Franquia BR Mania: qual o custo para abrir uma loja de conveniência?

Por
em
Imagem focada em um cliente comprando e prateleiras ao fundo. Imagem ilustrativa texto franquia BR Mania.
Advertisement

Se você está pensando em investir em um negócio no mercado de lojas de conveniência, uma das opções é a franquia BR Mania. Veja aqui quanto custa e como iniciar uma unidade da marca.

A franquia BR Mania está no segmento de Alimentação no franchising, setor este que é o mais lucrativo, com ganhos de mais de R$ 40 bilhões em 2020.

Você provavelmente já se deparou com uma loja de conveniência da BR Mania em algum posto Petrobras. Porém, nem todo mundo sabe como funciona esta franquia e nós vamos lhe explicar.

Entenda como a franquia BR Mania funciona

A franquia BR Mania está no ranking das maiores franquias do país, ocupando a 13ª posição, com 1.132 unidades espalhadas pelo Brasil.

A rede oferece um negócio de loja de conveniência completa, com padaria, food service, sanduíches e salada, além de café para acompanhar.

Muitos dos produtos com os quais a rede trabalha são de marca própria, com um mix que passa dos 150 itens.

Em outras palavras, esse é um empreendimento voltado para Alimentação rápida, aproveitando os motoristas que passem pelo posto.

O negócio é atrativo para os clientes e também uma boa opção para o empreendedor que deseja investir no mercado de Alimentação.

Qual o custo para abrir uma conveniência?

Para investir em uma franquia BR Mania o empreendedor deve se organizar financeiramente, assim como em qualquer negócio.

Da mesma forma, os valores a serem investidos podem variar de acordo com o local escolhido para a instalação da unidade.

Um valor que não muda é a taxa de franquia, custando R$ 28.823,97. Porém, os custos de instalação podem variar. Sendo assim, o total a ser investido é de no mínimo R$ 190 mil.

Contudo, este valor pode chegar a mais de R$ 900 mil dependendo do tamanho da unidade. Isso inclui reformas, compra de maquinário e estrutura, entre outros detalhes do estabelecimento.

Depois de saber quanto custa para abrir uma franquia BR Mania, vamos explicar um pouco mais sobre o passo a passo deste processo.

Contudo, antes, dê uma olhada no nosso ebook com tudo sobre os custos de uma franquia.

E-book "Descubra todos os cursos de uma franquia".

Como abrir uma franquia BR Mania?

Primeiramente, para abrir uma unidade, é preciso ser, preferencialmente, revendedor de um posto Petrobras ou possuir um contrato comercial que permita a exploração do ponto.

Além disso, a franqueadora também analisa o perfil do empreendedor interessado na unidade. Ela busca pessoas que possam se dedicar com exclusividade e, se possível, tenham alguma experiência.

Da mesma forma, um dos primeiros passos é o empreendedor analisar a Circular de Oferta de Franquia (COF) da marca.

Neste documento estão os custos previstos para implantação de uma unidade, os direitos e deveres das partes, bem como os suportes oferecidos pela franqueadora.

Do mesmo modo, na COF estão os custos periódicos, como taxa de royalties e fundo de propaganda.

Após as partes se alinharem e escolherem o local de instalação, começam as obras para deixar o local com a identidade da marca.

A franqueadora auxilia na elaboração do projeto arquitetônico para esta nova unidade. O estabelecimento é pensando para tornar o trabalho do dia a dia mais simples e prático.

Após a assinatura do contrato de franquia são realizados treinamentos para o franqueado conhecer melhor a operação e como fazer a gestão do negócio.

Nestes treinamentos, o empreendedor recebe orientação para atendimento aos clientes, produção do cardápio e a manutenção do local.

Além disso, recebe dicas de como fazer o marketing da loja, contando com o auxílio da franqueadora na produção de peças e conteúdos promocionais. Por fim, chegou a hora da inauguração!

Como você pode ver, é um processo mais simples do que começar um negócio do zero. Isso porque estamos falando de um modelo de franquia, que possui algumas vantagens, como falaremos agora.

Vemos uma mulher pegando uma bebida em uma loja de conveniência (imagem ilustrativa). Texto: franquia BR Mania.
Após o processo de instalação, o empreendedor inaugura sua loja.

Vantagens de abrir uma franquia

Conforme falamos, o modelo de franquia é vantajoso, principalmente para empreendedores que não possuem muita experiência.

Este modelo, por ser estruturado, com uma operação padrão, é mais simples de ser implementado, possibilitando também um retorno mais rápido.

Iniciar um negócio com uma marca reconhecida e um modo de operar organizado diminui a sensação de insegurança com um novo negócio.

Isso porque o empreendedor consegue captar clientes de maneira mais eficiente, mesmo pouco tempo depois da inauguração.

Da mesma forma, o modelo de franquias é atrativo pois o empreendedor sabe quanto terá de investir no negócio.

Quando se inicia um empreendimento do zero, os gastos são menos previsíveis, o que deixa o processo um pouco mais arriscado.

Além disso, o formato de franquia é vantajoso pois o franqueado conta com diversos suportes da franqueadora.

São auxílios para várias das etapas importantes de implementação do negócio. Por exemplo, apoio na escolha do melhor local de instalação da unidade.

A franqueadora também oferece treinamentos para o fraqueado entender a operação da marca, aprender as melhores práticas junto aos clientes e para o marketing.

Do mesmo modo, a franqueadora orienta em questões de gestão, jurídicas e burocráticas. São suportes importantes para o bom andamento do negócio.

Assim como explicamos, o modelo de franquias possui muitas vantagens por conta da organização, força da marca e suportes.

O negócio é ainda melhor para o empreendedor quando ele investe em mercado sólido, como o de Alimentação. Ainda possui diversos nichos, além do de loja de conveniência, onde atua a BR Mania.

Vale a pena abrir uma franquia de Alimentação?

Lá no início do texto falamos que o segmento de franquias de Alimentação faturou mais de R$ 40 bilhões em 2020. Este dado, da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostra um pouco da força do setor.

Ele é o segmento de maior faturamento entre os 11 listados pela ABF, e isso se deve pelo enorme mercado consumidor e sua variedade de nichos para investir.

O setor de Alimentação foi bastante afetado pela pandemia do novo coronavírus, mas deve se recuperar rapidamente sem as restrições de circulação de pessoas.

Nesse sentido, investir em uma franquia deste mercado é atrativo, pois elas contam com boa lucratividade e público consumidor.

Por exemplo, o empreendedor pode atuar em uma franquia de pizzaria, salgados, doces e bolos, entre outros. Também pode investir em comidas típicas de outros países, comidas saudáveis, vegana, etc.

Um deste mercado é o de venda de açaí, onde atua a franquia Cream Berry. A rede nasceu em Varginha, em Minas Gerais, e conta com um negócio enxuto e atrativo.

No vídeo abaixo, você confere um dos franqueados da marca, Tiago Junji, falando um pouco sobre a marca.

A Cream Berry trabalha com dois formatos de negócio. O convencional, com combos pré-definidos no cardápio, e outro com self-service.

O self-service tem atraído muito os consumidores que buscam variedades de combinações de acompanhamentos para o creme de açaí. O investimento inicial em uma unidade é a partir de R$ 90 mil.

Saiba mais sobre a Cream Berry lendo o texto completo sobre a franquia.

Caso opte por se tornar um fraqueado Cream Berry, entre em contato com a franqueadora. Porém, se ainda não se decidiu pela franquia ideal, faça uma consultoria gratuita com especialistas para lhe ajudar na escolha da melhor franquia para você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement