Franquia na área jurídica para agregar serviços e concentrar ganhos

Por
em
franquia na área jurídica
Advertisement

Anda pensando em abrir uma franquia na área jurídica para expandir os seus negócios e opções de renda? Não deixe de conferir, neste artigo, algumas dicas de franquias com potencial de ganhos atrativos e serviços agregados que vão potencializar a sua atuação.

Antes de mais nada, quem procura investir em um segmento de franquias está em busca de segurança. Não à toa, as franquias estão aí para mostrar que são mesmo negócios mais seguros em comparação com as empresas comuns.

De acordo com o Sebrae, as empresas iniciadas do zero têm menos chances de se desenvolver do que as franquias. A taxa de mortalidade de empresas tradicionais é de 23%.

Isso significa dizer que, a cada 100 empresas, 23 fecham as portas em até dois anos de operação.

Por outro lado, a taxa de mortalidade das franquias é de somente de 5%. A maior sobrevivência das franquias é devido ao planejamento estratégico das marcas, que foi desenvolvido para dar certo.

Diante dessa segurança e da facilidade de operar um negócio, muitos profissionais da área do Direito procuram as franquias de corretoras de seguros, por exemplo.

É possível agregar diferentes serviços que variam de acordo com as redes. Ao mesmo tempo oferecer orientações sobre contratos e demais informações necessárias ao securitário.

Além disso, os advogados conseguem fortalecer a prestação dos serviços oferecidos pelas corretoras reforçando a confiança na marca. Quer saber como abrir a sua franquia na área jurídica? Continue a leitura.

O que é uma franquia na área jurídica?

Vemos dois empresários apertando as mãos simbolizando o fechamento de um acordo (imagem ilustrativa). Texto: franquia na área jurídica.
Uma franquia da área jurídica pode oferecer diversos serviços, entre eles a consultoria jurídica.

Primeiramente, vamos esclarecer neste tópico o que é uma franquia da área jurídica. As franquias da área jurídica são modelos de negócios voltados para áreas como contabilidade, administração, consultoria jurídica e outros.

Nas opções de negócios, os serviços oferecidos podem variar entre seguros, prestação de consultoria, entre outros, voltados à área administrativa. Ou seja, são serviços mais atrativos para quem tem habilidades e conhecimentos jurídicos.

Portanto, são franquias que possibilitam aos franqueados um desempenho mais atuante e eficiente, já que seguem um planejamento e sistemas que facilitam o desenvolvimento dos trabalhos na franquia.

O franqueado ainda pode contar com o plano de negócios desenvolvidos pela rede, suportes e treinamentos para o dia a dia da franquia. Essas facilidades proporcionam uma operação com maiores chances de sucesso.

Por que devo investir neste modelo de negócio?

As razões para investir em uma franquia na área jurídica, ou em qualquer outra, está na potencialidade do negócio. Já mencionamos que os benefícios de escolher uma empresa franqueada favorece o desempenho dos investidores.

Mas as vantagens de uma franquia vão muito além do suporte oferecido. Os pontos positivos estão no investimento em uma marca já testada e aprovada no mercado, a atuação com o auxílio de um plano de negócio já estruturado e o investimento em um modelo de negócio pronto.

As franquias da área jurídica têm uma outra questão que as fortalece. Franquias que atuam nesse mercado oferecem serviços como seguro de garantia contratual, responsabilidade civil e outros tipos de seguros.

Assim, os advogados podem agregar os serviços da franquia aos escritórios de advocacia. Os clientes encontrarão os serviços de orientação jurídica junto aos serviços oferecidos pelas franquias.

Além do mais, esse tipo de negócio está entre as franquias baratas. É comum que a franquia jurídica apresente baixo valor de investimento, e que os custos para implementação também sejam baixos, uma vez que os serviços serão agregados aos que já são oferecidos pelo escritório de advocacia.

Muitas franquias também trabalham com o modelo home office. Neste formato, o empreendedor trabalha de casa. Assim, ele não terá que arcar com custos de implementação, contas extras de água, luz e telefone, nem contratação de funcionários.

Por isso, muitos profissionais, não só da área do direito, mas de outras áreas como contabilidade e administração, optam pelas corretoras de seguros.

Portanto, se esse é o seu caso, é possível que franquias como as corretoras de seguros sejam as ideias para as suas perspectivas de trabalho. A seguir, apresentamos sete opções de franquias da área jurídica. Certamente há uma que melhor se encaixa ao seu perfil.

7 opções de franquias da área jurídica

Vemos uma franqueada fechando negócio com seus clientes (imagem ilustrativa).
Existem diversas opções no mercado de franchising com alternativas bem atrativas e rentáveis para atuação na área jurídica.

No franchising brasileiro, existem diversos modelos de franquias no segmento de Serviços e outros negócios, mercado em que as franquias na área jurídica estão inseridas.

Nesse sentido, o mercado de seguros vem crescendo há anos. Um exemplo da alta do setor é o seu faturamento anual.

Pois somente em 2019, o faturamento do segmento atingiu quase R$ 200 bilhões. Um aumento de 12,3% em comparação com os resultados de 2018.

Assim, com números tão atrativos, é natural que muitos empreendedores, inclusive da área jurídica, queiram investir no setor que está em plena expansão.

Ainda mais o mercado de seguros, que atua de forma muito ativa nos últimos meses. De acordo com a Minuto Seguros, desde o início de 2019, o setor vem registrando um crescimento contínuo no interesse de contratação de seguros de vida, saúde e de proteção de bens.

Ou seja, o momento é bem promissor para esse investimento. Por isso, selecionamos aqui algumas opções de franquias que atuam também na área jurídica para que você possa analisar em qual delas está o seu desejo de atuar.

Além de conhecer bem a rede e os formatos de negócio para investimento, é essencial estudar a Circular de Oferta de Franquia (COF).

A COF traz todos os detalhes sobre investimento, taxa de franquia, retorno de investimento, características da franquia, direitos e deveres de ambas as partes etc. O documento é entregue a todos os candidatos a franqueados.

1. Quisto Corretora de Seguros

Quisto Corretora de Seguros é uma opção de negócio bem atrativa no segmento. Especialista em seguros, a marca também trabalha com serviços voltados para a área jurídica, como o seguro de responsabilidade civil.

Além disso, a rede permite ao franqueado oferecer mais de 90 tipos de seguros e soluções financeiras ao consumidor. São proteções para o carro, casa, previdência privada e outros.

Sua parceria com várias seguradoras do Brasil garantem as melhores negociações, com ganhos bem atrativos (percentual) de cada serviço contratado. O que facilita no menor tempo de retorno do investimento. A empresa oferece dois modelos de negócio: home office e loja física.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 21 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 18 meses

Descubra outras informações sobre a franquia Quisto Corretora de Seguros no vídeo que trouxemos abaixo!

2. Studio Fiscal

Advertisement

A rede de franquias Studio Fiscal oferece aos clientes as opções de serviços de planejamento tributário, mapa fiscal, revisão de tributos indiretos e revisão de tributos federais.

Vale dizer que a franquia atua no franchising desde 2008, e oferece aos franqueados suporte completo nas áreas de RH, marketing, jurídico, entre outros.

  • Investimento inicial : a partir de R$ 120 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 61 mil
  • Prazo de retorno: 12 a 24 meses

3. Selem Bertozzi Consultoria

A Selem Bertozzi é uma franquia de consultoria jurídica que oferece consultoria em gestão legal. Sendo assim, a empresa oferece seis modelos de prestação de serviços.

Fundada em 1998, a franqueadora também oferece treinamento completo para a gestão da unidade.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 35 mil
  • Faturamento médio:  R$ 500 mil
  • Prazo de retorno: 11 meses

3. Cartório Mais

O Cartório Mais é uma rede de franquias que oferece diversas soluções aos clientes. Como exemplo, estão os serviços de assessoria jurídica, certificação digital, crédito consignado.

Além disso, os clientes podem contar com serviços de regularização de estrangeiros em todo país, gerenciamento de documentos, entre outros.

A franquia iniciou suas atividades em 2009, e está em constante crescimento com novas operações no franchising.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 55 mil 
  • Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 24 meses

4. Seguralta

Considerada uma das seguradoras mais antigas do Brasil, a Seguralta está no mercado nacional há mais de 50 anos. A marca se consolidou como uma franquia corretora de seguros que atua com diferentes serviços.

Aos franqueados, a rede oferece três opções de investimento: franquia home office, franquia de sala ou loja física.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 30 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 36 meses

5. Rede Cartório Fácil

Vemos um homem fechando negócio em uma franquia (imagem ilustrativa). Texto: como funciona uma franquia.
Uma franquia pode ser a sua opção mais acertada para investir, principalmente se for o seu primeiro negócio.

A rede de franquias Cartório Fácil entrou para o segmento de franquias em 2014 e, desde então, é destaque em seu mercado de atuação.

A empresa trabalha com prestação de serviços na área cartorária, incluindo registro civil, registro de imóveis e atendimento personalizado para advogados.

São três modelos de franquia ofertados, sendo um deles home office.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 32 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 20 mil
  • Prazo de retorno: 18 a 24 meses

6. Viver Aposentadorias

A Viver Aposentadorias está entre as franquias que oferece serviços previdenciários, incluindo aposentaria, pensão por morte, auxílio doença e acidente de trabalho.

Dessa forma, o franqueado pode ser um advogado ou empreendedor de qualquer área de atuação.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 60 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: 24 meses

7. Lien

Por fim, uma franquia conhecida pela facilidade na atuação dos serviços, a Lien é uma corretora de seguros que oferece consultoria aos clientes.

Sendo assim, os consumidores encontram maior facilidade para escolha da melhor opção de seguro para contratação.

Por meio de uma análise completa, a marca oferece um dos melhores custo-benefício do mercado de seguros. Atualmente, a Lien está presente em 10 estados brasileiros.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 10 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 6 e 12 meses

Como escolher a melhor franquia na área jurídica?

Como vimos, são muitas opções para quem deseja investir em uma franquia na área jurídica. No entanto, o empreendedor deve ficar atento a alguns detalhes.

Cada franquia oferece um modelo de negócio, com direcionamentos para públicos diferentes e maneiras de desenvolver o empreendimento.

Por isso, o interessando em se tornar franqueado deve analisar certos aspectos antes de escolher a melhor.

Vemos um homem sentado em uma área verde externa; enquanto sorri, ele analisa algo em seu tablet (imagem ilustrativa).
Saber fazer uma boa escolha é fundamental para o sucesso do franqueado.

Analise o seu próprio perfil

Na hora de escolher uma franquia, o empreendedor deve buscar um negócio que se adeque ao seu perfil.

Ou seja, ele deve fazer uma autoanálise, ver quais são suas preferências e pontos fortes para, então, escolha o negócio que se encaixe nestas qualidades.

Dessa forma, se ele é bom com números, pode escolher uma franquia que trabalhe com serviços de contabilidade, por exemplo. Da mesma forma, um empreendedor mais comunicativo pode se dar bem com uma rede de corretora de seguros.

Enfim, o investidor deve orientar sua escolha de acordo com seus gostos, qualidades, além de experiências prévias.

Suporte da franqueadora

O empreendedor deve observar quais suportes a franqueadora oferece aos franqueados.

Pois uma franquia na área jurídica precisa de alguns tipos de suportes, como auxílio na captação de clientes e boas parcerias para o desenvolvimento do negócio.

Da mesma forma, se o empreendedor é menos experiente, este suporte é ainda mais importante. Isso facilita os primeiros passos desse novo empreendedor no universo do franchising.

O interessado deve se atentar ainda aos suportes técnicos da franqueadora, como software de gestão e de cotação. Estes são elementos importantes e que farão toda a diferença.

Estude a lucratividade

Um bom negócio não necessariamente precisa ter uma lucratividade muito alta, mas uma rentabilidade constante.

Dessa forma, ao analisar uma franquia da área jurídica, veja qual a porcentagem de lucro com os serviços disponíveis. Contudo, este análise precisa ser complementada.

Não adianta ter um serviço muito lucrativo, mas que não tem tanta saída. Ao passo que, ter como carro-chefe um produto ou serviço pouco lucrativo, mas que sai muito, pode ser ruim para os negócios.

Assim, a franquia deve fazer uma média, levando com conta principalmente seus produtos ou serviços de maior sucesso.

Reputação da marca

Por fim, para vender bem um novo negócio de franquia, o empreendedor deve dar preferências por marcas mais consolidadas no mercado.

Algumas franquias podem tentar vender um modelo de negócio excelente, mas de difícil penetração no mercado. Da mesma forma, a marca deve ser conhecida para incentivar e captar clientes.

A confiança do seu público na marca faz muita diferença, deixando-o mais seguro para optar por seus produtos ou serviços.

Nesse sentido, o empreendedor não deve se deixar seduzir somente por prêmios e selos da franqueadora. Ele deve observar o momento atual da rede para saber se ela continua sendo um bom investimento.

Em suma, opte por conversar com franqueados e ex-franqueados para saber como os clientes tem reagido à marca. Se estão satisfeito ou não, e se a recomendam para outras pessoas.

Percebeu como é possível investir em uma franquia da área jurídica e se tornar um empreendedor de sucesso?

Para saber mais sobre como ingressar neste segmento leia “Como abrir uma franquia Corretora de seguros”.

Advertisement
Advertisement