Como fazer a seleção de franqueados para o meu negócio?

Por
em
Imagem de um homem avaliando outro, sentados em uma mesa de escritório. Imagem ilustrativa texto seleção de franqueados.
Advertisement

A etapa de seleção dos franqueados é um momento que a franqueadora não deve se precipitar para que possa garantir parceiros de qualidade.

Por ser um mercado chamativo, o franchising atrai todo tipo de empreendedor. Só em 2020, este setor teve um faturamento de mais de R$ 167 bilhões segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Dessa forma, a franqueadora deve estar atenta para esta seleção dos franqueados, conforme mostraremos neste conteúdo.

Importância de fazer uma seleção de franqueados cuidadosa

Se a sua empresa estiver inserida no franchising, você deve tentar ter ao seu lado pessoas que irão agregar valor ao seu negócio.

Por isso, é fundamental fazer uma boa seleção de franqueados, buscando empreendedores que tenham um perfil que se adeque à sua empresa.

Nesse sentido, a franqueadora deve buscar pessoas que possam ajudar a empresa a crescer, pois o sucesso de cada unidade é um atrativo a mais para a rede de franquias como um todo.

Assim, é necessário avaliar bem cada candidato a franqueado para saber se ele tem o que é preciso para o desenvolvimento da unidade.

Por exemplo, deve ser um franqueado que tenha o capital necessário para investir. Assim, ele não se desespera quando a unidade começar a realizar a captação de clientes para o fortalecimento do negócio.

Do mesmo modo, precisa ser uma pessoa que esteja realmente disposta a se dedicar ao negócio. Um empreendedor sem garra tende a desistir nos primeiros obstáculos que a empresa enfrentar.

Ainda, a franqueadora deve buscar parceiros sólidos, pois uma troca constante de franqueados em suas unidades não é bom para a reputação da marca.

Passos para fazer a seleção de franqueados

Como vimos, é importante fazer esta seleção de parceiros da franquia para evitar que a marca se enfraqueça diante dos novos empreendedores.

Dessa forma, a seleção de franqueados deve ser criteriosa, para impedir que aventureiros venham a denegrir a reputação da franquia.

Por fim, separamos algumas etapas que podem ajudar na seleção de franqueados da sua marca para que problemas como estes não venham a ocorrer e para que seus parceiros possam trazer coisas positivas para a franquia.

Defina um perfil ideal para seu franqueado

Um dos primeiros passos que uma franqueadora deve definir em relação aos seus futuros franqueados é o perfil ideal.

Nesse sentido, entender quais as características a franqueadora deve buscar em um empreendedor que será parceiro da marca nesta jornada.

Este perfil vai depender do tipo de negócio que a franquia for realizar, seja com venda diretas, comércio online, entre outros.

Assim, o franqueado ideal deve reunir qualidades que combinem com o trabalho que será feito no dia a dia da unidade.

Em geral, o franqueado ideal deve ter mais características de gestor do que investidor.

Mesmo que a franquia já tenha marca, produtos bem definidos e um modelo comprovado, é essencial que a pessoa tenha uma boa visão de negócio.

Avalie o candidato desde o primeiro contato

Advertisement

As tratativas entre os empreendedores interessados em uma franquia e a franqueadora são uma forma de aproximar as partes para que elas possam se conhecer melhor.

É comum os empreendedores responderem a um questionário no site da franqueadora no primeiro contato com a empresa.

Nessa hora, a franqueadora já está avaliando o perfil dos candidatos para começar a seleção de franqueados. A todo momento a empresa observa e analisa se aquele empreendedor combina com a franquia.

Por exemplo, a franqueadora deve observar se aquele empreendedor é comprometido ou se é um empresário aventureiro.

Do mesmo modo, conhecer os objetivos dele, se possui alguma experiência. Tudo isso começa a ser visto logo nos primeiros encontros.

Imagem de duas pessoas conversando em uma mesa de escritório. Imag em ilustrativa texto seleção de franqueados.
A cada conversa com os candidatos a franqueados a empresa deve estar atenta.
Advertisement

Entreviste o franqueado

Assim como falamos, é importante que a franqueadora tenha um contato bem próximo dos interessados em sua marca.

É comum as empresas entrevistarem seus candidatos para avaliar se eles possuem o perfil ideal ou pelo menos algumas das características que a empresa busca em seus parceiros.

Uma boa conversa entre as partes pode esclarecer e orientar as expectativas dos empreendedores.

Do mesmo modo, a franqueadora pode explicar melhor sua operação, conhecer mais de perto o empreendedor e suas qualidades.

Enfim, esta conversa deve ser franca para que as partes possam se conhecer melhor e iniciar uma parceria de sucesso.

Entregue a COF e tire dúvidas

Para que a franqueadora selecione o melhor franqueado possível, ela deve ser bem clara ao informar sobre o negócio e o que espera do empreendedor.

Nesse sentido, ela deve apresentar a Circular de Oferta de Franquia (COF) e informar ao candidato a franqueado todos os detalhes da operação.

Do mesmo modo, tirar todas as suas dúvidas, para que ele também saiba o que terá que fazer e ainda, se possui perfil e conhecimento suficiente para realizar o trabalho.

É comum nestas primeiras tratativas surgirem dúvidas que precisam ser sanadas de forma clara, para que ambas as partes se sintam seguras em relação à parceria.

Apresente bem as regras do contrato

A COF é um documento que de acordo com a Lei de Franquias deve informar diversos detalhes sobre a franquia.

Nesse sentido, além deste documento, o Contrato de Franquia também precisa ser bem detalhado. As regras para a parceria devem ser claras para não haver dúvidas para ambas as partes.

Assim, informar bem o que se espera que o franqueado faça, os suportes que ele terá da franqueadora, e seus direitos e deveres ao longo do contrato.

Da mesma forma, informar bem sobre o tempo de contrato, renovação da parceria, cláusulas de não concorrência, além de eventuais multas.

Enfim, as regras devem ser claras e passadas durante a seleção dos franqueados para evitar qualquer mal entendido.

Faça o “Test Drive” na franquia

Um dos últimos passos para a seleção de franqueados é trazer este novo parceiro para uma experiência em uma unidade da franquia.

Este chamado “teste drive” é comum em marcas que contam com um modelo de negócio de loja física. Com isso, o empreendedor consegue vivenciar o dia a dia de uma unidade.

Imagem de uma mulher e uma equipe ao fundo trabalhando. Imagem ilustrativa texto seleção de franqueados.
O interessado deve passar um tempo em uma unidade da franquia para conhecer bem o negócio.

Dessa forma, terá uma ideia próxima da realidade e assim, poderá avaliar se é capaz de realizar o trabalho e se é aquilo que ele espera do negócio da franquia.

Além disso, é uma oportunidade para o empreendedor conversar com um franqueado e conhecer mais sobre o negócio.

Com todos estes passos, a franqueadora poderá fazer uma seleção de franqueados mais segura e eficiente. Se precisar, pode também contar com uma consultoria para isso, conforme falaremos a seguir

Consultoria pode ajudar sua franquia!

Para fazer a seleção de franqueados, a empresa deve ter cuidado para não ter como parceira alguém que possa trazer uma imagem negativa para a sua marca.

Dessa forma, contar com uma consultoria especializada será importante para evitar más escolhas, bem como facilitar este processo.

Advertisement
Advertisement