mostrou atrativo. Inclusive, tem uma marca reconhecida, impulsionando sua captação de clientes e visibilidade.

Mesmo com todas as facilidades, as franquias exigem dedicação como qualquer outro negócio. Ou seja, não são atrativas para quem acha que terá que trabalhar menos.

São negócios ideais para quem busca empreender com menos dinheiro. Ainda tem muitas opções que permitem a flexibilidade de horário. Então, existem boas alternativas para quem quer empreender para ter uma renda extra.

As franquias também são indicadas para quem tem facilidade com vendas. Seja por meio de um bom network e comunicação. Essas características ajudam muito no sucesso de um empreendedor.

Enfim, para conseguir êxito com sua franquia mesmo sem formação profissional é importante ter cuidado na sua escolha. Confira algumas dicas para selecionar sua melhor opção no tópico abaixo.

Qual a melhor franquia para abrir?

A melhor franquia para abrir é aquela que se encaixa no seu perfil e nos seus objetivos. Uma boa opção de negócio é aquele no qual você possa aproveitar suas próprias qualidades pessoais.

Por exemplo, se tem um perfil mais comunicativo, persuasivo, deve investir em um tipo de negócio. Se tem mais facilidade para trabalhos manuais, outras opções podem ser melhores.

Além disso, busque algo que você queira fazer nas franquias que não exigem formação profissional. Até porque, trabalhar com uma coisa que temos afinidade melhora o seu rendimento no dia a dia.

Outro ponto a analisar é a qualidade da franquia. Assim, pesquise bem as marcas que atuam nos nichos de mercado que mais lhe agradam. Entre elas, compare os pontos positivos e negativos de cada uma.

Na sequência, busque saber se elas oferecem bons suportes aos franqueados. Além disso, se os produtos ou serviços são de qualidade.

Para ter sucesso, é essencial que sua franquia possa oferecer algum diferencial para atrair os consumidores. Uma marca conhecida não é o suficiente, pois se oferecer algo ruim, os clientes não retornam.

Do mesmo modo, avalie o histórico da marca. Se ela não for tão famosa, pode ser interessante. Isso porque, permite que você aproveite a ascensão da rede e possa ter mais lucro que os franqueados que virão.

Lista de franquias que não exigem formação profissional, para você abrir

Existem muitas franquias que não exigem formação profissional, para atuar em diversos nichos de mercado. Além disso, você encontra negócios com investimentos iniciais bem variados.

Assim, confira uma lista de opções que separamos para você aqui e quem sabe uma dessas marcas será a sua escolha.

[raio_x]

Vantagens e desvantagens de investir no franchising

Investir no franchising é bem vantajoso, mas também tem alguns pontos negativos. Inicialmente, o modelo de negócio é mais seguro, o que é um ponto bem atrativo.

Além disso, os suportes da franqueadora compensam a falta de experiência do empreendedor. Isso sem falar que uma marca conhecida é algo que se demora tempo para conseguir ao começar um negócio do zero.

Sendo assim, a variedade de negócios também é uma vantagem. Empreendedores de diferentes perfis e capacidade de investimento podem entrar para este mercado.

Porém, uma desvantagem é a falta de liberdade. Por ter que seguir o know-how da franquia, o franqueado não pode implementar muitas mudanças no modo de atuar.

O modelo de franquia se baseia em uma padronização de cada unidade da rede. Dessa forma, se você tem muitas ideias para empreender e gosta de ser criativo, o franchising pode não ser o caminho mais indicado.

Mas outro ponto que merece atenção é que o franqueado é um pouco dependente da franqueadora. Isso em relação às parcerias, fornecedores e marketing. Então, se a empresa não for organizada, pode impactar negativamente no seu negócio.

Resumindo, o franchising é bastante vantajoso, e por isso, é o modelo escolhido por milhares de empreendedores pelo mundo. Logo, cabe a você ter os cuidados certos e assim poderá aproveitar todo o potencial deste mercado. Agora que está por dentro do assunto, abra o seu negócio e ganhe dinheiro!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje