Como abrir franquia loja de roupa em shopping: cuidados e dicas

Publicado em
franquia loja roupa shopping

Muita gente tem dúvidas sobre como abrir franquia loja de roupa em shopping. E isso é bastante compreensível, já que existem várias regras especiais sobre iniciar um negócio nestes espaços.

Para o aluguel de uma loja, por exemplo, é preciso pagar a chamada luva, uma garantia do aluguel mesmo durante o período de obras no espaço.

Também há normas sobre as mudanças que podem ser realizadas na estrutura, os tipos de negócio no shopping e mais.

Por isso, é importante ter atenção ao solicitado por cada shopping. Mas abrir uma franquia pode trazer certo alívio nas preocupações.

Isso porque, uma franquia possui um plano de negócio preestabelecido. Esse plano já foi aplicado em outras unidades do negócio, o que corrigiu seus erros e estabeleceu padrões.

Dessa forma, a franqueadora já terá dicas sobre como instalar uma unidade da franquia em um shopping. 

Além disso, ela oferecerá suporte ao franqueado para a escolha do ponto. Com a franqueadora como mediadora, os administradores de shopping têm maior facilidade em ver a potencialidade do negócio. 

Principalmente: confiam que a rede terá lucros suficientes para manter seus pagamentos em dia.

São vários os shoppings no País, o que cria uma gama de opções para a abertura de uma franquia loja de roupa em shopping. São mais de 570 shoppings do Brasil, sendo que o varejo de Moda é um dos principais segmentos atuantes nesses espaços.

Falando do mercado de moda como um todo, a previsão é que ele cresça 3,1% ao ano até 2021. As redes varejistas de roupas e acessórios têm mais de 1 milhão de negócios em atividade no Brasil. 

Só no franchising, o ramo de moda faturou R$ 24,2 bilhões em 2019. Em relação ao número de unidades, o segmento teve um crescimento de 1,8%.

Por que abrir uma franquia de loja de roupas em shopping?

Na hora de abrir uma franquia loja de roupa em shopping, é preciso muita análise. Isso porque, abrir uma loja em shopping costuma ser mais caro que em uma loja de rua. 

Então, é preciso ter um aporte maior de capital e planejar bem seu investimento financeiro. Assim, o empreendedor poderá aproveitar das várias vantagens que um negócio no shopping tem a oferecer. Veja abaixo.

Quiosque ou loja

Um dos primeiros atrativos de abrir um negócio no shopping é que você pode escolher entre uma loja ou quiosque. Claro, desde que a marca que você escolher de franquia permita essas duas opções.

Ao abrir um quiosque, o empreendedor instala o seu negócio no corredor do shopping. Assim, conta com um espaço que chama atenção, pois está no caminho dos consumidores do mall.

Já uma loja tem maior espaço disponível e algumas facilidades, como estrutura mais robusta e vitrines para exposição das peças.

Para escolher entre um ou outro, o franqueado contará com o auxílio da franqueadora. A empresa poderá indicar qual o melhor modelo da franquia para aquele espaço e a possibilidade de investimento do empreendedor.

Relacionamento com o cliente

Ao ter uma loja em um shopping, o empreendedor pode ter uma relação mais próxima com o cliente. Isso porque, as pessoas que visitam o shopping costumam fazê-lo sempre. Se estabelecer problemas de fidelidade e afins, é bastante viável que a loja tenha um público frequente e fiel.

cliente e vendedor conversando
Manter o bom relacionamento e atendimento do cliente fará ele ter vontade de voltar à loja.

Estacionamento

Em um shopping, os usuários contam com um estacionamento. Esse é um atrativo para a visita deles ao espaço comercial, já que o estacionamento na rua pode não ser muito seguros. Para se ter uma ideia, 80% dos casos de furtos e roubos acontecem quando o carro está parado.

Plano de negócio da franquia

Também é preciso falarmos das vantagens de abrir uma franquia, independentemente de ela ficar em um shopping ou não.

Ao abrir uma franquia, o empreendedor conta com todo o plano de negócio da marca. Isso significa que ele tem acesso a todo o planejamento de como atuar com os produtos e atendimento do cliente.

Esse planejamento já terá sido colocado em prática, testado em outras unidades. Assim, ele já terá sido corrigido quando necessário, gerando resultados ainda melhores agora.

Outra vantagem deste plano de negócio é que ele tem o planejamento de todos os gastos e ganhos do empreendimento. Assim, é mais fácil estabelecer o planejamento financeiro da empresa e obter um retorno dentro do previsto.

A entrega deste plano de negócio ao franqueado é feito junto a uma série de treinamentos. Por meio dessa capacitação, o empresário aprende como atuar no dia a dia da franquia. Assim, ele consegue manter a padronização da rede, oferecendo exatamente o mesmo que as demais unidades.

Essa padronização é importante porque entrega ao consumidor exatamente o que ele espera da marca. Assim, ele confiará mais facilmente na loja e terá maior facilidade em comprar.

Dicas para abrir franquia de loja de roupa em shopping

Agora que você já conhece as vantagens de abrir uma franquia de loja de roupa em shopping, é hora de conhecer alguns pontos importantes deste empreendimento.

Por exemplo: há custos de um negócio em shopping que não são comuns em um aluguel de rua. E também há regras específicas para o trabalho dentro de um mall. 

Sem contar que é preciso atender a um perfil específico para esse tipo de empreendimento. Se não tiver aptidão para uma franquia em shopping, o franqueado pode ter dificuldades em desenvolvê-la.

Falamos dessas especificidades, do negócio e do empreendedor, logo abaixo. Continue lendo!

Ponto comercial da franquia

Quando demonstra interesse em uma franquia, o empreendedor recebe a COF da marca. A COF é a Circular de Oferta de Franquia do negócio, um documento que tem todas as informações sobre ele.

Nele, ficam listadas, por exemplo, as regras da relação entre franqueadora e franqueado. Assim como os valores necessários para investimento, o histórico da marca, funcionários necessários e mais.

É também na COF que aparece o tamanho do espaço necessário para a abrir a franquia loja de roupa. Assim como a estrutura que essa loja deverá possuir para a venda.

Normalmente, os shoppings reservam entre 20 e 30 metros quadrados para cada loja. Se a franquia exigir mais do que isso, será preciso negociar com a administradora do mall. Ou ainda, encontrar outro shopping, com metragem maior.

Para facilitar todo esse processo, o franqueador oferece assessoria na escolha do ponto para o negócio. Neste caso, ele realiza o estudo de geomarketing do espaço, avaliando aspectos como a presença do público-alvo da marca e a facilidade de acesso pelos clientes. 

Se necessário, muitas franqueadoras também trabalham como mediadoras da relação entre franqueado e administradora do shopping.

Se a instalação for em um quiosque, será importante conhecer a movimentação dos corredores antes. É preciso que o espaço receba um número considerável de consumidores. Assim, a loja poderá chamar maior atenção dos consumidores.

Também é essencial verificar as regras do shopping para o espaço. Alguns malls, por exemplo, limitam o espaço de venda da loja a apenas uma porcentagem dela. 

Outras administradoras exigem a instalação de ar-condicionados, vitrines específicas, balcões a determinada altura etc. Tenha a certeza de que você e a sua franquia poderão se adequar a todas as exigências.

Taxas e outras burocracias

Um negócio geralmente tem algumas despesas básicas: o pagamento de salários, contas de energia elétrica e água e mais. Sem contar as taxas periódicas de franquia, como os royalties e taxa de marketing.

Já no caso de uma franquia em shopping, existem outros valores associados a ela. Alguns malls, por exemplo, como a Cessão de Direito de Uso (CDU). São as luvas, que citamos no início do texto. O valor será uma garantia da reserva do espaço antes do estabelecimento da loja.

No caso do aluguel, é comum que ele seja cobrado por metro quadrado. Então, esse custo pode ser maior ou menor, dependendo da loja aberta. Será essencial conversar com a franqueadora sobre o assunto, pois ela saberá exatamente o espaço necessário para atuar com a marca.

Os shoppings também podem possuir o chamado Fundo de Promoção. Então, além da taxa de marketing da franqueadora, será preciso quitar esse valor para publicidade dentro do mall. 

Normalmente, esse percentual é calculado com base no percentual de vendas da loja. Ele serve para uma publicidade unificada, que chamará as pessoas para o shopping, em vez de para loja específica.

Outro custo bem comum é a Taxa de Condomínio. Funciona como uma taxa de condomínio residencial, funcionando para limpeza e luz do shopping, por exemplo.

Para suportar esses custos e manter a saúde financeira da empresa, é importante contar com um bom capital de giro. O capital necessário é estipulado pela franqueadora na COF da marca.

Em caso de dúvidas, o empreendedor pode saná-las com a franqueadora. Como dito antes, a empresa já terá instalado outras de suas unidades pelo Brasil. Então, ela saberá que ações tomar para alcançar os melhores resultados.

Conheça o mercado da franquia

Para investir em uma empresa, é importante gostar do setor em que você vai atuar. Neste caso, você deverá ter enorme interesse no mercado da Moda. Isso vai garantir que o seu entusiasmo se mantenha para investir tempo e dinheiro no empreendimento.

roupas e bolsas femininas na loja
Algumas franquias de roupa feminina também comercializam calçados e acessórios.

Para ter a certeza desse seu interesse, você deverá conhecer o mercado da franquia. Na própria COF, a marca apresentará informações importantes sobre o setor. Como o seu faturamento, tendências e número de concorrentes.

Mas você deve ir além. Por isso, pesquise sobre o ramo de Moda e Varejo. Perceba o que é novo no mercado, quais são as tendências, seus pontos fortes e fracos.

Isso vai te ajudar a entender seu negócio e, principalmente, entregar um bom atendimento ao cliente. No ramo da moda, os consumidores esperam quase que uma consultoria para se vestirem. Você só poderá oferecer isso se conhecer do que está falando.

Saiba quem é o seu público-alvo

Para atender bem seu público, você também precisa saber quem ele é. Neste caso, será preciso avaliá-lo segundo seu nicho de mercado.

Se sua franquia de roupas for focada em moda íntima, por exemplo, seu público majoritário será de mulheres entre 20 e 50 anos, aproximadamente.

Já para o nicho de roupas do dia a dia, homens e mulheres podem ser atendidos, dependendo do que você oferecer. Uma loja de roupas infantis terá as crianças como clientes; roupas teens, jovens e adolescentes etc.

Entenda quem é seu público e saiba como abordá-lo. As mulheres costumam ter maior noção do que procuram na moda, enquanto os homens buscam por consultoria.

Atender ao seus consumidores do modo adequado vai tornar a compra deles mais satisfatória. Assim, você poderá fidelizá-los, além de ganhar o marketing boca a boca.

Estabeleça planos fidelidade

Não adiantará apenas ter uma marca reconhecida, um bom atendimento e produtos de qualidade. Claro que isso vai facilitar sua conquista do público, mas não será suficiente para mantê-los fiéis.

Um bom cliente é aquele que compra com você e depois volta para fazer novas compras. Ele também fala sobre a sua loja para amigos e parentes, ajudando a conquistar mais consumidores.

Só que esse tipo de cliente também quer obter algo em troca, mesmo que eles não digam isso. E você pode, sim, recompensá-lo.

Só que os descontos só são interessantes quando são realmente necessários. Afinal, desconto significa perda no seu valor de venda. Veja mais sobre isso no curto vídeo abaixo.

https://www.instagram.com/tv/B5dr8UKAaaX/

Pensando nos seus ganhos e no cliente, é mais vantajoso investir programas de fidelidade. Aqueles do tipo “compre tanto e ganhe o item X, ou X% de desconto na próxima compra”. Esse tipo de ação incentiva a volta do cliente à loja e dá uma vantagem a ele. 

De qualquer forma, lembre-se de conversar com a franqueadora antes. A empresa já terá realizado programas do tipo em outras unidades, conhecendo os que têm melhor resultado.

Agora você já sabe como abrir uma franquia de loja de roupa em shopping. Sabe também os cuidados a se tomar, e as vantagens de abrir esse tipo de negócio.

Esse é mesmo o negócio ideal para o seu perfil? Para te ajudar a descobrir isso e algumas opções de franquias, produzimos o texto Melhores franquias de roupas: descubra em qual investir. Basta clicar no link para acessar.

Agora, se você ainda tem dúvida sobre em qual negócio investir, acesse o ebook a seguir. Nele, listamos várias dicas que podem te ajudar a encontrar a melhor franquia ao seu perfil.

ebook em qual franquia investir