O que é necessário para administração de franquias? Entenda tudo que você precisa

Por
em
Imagem de mulheres ao redor de uma mesa de escritório. Imagem ilustrativa texto administração de franquias.
Advertisement

O modelo de franchising exige menos do empreendedor na administração de franquias por ser um formato mais simples de negócios. Aqui mostraremos que esta tarefa está ao alcance de qualquer empreendedor.

O mercado de franquias tem se tornado cada vez mais forte no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), este setor faturou mais de R$ 167 bilhões em 2020, mesmo com a crise econômica.

Por ser um negócio preestabelecido, a administração de franquias é mais enxuta, o que é algo positivo para empreendedores menos experientes, como mostraremos neste conteúdo.

Entenda como funciona uma franquia

Com certeza você já se deparou com algumas redes de franquias próximas à sua casa ou seu trabalho. Este formato de empresa tem se difundido pelo mercado.

Este modelo de negócio consiste em uma empresa previamente estruturada que permite a terceiros montar uma unidade da empresa por meio de uma concessão.

Nesse sentido, a franqueadora dá permissão ao empreendedor para o uso da marca e do know-how da franquia. Assim, ele monta um negócio com a mesma estrutura e os mesmos produtos ou serviços de outras unidades.

É como uma cópia, e o empreendedor recebe um negócio praticamente pronto, cabendo a ele fazer a implementação da unidade seguindo os padrões da franqueadora.

Por ser um modelo preestabelecido, a administração de franquias é mais simples. Isso é feito para facilitar que a empresa se replique em novas unidades.

Além disso, o franqueado também recebe suportes variados, como auxílio para a gestão de franquias. Assim, a franqueadora orienta em detalhes como preço, estoque, contratação de funcionários, entre outros.

Da mesma forma, a administração de franquias é facilitada por ferramentas de gestão da marca, como programas próprios e os treinamentos aos franqueados.

Tudo isso torna mais simples abrir uma franquia e ainda traz outra vantagens, como você pode ver o ebook que separamos para você a seguir.

E-book "As vantagens de abrir uma franquia: o guia definitivo".

Dicas para administração de franquias

Conforme falamos, por ser um modelo de negócio preestabelecido, a franqueadora possui experiência com as outras unidades. Logo, é possível identificar as melhores práticas para a administração de franquias.

Por isso, é fundamental tomar alguns cuidados e seguir as orientações da franqueadora. Então, fique atento às dicas que separamos para você entender bem como gerir uma franquia.

Use dos suportes da franqueadora

O principal ponto, como falamos, é que a franqueadora possui experiência em relação à gestão da franquia. Ao longo do tempo, ela identifica as melhores práticas para o negócio.

Nesse sentido, os suportes da franqueadora são eficientes em facilitar a administração de franquias. Com isso, trazendo muitas vantagens ao empreendedor.

Por exemplo, os treinamentos oferecidos pela franqueadora ajudam a entender as melhores práticas para o desenvolvimento da unidade.

Da mesma forma, ela ajuda com detalhes como custos, capital de giro e fornecedores. São etapas que tomam tempo e dedicação, caso o empreendedor fosse iniciar um negócio do zero.

É como receber um roteiro de viagem pronto, sem necessidade de se preocupar para onde ir, bastando seguir as dicas do agente de viagens.

Este roteiro se materializa na Circular de Oferta de Franquia (COF), que traz os custos de implementação, suportes e direitos e deveres das partes.

Isso mesmo para que não tem experiência nenhuma em empreendedorismo, pois os suportes compensam a falta de conhecimento prático.

Contudo, para que o negócio dê certo, é preciso estar atento às dicas da franqueadora. Aproveitar os suportes e seguir o modelo de gestão da marca. Assim, com certeza, a vida do empreendedor será mais fácil.

Execute do plano de negócio

Advertisement

O empresário que investe em um modelo de franquia deve estar disposto a seguir as orientações da franqueadora.

Ao iniciar a unidade, o franqueado recebe um plano de negócio que orienta diversas ações para a solidez e crescimento da empresa.

Vemos um calendário e uma folha com uma lista de afazeres (imagem ilustrativa). Texto: administração de franquias.
O franqueado deve executar o plano de negócio da franqueadora.

Conforme falamos, este plano é baseado nas melhores práticas detectadas pela franqueadora em suas unidade e no seu processo de formatação de franquia.

Assim, ela disponibiliza um mapa com o caminho a ser percorrido para chegar ao sucesso. E vale a pena o empreendedor seguir esta trilha.

Da mesma forma, o franqueado consegue se programar em relação aos investimentos necessários, qual será a sua lucratividade e o retorno financeiro.

Este plano simplifica a árdua tarefa de iniciar um negócio e fazer o seu planejamento estratégico. Por isso, aproveite essa ferramenta disponibilizada pela franqueadora

Cuidado com as finanças do negócio

Como qualquer negócio, a franquia exige do empresário uma atenção especial à sua saúde financeira. Mesmo que ele receba um modelo pronto e um plano de negócios, o dia a dia exige cuidados.

Dessa forma, é importante estar atento com o fluxo de caixa, as contas a pagar e a receber e se há algum custo que pode ser diminuído.

Detalhes do dia a dia cabem o franqueado analisar, tendo a franqueadora à disposição para tirar alguma dúvida. Por exemplo, pode haver um desperdício fora do normal em sua unidade e cabe a você detectar.

Do mesmo modo, sua conta de água ou de luz no estabelecimento pode estar fora do normal, drenando recursos importantes.

A franqueadora orienta em relação a vários detalhes do negócio, e também nas questões financeiras, mas detalhes do cotidiano fazem parte das atribuições do franqueado.

O ponto positivo é que, ao detectar alguma anomalia, a franqueadora pode dar algum suporte para corrigir os problemas com as finanças.

Tenha foco em vendas

Mesmo com todo o suporte e planejamento da franquia, cabe ao franqueado “colocar a mão na massa”. Ele deve aproveitar a simplicidade da operação para se dedicar ao máximo às vendas.

Um dos treinamentos que o franqueado recebe é para as melhores práticas de vendas naquele mercado no qual investiu.

Vemos um vendedor atendendo uma cliente em uma barraca de frutas (imagem ilustrativa). Texto: administração de franquias.
O franqueado deve investir em ações atrativas de vendas para captar clientes.

Isso porque a forma de captar clientes é diferente, dependendo do tipo de negócio, do produto ou serviços da marca.

Cabe ao franqueado se dedicar a esta etapa e estar sempre em busca de novos consumidores. Se atentar à forma com que seus colaboradores estão fazendo as vendas, caso sua empresa possua funcionários.

O sucesso de sua franquia depende das vendas, e este processo já foi facilitado para você por investir em uma marca reconhecida no mercado.

Porém, é no dia a dia que se faz a diferença, dependendo da dedicação, do uso de boas técnicas e ações eficientes.

Realize o marketing da sua unidade

A divulgação da sua empresa é etapa essencial no desenvolvimento do negócio. Por isso, é necessário um bom trabalho de marketing para a sua unidade.

O marketing faz parte da estrutura da empresa, seja por meio de um departamento interno próprio ou terceirizando o serviço.

Hoje em dia, as empresas precisam ser vistas para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo e repleto de concorrência.

 Sendo assim, esteja atento para as redes sociais e dê atenção ao feedback dos clientes pelas plataformas digitais.

O ambiente virtual é uma arena que você deve dominar, fazendo sua empresa ser vista, se destacando o máximo possível.

Um trabalho de marketing eficiente trabalha com imagens, textos, links e outras ferramentas capazes de captar consumidores.

Além disso, não se esqueça do velho boca a boca junto a amigos e familiares. Tudo isso para aumentar a rede de divulgação de seu negócio.

Mantenha o padrão de qualidade da marca

Falamos anteriormente que o modelo de franquia possui uma estrutura estabelecida e um padrão de operação.

Para o bom desenvolvimento do negócio, é necessário que cada franqueado mantenha esse padrão de qualidade da marca.

Vemos um grupo de pessoas em um escritório sorrindo e olhando para um computador (imagem ilustrativa).
O franqueado e seus colaboradores devem estar atentos ao padrão da marca.

Quando um cliente vai até a sua loja, muitas vezes ele teve experiências em outras unidades da franquia, ou então criou uma expectativa por se tratar de uma marca conhecida.

Nesse momento, você não pode decepcionar seu consumidor, e deve oferecer a ele aquilo a franquia promete em todas suas unidades.

Dessa forma, é fundamental estar sempre atento aos processos internos, seguir os manuais de operação e os treinamentos da franqueadora. Eles são voltados para a maior satisfação do cliente.

Enfim, manter o padrão de qualidade do produto e/ou serviço é um dos diferenciais que faz do modelo de franquias uma oportunidade única.

Salve algum capital de giro

O capital de giro é um dinheiro que deve estar reservado para cobrir despesas básicas da empresa.

Este capital é o valor necessário para pagar, por exemplo, os custos de manutenção mesmo que você receba um “calote” de vários de seus clientes.

É um item importante para qualquer empresa, pois permite postergar recebíveis e fazer vendas a prazo.

Da mesma forma, é um fator que mantém a saúde financeira da empresa mesmo que surjam alguns contratempos com relação à entrada de capital.

Assim, é sempre importante ter um dinheiro em caixa, seja na conta da empresa ou em investimentos de alta liquidez, ou seja, que podem ser facilmente resgatados.

Dedique-se ao negócio!

Por fim, um dos processos mais importantes para qualquer negócio, seja ele de franquias ou não: a dedicação do empresário.

Depois de todo o processo para iniciar um negócio de forma sólida e as facilidades da administração de franquias, cabe a você ter foco e determinação para fazer a empresa crescer.

Assim, a sua presença é fundamental no dia a dia do negócio, e muita franqueadoras até exigem dedicação exclusiva do franqueador. Como diziam os mais velhos: “É o olho do dono que engorda o boi”.

A dedicação do empresário é um diferencial entre um negócio de sucesso ou não, pois sua presença permite estar atento ao dia a dia, eventuais problemas e busca por soluções.

Com tudo isso, a administração de franquias será mais eficiente e lucrativa para o empreendedor.

Por último, leia o nosso conteúdo com diversas opções de franquias baratas que separamos para você clicando aqui.

Caso tenha se interessado por uma marca, entre em contato com a franqueado. Se ainda não se decidiu, receba uma consultoria gratuita com especialistas para lhe orientar na escolha da melhor franquia para você. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement
Advertisement