Mercado para empreender: veja opções e comece o seu negócio

Por
em
Imagem de um teclado, onde um dos botões tem um desenho de carrinho de compras. Ilustração do texto sobre mercados para empreender.
Advertisement

Procurando por mercados para empreender? Então, você veio ao texto certo! A seguir, apresentamos algumas das atividades econômicas mais lucrativas atualmente.

São vários os mercados para empreender, e cada um deles tem atrativos diferentes. Mas nos últimos anos, o cenário de crise econômica tem sido um dos principais entraves para quem pensa em abrir o próprio negócio.

Porém, o Brasil, de forma gradual, dá indícios de recuperação. Essa é uma notícia que entusiasma os empreendedores e abre as portas para novas ideias e oportunidades.

Se você faz parte do grupo que deseja empreender, mas se sente inseguro, saiba que existem diversos mercados e modelos de negócio mais seguros. Muitos deles, inclusive, estão crescendo, mesmo em meio à maré baixa.

Quer saber quais mercados são esses? Então, continue a leitura e confira sete ótimas opções de investimento.

Opções de mercado para empreender e lucrar 

Há várias opções promissoras de mercado para empreender. Assim, é fundamental conhecê-las e estudar cada aspecto. Desse modo, o empreendedor pode escolher qual segmento melhor se enquadra em seu perfil e aumentar as chances de sucesso do negócio.

Por isso, confira a seguir quais são essas alternativas.

1. Saúde e nutrição

Sem dúvida, os últimos anos trouxeram mudanças nos hábitos de vida das pessoas. A preocupação com a saúde e bem-estar se tornou algo muito comum a todas as idades, para homens e mulheres.

Nesse sentido, esse é um cenário que só tende a se expandir. A procura por serviços relacionados ao corpo, saúde física e mental é uma realidade em plena expansão.

Assim, sabendo disso, quem busca empreender pode usar dessa nova realidade para investir. Logo, esse é um nicho que pode lhe trazer bons resultados em termos de negócio, além de possuir uma ampla gama de caminhos a percorrer.

Da mesma forma, as academias e clínicas de pilates continuam sendo alguns exemplos de como iniciar um empreendimento com grandes chances de dar certo.

Além desses mercados, existem também os relacionados à nutrição. Como ter uma boa saúde e um corpo bonito é o desejo de muita gente, os negócios lucrativos de alimentação saudável costumam ter um ótimo público.

Fundo azul um prato de frango desfiado com brócolis cozidos. Uma marmita saudável. Ilustração do texto sobre mercados para empreender.
Empresas que oferecem marmitas têm se destacado graças à busca pela alimentação saudável e economia.

Nesse sentido, para se ter uma ideia, esse segmento cresceu 33% entre 2015 e 2020, segundo pesquisa.

Enfim, pode-se pensar em estabelecimentos voltados a alimentos orgânicos, funcionais e integrais, além das conhecidas e populares lojas de suplementos. Sem contar restaurantes de comida saudável e empresas que oferecem refeições congeladas.

2. Lojas online

Advertisement

Não é necessário dizer o quão promissor é o mercado on-line. O número de usuários da internet é gigantesco, assim como o número de pessoas que preferem fazer suas compras por meios digitais. Em um ano, as compras online somaram R$ 161 bilhões no Brasil, em 2021.

A comodidade, agilidade nas buscas e os preços competitivos são alguns dos atrativos das lojas virtuais para o consumidor. Então, empreendedor, por que não seguir por esse caminho?

Por exemplo, existe muito potencial a ser explorado no e-commerce. Praticamente não há limites para áreas de atuação, e você pode iniciar qualquer tipo de negócio por meio de uma loja virtual.

Ou seja, com um baixo investimento, você é capaz de iniciar um negócio lucrativo, atingindo clientes em todo o território nacional. Sendo assim, pode fazer a produção de conteúdo para a venda de produtos para todo o Brasil.

3. Estética e beleza

Esse é um mercado que sempre está em alta. Quando o assunto é manter a boa estética, empreendimentos voltados para áreas de depilação a laser chamam a atenção.

Assim como clínicas que trabalham com cuidados diários, com os cabelos, unhas ou pele. Esses últimos, aliás, estão entre os mais buscados pelo público-alvo.

Então, para se ter uma ideia, 66% das pessoas consideram que gastar com a beleza não é um luxo, mas uma necessidade.

Porém, esse tipo de investimento demanda um certo conhecimento da área. Demanda também a aplicação de um valor mais alto, dada a necessidade de se usar equipamentos específicos e, normalmente, mais caros. Portanto, é fundamental considerar esses aspectos na hora de optar pelo setor.

Mulher passando por um tratamento de pele. Ilustração do texto sobre mercados para empreender.
O setor de beleza oferece diversas opções para empreender.

4. Cosméticos

Ao lado da estética e beleza, o mercado de cosméticos também é uma boa pedida. Principalmente para quem deseja iniciar a carreira nos negócios pela porta da frente.

No Brasil, esse já é um mercado altamente consolidado e rentável. Segundo relatório da Research & Markets, só os cosméticos masculinos devem movimentar US$ 78,6 bilhões, em 2023

Além disso, essa indústria é responsável por empregar aproximadamente 5 milhões de pessoas. Estima-se, ainda, que um terço dos Microempreendedores Individuais (MEIs) são do segmento de beleza e cosméticos no país.

Sabendo de tudo isso, o interessante é que o futuro empreendedor inove nesse mercado. Desse modo, basta que ele ofereça boas opções de cosméticos e produtos de beleza a um preço acessível e trabalhe bem seu marketing nas redes sociais.

Embora existam grandes marcas no mercado, as opções com ingredientes diferentes, mas eficazes, sempre chamam a atenção.

5. Turismo

Viajar e conhecer novos lugares é o desejo de muitas pessoas. Por isso, o mercado de turismo e agências de viagens também são boas opções para quem deseja investir.

As agências de viagem têm ganhado um espaço interessante nos últimos anos, pois conseguem aliar bons destinos de viagens a preços acessíveis. Isso desperta o interesse do seu público, aumentando o ticket médio das empresas.

Dessa forma, um novo empreendedor pode optar por investir nesse ramo com dois modelos diferentes. Primeiro, seguindo as tradicionais lojas físicas, atendendo à clientela específica de uma região. Ou, então, pode inovar e criar uma agência on-line, um grande diferencial atualmente.

Além disso, com a estabilização das moedas estrangeiras, fazer viagens para destinos internacionais tem sido ainda mais frequente. Logo, uma empresa que oferece serviços diferenciados para esse tipo de demanda tende a conquistar mais clientes.

Por isso, aqui separamos um vídeo falando mais sobre este mercado. Assista!

6. Corretagem de seguros

A proteção patrimonial tem se tornado uma das grandes necessidades do brasileiro. Especialmente para proteger veículos, estabelecimentos e até aparelhos celulares.

Nesse contexto, empreender na área de corretagem de seguros pode ser uma boa alternativa para ganhar dinheiro. Isso porque, o mercado está aquecido e apresenta uma boa demanda em praticamente todas as localidades.

Hoje, existem diversas opções de franquias voltadas para esse mercado. Elas podem ser uma boa opção para empreender. Sendo assim, o corretor terá todo o suporte necessário para iniciar e desenvolver a sua franquia de seguros.

7. Pizzaria

O ramo alimentício é tradicionalmente o que menos sente os efeitos da crise. Por isso, empreender nesse setor é sempre uma boa estratégia.

As pizzarias são algumas das empresas que seguem em alta. Logo, elas podem ser uma excelente alternativa para quem pretende iniciar o seu empreendimento. Por dia, 1 milhão de pizzas são produzidas no Brasil.

Então, para se destacar, será preciso ofertar um serviço diferenciado e inovador, sempre pautado na qualidade dos produtos e do atendimento aos clientes.

Mercados para empreender não faltam no Brasil. Como dito, apesar do momento de crise, ainda existem setores que permanecem em crescimento. Todos eles podem ser uma excelente alternativa para quem quer iniciar seu negócio e ser o seu próprio chefe.

Desse modo, na hora de escolher o melhor ramo para investir, avalie bem os seus gostos pessoais. É importante se sentir atraído pelo setor, pois você terá mais prazer em direcionar o seu tempo e dinheiro. Isso criará maior segurança de que o seu negócio vai para frente.

Advertisement

Devo abrir uma franquia ou negócio próprio?

Na hora de abrir a sua empresa, é possível escolher entre dois modelos. Primeiro, o de um negócio próprio, iniciado do zero. Além dele, há a oportunidade de franquia.

Homem de terno sentado em frente a um computador com olhar pensativo. Ilustração do texto sobre mercados para empreender.
O empreendedor deve avaliar diversos aspectos antes de investir em um negócio.

Uma franquia é uma nova unidade de uma empresa que já existe. Essa empresa oferece os mesmos produtos e serviços que a marca principal, reproduzindo um modelo que já deu certo. Para isso, o franqueado (empreendedor que opera com uma franquia) recebe todo o know-how da franqueadora.

Isso significa que o empresário obtém todo o conhecimento da marca. Por isso, aliás, não é preciso que ele tenha conhecimento e/ou experiência no setor que deseja, como citamos ao falar do segmento de serviços de estética e beleza.

Dessa forma, com o suporte da franqueadora, o empreendedor aprende tudo o que precisa para atender bem os seus clientes.

Além disso, um franqueado pode aproveitar do reconhecimento da marca franqueadora. Afinal, ele possuirá o mesmo nome, produtos e modo de fazer da empresa. Assim, os consumidores terão mais facilidade em confiar e adquirir da sua unidade.

Do mesmo modo, também é importante destacar todo o suporte oferecido pela franqueadora. Um franqueado pode contar com auxílio para a gestão da sua empresa, compra de insumos, para o cuidado de aspectos jurídicos e mais.

Como resultado, esses cuidados dão maior segurança à unidade e aumentam suas chances de sucesso nos mais variados mercados para empreender.

Enquanto isso, uma nova empresa precisa de um plano de negócios que será testado e modificado sempre que preciso. Os erros e os acertos fazem parte de uma empresa iniciada do zero, e só por meio deles é possível alcançar o sucesso.

Mercados para empreender: uma franquia para cada

Gostou da ideia de investir em uma franquia? A seguir, sugerimos uma marca para cada mercado citado no texto. Confira!

Mulher com um cartão de crédito em uma mão e o celular na outra fazendo compras online.
As vendas on-line estão entre os mercados para empreender que mais crescem.

Em qual mercado empreender em 2022?

Como vimos, são diversas opções para empreender no ramo do franchising, com alternativas para todos os bolsos.

Porém, ao escolher uma franquia para investir, você precisa analisar algumas coisas. Nessa hora, é necessário um exercício de autoconhecimento antes de se aventurar nesta nova empreitada.

Sendo assim, o empreendedor deve buscar uma franquia que se adeque ao seu perfil, seja como pessoa ou comerciante. Isso porque, não adianta se encantar com uma franquia que possui retorno rápido se ela está inserida em um mercado que não atrai você.

O futuro franqueado deve pensar que irá trabalhar cerca de 60, 70 ou 80 horas por semana naquele novo negócio, e por isso, deve buscar algo que lhe dê prazer.

Além de buscar uma franquia que esteja mais próxima do seu perfil, observe algumas alternativas que estão em alta no mercado de franchising.

Por exemplo, o formato delivery, seja de serviços ou de alimentação, é algo a se observar. Houve um aumento grande neste mercado, e há diversas opções de franquias baratas de delivery.

Logo, essa pode ser uma maneira de ter uma franquia com um menor curso de instalação, pois, sendo somente delivery, você não precisará de um espaço tão grande na loja.

Do mesmo modo, outra opção são as franquias home office, que podem ser uma excelente maneira de empreender. Este modelo possui a grande vantagem de diminuir gastos e possibilita que o franqueado faça seus próprios horários.

Além do mais, o formato é ideal para quem deseja evitar o transito das grandes capitais, assim como para quem deseja ficar mais em casa com a família.

Portanto, você deve buscar um empreendimento que se encaixe melhor na sua rotina e expectativas. Do mesmo modo, há alguns detalhes que não podem passar despercebidos na hora de escolher uma franquia para empreender.

Conheça a empresa

Antes de se aventurar em uma franquia, converse com outros franqueados para conhecer o suporte dado pela empresa, como estão as vendas e as expectativas.

Mulher olhando vários gráficos na tela de um computador.
É importante analisar bem as franquias que mais lhe chamaram a atenção.

Do mesmo modo, pesquise sobre a franqueadora, seus sócios e histórico dos negócios, para se sentir mais seguro antes de adquirir uma franquia.

Busque novos mercados

Antes de abrir uma franquia, conheça o mercado e seus concorrentes. Tente investir em ramos com espaço para crescimento.

Sendo assim, o fator concorrência sempre deve ser levado em conta pelo empreendedor antes de abrir um negócio. Há diversos mercados para empreender, ainda inexplorados, que podem dar um excelente retorno para o franqueado.

Do mesmo modo, conheça as regiões em que vai atuar e busque alternativas com espaço para crescimento e um público ainda sedento por novidades. Assim, ficará mais fácil se destacar.

Seja realista e paciente

Não adianta se vislumbrar com casos de sucesso que sempre são vendidos como se fossem a regra. Seja realista e tenha paciência para que os resultados cheguem.

Então, busque ganhos sólidos, que não sejam esporádicos. Dessa forma, seu negócio irá prosperar com mais confiança.

Saiba que sempre existirão momentos bons e ruins, mas cabe a você saber aproveitar os momentos positivos para dar conta dos tempos difíceis.

Pronto! Agora você já conhece alguns dos principais mercados para empreender. Para finalizar, separamos um conteúdo com diversas franquias baratas em variados nichos de mercado. Acesse e descubra!

Advertisement
Advertisement