Empreendedor iniciante: veja dicas que vão te ajudar a ganhar dinheiro sem erros!

Por
em
Jovem em frente a um computador segurando uma caneta e pensando em algo. Imagem ilustrativa do texto empreendedor iniciante.
Advertisement

O empreendedor iniciante precisa conhecer bem as etapas para começar qualquer negócio. Por isso, neste artigo estão algumas dicas que todo empreendedor deve conhecer.

Ser um empreendedor é o sonho de muitas pessoas. Segundo um levantamento da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em 2021, cerca de 50 milhões de brasileiros querem abrir o negócio próprio nos próximos três anos.

Mas para quem está começando a empreender deve tomar alguns cuidados para realizar esse projeto de forma sólida e bem planejada, como falaremos. Então, continue a leitura!

7 dicas para se dar bem como empreendedor iniciante

É comum o empreendedor iniciante ter um certo receio de investir o seu dinheiro e tempo em um novo negócio. Porém, esse medo é mais do que normal, mas não deve impedir de realizar o seu sonho.

Logo, para diminuir os riscos e se dar bem, o planejamento é essencial para organizar essa jornada, estruturando bem o negócio e com isso, montar uma empresa sólida.

Dessa forma, confira as dicas para o empreendedor iniciante entender o que é preciso fazer para ter um bom negócio.

1. Converse com as pessoas sobre sua ideia

Para o empreendedor sem experiência, o primeiro passo é conversar com pessoas que possam lhe ajudar, apresentar alguma ideia, ou seja, uma visão de fora.

Nesse sentido, converse com pessoas que possuam alguma experiência, por exemplo, uma pequena empresa, mesmo que não seja no mercado no qual você deseja atuar.

Além disso, é interessante pegar a opinião das pessoas, um feedback que pode ajudar a ver alguns detalhes ou até se sentir mais animado.

Mas não se deixe afetar com opiniões negativas, que não visam lhe ajudar. A jornada de um empreendedor iniciante é longa, e não precisa se deixar levar por pessoas negativas e opiniões improdutivas.

Duas mulheres conversando. Imagem ilustrativa do texto empreendedor iniciante.
Converse com as pessoas sobre as suas ideias e seus objetivos.

2. Escolha algo de que você goste

Advertisement

Acordar sabendo que você vai fazer algo por prazer, e não apenas por dinheiro, é recompensador. O trabalho se torna gratificante ao final do mês.

Nesse sentido, o seu bem-estar é uma bonificação diária. Até mesmo a produtividade aumenta. Isso porque, é possível fazer muito mais em muito menos tempo

O mercado é cheio de boas ideias de negócios, mas nem todas as opções são para trabalhar com algo que se encaixe ao seu perfil e suas paixões.

Por isso, antes de pensar na empresa em si, veja algumas das coisas que mais te animam, que você mais gosta de fazer. Depois, analise como elas podem se encaixar em um negócio próprio, que lhe permita ganhar dinheiro.

Enfim, é também um exercício de autoconhecimento, para identificar as atividades que você mais gosta e como adaptá-las a um empreendimento.

3. Estude o segmento

No mercado competitivo atual, uma das grandes vantagens que as empresas devem ter para que se destaquem, é ter informações sobre como está o mercado naquele momento.

Para isto se tem o estudo, que contribui para revelar as tendências do mercado, como as preferências do público-alvo e disponibilidade do produto ou serviço.

Os dados e as informações obtidas pelo estudo de mercado dão ao empreendedor a chance de adotar estratégias mais assertivas e impulsionar as chances de sucesso do negócio.

Com o estudo de mercado feito adequadamente, você passa a enxergar o seu negócio com bases sólidas e dados reais. Assim, você estará mais preparado para seguir o melhor caminho rumo ao sucesso.

4. Conheça o mercado local

Para o empreendedor iniciante, é preciso conhecer os concorrentes. Assim, é importante identificar as empresas que atuam no seu mercado, seus produtos, sistema de atendiment o, inovações, preços e opinião de clientes.

Advertisement

Da mesma forma, por meio das pesquisas é possível reconhecer novas oportunidades e nichos de mercado, ainda não explorados.

Rua movimentada de pessoas e vários prédios com propagandas luminosas. Imagem ilustrativa do texto empreendedor iniciante.
O empreendedor deve conhecer o público da região e os seus concorrentes.

As boas ideias podem vir de necessidades específicas de um determinado público consumidor, do desenvolvimento de novas tecnologias ou ainda de processos que agregam mais valor ao produto ou serviço.

Ignorar uma boa pesquisa do mercado local é uma falta de planejamento que se deve evitar, pois o seu negócio é como uma planta, ele precisa de um terreno fértil para crescer.

Por isso, um mercado local atrativo, seja com uma clientela em bom número ou a falta de concorrentes é importante para impulsionar o seu  negócio.

5. Organize e planeje suas finanças

O planejamento financeiro é uma das etapas mais importantes para montar um negócio, principalmente para o empreendedor iniciante.

Logo, essa organização evita que o seu negócio resulte em prejuízo, auxilia na tomada de decisões e faz com que você previna dar um passo maior do que a perna.

Nesse sentido, avalie quanto tem para investir no negócio, lembrando que é comum a empresa demorar a dar lucro.

Por isso, precisa levar em consideração o capital de giro, necessário para pagar as contas mesmo que as vendas do seu negócio sejam pequenas.

Da mesma forma, é importante ter uma reserva de emergência para eventuais problemas, e até para a saúde financeira sua e de sua família.

Se ao analisar suas finanças e ver que não tem tanto dinheiro assim para investir, busque ideias de negócio mais baratos, que não precisam de um ponto comercial nem de funcionários.

6. Não desvalorize seu trabalho

Um ponto importante para o empreendedor iniciante é valorizar sua empresa, seus produtos e serviços. Cobrar bem abaixo do mercado vai fazer perder dinheiro e também irá transmitir para o cliente a sensação de que seu trabalho é ruim.

Nesse sentido, dá para ser competitivo e ainda garantir um bom preço, diminuindo custos e sendo mais eficiente no planejamento do negócio.

Atendente na porta de uma loja sorrindo. Imagem ilustrativa do texto empreendedor iniciante.
Saiba dar um preço justo pelo seu trabalho, para não desvalorizar sua empresa.

7. Aprenda sobre gestão

Além de planejar o processo interno do seu negócio, o empreendedor também deve atentar-se para a gestão ao longo do tempo.

É preciso conhecer bem sobre administração, gestão de estoque, a parte financeira da empresa para que possa tomar as decisões necessárias.

Dessa forma, invista na busca desse conhecimento por meio do estudo, seja lendo livros, fazendo cursos com aulas on-line e seguindo empreendedores de sucesso nas redes sociais.

Tudo isso ajuda as pessoas que não têm experiência no empreendedorismo a lidar bem com os vários aspectos que envolvem um negócio.

Em que empreender sendo um empreendedor iniciante?

Mostramos alguns aspectos que o empreendedor iniciante precisa atentar-se ao começar o seu próprio negócio.

Ele deve buscar um tipo de negócio que se encaixe ao seu perfil, bem como analisar bem os mercados mais atrativos.

Outro ponto que ele precisa levar em consideração é investir em uma franquia. Isso porque, este formato de negócio é bem mais seguro para empreendedores inexperientes.

Nesse sentido, a franquia é um tipo de negócio que já vem pronto, com uma operação estruturada, uma marca previamente estabelecida no mercado e um plano de negócios para seguir. Ainda, muitas dessas franquias possuem um baixo investimento inicial.

Além disso, nesse modelo, o empreendedor recebe treinamentos. Com isso, mesmo que não tenha tanto conhecimento sobre gestão de um negócio, forma de atender, parte administrativa e de marketing, ele terá a orientação da franqueadora.

Por ser uma marca já reconhecida no mercado e ter uma estrutura de negócio pronta, o empreendedor iniciante pula algumas etapas do processo. Desse modo, investe de forma mais segura, minimizando os riscos.

Ainda, com a orientação da franqueadora, seja com os treinamentos e também o acompanhamento ao longo do tempo, o empreendedor encontra mais respaldo e evita cometer erros comuns que ocorrem com os empreendedores iniciantes.

Mas agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, separamos uma lista de franquias baratas que podem ser uma boa escolha para empreender. Acesse e descubra!

Advertisement
Advertisement