Qual empréstimo obter para abrir uma franquia?

Por
em
cofres porquinhos imagem ilustrativo vantagens empréstimo abrir franquia
Advertisement

Obter um empréstimo para abrir uma franquia tem lá suas vantagens. Mas é preciso cuidado e planejamento, como vamos te contar ao longo deste artigo.

Uma etapa essencial em qualquer segmento de serviço ou atuação de mercado é o planejamento. Ao trabalhar no segmento de manutenção, por exemplo, há exigências como: a verificação de ferramentas e EPIs, como luva de vaqueta, óculos e protetores auriculares.

No mercado digital, o empreendedor também precisa ficar atento para poder investir e, consequentemente, alcançar o retorno desejado. 

Pensando em investimento com retorno ideal, o empresário pode partir para franquias. Mas de onde retirar o dinheiro para este pontapé inicial? Você pode ter um capital inicial ou pensar em retirar do FGTS, mas a opção do empréstimo também é uma alternativa interessante a ser estudada.

Vale a pena fazer empréstimo para investir em franquias?

Quando pensamos em franquias, diversos pontos devem ser analisados, como:

  1. Produtos
  2. Mercado
  3. Investimento

Não adianta querer o menor preço, se o produto for uma bisnaga de plástico de má qualidade ou se o investimento se der num mercado estagnado.

Além disso, o empreendedor precisa aplicar capital financeiro para adquirir sua franquia. No geral, o empréstimo se justifica quando é a única opção.

Mas não existe uma resposta certa ou errada para a pergunta: “devo fazer um empréstimo para abrir a franquia?”. Afinal, depende muito do mercado e das suas condições financeiras.

Então, a dica é, antes de tudo, considerar alternativas. Como vender seu carro, por exemplo. Caso não seja possível, você poderá encontrar vantagens ao optar pelo empréstimo.

O melhor cenário para um empréstimo

O empréstimo pode ser tão adequado quanto um amplificador de som para uma festa. Você só precisará escolher o melhor, o “mais potente”.

Pensando assim, faça um panorama envolvendo hipóteses como: posso arcar com as parcelas? Além disso, analise os juros e tenha em mente os tipos de empréstimos que pode realizar. Alguns deles estão listados abaixo.

  1. Crédito do franqueador: algumas franquias oferecem formas de financiamento próprio. Confira se a marca de franquia que você escolheu conta com a opção. Geralmente, elas são vinculadas a diversas instituições bancárias e têm condições especiais.
  2. Empréstimo com garantia de imóvel: quando se pensa em financiamento para franquias, sabemos que o valor é alto e a linha de crédito, de preferência, precisa ter juros baixos. O empréstimo com garantia de imóvel oferece todas as características citadas acima e, ainda, não exige que o franqueador seja afiliado à instituição financeira escolhida. Seu imóvel próprio fica como garantia.

Sabendo os tipos de empréstimos e tendo a cautela necessária, o empreendedor estará pronto para adquirir sua franquia. Então, será hora de decidir o melhor negócio para abrir.

Você também pode contar com uma consultoria gratuita para entender qual o melhor negócio para você. Neste caso, basta acessar: henriquemol.com.br.

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Advertisement
Advertisement