Franquia de revitalização de plástico: entenda este serviço Acquazero

Por
em
homem limpando painel franquia revitalização de plásticointerno do carro
Advertisement

Um mercado que tende a crescer nos próximos anos é o de franquia para revitalização de plástico automotivo. Principalmente por causa do crescente número de peças feitas de plástico que estão sendo instaladas nos carros.

A revitalização de plásticos se torna necessária quando as peças ficam muito tempo expostos ao sol e à chuva. Com o tempo, esses componentes desbotam e ganham um visual esbranquiçado e pouco atraente. 

Dessa forma, o processo feito pela Acquazero pode ser realizado em diversos momentos ao longo da vida útil do carro. Em partes como borrachões, para-choques, painéis etc., que ganham uma aparência nova em folha.

Neste artigo, falamos das vantagens de abrir uma franquia Acquazero de revitalização de plástico. Acompanhe a leitura! 

Como funciona uma franquia de revitalização de plástico?

colaborador da Acquazero fazendo a limpeza interna da porta de um veículo
A Acquazero é uma das principais franquias de revitalização de plástico do Brasil.

Para abrir uma franquia de revitalização de plástico, como a Acquazero, é necessário que o empresário conheça sobre esse trabalho e suas aplicações. Esse é um processo simples e que pode ser feito por qualquer pessoa, desde que siga os passos corretos. 

A primeira etapa do processo é deixar a superfície que irá receber o tratamento limpa com uma flanela de microfibras e um pouco de All Purpose Cleaner. Esse produto é conhecido no meio automotivo como APC e pode ser usado em várias superfícies.

Porém, é preciso tomar cuidado para utilizar o limpador correto. No mercado, é possível encontrar APCs que atuam como desinfetante, desengraxante, desengordurante, detergente ou solvente. 

Após esse processo inicial, que é fundamental para que o produto tenha uma boa ancoragem na superfície, é o momento de fazer a aplicação do renovador de plástico.  

Dessa forma, basta aplicar um pouco do produto em uma pequena bucha e começar a passá-la sobre a área que será revitalizada. Assim, após alguns minutos, será preciso passar uma nova flanela de microfibras para remover o excesso. 

Entretanto, em casos mais graves, o produto pode ser aplicado mais de uma vez até que atinja o resultado desejado. É aconselhável também que a peças tratadas com o renovador não tenham contato com água por 24 horas, devido ao risco de manchas. 

Caso seja a primeira aplicação em um veículo, é importante informar aos seus clientes que esse é um processo que precisará ser refeito após 30 dias. Porém, a partir da segunda aplicação, o intervalo já pode ser maior.

Conheça os principais tipos de resinas plásticas utilizadas em carros

Com o passar dos anos, as peças de plásticos foram tomando conta dos carros. Essas mudanças ocorreram para simplificar os processos de fabricação dos veículos.

Além disso, ao substituir o aço e alumínio, as montadoras passaram a desenvolver automóveis mais leves e, por consequência, com baixo consumo de combustível. 

O plástico ainda é interessante para a segurança em casos de colisão. Por ser um material relativamente flexível, ele consegue dissipar com mais efetividade as ondas de impacto.

Dessa forma, se espera que, nos próximos anos, o plástico corresponda a 40% do peso de um veículo. Atualmente, essa proporção está entre 15% e 20%. A fins de comparação, 65% de um avião é feito de plástico.  

Esse é um movimento que é previsto por especialistas, devido a diminuição do tamanho dos automóveis. Ou seja, com peças menores, fica cada vez mais complicado desenhá-las em ferro.

Por causa desse crescimento, vamos apresentar os dois tipos mais comuns de plástico abaixo. Eles vão demandar limpeza pelos clientes do seu negócio, caso opte por abrir uma franquia de revitalização de plástico. 

Polipropileno (PP)

Conhecido pela sua alta resistência, o Polipropileno é capaz de resistir a solventes e intempéries como nenhuma outra resina plástica. Por causa dessa sua característica, ela é encontrada no volante, painel, para-choque e porta-luvas. 

Além das características químicas, o PP possui um baixo custo, durabilidade maior, grande flexibilidade e peso a seu favor. Outra vantagem presente no polipropileno é seu aspecto sustentável.  

Ou seja, ele é um material totalmente reciclável e o seu processo de fabricação possui baixas taxas de emissão de gases causadores do efeito estufa. Dessa forma, essa resina acaba atraindo diversas empresas e setores a utilizarem o PP em diversas circunstâncias. 

Poliamidas (PA)

Advertisement

Enquanto o polipropileno é aconselhável por possuir boa flexibilidade, as peças que contam com a resina plástica poliamidas contam com uma boa resistência à tração, temperatura e possuem uma ótima estabilidade dimensional. 

Por causa disso, as peças mais comuns de se encontrar o PA, como é conhecido, são os dutos de captação de ar que ficam próximos ou junto ao para-choque e maçanetas.

Mas além disso, você encontra a poliamidas em engrenagens, conectores do sistema de injeção e sistema de freio de estacionamento, por exemplo.

Esses são os principais componentes que o dono de uma franquia de revitalização de plástico terá contato na hora de fazer seus processos. Porém, existem outros quatro tipos de resinas encontradas nos veículos. São elas:

  • Polietileno de Alta densidade (PEAD) — tanque de combustível; 
  • Policarbonato (PC) — lente dos faróis;
  • Poliacetal (POM) — engrenagem do cinto de segurança e roldanas de vidro;
  • Polibutileno Tereftalato (PBT) — limpadores de para-brisa e bicos injetores;

Quais os cuidados necessários para fazer o processo de revitalização do plástico?

Vimos até aqui que esse é um processo bem simples de ser feito. Porém, alguns cuidados precisam ser tomados para que não prejudique o seu trabalho. Principalmente quando tratamos de uma franquia de revitalização de plástico, que cuidará dos carros de outras pessoas.

Dessa forma, a primeira dica é nunca usar outro tipo de esponja ou flanela além da que é recomendada. Isso é importante para dar o acabamento ideal àquela peça ou região.

Também é aconselhável que nunca use sabão, detergente ou removedor de manchas nas peças internas do veículo. Por mais que o polipropileno seja resistente à química, esses produtos aceleram o processo de ressecamento.

Outro ponto que deve ser observado é a vida útil da peça que está prestes a iniciar o processo de revitalização. Assim como qualquer outra parte do carro, esses componentes possuem um tempo de vida. 

Ou seja, quanto mais velho o veículo for, mais revitalizador será necessário e menor será a sua durabilidade e o brilho naquele automóvel. 

Em hipótese alguma utilize o bom e velho silicone industrial nas partes internas. Além de não conseguir manter o brilho por muito tempo, ele possui uma textura melada que acaba prendendo as sujeiras. 

Vale frisar que o silicone industrial até pode ser utilizado no para-choque ou em outras peças externas. Mas sempre que puder evitar, será melhor para o carro que está cuidando. 

Todo esse conhecimento e modo de fazer será repassado ao franqueado pela franqueadora. Afinal, para atuar, o empreendedor vai passar por uma série de treinamentos.

Por que abrir uma franquia de revitalização de plástico?

No Brasil, segundo o Observatório das Metrópoles, há quase 1 carro a cada 3 habitantes. O número é potencializado, principalmente, pela desconcentração na distribuição da frota de veículos no País, trazendo mais automóveis para regiões como Centro-Oeste, Norte e Nordeste. 

Mesmo diante da crise financeira vivida pelo Brasil nos últimos anos, o número de carros circulando não diminuiu. Porém, seu ciclo de vida aumentou. Em média, o brasileiro passa 4,11 anos com o mesmo carro. 

Como consequência, ele passou a gastar mais com peças, serviços, seguros, impostos e acessórios para manter o automóvel com uma estética e qualidade aceitável para uma possível revenda ou troca.  

A agência Autoinforme fez um levantamento onde apontou um gasto médio superior a R$ 1.000 por mês com esses cuidados, sendo que mais de 30% desse valor é gasto com combustível e 10% com limpeza e estética.

Por que investir na franquia Acquazero?

Uma das principais franquias de revitalização que existem no mercado, a Acquazero é reconhecida pelos clientes pela qualidade e bom preço. Além de estar em plena expansão e possuir processos bem estruturados e boas condições para seus franqueados.

A Acquazero foi criada em 2009, na cidade de São Paulo, e hoje faz parte da holding Encontre Sua Franquia. O seu grande diferencial é oferecer a limpeza completa de um carro utilizando apenas 300 ml de água. 

Por isso, ela capacita seus profissionais e franqueados para que eles possam oferecer os melhores serviços de revitalização. Como vimos, esse é um trabalho delicado e que exige conhecimento técnico para ser feito da forma correta. 

Além do processo de revitalização de plástico, a franquia oferece outros serviços. Como limpeza técnica do motor, cristalização de vidros, enceramento, descontaminação de pintura, impermeabilização de estofados e outros vários.

Acompanhe o investimento necessário para abrir uma Acquazero e um vídeo com tudo sobre a marca.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 23 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: entre 3 e 18 meses 

A revitalização de plástico é um processo simples, como você viu ao longo do texto. Mas é preciso tomar alguns cuidados para que ocorra tudo bem. Principalmente quando falamos de uma empresa, que depende do bom trato dos clientes para conseguir se manter no mercado. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre os processos de uma franquia de revitalização de plástico? Entre em contato com a Acquazero, converse com um dos nossos consultores e veja como decolar na sua vida profissional! 

*Informações publicadas em Maio/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement