Largar o emprego para empreender pode ser um bom negócio?

Por
em
Imagem de um homem trabalhando em uma loja de chaves. Imagem ilustrativa texto largar o emprego para empreender.
Advertisement

É possível tomar uma decisão importante e largar o emprego para empreender. Contudo, é preciso avaliar bem a situação e o momento para fazer isso.

Segundo pesquisa da Onepoll realizada em 2019, 77% dos brasileiros sonham em empreender. É muito provável que grande parte dessas pessoas tenha um emprego e por isso, ainda não investiram no negócio próprio.

Mas com muita pesquisa e cuidado, é possível pedir demissão do seu emprego formal para investir em um novo negócio que seja seu. Aqui trazemos algumas dicas e vantagens para que você possa fazer isso.

Vale a pena largar o emprego para empreender?

Como falamos, é o sonho de grande parte dos brasileiros ter a própria empresa, trabalhar pra sí mesmo e investir no empreendedorismo.

Este processo é vantajoso por vários fatores. Um deles é a estabilidade, pois em um emprego fixo o empregado sempre corre o risco de ser mandado embora.

Além disso, ao largar o emprego, o empreendedor pode investir em um mercado ou tipo de negócio que tenha afinidade.

Nesse sentido, invista em algo que realmente goste e que também possa lhe render um bom dinheiro. Por exemplo, quem gosta de cozinhar, pode abrir uma franquia no setor de Alimentação e faturar com o negócio.

Largar o emprego para empreender vale a pena também por permitir ganhos, em tese, infinitos. Ao se dedicar integralmente ao negócio, seus lucros podem crescer até altos patamares.

Dessa forma, é bem diferente do que trabalhar como assalariado, e por isso, bem vantajoso no sentido financeiro.

O que fazer na hora de largar o emprego para empreender?

Falamos que vale a pena sim largar o emprego para empreender, mas o empreendedor deve tomar cuidado e analisar se é a hora certa.

Por isso, separamos algumas dicas para que você possa sair do seu emprego atual da forma certa e ciente do que lhe espera no empreendedorismo.

Imagem de uma mulher mecânica trabalhando em um motor. Imagem ilustrativa texto largar o emprego para empreender.
Antes de largar o trabalho planeje bem como será este processo de empreender.

Analise bem seus motivos

É importante que avalie bem os motivos pelos quais você vai largar o emprego para empreender.

O então empregado pode estar passando por um momento difícil na empresa e com isso, a ideia de ter o negócio próprio fica ainda mais forte em sua mente.

Contudo, é preciso cuidado, entender se está disposto a abrir mão do descanso e da tranquilidade, pois uma empresa exige grandes responsabilidades e muitas vezes, traz muitos problemas também.

Do mesmo modo, avalie se possui o perfil de empreendedor, se tem as qualidades necessárias e se está disposto a aprender.

Em outras palavras, esta decisão deve ser bem pensada antes do pedido de demissão e o início da aventura no empreendedorismo.

Esta opção não deve ser feita com a cabeça quente, depois de alguma discussão com o chefe ou com colegas de trabalho.

Enfim, avalie bem quais são os motivos, entenda se eles são suficientes para abrir mão do emprego em uma época de crise econômica.

Planeje sua vida financeira

Advertisement

Outro ponto importante é entender suas finanças, saber se mesmo largando o emprego não vai lhe faltar dinheiro para as contas e para a sua vida pessoal.

Começar um negócio próprio exige um investimento que varia muito, e por isso, deve ser compatível com a sua capacidade financeira.

Para tomar a decisão de sair do emprego, planeje sua vida financeira, corte gastos, adeque suas despesas para que possa sobrar capital para o negócio.

Vale lembrar que uma empresa demora a dar lucro devido ao tempo de maturação, por isso, no início são mais contas a pagar do que valores a receber.

Além disso, este planejamento precisa incluir os custos de implantação e manutenção do negócio, e ainda deve contar com o capital de giro.

Muitas empresas fecham as portas em seus primeiros anos de vida por conta da falta de planejamento financeiro. Por isso, esta parte deve ser bem pensada pelo empreendedor.

Imagem de uma calculadora e um papel com números e uma caneta. Imagem ilustrativa texto largar o emprego para empreender.
O planejamento financeiro é importante para empreender, principalmente para quem acabou de sair do emprego.

Programe sua saída do emprego

Além do planejamento financeiro, o empreendedor também deve pensar bem sobre o momento de saída do emprego.

Assim, tenha tempo para um eventual aviso prévio e até finalizar suas obrigações no trabalho, para sair e deixar as portas abertas na empresa.

Do mesmo modo, avalie quanto tempo terá até iniciar o seu empreendimento. Alguns detalhes como plano de negócios e outras pesquisas podem ser feitas enquanto está empregado.

Um ponto a se planejar também é o seu dia a dia após sair do emprego. Avalie se é possível tirar um tempo de férias para recarregar as energias.

Da mesma forma, programar a saída do emprego para que tenha mais algum tempo para juntar o dinheiro que será investido no novo negócio.

Por fim, são detalhes que trazem qualidade de vida para o empreendedor após esta importante mudança de vida pela qual vai passar.

Faça planos para seu negócio

Dentro do planejamento para largar o emprego para empreender é importante pensar em que tipo de negócio você vai investir.

Primeiramente, é possível começar uma empresa do zero, planejar sua estrutura, o que vai vender e como vai vender, os custos de implantação, além de vários outros detalhes.

Como pode ver, iniciar um negócio do zero é algo complexo, exige cuidado e bastante planejamento.

Para quem está inseguro em relação a este planejamento e procura um modelo de negócio mais confiável, as franquias são uma boa opção.

O modelo de franquias conta com uma estrutura preestabelecida, uma operação definida e pronta. Dessa forma, o empreendedor não precisa planejar diversos aspectos do negócio, pois já os recebe prontos.

Da mesma forma, as franquias contam com uma marca reconhecida, e isso faz com que o seu negócio pule etapas na captação de clientes e no fortalecimento do mercado.

Além disso, as franquias oferecem produtos ou serviços testados e aprovados pelo público, o que facilita a vida do empreendedor.

Imagem de vários lápis e papeis em cima de uma mesa de trabalho. Imagem ilustrativa texto largar o emprego para empreender.
Planeje os vários aspectos da sua vida antes de iniciar a implantação do seu negócio.

Falamos que a parte financeira do negócio é importante, e na franquia este planejamento é facilitado. Na Circular de Oferta de Franquia (COF) o empreendedor sabe extamente quanto terá que investir para implementar o negócio.

Ademais, este formato é ideal para pessoas sem experiência em administração. A franqueadora oferece treinamentos e auxílio na gestão do negócio. Ainda, ajuda com as ações de marketing da unidade.

Enfim, é um modelo mais seguro para quem irá largar o emprego para empreender e busca uma alternativa mais sólida e com bom retorno.

Se prepare para o período de maturação

Além de todo o planejamento para a montagem, o empreendedor também deve se preparar financeiramente e psicologicamente para o início do negócio.

Os primeiros passos de uma empresa costumam ser lentos e por isso, o negócio pode demorar um pouco nesta maturação.

Dessa forma, o empreendedor deve estar preparado para as despesas que sempre chegam, e nem sempre são acompanhadas pelo lucro.

Do mesmo modo, é preciso ter esta noção para não se desesperar com as vendas fracas no começo do negócio, o que é algo normal até que a empresa engrene.

Nesse sentido, até as franquias precisam de um tempo até que se fortaleçam, estejam sólidas e atraiam uma boa quantidade de clientes.

Estude seu mercado e o que fazer

Por fim, um ponto importante que envolve o empreendedorismo é a busca por informações que vão subsidiar suas escolhas como empreendedor.

Nesse sentido, estude bastante sobre o mercado no qual vai atuar, saiba quem é seu público, como chegar até ele e como estão seus concorrentes.

Lembre-se que você é o chefe agora. Saiba lidar com seus colaboradores, a gestão de pessoas é algo importante para quem deseja ter o próprio negócio.

Do mesmo modo, estude sobre a parte financeira do negócio, questões burocráticas e como lidar com a pressão neste momento.

Por fim, veja o link que separamos para você com diversas opções que franquias baratas para conhecer, em diferentes nichos de mercado.

Ademais, se optar por uma marca, entre em contato com a franqueadora. Mas se ainda está com dúvida sobre qual franquia escolher, aproveite uma consultoria gratuita com especialistas que podem lhe ajudar neste processo. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement