Montar um negócio: saiba o passo a passo e comece sua empresa

Por
em
Foto de duas pessoas em uma mesa olhando papeis e com dois computadores abertos. Imagem ilustrativa para texto montar um negócio.
Advertisement

Montar um negócio é um processo que exige uma série de cuidados e preparações, para que o investidor consiga desenvolver um empreendimento seguro e que trará bons retornos. Por isso, acompanhe alguns passos essenciais que você precisa tomar nesse momento. 

Começar a empreender e conseguir montar um negócio de sucesso exige que o investidor não tenha apenas capital, como também disponibilidade para se preparar e organizar todas as etapas do processo. 

Isso porque, para colocar em prática uma ideia de negócio, é preciso estudar várias questões. Além de resolver problemas burocráticos, é preciso entender o mercado e o segmento, e contar com um bom planejamento para desenvolver o negócio. 

Sendo assim, para que você se prepare e tenha em mente todos os passos importantes para montar um negócio próprio, separamos algumas informações importantes ao longo deste artigo.

10 passos para montar um negócio com sucesso

Ao decidir empreender, uma pessoa está em busca não só de autonomia e oportunidades de trabalhar com algo que goste, como também ter um bom retorno financeiro, não é mesmo? 

Contudo, não adianta só ter uma boa ideia ou apenas a vontade de empreender. É preciso ter um planejamento e conhecimento sobre o que é necessário para colocar um negócio em prática de forma estruturada. 

Afinal, vários esforços precisam ser realizados antes do seu negócio começar a operar. Você precisará de um modelo bem desenvolvido para que o negócio consiga se manter, realmente funcione na prática e traga bons resultados. 

1. Escolha o tipo de negócio para abrir

O primeiro passo para você montar um negócio é saber qual tipo de empreendimento deseja ter. E isso envolve uma série de avaliações, como sobre o segmento no qual deseja atuar, qual tipo de produtos ou serviços comercializar e qual modalidade de funcionamento.

Então, neste momento é ideal que você pesquise por negócios e formatos que realmente funcionam para você, e que você se identifica. Afinal, o futuro negócio será parte importante da sua vida e é necessário estar envolvido com algo que goste. 

Mãos de uma pessoa anotando coisas em papeis espalhados por uma mesa de madeira. Também vemos várias canetas e um computador. Imagem ilustrativa para texto montar um negócio.
Para uma maior chance de sucesso, você deve escolher um negócio com o qual se identifique.

Já imaginou investir seu dinheiro, seu tempo e perceber que você não está gostando daquilo que está fazendo? Pode ser bem decepcionante, não é? 

Por isso, tenha em mente que você terá que administrar todo o negócio. Além de liderar uma equipe, resolver todos os tipos de problemas e ainda lidar com clientes. Trabalhar com algo que goste e que realmente acrescenta algo na sua vida é essencial para ter uma boa produtividade.

2. Pesquise o mercado

Advertisement

Já entendendo em qual tipo de negócio quer investir, o passo seguinte é pesquisar o mercado. Então, tente entender se os seus planos realmente estão de acordo com a realidade.

Neste momento, você deverá analisar se o empreendimento tem chances de se desenvolver e se o mercado é positivo para o crescimento dos seus planos. 

Desse modo, tente entender se o seu produto ou serviço oferecido é realmente necessário. Ou seja, existirá público para consumi-lo? Você irá entregar algo com valor, que as pessoas irão gostar? 

Com isso, você também deverá pesquisar se outras empresas já atuam na área, como elas trabalham e que tipo de serviço elas entregam. Então, com este diagnóstico, você também poderá entender como o seu negócio poderá se diferenciar dos demais. 

Afinal, não adianta nada entrar em um mercado que já está cheio de concorrentes e entregar um produto final que nada se diferencia dos demais. É preciso pensar em algo que chame a atenção das pessoas e que façam elas optarem pelo seu produto, e não por outros. 

3. Faça seu planejamento financeiro

Outro ponto importante, e que é válido para qualquer tipo de empreendimento, é o planejamento financeiro. Até porque, para começar um negócio, é necessário fazer uma série de investimentos. 

Primeiramente, você terá que lidar com vários gastos envolvendo a instalação da empresa. E isso envolve desde a preparação e reformas da estrutura física (se tiver uma), gastos com documentação, além de matéria-prima e equipamentos. 

No entanto, algo que muitas pessoas esquecem é que o negócio em si pode demorar alguns meses para dar lucro. Então, é preciso estar organizado também financeiramente para lidar com os primeiros meses do negócio. 

Foto da mão de uma pessoa enquanto analisa gráficos em um tablet. Imagem ilustrativa para texto montar um negócio.
A organização financeira é fundamental em um negócio.

Além disso, ter uma boa reserva financeira é algo que irá te ajudar a lidar com qualquer tipo de problema e imprevistos, sem precisar gerar dívidas e gastos extras.

Uma forma de ajudar nesse processo, é construindo uma tabela em que estarão registrados todos os seus gastos. Assim você conseguirá ter um visão melhor do quanto precisa ter. 

4. Estabeleça um plano de negócio

Algo que é fundamental para quem deseja saber como montar um negócio lucrativo, é a criação de um plano de negócios. É um documento que irá te ajudar a entender seu negócio de forma prática.

O plano de negócio precisa estar o mais completo possível, especificando todos os detalhes a respeito daquela nova empresa. Por isso, ele deverá contar com informações prévias, antes da estruturação do empreendimento, mas também contar com plano para o decorrer do negócio, envolvendo o seu crescimento e funcionamento. 

Portanto, saiba que o plano de negócio é um documento que deverá reunir desde os objetivos da nova empresa, até os passos que devem ser tomados antes e durante seu desenvolvimento. 

Essa é uma forma de organizar, em um só lugar, vários detalhes que envolvem a criação de um negócio. Ele demonstra também como o empreendimento irá funcionar e se esse negócio é realmente viável. 

5. Obtenha crédito

Como dissemos, ter um planejamento financeiro adequado para montar um negócio lucrativo é fundamental. Com ele, você poderá garantir que seu negócio se mantenha até render lucros, sem precisar passar por apertos. 

No entanto, para ajudar no momento de investimento, você também pode procurar por alternativas que vão te fornecer o suporte necessário para cobrir todos os custos. Você pode, inclusive, obter crédito para lidar com os custos. 

Inclusive porque, o que não falta no mercado são opções de crédito e demais financiamentos. Você pode encontrar serviços pensados especialmente para empreendedores que estão começando a colocar negócios em prática.

As opções geralmente são um financiamento tradicional ou modelos coletivos, além de subsídios para pequenas empresas e até pequenos investidores.

Por isso, caso seja preciso obter crédito, faça uma pesquisa completa para encontrar a opção que melhor se encaixe nas suas necessidades.

6. Execute as tarefas do plano de negócio

duas pessoas em uma mesa de madeira, vemos uma bolsa de couro, um copo, uma xícara, celulares e tablet, além de um caderno.
Siga o seu planejamento para colocar as ideias em prática.

Já com todos os planejamentos, contando com uma organização financeira e estando com um plano de negócios pronto, é hora de colocá-lo em prática. 

Ou seja, é hora de seguir todos os passos que você já havia planejado. Assim, tente administrar esse momento de forma a resolver as pendências mais essenciais primeiro e que são fundamentais para os passos seguintes. 

Como em outros momentos, é preciso ter tudo organizado, seguindo as coordenadas que já foram dadas no plano de negócio. Se você conseguir agir de forma organizada, as chances de colocar seu negócio em prática de forma mais segura são ainda maiores. 

Por isso, tome todos os cuidados necessários, consulte pessoas da área e outros profissionais envolvidos para que nenhuma parte seja prejudicada.

Tomando o máximo de cuidado neste momento, você conseguirá iniciar seu empreendimento de forma segura e com todos os pontos necessários para ter uma boa estrutura. 

7. Defina o ponto comercial

Com todos os planejamentos prontos e as tarefas em prática, definir o ponto comercial é a etapa seguinte para montar um negócio. 

Sendo assim, saiba que a escolha do ponto comercial também envolve uma série de análises. Isso para que seja escolhido um lugar que realmente funcione para o negócio e que possa ser facilmente encontrado pelo público-alvo. 

Além disso, é preciso analisar os custos para se manter no local. E, para isso, é necessário se planejar para a compra ou aluguel do espaço.

Da mesma forma, um ponto físico irá precisar de reformas, decorações e vários processos para adequar a estrutura e ser capaz de comportar as atividades necessárias para o negócio. 

8. Legalize a empresa

Pessoa de blusa azul assinando documentos em uma mesa preta. Imagem ilustrativa para texto montar um negócio.
Mantenha seu negócio legalizado.

A parte de registros e legalização é outro ponto fundamental para quem quer saber como montar um negócio. Já que para funcionar corretamente, é preciso que o empreendimento esteja dentro da lei. 

Então, o primeiro passo é registrar o nome da sua empresa, essa é uma forma de proteção legal. Caso apareça concorrentes ou até mesmo pessoas querendo te copiar, você não perde seu espaço no mercado e todo seu trabalho. 

Em seguida, é preciso também lidar com licenças e autorizações que permitam o funcionamento da sua empresa e que vão te garantir uma atuação dentro da lei, sem correr riscos de ter seu negócio fechado ou multado por algum órgão. 

Dessa maneira, pesquise com cuidado quais são os documentos, licenças e autorização que o seu negócio demanda. Se for necessário, entre em contato com a prefeitura local e confira todas as informações para começar a trabalhar com tudo legalizado. 

9. Contrate uma equipe

Depois que seu negócio estiver todo estruturado, com um local apropriado e dentro da lei, será hora de buscar uma equipe para te ajudar nos trabalhos diários. 

Alguns negócios podem ser feitos por uma única pessoa, mas caso você tenha uma loja física, é bem provável que precise de uma equipe maior para organizar o local, atender os clientes e realizar os processos necessários. 

Com isso, você precisa separar um período necessário para conhecer seus funcionários, treiná-los e montar um planejamento de atuação pensando na posição de cada um. 

No entanto, se você for trabalhar com terceirização, precisa se preparar para estabelecer um contrato. Então, busque a ajuda de um advogado para te ajudar nas regulamentações e, claro, para fazer uma busca completa pelos profissionais. 

Seja qual for o caso, será preciso buscar por pessoas que se interessam pelo que você pretende oferecer no seu negócio, dispostos a se dedicarem e se desenvolverem junto com o empreendimento. 

10. Comece o negócio

Foto das mãos de quatro pessoas se tocando, ao fundo temos uma mesa de madeira com vários papeis, pastas, tablet, xícara e afins.
Na hora de colocar a empresa para funcionar, não se esqueça de todas os planos feitos anteriormente.

E temos agora a última etapa para montar um negócio, que é o momento de realmente colocar em prática todos os planejamentos e começar a atuar no mercado. 

Assim, não esqueça de ter o plano de negócios sempre em mente, seguindo seus planejamentos, mantendo um bom controle financeiro e buscando uma boa atuação. 

Lembre-se que, como empreendedor, você terá que conduzir o negócio, liderar a equipe e lidar com os clientes. Por isso, se esforce para ter uma boa relação com as pessoas. 

E não se esqueça de apostar em formas de divulgação do negócio, buscando o máximo de qualidade nos serviços e produtos, para que os clientes mantenham-se sempre engajados. 

Como abrir uma franquia? Veja o passo a passo mais simples

Para aqueles que desejam empreender, mas não sabem como montar, ou não querem montar, um negócio do zero, as franquias podem ser a alternativa certa para fazer um investimento seguro e com boas chances de sucesso. 

Isso porque, em uma franquia você não estará começando totalmente do zero, e sim fazendo parte de uma rede que pertence a uma marca. Assim, você será mais uma unidade de uma empresa já estabelecida no mercado. 

Uma franquia nada mais é do que uma parceria entre investidor e empresa. Dessa forma, a marca encontra formas de expandir sua atuação, e o investidor poderá apostar em um negócio estabelecido. 

Investir em uma franquia traz vários benefícios, principalmente porque o investidor conta com plano de negócio já testado e que funciona. Além de receber todo o tipo de suporte durante o desenvolvimento da unidade, como suporte jurídico e marketing. 

No vídeo abaixo, você pode conferir algumas dicas para evitar golpes com franquias e conseguir fazer um bom investimento. Confira! 

Separamos alguns passos essenciais que você deve seguir para investir em uma franquia. Acompanhe!

Escolha no que você quer investir

Assim como em qualquer tipo de empreendimento, na hora de investir, é preciso escolher qual tipo de segmento você se identifica e deseja trabalhar com ele. 

No caso das franquias, existem vários segmentos diferentes que possibilitam montar um negócio com pouco dinheiro, em modalidades como o home office, que são mais em conta. 

Até porque, como já explicamos, o ideal é que você trabalhe com o que se identifica. Então, faça uma busca completa por uma franquia que trabalha em uma área de seu interesse, além de formatos de atuação que podem ser interessantes para você. 

Entre em contato com a franqueadora

Agora que você já sabe em qual segmento deseja trabalhar, é hora de buscar pelas franqueadoras que trabalham na área. 

Desse modo, pesquise ainda mais para encontrar empresas com boa reputação entre o público e que oferecem todo o suporte que você, como investidor, pode precisar. 

Ao encontrar boas opções, entre em contato com as marcas, entenda como funcionam os negócios e quais são os investimentos necessários e processos para abrir sua unidade. 

Estude a COF da franquia

Ao contatar uma franqueadora, você poderá solicitar a Circular de Oferta de Franquia (COF), um documento em que estão registrados todos os direitos e deveres do franqueado. 

Na COF, você encontra todas as informações necessárias para entender como irá funcionar a sua relação com a franqueadora. Por lá, você irá encontrar ainda as relações de valores envolvidos no investimento, além dos suportes oferecidos e modalidades de negócio disponíveis. 

Adquira a franquia

Ao estudar a COF e encontrar uma franquia em que você realmente deseja investir, será hora de adquiri-la. Neste momento, você precisará pagar todas as taxas necessárias e o investimento inicial para começar a operar. 

Em seguida, será preciso seguir os planos iniciais para colocar a unidade em atividade, seja em modelo de loja física ou home based. Essa etapa ainda inclui treinamentos e acompanhamentos que visam preparar o investidor. 

Execute o plano de negócio da marca

E por fim, com tudo em prática, é só escutar o plano de negócio, seguindo os padrões estabelecidos pela marca. 

Com esse padrão, o investidor pode atuar em um modelo que já funciona e tem bons resultados, e a franqueadora consegue manter seu padrão de qualidade. Ou seja, as chances de manter um negócio estabilizado e rendendo bons lucros são maiores. 

Para saber melhor como abrir uma franquia de sucesso, confira nosso e-book gratuito abaixo. 

ebook como abrir uma franquia de sucesso

Se você gostou deste conteúdo, pode se interessar também por 5 franquias virtuais incríveis para investir em 2021

*Informações publicadas em Janeiro/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement