Como ser um empreendedor? Veja aqui 11 dicas de como começar

Por
em
Imagem de um empresário em frente um computador. Imagem ilustrativa texto como ser um empreendedor.
Advertisement

Muitas pessoas se perguntam como ser um empreendedor e conseguir iniciar o seu próprio negócio. Aqui, separamos algumas dicas para lhe orientar neste processo.

É cada vez maior o número de pessoas que investem em uma empresa própria, seja por motivos financeiros ou pessoais.

Neste conteúdo, falaremos um pouco mais sobre este processo, com diversas dicas para você iniciar o seu próprio negócio de forma simples.

Vale a pena empreender?

Iniciar o próprio negócio pode significar maior liberdade, bem como ganhos maiores, além de ser uma forma de fugir do desemprego.

O empreendedorismo é um processo árduo, principalmente no Brasil, com tanta burocracia e uma Economia com altos e baixos.

Contudo, mesmo diante de tantos problemas, ser um empreendedor é cada vez mais o sonho ou a necessidade dos brasileiros.

Para se ter uma ideia, segundo pesquisa da Onepoll, cerca de 77% dos brasileiros têm vontade de empreender e ser dono de uma empresa.

O empreendedor é uma pessoa que toma as rédeas do seu próprio destino. Isso significa que ele tem mais responsabilidade sobre as suas decisões e, ao mesmo tempo, muito mais autonomia do que um colaborador.

A liberdade que o empreendedorismo oferece se mostra na possibilidade que você tem de ter um horário flexível de trabalho, por exemplo. Ou ainda, de poder trabalhar com aquilo que gosta sem as amarras de um chefe.

Da mesma forma, vale a pena pois as possibilidades de ganhos são maiores do que ficar preso a um salário em uma empresa, que muitas vezes não o valoriza.

Além disso, para pessoas mais criativas, é a melhor forma de inovar e apresentar ao mercado soluções interessantes.

Assim, há quem empreenda porque tem o sonho de prestar um serviço que não é oferecido no mercado. Ainda, pessoas que buscam uma recompensa financeira, e outras que desejam simplesmente encontrar a felicidade no trabalho.

Vemos um empresário, com semblante sério, arrumando a gravata (imagem ilustrativa). Texto: como ser um empreendedor.
Ter um negócio próprio permite um desenvolvimento pessoal e financeiro.

Dicas de como ser um empreendedor de sucesso

Quem decide ter o seu próprio negócio nem sempre está totalmente preparado para a empreitada, especialmente quando se é um empreendedor de primeira viagem.

Contudo, existem alguns hábitos que auxiliam em como ser um empreendedor e liderar sua empresa com sucesso.

Dessa forma, separamos algumas dicas que podem ajudar quem deseja começar um novo negócio, mas ainda está um pouco perdido no processo.

1. Avalie bem sua paixão

O mercado é cheio de novas oportunidades de como ser um empreendedor e, por isso, é muito importante avaliar quais delas se encaixam ao seu perfil.

Iniciar um negócio é investir tempo e dinheiro, saber que neste primeiro momento serão mais horas de trabalho do que de descanso.

Ainda, que você estará pensando em formas de melhorar sua empresa mesmo nos momentos de folga. Por isso, trabalhar em algo que gosta será mais fácil e prazeroso para dedicar todo este tempo.

É como dizem, quando fazemos algo que gostamos o tempo parece passar mais rápido. Por outro lado, quando é o contrário, um minuto parece virar uma hora.

Com uma empresa é a mesma coisa, todas as horas de trabalhado serão mais atrativas se você trabalhar de acordo com o que gosta.

Isso passa por uma autoanálise para conhecer o seu próprio perfil. O ideal é aliar algumas de suas características e qualidades a algo que vale a pena empreender.

Nesse sentido, sua paixão deve estar alinhada a uma forma de ser bem-sucedido. É importante que você tenha dentro de si o sentimento de estar fazendo algo especial e que pode agregar valor à vida das pessoas e a sua.

2. Analise seu mercado local

Advertisement

Como falamos, sua paixão deve estar alinhada a um negócio com possibilidades de crescimento e de sucesso.

Um dos pontos principais é a escolha do local para iniciar o seu negócio próprio. Isso porque uma escolha errada de mercado pode sepultar um ótimo empreendimento.

Vemos uma grande avenida cheia de lojas, letreiros e outdoors eletrônicos (imagem ilustrativa). Texto: como ser um empreendedor.
Analise bem o mercado, veja onde estão e quem são seus concorrentes.

Você pode plantar uma semente de uma planta forte, regar e cuidar bastante. Mas se ela estiver em solo infértil, ou com muitas outras planas que drenam seus nutrientes, sua semente não irá florescer.

Assim é com uma empresa que se instala em um mercado com poucos consumidores para seus produtos ou serviços.

Ainda, se o mercado local possui muitos concorrentes, mais sedimentados, é um dificuldade a mais para seu negócio.

Empreendedores de sucesso avaliam as lacunas de mercado e enxergam espaços que podem ser explorados por sua empresa.

Um dos primeiros passos para ser uma empreendedora de sucesso é conhecer a fundo seu nicho, ou seja, sua área de atuação.

Não é raro encontrar pessoas que tentaram um novo negócio e fracassaram por motivos simples, que seriam facilmente identificados por uma pessoa que tem experiência ou conhece bem o segmento.

3. Escolha um tipo de negócio

Antes de começar a empreender, é importante que o indivíduo conheça cada tipo de modelo e analise casos de fracasso e sucesso.

Ainda, entenda como a empresa funciona, seja ela individual ou em sociedade, para então, decidir em qual deles encaixa melhor o seu negócio. Só aí é possível começar a colocar o projeto em prática.

Ao iniciar um negócio do zero, o empreendedor tem a liberdade de moldar a empresa da forma que achar melhor. Uma possibilidade de colocar toda a sua criatividade em pratica.

Nesse sentido, são amplas as alternativas para sua empresa, pois você comanda o barco e pode navegar pelas águas que desejar

Contudo, esta forma de ter um negócio é mais complexa, exigindo uma maior busca por informações e conhecimento sobre o processo.

Outra forma de iniciar uma empresa, mas de maneira mais simples é por meio de franquias. Este modelo consiste em um negócio preestabelecido, com uma estrutura e operação prontas.

Nele, cada unidade da franquia é igual a outra, oferecendo os mesmos produtos e serviços com a mesma identidade e o mesmo padrão de atendimento.

Veja no vídeo abaixo como funciona o modelo de franquias.

A vantagem deste formado é a simplicidade de implantação do negócio, pois além de uma estrutura pronta, o empreendedor ainda conta com o suporte da franqueadora.

Assim, ele recebe um negócio sabendo quando terá de investir na sua implantação, custos de manutenção e um plano definido.

Antes de optar pela franquia, o empreendedor deve analisar a Circular de Oferta de Franquia (COF). Nela, são detalhados os suportes da franqueadora. Esse é é um documento importante nas tratativas entre empreendedor e franqueadora.

Em outras palavras, uma franquia é uma forma de empreender mesmo sem muita experiência ou capital para investir.

4. Escolha um modelo para empreender

Além de poder iniciar um negócio do zero ou por meio de franquias, o empreendedor também deve avaliar qual é o modelo de trabalho para ele.

Por exemplo, é possível iniciar uma empresa em casa, em um modelo home office, prestando serviços ou vendendo produtos de forma remota.

É uma maneira mais simples e barata de iniciar o negócio próprio, pois basicamente é necessário apenas um computador com acesso à internet e um telefone.

São inúmeras as possibilidades de como ser um empreendedor trabalhando de casa, além de ser um formato que permite flexibilidade de horário.

Por isso, é um modelo procurado por pessoas que possuem um emprego e querem uma renda extra. Ou ainda, quem deseja desenvolver outros projetos de vida concomitante ao empreendedorismo.

Outra forma de iniciar um negócio é por meio de um espaço comercial para a venda de produtos ou de serviços.

Sua empresa pode ser voltada para um escritório, uma loja ou até mesmo um quiosque. Ainda, um formato que tem atraído a atenção dos empresários é investir em uma loja container.

O mercado é amplo, e são muitas maneiras de investir. Cabe ao empreendedor analisar qual se encaixa melhor às suas ideias de negócio, seu mercado e sua região, bem como sua capacidade financeira.

Vemos uma mulher trabalhando em um computador. À mesa, vemos celular, uma xícara de chá, caneta e uma folha com anotações (imagem ilustrativa). Texto: como ser um empreendedor.
O mercado oferece modelos de negócios variados para todo tipo de empreendedor.

5. Valide sua ideia

O processo de como ser um empreendedor exige uma busca intensa por informações, dados e conhecimento. Por isso, você deve estar atento às diversas opiniões.

Enquanto desenvolve a sua ideia de negócio, converse com pessoas próximas, sejam elas mais experientes no assunto ou não.

Uma troca de ideias pode ajudar você a enxergar detalhes que antes passariam despercebidos, ou ainda, reavaliar suas próprias convicções.

Iniciar um negócio tem a ver com pessoas, pois você irá vender para clientes de carne e osso, que irão avaliar sua empresa de acordo com suas convicções internas.

Dessa forma, é bom saber opiniões diversas da sua, para ampliar seu leque de conhecimento, o que também pode ajudar a conhecer o seu público-alvo.

6. Planeje suas finanças

Lidar com dinheiro não é fácil, ainda mais quando temos as finanças pessoais e as da empresa para gerir. Um dos erros mais comuns de quem está começando é usar o dinheiro da empresa para pagar contas próprias, ou vice-versa.

A área de finanças é conhecida como o “coração” da empresa. Isso porque se não houver uma boa administração dos recursos financeiros, é pouco provável que um negócio sobreviva.

Por conta desta importância da área financeira, ela exige planejamento sólido. Assim, o empreendedor deve analisar alguns detalhes.

Em outros, a sua capacidade de investimento na empresa e se há algum dinheiro guardado que possa ser usado.

Da mesma forma, se consegue poupar algum dinheiro para investir na empresa ou se será necessário fazer um empréstimo.

Porém, pegar dinheiro emprestado é algo que deve ser muito bem avaliado, pois começar um negócio se endividando é perigoso.

Sua empresa deve ter uma base de capital suficiente para se bancar, ou seja, um capital de giro compatível com o tamanho do negócio.

Desse modo, evita-se que seja necessário pegar capital pessoal do empresário para cobrir custos da empresa, o que é uma prática bastante problemática.

Vemos uma pessoa passando o cartão de crédito para outra em uma máquininha (imagem ilustrativa).
As finanças do negócio precisam estar equilibradas para um bom desenvolvimento.

7. Faça o planejamento do negócio

Saindo um pouco do campo de preparação interna, para ter um negócio de sucesso não há como deixar passar as questões conceituais e burocráticas.

Uma delas é o plano de negócios. Essa ferramenta servirá como um mapa que orientará quais caminhos sua empresa deve seguir desde o momento em que for constituída.

O plano de negócios é uma ferramenta importante no processo de como ser um empreendedor. Por isso, separamos um texto explicando mais sobre ele. Acesse agora! Bastar clicar no link.

Além do planejamento estrutural da empresa, você também deve planejar as datas para sua empresa (quando ela irá inaugurar, por exemplo).

Da mesma forma, planejar qual será o tempo que poderá se dedicar por dia, se será um trabalho em tempo integral ou não etc.

Dependendo do tipo de negócio, saber se precisa de equipe, quantas pessoas serão e como será feito o treinamento delas.

Enfim, planejar alguns destes detalhes permite trabalhar o processo com mais tempo e evitar ter que resolver problemas de última hora.

8. Pense seu marketing

Com mercados cada vez mais concorridos e clientes seletivos, o marketing da empresa se faz cada vez mais importante.

O empreendedor que inicia seu negócio do zero deve pensar suas estratégias de marketing, como fará para chegar a seus consumidor.

Atualmente, o marketing, principalmente o digital, é uma ferramenta vital para que um negócio seja visto no mercado. E as redes sociais são um território propício para atrair os clientes.

Por isso, primeiramente, você deve definir o público-alvo de sua empresa. Em seguida, avaliar os seus hábitos e gostos e, com isso, direcionar sua propaganda de forma eficiente.

É um trabalho complexo e que, para ser eficaz, deve contar com técnicas profissionais de marketing para não desperdiçar tempo e dinheiro.

Contudo, no caso de investir em uma franquia, o empreendedor terá o suporte da franqueadora para direcionar o seu marketing.

A empresa conta com experiência na divulgação do negócio e irá lhe orientar para as melhores ações de marketing para sua unidade.

Vemos várias placas com nomes de empresas famosas penduradas em uma parede (imagem ilustrativa). Texto: como ser um empreendedor.
A divulgação da sua marca é um importante passo para iniciar seu negócio.

9. Execute seus planejamentos

De nada adianta passar por todo o planejamento e etapas de como ser um empreendedor e, na hora H, não seguir o planejado.

Não deixe de lado ações nas quais pensou por conta de insegurança, afobação ou até mesmo por falta de dinheiro.

Execute o planejamento de forma mais eficiente possível. Do que adianta ter um mapa se você vai se guiar apenas pelo instinto?

Se em um determinado momento o dinheiro acabou, existem inúmeras ferramentas gratuitas que podem ajudar no desenvolvimento do negócio.

Logo, acredite em seu planejamento para não se perder neste processo de começar um negócio próprio.

10. Se especialize

Vivemos na era da informação, em que há uma mudança constante de paradigmas, conceitos, necessidades e opiniões.

Por conta disso, o empreendedor deve se manter sempre atualizado, seja sobre o mercado ou em relação aos seus clientes.

Além disso, estudar permite que o empreendedor se especialize no seu negócio, esteja antenado com as mudanças e quanto ao rumo que deve tomar.

Mesmo com experiência no assunto, as constantes mudanças da modernidade exigem um empreendedor atualizado. Por isso, fiquei sempre atento e em busca de novos conhecimentos.

11. Trace metas e acompanhe seus resultados

Por fim, uma última dica de como ser empreendedor é traçar metas para o seu negócio e avaliar sempre o resultados obtidos.

Ou seja, analisar se sua empresa está se desenvolvendo, se está se aproximando das metas ou não etc. Com esta avaliação, caso necessário, fazer adaptações para corrigir os rumos do negócio.

Contudo, trace metas factíveis, possíveis de serem alcançadas. A cada passo que se aproxima do seu objetivo, mais prazeroso se tornará o trabalho.

Por conta disso, empreender, mesmo com as várias dificuldades e desafios, pode ser algo muito bom.

Melhor ainda se for por meio de franquias, que é uma forma mais simples, com um caminho mais sólido e os suportes que ajudam no bom desenvolvimento do negócio.

Caso opte por uma marca, entre em contato com a franqueadora. Se ainda não se decidiu, receba uma consultoria gratuita com especialistas para lhe ajudar na escolha da melhor franquia para você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement