Você sabe quanto custa uma franquia do McDonald’s? Como abrir, lucros

Por
em
Franquia do Mcdonalds
Advertisement

A maioria das pessoas, quando ouve falar em franquias, logo pensa na franquia do McDonald’s – e isso não é à toa. Afinal, a marca é a maior rede de fast-food (em faturamento) do mundo, e a segunda em número de unidades.

O sucesso do McDonald’s no Brasil, e em todo o mundo, é indiscutível. Seja pela música que explodiu na década de 1990, sobre o Big Mac, ou pelo fato de estar presente em quase todos os países do mundo. Por isso, preparamos o texto a seguir para mostrar um pouco da história da marca e como se tornar um franqueado.

A franquia McDonald’s possui unidades espalhadas em vários lugares e, para se ter ideia, só no primeiro trimestre de 2021, a marca teve um lucro líquido de US$ 1,54 bilhão. Até porque, as vendas globais cresceram em 7,5%.

Não é à toa que essa é uma das marcas mais conhecidas, e uma das franquias mais bem-sucedidas no mercado. Está preparado para conhecer o McDonald’s? Então vamos lá!

Qual a história da franquia do McDonald’s?

A história de uma das maiores rede de fast-food do mundo se inicia ainda na década de 1930. Foi quando os irmãos Dick e Mac McDonald abriram seu primeiro empreendimento na Califórnia, Estados Unidos, investindo em um conceito bem diferente de venda de hambúrgueres.

Dessa forma, buscando um modelo inovador, eles desenvolveram um sistema ágil, capaz de entregar um sanduíche em questão de segundos.

O que parece comum hoje, na época era algo surpreendente. Afinal, todos os restaurantes que ofereciam o mesmo prato demoravam muito para entregar o pedido para os clientes. Em questão de meses, o McDonald’s já era referência na região.

Vemos uma placa do McDonald's com um M amarelo e a parte inferior vermelha. Ao fundo temos um céu azul (imagem ilustrativa). Texto: franquia do mcdonald's.
O McDonald’s conta com unidades em todo mundo.

Com o passar dos anos, surgiu o empresário que mudaria toda a história do restaurante. Ray Kroc era um comerciante de máquinas de milk-shake. Ao descobrir um pedido muito além do normal de seus equipamentos, decidiu atravessar os EUA para conhecer o restaurante.

Dessa forma, ao observar o modelo inovador, Kroc fez uma proposta de sociedade com os irmãos McDonald e abriu a primeira franquia do restaurante. O estabelecimento foi o primeiro a usar os arcos dourados, instalado em Chicago.

Como o McDonald’s se tornou o que é hoje?

Com Ray à frente do negócio, cuidando para conseguir franqueados, a marca passou a crescer nos Estados Unidos. Um dos objetivos do empresário era transformar o restaurante McDonald’s em referência nas cidades, assim como eram conhecidas a prefeitura e igrejas nas localidades.

Dessa forma, na década de 1960, aconteceu o grande boom da marca. Vendo a necessidade de criar mais e mais restaurantes, Kroc decide montar a McDonald’s Corporation.

Uma das primeiras ações da companhia foi adotar um modelo em que ela comprava o terreno e alugava o espaço para os futuros franqueados. Assim, com o sucesso que a marca já possuía nessa época, o McDonald’s começou a ganhar o mundo.

Desde então, quando se pensa em fast-food, é impossível não pensar no McDonald’s e em seus tradicionais sanduíches, como o Big Mac, e em personalidades como o palhaço Ronald McDonald’s.

McDonald’s no Brasil 

Advertisement

Com a sua expansão, não demorou muito para o McDonald’s chegar ao Brasil, em 1979, a primeira unidade foi inaugurada no Rio de Janeiro, em Copacabana. Dois anos depois foi a vez de São Paulo ganhar uma unidade, dessa vez, na Avenida Paulista. 

Desde então, a franquia McDonald’s vem se espalhando por todo país. Atualmente, existem por volta de 2,5 milhões de unidades em operação no país, entre eles restaurantes, quiosques e McCafé. 

Para se ter ideia, a marca costuma receber 2 milhões de clientes por dia, e para isso, conta com uma equipe de 50 mil funcionários, aproximadamente. 

Como funciona o sistema de franquia do McDonald’s?

Os brasileiros que desejam se tornar franqueados do McDonald’s devem se preparar para investir um bom dinheiro. Porém, antes de entrarmos nos valores, é necessário entender como funciona o modelo atual de franquias da marca.

Na América Latina, a holding Arcos Dourados, com sede no Uruguai, é a responsável por desenvolver a marca na região e Caribe.

Vemos uma mulher de blusa de frio escura, segurando um pacote do McDonald's enquanto come uma batata frita (imagem ilustrativa). Texto: franquia do mcdonald's.
Ser um franqueado McDonald’s exige um alto investimento.

Cabe à empresa validar a inscrição dos candidatos e prestar os treinamentos e suportes necessários para o desenvolvimento dos restaurantes. Vale frisar que o modelo de franquia citado no tópico anterior não é mais utilizado pela McDonald’s.

Por fim, o futuro franqueado pode escolher diferentes tipos de modelo de franquias, sendo eles: quiosque para comercialização de sorvetes, restaurante de rua, shopping ou outros centros comerciais.

Quer saber o que é preciso para se tornar um franqueado McDonald’s? Calma que vamos lhe explicar, mas antes disso, entenda mais sobre os valores de investimento da marca.

Valores da franquia McDonald’s

Agora que você sabe onde procurar e quais tipos de empreendimento você pode abrir da McDonald’s, é hora de conhecer o quanto esse negócio vai custar para o seu bolso.

Por ser uma rede que conta com uma identidade visual e um padrão muito elevado, é comum que os valores sejam, também, altos.

Assim, para investir em qualquer modelo de franquias do McDonald’s, é preciso fazer um investimento inicial que pode variar entre R$ 1,6 milhão a R$ 2,5 milhões.

Porém, vale lembrar que esses valores variam de acordo com o tamanho da sua unidade.

Se você está querendo investir apenas na franquia de sorvete da marca, saiba que esse investimento único não é possível. Ou seja, é necessário comprar o pacote completo.

Com relação às taxas mensais, os royalties do McDonald’s giram em torno de 5% do faturamento bruto da loja. Por fim, o faturamento médio do empreendimento gira em torno dos R$ 560 mil, gerando uma rentabilidade em torno de 8% a 10%.

Quanto custa a franquia do quiosque de sorvete do McDonald’s?

Algo que pode chamar bastante atenção de investidores são os quiosques de sorvete das franquias McDonald’s. Isso porque, essas pequenas unidades estão presentes em vários pontos estratégicos e são bastante atrativas.

Os quiosque contam com uma estrutura completa: desde a parte do caixa e balcão para atendimento, até as máquinas necessárias para operar as sobremesas disponíveis e o espaço necessário para o estoque dos produtos.

No entanto, você precisa saber que, para ter um quiosque de sorvete do McDonald’s, é preciso adquirir o pacote completo da franquia. Ou seja, não é possível ser um franqueado apenas do quiosque de sorvete.

Vemos uma casquinha de baunilha, com um fundo desfocado (imagem ilustrativa).
Os quiosques de sorvete fazem parte de um pacote maior.

Por isso, se este é o seu desejo, será precisa investir na marca como um todo, ou seja, algo com custos bem maiores.

Isso porque, o modelo de quiosque está atrelado à unidade McDonald’s que já se encontra em um determinado lugar. Tanto que a própria unidade abastece esse quiosque.

Como dissemos, o investimento pode variar de acordo com fatores como o tamanho da unidade, mas, geralmente, os números partem da casa dos R$ 1,6 milhão.

Além disso, já contando com a unidade McDonald’s, você precisará desembolsar um valor para a instalação de um quiosque, que gira em torno de R$ 350 mil.

O que é preciso para se tornar um franqueado do McDonald’s?

Para conseguir se tornar um franqueado do McDonald’s, você precisa estar preparado para um processo longo e complicado. O primeiro passo é preencher o questionário que a marca disponibiliza em seu site.

Assim, caso o seu perfil seja compatível com o que a empresa espera de seus franqueados da região em que a unidade será instalada, você irá para a próxima etapa.

A franqueadora convida o futuro empresário para passar um período conhecendo a rotina do restaurante. É nesse momento que a entrevista aos candidatos a franqueados acontece, junto da entrega da Circular de Oferta de Franquia(COF).

Em seguida, o franqueado passa pelos treinamentos efetivos. Dessa forma, ele passa pelo processo de imersão do negócio e aprende tudo sobre gestão e administração das unidades do McDonald’s.

Porém, se prepare para viajar até o Centro de Treinamento e passar pelo curso. Assim que passar por todas essas etapas, o franqueado finalmente recebe o contrato para assinar e pode iniciar o seu restaurante.

Passo a passo para abrir uma franquia McDonald’s

Vemos um hambúrguer com queijo, alface e tomate, em cima de uma tábua de madeira em um fundo preto (imagem ilustrativa). Texto: franquia do mcdonald's.
Você precisa se preparar financeiramente se quiser abrir uma franquia McDonald’s.

Você que deseja se tornar um franqueado McDonald’s precisa saber que o processo para abrir sua unidade envolve uma série de etapas, como já explicamos.

No entanto, como em qualquer tipo de franquia, existem alguns pontos básicos que fazem parte do processo de investimento.

Sendo assim, o primeiro deles é conhecer bem a franquia e estudar todo o suporte oferecido aos franqueados. Essas informações estão reunidas na COF do negócio.

Além disso, você precisa se preparar financeiramente para esse investimento, uma vez que vários gastos serão necessários para que sua unidade comece a operar.

Outro passo que pode ser muito útil é conversar com os demais franqueados, para entender se todas as promessas feitas pela franqueadora realmente funcionam na prática.

Para investir com segurança, é importante que você conheça bem o modelo de negócio e a forma de atuação diária para que seu negócio se desenvolva.

No caso do McDonald’s, além da pesquisa sobre a marca, você tem a possibilidade de experimentar a rotina e os desafios do trabalho.

Logo em seguida, você deve analisar o local onde deseja abrir a unidade. Caso a franqueadora aprove todas as informações, será preciso se preparar para pagar todas as taxas.

Lembre-se também que, antes da inauguração do negócio, você precisa passar por um treinamento completo. A franquia do McDonald’s conta com um treinamento de nove meses, que busca preparar o franqueado para uma boa administração.

Quanto fatura uma franquia McDonald’s?

Outro dado importante para quem deseja investir em uma franquia McDonald’s, ou qualquer outro tipo de empreendimento, é o faturamento do negócio.

Afinal, ao apostar em uma marca, você precisa saber o quanto de retorno terá durante seu trabalho com a unidade, e se aquele investimento valerá a pena.

Desse modo, saiba que os retornos podem depender também do local onde sua unidade está localizada e do fluxo de clientes que têm acesso a sua loja diariamente. Contudo, o McDonald’s possui uma média mensal de faturamento de R$ 560 mil.

Além disso, a rentabilidade média gira em torno de 8% a 10% sobre o faturamento, com prazo de retorno de investimento de até 60 meses ou mais.

Acompanhe no vídeo a seguir tudo sobre a franquia McDonald’s!

Como vimos, fazer parte de uma marca com história como a McDonald’s não é algo muito barato, mas possui suas vantagens. Afinal, quem não deseja abrir um negócio de sucesso mundial?

Vale a pena abrir franquia de Alimentação?

O setor de franquias de alimentação é amplo e o maior segmento do franchising brasileiro. O faturamento destas franquias é sólido, mesmo em períodos de crise econômica.

Ainda que, em alguns momentos, haja retração no consumo da população, os itens de primeira necessidade, como alimentação, conseguem se manter equilibrados.

Da mesma forma, o setor possui muitas opções para investir, seja em comidas clássicas, como pizzas e sanduíches, ou alimentos menos comuns.

Em 2020, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), este segmento faturou mais de R$ 40 bilhões.

Para se ter uma ideia, o segundo setor que mais faturou naquele ano (Saúde, Beleza e Bem-estar), teve um resultado pouco acima de R$ 35 bilhões.

Do mesmo modo, o setor é vantajoso pois, além de muitas opções de produtos, consegue alcançar também as diferentes classes sociais.

Em uma mesma marca você pode encontrar produtos mais caros, com maior valor agregado ou de maior qualidade. E ainda assim, ter produtos mais populares, para abarcar uma maior quantidade de clientes em potencial.

As franquias de alimentação se fortalecem e expandem seu negócios à medida que o modelo delivery também ganha força.

Diversas marcas, que antes vendiam apenas no balcão ou salão, agora investem neste modelo de entrega para diversificar e se adaptar aos novos costumes.

Uma destas franquias de alimentação, que também tem se diversificado investindo no modelo delivery, é a franquia McDonald’s.

Vemos várias pessoas comendo em um restaurante e rindo (imagem ilustrativa).
As franquias de alimentação são uma boa opção para o investidor.

Como saber se a franquia McDonald’s é a melhor opção?

Abrir uma franquia McDonald’s é um passo importante para o empreendedor, tendo em vista a força da marca e os investimentos necessários.

Para saber se é uma boa opção fazer este investimento, o empreendedor primeiro deve conhecer bem o modelo de negócio da marca.

Ele precisa analisar se possui perfil para gerir este tipo de negócio. Da mesma forma, precisa saber se possui a disponibilidade para este empreendimento.

Esta disponibilidade deve ser financeira, tendo em vista o capital necessário para abrir uma franquia McDonald’s, bem como a disponibilidade de tempo. Este tipo de negócio exige dedicação integral do empreendedor.

Nesse sentido, o empreendedor também deve estudar a região onde irá iniciar o negócio.

Para isso ele conta com uma ajuda da franqueadora com estudos de geomarketing, que orientam os melhores locais para a instalação da franquia.

Uma franquia McDonald’s é com certeza um investimento sólido, tendo em vista toda a força da marca e os anos de experiência no negócio.

Cabe mesmo ao investidor analisar se ele está preparado para gerir a franquia, resolver os problemas do dia a dia e durante o desenvolvimento da unidade.

Para isso ele deve ter algum conhecimento de administração, para não se perder na organização do negócio. Mesmo que a rede ofereça uma série de suportes, muita coisa é trabalho do franqueado fazer e resolver.

Por fim, cabe ao empreendedor entender todo o modo de operação da franquia McDonald’s e como ele se encaixa neste trabalho. Dessa forma, será mais prazeroso trabalhar com a marca.

Outras opções de franquias de Alimentação 

Depois desse conteúdo, você já está por dentro de tudo da franquia McDonald’s e conhece vários detalhes. No entanto, se você quer apostar no segmento de Alimentação e ainda tem dúvidas sobre qual marca escolher, é hora de analisar o mercado. 

Isso porque, existem opções que trabalham com os mais diversos produtos e com opções de formatos distintos. Por isso, você pode procurar aquela que seja mais interessante para o seu perfil.

Há, por exemplo, franquias que trabalham com refeições completas, outras focadas em sobremesas e lanches rápidos. Além disso, temos opções que oferecem produtos vegetarianos, comidas fitness e muito mais. 

A franquia Cream Berry, por exemplo, é uma marca que trabalha com o creme de açaí. Nela, os clientes podem encontrar mais de 70 combinações do açaí com coberturas, guloseimas, caldas etc. 

Do mesmo modo, a marca oferece outros cremes de frutas, como pitaya, cupuaçu, maracujá e afins. Inclusive, os franqueados podem escolher entre as unidades em modelo convencional ou com o modelo express, que possui estrutura para self-service. 

Conheça a franquia Cream Berry em nosso artigo e descubra mais sobre as possibilidades que a marca oferece. 

Mas se preferir um acompanhamento na hora de avaliar as opções de franquias, você pode contar com a nossa consultoria gratuita. Nosso time de profissionais consegue lhe ajudar a encontrar a marca mais indicada para seus objetivos. Para isso, acesse henriquemol.com.br.

*Informações publicadas em Setembro/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement